quinta-feira - 31/05/2007 - 18:34h

A Polícia Federal e “Os intocáveis”


Desde que me entendo por gente, ouço dizer, sem poder discordar, que vivemos no país da impunidade. A polícia e a Justiça punem apenas os pobres passageiros atulhados nos porões deste imenso navio cargueiro chamado Brasil, que flutua nos mares do Sul. No convés, os camarotes vivem infestados de larápios, corruptos, estelionatários, sonegadores, contrabandistas, contratadores de trabalho escravo e toda sorte de bandidos, imunes e impunes.

Essa elite deletéria tem o poder de influir não apenas na elaboração das leis mas sobretudo na sua aplicação, pois indica juízes e promove togados, nomeia delegados e promotores, presenteia políticos e banca férias de magistrados em hotéis de luxo, o que lhes permite trafegar e traficar no mundo do crime com a mesma desfaçatez com que freqüentam os salões da República, os gabinetes de parlamentares e as festas em que o poder desfila e espelha seu incomensurável ego. Diante de tanta impunidade, Chico Buarque chegou a propor: "Chamem o ladrão, chamem o ladrão!".

No governo Lula, felizmente, as ingerências políticas foram afastadas da Polícia Federal. Como nunca se havia visto antes, as grades de sua carceragem se abriram para ex-governadores, juízes, donos de grandes empresas, gente graúda. Graças à imparcialidade do Ministério Público e ao sigilo das investigações, tubarões têm caído na rede. Pena que as nossas leis sejam tão frouxas, e o Judiciário, cheio de dedos para puni-los.

Agora, diante da Operação Navalha, que corta a jugular de um dos esquemas para sugar os bilionários recursos do PAC (quantos outros não permanecem ativos?), há uma grita geral de que a Polícia Federal estaria "exagerando". Sobretudo ao vazar informações para a mídia. Ora, na hora de estourar a boca de fumo, é chute na porta, mãos para o alto, barraco revirado, e, se o preso perguntar pelo mandado do juiz, é bem capaz de levar umas bolachas…

Mas, em se tratando de bacanas, corre-se o processo sob segredo de Justiça. Claro, isso facilita o embate entre o Judiciário, refém da elite, e a Polícia Federal, que, infelizmente, não tem tanta autonomia quanto o Banco Central.

O "exagero" não está na Polícia Federal, senhores políticos! Está nos fatos que levam uma publicação como o "Financial Times" a dizer que o Brasil é o país do "rouba, mas faz" sem que o Congresso reaja à acusação.

O "exagero" reside nas CPIs abortadas sem punir ninguém; nos inquéritos paralisados que reforçam a impunidade; no volume de dinheiro público destinado a bolsos privados; no absurdo de micros, pequenos e médios empresários ficarem à míngua diante da porta do BNDES, obrigados a suportar elevadas taxas de juros dos bancos privados, enquanto os grandes empresários se fartam com dinheiro público barato.

O "exagero" é constatar que, diante de tanta denúncia de corrupção neste país nos últimos anos, nenhum corrupto se encontra cumprindo pena atrás das grades.

O "exagero" não é a Polícia Federal investigar e capturar, é aderir à perversa ideologia de que os meus amigos corruptos são menos corruptos que os meus inimigos… Por que rejeitar o jatinho do empresário amigo? Que mal faz um mimo? Recusar um presente não é uma ofensa? É tanto ladrão graúdo preso e muitos ameaçados que o melhor é prender e calar a polícia…

Isso lembra a história de Eliot Ness, o famoso agente "usamericano" que enfrentou a máfia, retratado na série "Os Intocáveis". Sabe por que a série foi tirada do ar pela cadeia televisiva ABC? Primeiro, a comunidade ítalo-americana protestou. Sentia-se encarada como mafiosa.

A viúva de Al Capone processou a emissora por uso indevido da imagem do marido e exigiu reparação de US$ 1 milhão. O FBI também se irritou, era ele que reprimia a máfia, e os méritos ficavam com Eliot.

Tudo se complicou em 1961, quando o líder sindical "Though Tony" Anastasia, ressentido com a denúncia do caráter mafioso de sua entidade, promoveu manifestação diante da ABC em Nova York e mobilizou os estivadores para manter "intocadas" as cargas de cigarros Chesterfield Kings, patrocinadora do programa.

Afetada pelo boicote, a empresa Ligett-Meyers, produtora do cigarro, retirou o patrocínio e, meses depois, o programa saiu do ar. E, no Brasil, quem são "os intocáveis", os policiais federais ou os bandidos de colarinho branco e rabo preso?

Frei Betto, ex-assessor especial da Presidência da República, escritor e frade dominicano.

Categoria(s): Fred Mercury
quinta-feira - 31/05/2007 - 14:18h

Webleitor atento


O webleitor JB Souto faz um comentário pertinente sobre a declaração patrimonial da senadora Rosalba Ciarlini (DEM) e da deputada federal Sandra Rosado (PSB).

Matéria sobre o assunto eu postei ontem, com o título "Mulheres sob privações".

A primeira afirma ter pouco mais de R$ 41 mil em "riquezas" e a deputada, garante ter mais, acima dos R$ 95 mil.

Vamos ao e-mail de JB:

"Talvez a exemplo do abrigo Amantino Câmara, seja necessária uma campanha para as nossas carissimas deputada e senadora, visto que as mesmas devem estar passando bastante privação.

Afinal, as duas devem ter gasto o seu [delas] rico dinheirinho na campanha passada, visto que de empreiteira as mesmas não receberam doações".

Categoria(s): Sem categoria
quinta-feira - 31/05/2007 - 13:27h

Reforma política é necessidade, diz João Maia


"A reforma política é a mãe de todas as reformas".

O conceito foi emitido agora há pouco pelo deputado federal João Maia (PR), em entrevista a Rádio Difusora de Mossoró.

Avaliando o cenário político e administrativo do RN e país, João reiterou sua crença na necessidade de mudança na legislação político-partidária brasileira.

"O Congresso Nacional tem que ter coragem de fazer isso ou todos pagaremos um preço muito caro", asseverou.

Categoria(s): Sem categoria
quinta-feira - 31/05/2007 - 11:32h

Café com Letras vai se transformar em livro


A Capitania das Artes, órgão que executa a política cultural do município de Natal, está incentivando edição de um livro que disseca o projeto "Café com Letras".

A iniciativa é um trabalho coordenado pela enfermeira Graça Sabino, especialista em Saúde Mental.

De uma atividade ocupacional para pacientes com alterações psíquicas, acabou surgindo o interesse na publicação do livro. Ele acondicionará experiências textualizadas de inúmeras pessoas alcançadas pela oficina, mostrando um lado proativo desses indivíduos. 

Categoria(s): Nelson Queiroz
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quinta-feira - 31/05/2007 - 10:55h

Gerais… Gerais… Gerais… Gerais…


O Cine Clube Mossoró vai apresentar mais uma sessão de alto nível no próximo sábado, às 19h30, no prédio-sede da Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte, com entrada franca. A película é "Ladrões de bicicleta" de Vittorio di Sica.

O poeta popular Antônio Francisco vai lançar outro livro e um CD. Será no próximo dia 5 no Teatro Dix-huit Rosado, a partir das 20h. "Os animais têm razão" é o título do CD e o trabalho editorial chama-se "Veredas de sombras".  

Categoria(s): Nelson Queiroz
quinta-feira - 31/05/2007 - 09:30h

Vereador que apanha de mulher inspira projeto de lei


A lei que o deputado Nélter Queiroz (PMDB) quer criar para defender os homens da violência feminina já tem nome. Não se chamará José da Penha. Terá a denominação de Mariozan dos Anjos. 

É em homenagem ao vereador Mariozan dos Anjos, de São José do Seridó, amigo de Nélter.

A informação é do jornalista Oliveira Wanderley (clique aqui).

O vereador tem sido vítima da violência da mulher. No último domingo, Mariozan foi surrado pela esposa com uma lata de carregar água. “É uma vítima da violência praticada pela mulher”, disse Nélter.

Foi a sexta surra sofrida pelo vereador. O próprio Nélter ligou para o vereador que confirmou ter sofrido a peia da esposa. O diálogo foi o seguinte:

- Vereador, você apanhou mesmo da mulher?

Mariozan – Apanhei, sim.

Nélter – Foi quando isso?

Mariozan – Foi sexta-feira.

Nélter – Agente pode botar o seu nome na lei contra a violência feminina?

Mariozan – Pode sim.

Categoria(s): Sem categoria
  • Repet
quinta-feira - 31/05/2007 - 08:32h

Anjinho chique


Quem ziguezaguear por Mossoró e seus escaninhos, no mês de junho, não terá apenas a avalanche forrozeira do "Cidade Junina" para se distrair.

Os encantos pagãos vão mais além.

O ambiente mais cosmopolita da cidade, o "Anjo Gabriel", tradicional casa de recurso, está em novo ambiente e fazendo retoques finais à estréia. Fixa-se em amplo casarão à Rua Duodécimo Rosado, uma das mais importantes vias que cortam o nobre bairro Nova Betânia. Uma lindeza!

Pertinho de tudo, inclusive do endereço de muitos de seus mais assíduos frequentadores, o Anjo e suas divas prometem dias e noites movimentados.

O Nova Betânia nunca mais será o mesmo!

Categoria(s): Nelson Queiroz
quarta-feira - 30/05/2007 - 19:12h

Pelé está livre de máfia com atuação no RN


O jornalista Cláudio Humberto noticia, que o craque (não confundir com crack) Pelé está se livrando de acusações quanto a envolvimento em máfia internacional, com atuação no RN.

Leia na íntegra o que ele focaliza:

"O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte denunciou à Justiça Federal 30 pessoas envolvidas na Operação Paraíso, da Polícia Federal em 9 de maio. A operação prendeu 11 pessoas, a maioria norueguesa, acusadas de vários crimes, inclusive lavagem de dinheiro, que atuavam através de investimentos imobiliários no litoral do estado". 

E arremata: "Até o rei do futebol, Pelé, foi citado entre os investigados pela PF, mas seu nome não está na lista dos denunciados pelo MP."

Categoria(s): Sem categoria
  • Repet
quarta-feira - 30/05/2007 - 18:51h

Pelo telefone…


Meados da tarde de hoje, a vice-prefeita mossoroense Cláudia Regina (DEM) e o senador Garibaldi Filho (PMDB) afiaram a conversa.

Tudo pelo telefone. Mossoró-Brasília.

Cláudia agradeceu palavras elogiosas proferidas pelo senador em entrevista recente, ao jornal "O mossoroense". Garibaldi reiterou conexão política com Cláudia, a quem o PMDB pode apoiar em 2008, em Mossoró, como candidata novamente a vice da prefeita Fafá Rosado (DEM).

"Não retiro uma vírgula do que eu disse e ainda tenho muito mais a acrescentar", investiu o senador. 

Garibaldi ponderou que não exagerara na fala ao periódico. "Eu é que a agradeço pelo o empenho em minha campanha (a governador em 2006)". 

Macio como é, daqueles políticos que caem da rede e ficam brincando com a varanda, Garibaldi tietou adiante: "Não é apenas o senador José Agripino (DEM) que a admira. Eu também".

Esse Gari

Categoria(s): Sem categoria
quarta-feira - 30/05/2007 - 15:24h

Reforma política à vista


Parece que agora vai!

A partir da  próxima semana a Câmara Federal começa a discutir e votar propostas da reforma política, com proposições em separado, conforme acordo firmado entre lideranças. 

O financiamento público de campanhas, o voto de legenda por meio das listas preordenadas de candidatos, a criação de federações partidárias (às quais os partidos deverão permanecer filiados por pelo menos três anos), nova cláusula de barreira, o aumento do prazo de filiação partidária para candidatos a cargos eletivos, fidelidade partidária e o fim da obrigatoriedade da verticalização das coligações partidárias estão em pauta.

Tudo ao sabor dos interesses dos poderosos da ocasião. Adiante, tudo pode ser modificado, conforme os desejos do sistema hegemônico à época.

Perene, mesmo, só o apetite pelo poder. 

Categoria(s): Sem categoria
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quarta-feira - 30/05/2007 - 15:16h

Prefeituras enchem contas com ótimo FPM


Está saindo quentinha, do forno do Tesouro Nacional, hoje, a terceira e última parcela do Fundo de Participação dos Municípios, referente a maio.

Uma beleza!.

Contrariando o choro de prefeitos ineptos, inaptos e outros que são apenas desonestos, é o maior valor desde dezembro de 2005: R$ 64.371.123,15.

Segue aumento também em relação aos royalties, que os municípios beneficiados com essa transferência, receberam há pouco. 

Ou seja, a choradeira para quem não paga conta a fornecedores e prestadores de serviços, por exemplo, não tem razão de ser.

Se a Lei de Responsabilidade funcionasse…

Categoria(s): Sem categoria
quarta-feira - 30/05/2007 - 09:49h

Grande Imprensa se engancha com agendas e canetas


Sinceramente, a Grande Imprensa continua decepcionando.

Em alguns casos sendo paradigma para o restante da mídia do país, o que se observa na cobertura da "Operação Navalha," é a repetição de erros – intencionais ou não - em episódios mais recentes.

Essa de abrir manchetão afirmando que um rol de políticos recebeu canetas e agendas da Construtora Gautama é de uma cretinice sem tamanho.

Ninguém é corrupto por receber caneta e, sim, o uso que faz dela. Folha de São Paulo e outros grandalhões da mídia ficam no varejo dos acontecimentos, esquecendo o grosso da notícia.

Se alguém for execrado por receber caneta e agenda, a imprensa brasileira em boa parte vai terminar depondo em alguma delegacia fétida. Eu pego prisão perpétua.

Francamente.

Categoria(s): Sem categoria
  • Repet
quarta-feira - 30/05/2007 - 09:40h

Prefeitura pode atrasar décimo-terceiro e folha de pessoal


Ninguém considere descartada neste 2007, a hipótese da Prefeitura de Mossoró não adiantar o décimo terceiro dos servidores municipais, como faz há anos, na data de aniversário de cada um.

Também não elimine a possibilidade de atraso salarial até dezembro. 

O embaraço dos donos do poder tem aumentado nos últimos dias, pois as contas continuam se avolumando, sem que haja devida cobertura da receita corrente.

Erraram na mão, digamos assim. 

A manobra para obtenção de empréstimo bancário – como divulguei em primeira mão há vários dias – está sendo articulada. Coisa aí, pelo menos, de R$ 50 milhões.

Categoria(s): Sem categoria
quarta-feira - 30/05/2007 - 08:25h

Fafá Rosado estica folha de pessoal e crise em Mossoró


A volumosa crise financeira enfrentada pela Prefeitura de Mossoró, que o grosso da imprensa do RN teima em não enxergar, talvez comece a ser esclarecida na apreciação de sua folha de pessoal.

Este Blog apurou em fonte interna, que o numerário líquido para essa obrigação passa de R$ 6,7 milhões. O bruto é insondável, mas pode transpor a soma dos R$ 8 milhões.

A ex-prefeita e atual senadora Rosalba Ciarlini (DEM), ao final de 2004, a teria deixado pouco acima dos R$ 4,2 milhões líquidos.

A gestão temerária da prefeita Fafá Rosado (DEM) e seus manos vai fazendo história. 

Da forma como gerem o que é público, nem a Microsoft de Bill Gates suportaria tamanha "competência".

Deus salve o povo mossoroense! Amém!

Categoria(s): Sem categoria
  • Repet
quarta-feira - 30/05/2007 - 08:02h

A imolação de Renan


Com base em mais de duas décadas de experiência no metiêr, não acho exagero prever que o inferno astral do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), sequer começou.

O que a revista Veja publicou no último final de semana deve ter sido a sobremesa do escândalo envolvendo o congressista.

O periódico não esgotaria o assunto numa edição. Tem mais cartas na manga. 

Renan vai continuar sangrando.

Categoria(s): Sem categoria
quarta-feira - 30/05/2007 - 07:51h

Potiguar acerta com Erivan


Noite de ontem, a diretoria do Potiguar acertou mais uma contratação para a Série C e Copa RN, disputas do clube no segundo semestre do ano.

O cabeça de área Erivan, 30, campeão estadual pelo alvirrubro em 2004 e que defendeu o Baraúnas este ano, está de volta.

A Série C para o Potiguar terá início no dia 8 de julho, no Estádio Nogueirão, contra o Nacional de Patos (PB).   

Categoria(s): We Are The Champions
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quarta-feira - 30/05/2007 - 07:19h

A ironia do “hermano”


Um comentário filosófico assevera:

"Feliz do homem que ri de suas próprias desgraças".

Daí, não posso deixar de registrar o bom humor de parte dos meus amigos, que deu a mim um álibi risível para explicar alguns dias fora do ar:

"É em solidariedade à RCTV," ironiza, numa referência à TV venezuelana, fechada por Hugo Chavez.

Mui amigo, hermano!   

Categoria(s): Nelson Queiroz
quarta-feira - 30/05/2007 - 07:18h

Prefeito de Macau tem julgamento adiado


Fica para amanhã o julgamento em plenário do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), de recurso eleitoral pedindo a cassação do prefeito de Macau, Flávio Veras.

Nessa terça, 29, a corte não apreciou a matéria, que tem como relatora a desembargadora Soledade Fernandes.

Quem escapou de processo parecido foi o prefeito Jarbas Cavalcanti de São Gonçalo. Manteve o mandato pelo placar de 4 a 2.  Ele é irmão do deputado estadual Poti Júnior, ex-prefeito.

Categoria(s): Sem categoria
  • Repet
quarta-feira - 30/05/2007 - 01:33h

Mulheres sob privações


Olhando o ranking patrimonial de cada um dos parlamentares federais do RN, que a imprensa convencional e eletrônica tem anunciado a partir de dados levantados pela ONG "Transparência Brasil", o que chama a atenção não é o leque dos mais ricos. 

Normal o banqueiro João Maia (PR) no topo, com R$ 13,5 milhões. 

É digna de riso a situação de "penúria" de Sandra Rosado (PSB) e Rosalba  Ciarlini (DEM), tadinhas, deputada e senadora respectivamente, no rabo da fila.

Sandra, com apenas R$ 95 mil e a coitadinha de Rosalba com bens avaliados em R$ 41.800, devem passar muitas privações. 

Categoria(s): Sem categoria
quarta-feira - 30/05/2007 - 01:00h

Bebês programados para morrer


O quadro reduzido de UTI’s pediátricas e de neonatal no estado preocupa a Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Norte. O problema é ocasionado principalmente devido à falta de assistência no interior.

No caso das UTI´s neonatal (de 0 a 28 dias) o número de leitos oferecidos na Grande Natal teria condições de satisfazer a demanda da região metropolitana, caso não tivesse que suprir também os pacientes do interior.

A recomendação do Ministério da Saúde é de que o número de leitos neonatal represente 5% dos leitos obstétricos. No Rio Grande do Norte há 840 leitos obstétricos, então, o ideal seriam 42 em todo o estado. A Grande Natal oferece 29, mas os outros municípios não possuem nenhum tipo de atendimento aos recém-nascidos que apresentem algum problema de saúde.

A Sociedade de Pediatria do RN apresentou à Secretaria Estadual de Saúde, ao final de 2005, um Projeto de Regionalização e Hierarquização da Assistência Neonatal no RN que propõe a criação e organização da assistência neonatal nos municípios.

Apesar da viabilidade do estudo, ele nunca saiu do papel. Bambino de bacana tem hospital privado para zelá-los. O da escumalha que se lasque. Eis o pensamento, implícito, perpetrado nesse crime.

Categoria(s): Gilson Cardoso
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quarta-feira - 30/05/2007 - 00:39h

Gerais… Gerais… Gerais… Gerais…


A FM 95 de Mossoró está elaborando e pondo gradualmente no ar, um arrojado projeto para chacoalhar sua programação. Procura sair da mesmice, aposta no ecletismo, na segmentação de público e no próprio prefixo que tem tudo para crescer mais. Profissionalismo, com arrojo, é a fórmula.

Vai ser na próxima terça, 5, às 19h, no Teatro Lauro Monte Filho, o lançamento do livro "Manual de Prisão e Soltura Sob a Ótica Constitucional", dos juízes Herval Júnior e Pedro Caldas Neto.  

Categoria(s): Paulo de Tarso Fernandes
quarta-feira - 30/05/2007 - 00:13h

Mais esclarecimentos sobre o Blog


Em transição – mais uma vez – para outro provedor da Net, este Blog deverá passar por outro período de "sumiço".

Pelo que me esclarecem, é um redirecionamento que pode levar até 72 horas.

Então, é suportar mais essa pressão.

Espero poder comunicar a mudança em tempo hábil.

Categoria(s): Comunicado do Blog
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.