sábado - 28/02/2009 - 20:55h

Juíza eleitoral de Patu diz que período eleitoral é tranquilo


A juíza eleitoral de Patu, Gisela Besch, ratifica o que o Blog tem assinalado: o período eleitoral no município é muito tranquilo.

A eleição suplementar marcada para o domingo (1o) deve transcorrer com tranquilidade.

Saiba mais AQUI.

Categoria(s): Sem categoria
sábado - 28/02/2009 - 20:42h

Patu vai às urnas


Alexandrino Suassuna (PMDB) e Evilásia Gildene (PSB) disputam a Prefeitura de Patu hoje. Eleição suplementar.

A cassação do eleito ano passado - ex-prefeito Ednardo Moura (PSB) -, por problemas com prestação de contas em sua gestão anterior, é que proporciona essa nova contenda.

O período de pré-campanha foi relativamente conturbado, mas a campanha em si foi serena.

Existem forças da Polícia Militar, Civil e Polícia Federal garantindo o pleito.

Suassuna tentou de todos os modos adiar a eleição, alegando “instabilidade social” em Patu. Não iludiu ninguém da Justiça.

A disputa é mesmo nas urnas e pronto. Ainda bem.

Categoria(s): Sem categoria
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
sábado - 28/02/2009 - 20:39h

De Veríssimo


Catando livros em sebos para estudos de um filho, prestes a participar de vestibular, deparo-me com Luís Fernando Veríssimo. Que gaúcho porreta, tchê!!

Há tempos não lia algo de sua lavra. Que pecado!

“Comédias para se ler na escola”, impresso que adquiri, me desviou da rota de leituras cumpridas por mim até então, para um saboroso texto leve e bem humorado.

Existe nele um completo domínio da língua, enorme capacidade de brincar com as palavras e facilidade de nos segurar diante de sua escrita.

Interessante é que há alguns anos ouvi uma entrevista de Veríssimo, quando narrou seu ingresso no universo das letras. A origem ajudava: filho do grande Érico Veríssimo.

Por ter morado muito tempo nos Estados Unidos, muitos achavam que ele não teria como dominar o português.

No início, andou mesmo causando alguns estragos em jornal. Virou um cronista de alta linhagem, como esperado.

Categoria(s): Blog
sábado - 28/02/2009 - 20:31h

De Potiguar, Estadual e “nanicos” gigantes


O Campeonato Estadual de Futebol do RN adota uma fórmula nova à sua disputa, este ano. A princípio, parece ser o caminho do avanço. Produz várias disputas dentro de um mesmo certame. 

Neste 2009, de saída pune a incompetência do Potiguar, o alijando do restante da competição. Também deixa ABC e América fora da decisão do primeiro turno – algo inédito.

Hoje, Santa Cruz e Assu decidem essa fase do campeonato, com amplos méritos. Fizeram por onde. De todos os times que vi jogar, ambos apresentaram melhor padrão, ao lado do Potyguar de Currais Novos. São nanicos gigantes.

ABC e América ainda estão cambaleando, mas possuem estrutura, tempo e meios à recuperação. Se vão conseguir, aí só tentando adivinhar.

Potiguar

Entre os clubes mossoroenses, o Potiguar completou a crônica do fracasso anunciado. Contratou um amontoado de jogadores e saiu da luta pelo título por jamais se arrumar como time. Parecia um bando de jogadores colegiais correndo atrás de uma bola, sem qualquer alinhamento tático, escassa técnica e mera força de vontade.

Só venceu quem era pior do que ele: Real, Macau, Alecrim e Coríntians. O placar de 3 x 2 sobre o América foi um dia de luz. Não cedeu o empate aos americanos, que jogaram a maior parte do jogo com dez homens, por pura sorte.

Seu técnico Miluir Macedo peca por ser turrão, a ponto de ficar trocando juízo com torcedor. Tem outro defeito extremado que o impede de avançar: inventa fórmulas mirabolantes e ignora soluções óbvias. Completa o ocaso por tomar decisões em câmera lenta. Depois do "Titanic" afundar e que acorda.

O alvirrubro paga ainda pela imprevidência da Terceirona do ano passado, quando sua diretoria insistiu numa aventura cantada em prosa e verso por este Blog. De lá para cá não se aprumou.

Tem que botar a sandália da humildade, ouvir mais os antigos colaboradores e rever métodos.

Baraúnas

O Baraúnas apostou em “mercadoria” conhecida, mesclando com nomes difrenciados. O que o garantiu no segundo turno foi a combinação, mesmo iniciando com o treinador Samuel Cândido, que não arrumou o time.

O tricolor em sua mão vivia de chutões e dependente de jogadas isoladas de nomes como Paulinho e Pantera.

Com poucos ajustes pode surpreender, principalmente com um técnico vencedor em seu comando. Tem essência. O fato de ser o único invicto do campeonato, prova isso.

Campeão

Quem será o campeão do Estadual-2009?

O Assu cresceu aos poucos na competição, mas precisará de reforço no elenco para chegar lá. O Santa Cruz saiu-se bem nos primeiros jogos e caiu no restante. O que fez no início é que lhe garantiu na decisão. Falta muito ainda para ganhar o campeonato.

ABC e América estão se reforçando e são naturais candidatos. Pesa a tradição. Sobram em estrutura. 

O Potyguar de Currais Novos é um time de heróis, guerreiros. Toca a bola com consciência da defesa ao ataque. Porém é pouco provável que sobreviva à final sem maior estrutura e um grupo melhor.

No geral a competição não está com bom nível. Não existe o favorito disparado.

O melhor dela é o formato encontrado, que torna a corrida atrás da bola mais emocionante: temos a briga para não cair à Segunda Divisão, outra para se classificar entre os seis ao segundo turno e a contenda para alcance da final do primeiro turno.

Os atrativos que tornaram o campeonato menos sonolento. Pode ser aperfeiçoado nos próximos anos.

Que vença o melhor.

Categoria(s): Blog
  • Repet
sábado - 28/02/2009 - 20:17h

Só Rindo


Prócer e liderança

Auxiliar direto do governador Dinarte Mariz, Grimaldi Ribeiro apresenta-lhe outro político interiorano, no Palácio Potengi:

- Este é um prócer do Trairi – define.

Noutra oportunidade, utiliza vocábulo diferente:

- Governador, esta é uma liderança da região Oeste.

Intrigado com as constantes distinções, mas sem captar a sutileza da separação, o arguto Dinarte interpela Grimaldi: “Por que uns são próceres e outros lideranças?”

Professoral, Grimaldi justifica:

- Governador, prócer só tem pose e liderança é que tem voto.

Categoria(s): Blog
sábado - 28/02/2009 - 20:14h

Pensando bem…


Alguém perguntou a Confúcio:

"Que achais de pagar-se o mal com o bem?"

Confúcio respondeu:

"E com que pagareis o bem? Pagai o bem com o bem, mas pagai o mal com a justiça."

Categoria(s): Pensando bem...
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
sábado - 28/02/2009 - 20:09h

Pensando bem…


"Ambiente limpo não é o que mais se limpa e sim o que menos se suja."

Chico Xavier

Categoria(s): Pensando bem...
sábado - 28/02/2009 - 20:04h

Duelo entre professores e prefeitura deixa um perdedor


A greve do professorado do município de Mossoró recrudesce. A prefeita Fafá Rosado (DEM) e seu esquema apertam do outro lado.

Dessa queda-de-braço sai um nítido perdedor: o ensino público.

Prevalece uma guerra de propaganda e contrapropaganda. O governismo tem sua imagem deteriorada e tenta compensar o embaciamento dela com pesado uso de espaço pago direta e indiretamente na mídia.

Já os grevistas fazem algo raro em Mossoró: efetivamente lutam, vão às ruas e bradam em defesa da garantia de melhoria salarial.

O alunado espera pela resolução do impasse.

Até aqui, o emaranhado de discursos, fórmulas financeiras e aspectos legais em torno do Piso Nacional Salarial não oportuniza o entendimento.

A prefeita evita exposição pública e insiste na balela que “as portas da prefeitura estão abertas”. Só figura de linguagem.

É necessário comprometimento e zelo pela educação de parte a parte. Qualquer traço de intolerância só perpetua o deficiente serviço de formação de milhares de crianças e adolescentes, ofertado pela escola estatal.

A prefeitura avisa que vai cortar ponto de grevistas; esses organizam protesto mais denso para a terça (3), a partir das 7h30 da manhã, em frente à sede do governo.

Que os contendores cheguem a bom termo. Amém.

Categoria(s): Blog
sábado - 28/02/2009 - 19:59h

Operadoras vendem gato por lebre


Sofrível o serviço de Internet oferecido pelas operadoras Tim e Claro. O da Oi segue o ritmo do cai-cai e navegação lenta.

A promessa de algo diferenciado não atende às expectativas. Entre amigos que usam igual serviço, a queixa não é diferente.

A esperança é de algo satisfatório com o sistema 3G. Até aqui, o ofertado no interior do RN dá a impressão que é “Três Geringonças”.

Daí a denominação de 3G.

Categoria(s): Nelson Queiroz
sábado - 28/02/2009 - 19:56h

Gerais… Gerais… Gerais… Gerais


O Clube da Caixa (Mossoró) promove música ao vivo a partir do meio-dia desse domingo (1). Sua estrutura de lazer e restaurante (com novo cardápio) é destinada a associados, familiares e convidados. Localiza-se pertinho do giradouro à saída para Natal. 

Tem sido ótima a recuperação de Miguel Ângelo (ex-dirigente do IPE em Mossoró e da Central do Cidadão), após tratamento contra câncer no fígado em São Paulo. Esteve no Hospital Sìrio Libanês. Saúde, meu caro.

Obrigado à leitura deste Blog à Lúcia Rosado (Mossoró), prefeito Francisco Gomes, o "Titico"-PMDB (Porto do Mangue) e Aurineide Nogueira (Mossoró).

O advogado e professor Marcus Tullius Fernandes faz planos: pretende fazer doutorado em Economia. A princípio enxerga a USP (São Paulo) como destino. Sucesso. 

Categoria(s): Nelson Queiroz
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
sábado - 28/02/2009 - 10:36h

Sequestros se avolumam em Mossoró


São mais comuns do que nossa vã filosofia possa imaginar, os casos de sequestros em Mossoró. Estão se avolumando. 

Na maioria dos casos as ocorrência terminam abafadas pela própria polícia, famílias e mídia. Temem repercussão mais negativa.

Um dos mais recentes casos aconteceu com o professor Everardo Praça (Ufersa). Passsou quase quatro horas em poder de bandidos.

Por sorte levaram apenas uma picape importada da vítima.

Volto ao tema. Aguarde.

Categoria(s): Segurança Pública/Polícia
sábado - 28/02/2009 - 10:30h

O descaso à criança, praticados pela UNIMED Mossoró


A promulgação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), em 1990, provocou uma reorientação das políticas de atenção à infância no Brasil.

A doutrina da situação irregular deu lugar aos princípios da proteção integral e da prioridade absoluta, segundo os quais garantir os direitos de toda criança e de todo adolescente, independentemente da situação em que se encontrem, é um dever que tem de ser tratado com prioridade pelo Estado, pelas Famílias e pela Sociedade. É importante ter conhecimento, já de saída, que todo direito existente em nosso país decorre, direta ou indiretamente, de um precioso instrumento chamado Constituição Federal.

No Brasil, a Constituição Federal em vigor promulgada em 1988, para constituir, entre outros objetivos, nosso Estado Democrático de Direito tem como fundamentos principais, a cidadania, a dignidade da pessoa humana, a construção de uma sociedade livre, justa e solidária, a promoção do bem de todos, com o objetivo de assegurar os direitos e garantias à vida, à liberdade, à igualdade, à saúde, à educação, à segurança e à propriedade.

Em 2008, ano em que se comemorou 60 anos da promulgação da Declaração Universal dos Direitos Humanos pelas Nações Unidas, na expectativa de construir uma sociedade com liberdade, justiça e paz.

Para celebrar essa data a ONU criou a expressão “Dignidade, Justiça e Paz para Todos Nós”. Nada mais seria necessário se, de fato, a igualdade fosse evidente entre os Homens, mas da carta ao seu exercício pleno há uma enorme barreira criada pela própria humanidade que nos separa.

Muitos de vocês dirão que, na prática, o discurso não sai do papel. Sabemos e reconhecemos essa triste realidade. Mas é exatamente por isso que temos de investigar os direitos que nos são conferidos; exercer nossa crítica e cidadania, e não nos conformar com as arbitrariedades e as mazelas dos poderes públicos ou dos particulares.

Por essa razão, que diante de todo o descaso, indiferença e negligência da Unimed perante a situação da minha filha Fernanda Hellen Sousa Duarte, 11 anos, que tem Síndrome de Rett, desde o dia 14 de janeiro de 2009 está com um exame de eletroencefalograma autorizado.

Deveria ter sido realizado no dia 3 de fevereiro de 2009 na clínica de neurologia do médico Paiva Lopes e até hoje por falta de uma medicação na mesma, o exame não se realizou. Nenhuma providência de retorno satisfatório foi tomada por parte de seu proprietário ou da Unimed, plano de saúde que minha filha é usuária há quase dez anos.

Em nenhum momento me foi dado acesso à diretoria por parte da secretária, esbarrando as negociações na assistente social que compreende a situação, mas diz que nada pode fazer.

Fernanda depende do resultado deste exame para ser medicada por sua neuropediatra.

Há desconforto experimentado por nós, seus familiares diante da situação, e por ela criatura humana agredida na violação de um direito seu, enquanto criança, pessoa com deficiência e cidadã, causada por uma Instituição que desconhece ou não respeita a legislação e nos causa revolta e indignação. 

A minha dúvida é: Se o fato envolvesse o filho (a) do Diretor da UNIMED ou da Clinica, a situação já teria sido resolvida? 

Teresa Cristina de Sousa Duarte, mãe de Fernanda Hellen Sousa Duarte, 11 anos, com Síndrome de Rett, que há quase trinta dias aguarda a sensibilidade e exercício da responsabilidade da UNIMED-Mossoró.

Nota do Blog – Sensibiliza-me  o desabafo da mãe dessa criança. Não as conheço, mas me sinto tocado.

Não emito juízo de valor, por necessitar do contraditório para tal, de modo a sustentar qualquer posição.

Em verdade, esse poderia ser um artigo como tantos outros que publico. Porém o vejo à parte.

Não costumo inserir comentário pessoal e direto em artigos assinados por colaboradores ou qualquer webleitor. Entretanto nesse pretendo fazê-lo adiante, em face de se constituir num caso particularmente especial.

O espaço está facultado à parte criticada e os comentários estão naturalmente abertos a todos os nossos internautas, obviamente atendendo às "Regras do Blog". 

Categoria(s): Fred Mercury
sábado - 28/02/2009 - 10:11h

“Brasileiras” concluem turnê “Na era do rádio”


O grupo vocal mossoroense “Brasileiras” fará mais quatro apresentações do espetáculo “Na era do rádio”. Completa um ciclo de shows.

No dia 6 (sexta) de março se apresenta em Natal, na Base da Petrobras, em um espetáculo fechado, no dia seguinte o grupo sobe ao palco do Teatro Alberto Maranhão.

Já nos dias 13 e 14 é a vez do público de Mossoró e região prestigiar o grupo que se apresentará no Teatro Dix-Huit Rosado.

Os quatro shows fecham com chave de ouro o projeto de dez (10) apresentações patrocinadas pela Petrobras do grupo mossoroense. 

A turnê começou em Mossoró e percorreu os municípios de Macau, Caicó e Santa Cruz.

Na era do rádio é um musical que resgata a época de ouro do rádio no Brasil e suas maiores representantes, as divas do da música desse meio de comunicação de massa.

Formado por Alzinete de Oliveira, Dayanne Nunes, Katharina Gurgel e Kekely Lira, além de mais sete músicos, o espetáculo transporta para os dias atuais a imagem e as lembranças de uma época musicalmente muito rica.

São exaltadas as grandes intérpretes e compositores que foram destaque na Música Popular Brasileira da década de 20 até os anos 60.

Categoria(s): John Deacon
sábado - 28/02/2009 - 09:49h

Fátima Bezerra faz avaliação e traça metas para 2009


A deputada federal Fátima Bezerra (PT) promove avaliação do seu mandato. Começou ontem em Natal, prosseguindo hoje.

Ela reúne assessores, colaboradores e técnicos num hotal da capital.

Ontem, por exemplo, José Antônio Spinelli, doutor em Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), fez important palestra.

O encontro promovido pela parlamentar também se destina a produzir metas para este ano, nos mais diversos setores de atuação.

Nota do Blog – A parlamentar petista tem nítido e significativo trabalho, sobretudo no campo da Educação, de onde se origina.

Sua proximidade histórico-partidária com o presidente Lula da Silva (PT) ajuda sobremodo no cumprimento de seu papel parlamentar na chamada Baixa Câmara, onde constitucionalmente é representante do povo.

Categoria(s): Sem categoria
  • Repet
sábado - 28/02/2009 - 09:41h

Acim consegue melhorias para usuários de bancos


Os bancos com agências em Mossoró estão obrigados a construir instalações sanitárias públicas em 30 dias. Também devem disponibilizar bebedouros com água potável e tratada para todos os usuários, além de banheiros.

O não-cumprimento da decisão judicial protalada pelo titular da 1a Vara Cìvil, Herval Júnior, nessa sexta (27), implicará em multa pecuniária de R$ 5.000,00 (cinco mil reais)/dia.

A demanda foi desencadeada pela Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM). O advogado Marcos Araújo assinou a ação.

O magistado, no entando, não acatou a pressão da mesma peça, que cobrava dos bancos à feitura de estacionamento. "Esta medida tem outros impactos além do financeiro", sustentou Herval Júnior.

Ele ponderou que a iniciativa passa pelo próprio reordenamento do trânsito da cidade, que está em processo de municipalização.

Nota do Blog – Fico particularmente animado com a atitude proativa da importante Acim.

Descruzou os braços no interesse não apenas dos seus associados, mas numa cruzada em favor do respeito ao próprio indivíduo, por vezes apenas tratado como gado – pelos agentes financeiros.

Outras lutas precisam ser desencadeadas com destemor, sem compadrio ou temor de desagradar a essa ou aquela instituição.  

Categoria(s): Nelson Queiroz
sábado - 28/02/2009 - 09:27h

Fruticultura deve demitir milhares de trabalhadores


Ninguém fique boquiaberto com o noticiário da Grande Imprensa, sobre a crise mundial. Ela não está tão longe de nós, como alguns pensam.

É possível que até março, a fruticultura irrigada da região de Mossoró demita milhares de trabalhadores. O inverso crescente tende a concorrer para ampliar o total de desempregados.

Gigantes do ramo como Nolem e Agrícola Cajazeiras devem demitir cerca de 4 mil trabalhadores. Porém os números prometem ser maiores.

Apavorante.

Categoria(s): Blog
  • Repet
sábado - 28/02/2009 - 09:22h

Os empréstimos bobos do Potiguar


O jornalista Sérgio Oliveira, que assina a coluna "Toque Esportivo" em "O Mossoroense", é mordaz em uma de suas notas hoje. Veja abaixo:

Situação – O Potiguar que não tinha um companheiro à altura para ajudar Max ou substituir Ricardo Lima na marcação no meio de campo, que situação, emprestou Everton ao Baraúnas.  Faltou um companheiro de criação para Vaninho, que situação, emprestou Paulinho ao Baraúnas. O que seria do mundo dos sabidos se não existissem os…

Nota do Blog – De enorme perspicácia a abordagem de "Serginho".

Os dois atletas citados são os melhores da atual temporada vivida pelo Baraúnas, que se classificou ao segundo turno.  Potiguar foi eliminado.

Depois farei artigo comentando a passagem meteórica e desastrosa do alvirrubro pelo Estadual 2009. Também ampliarei a abordagem para uma análise quanto à competição em si.

Categoria(s): Paulo de Tarso Fernandes
sábado - 28/02/2009 - 09:09h

Assoreamento pode gerar mais drama, alerta ex-secretário


O engenheiro Valtércio Silveira, ex-candidato a prefeito de Mossoró e ex-secretário municipal, faz um alerta pertinente. Precisa ter eco e respaldo.

Ele aborda as consequências do assoreamento do rio Mossoró, assinalando que o inverno rigoroso poderá renovar dramas do passado nas regiões ribeirinhas.

Leia-o, por favor: 

Amigo Carlos Santos, o bem, saúde e paz !!!!

Em 02 ou 03 oportunidades, alertei para o perigo do assoreamento do Rio Mossoró e seus derivados, ou seja a dicotomização e a tricotomização do mesmo. Sugiro e tomo a liberdade que você abrace esta causa.

É um problema gravíssimo.

No primeiro bom inverno, veremos os que moram na ribeirinha sem ter o que fazer diante da calamidade, como aconteceu no ano passado, ocasião em que e não sei para quê, a prefeita Fafá Rosado (DEM) foi passear de canoa.

Claro que isto não adianta, o que resolve é contratar máquinas retroescavadeiras capazes de limparem o leito dos três rios.

Lá se vão 24 anos que Mossoró se livrou de enchentes.

A partir de agora, só DEUS sabe o que pode acontecer.

Consulte engenheiros, se subsidie e preste mais este grande serviço à nossa terrinha.

Sem nenhuma fleuma, lhe informo que, durante dois anos, dei aula como monitor na UFPB, exatamente acerca deste tema.

Grande abraço.

Valtércio Silveira.

Categoria(s): Blog
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
sexta-feira - 27/02/2009 - 12:11h

Campanha em Patu tem conclusão hoje


Termina hoje a campanha eleitoral suplementar em Patu. A candidata à prefeitura, Evilásia Gildência (PSB), fará comício.

O deputado federal João Maia (PR) e o vice-governador Iberê Ferreira (PSB) são alguns dos reforços esperados em seu palanque.

Ontem, o adversário Alexandrino Suassuna (PMDB) encerrou campanha com movimentação pública na cidade.

Categoria(s): Sem categoria
sexta-feira - 27/02/2009 - 12:08h

FPM de fevereiro não “pinga” em contas de prefeituras


Devido a problemas no sistema bancário a última parcela do FPM de fevereiro não caiu nas contas das prefeituras na manhã desta sexta (27), como estava previsto.

A informação foi passada à Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte(Femurn) pelo Tesouro Nacional.

Segundo a informação do Tesouro, a parcela do FPM estará nas contas das prefeituras na tarde de hoje.

A última parcela do FPM deste mês vem com uma queda de 13,6% em relação ao mesmo período do ano passado.

* Do Blog de Oliveira Wanderley

Categoria(s): Sem categoria
sexta-feira - 27/02/2009 - 11:52h

Carlos Eduardo diz que Micarla usa de “oportunismo”


O ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PSB) não poupa críticas à sucessora Micarla de Sousa (PV). É incisivo.

Para Carlos, ela está provocando situações fantasiosas, para atingi-lo. Cita o caso do fechamento da Maternidade Leide Morais, na Zona Norte de Natal.

- Eu deixei aquela maternidade pronta e equipada – afirma.

Saiba mais AQUI.

Categoria(s): Sem categoria
sexta-feira - 27/02/2009 - 11:47h

Nova Câmara adota vassalagem da anterior


A Câmara de Mossoró, em sua nova legislatura, deu o ar de sua graça. Está igualzinha a anterior em termos de vassalagem. Pode piorar. O que é pior.

Sete projetos foram apresentados em regime de urgência, todos originários do Executivo. Sem surpresa, todos aprovados.

Nada demais em se tratando do endosso do Legislativo, quando o governismo tem claramente dez votos, doz 13 da Casa e um "flutuante".

A censura que se faz é ao imobilismo e ao silêncio cúmplice. Quando a grande maioria dos parlamentares evita o simples debate, abre mão do dever básico do questionamento.

A sociedade não está cobrando a derrubada das matérias. Não implora para que os vereadores sejam "do contra". Precisa que pelo menos a Casa estude e esquadrinhe as proposições, de modo a oferecer sugestões, eventuais emendas etc.

É assim que acontece em ambientes democráticos, verdadeiramente sadios. O inverso é onde prospera o totalitarismo, a servidão torpe e o toma-lá-dá-cá promíscuo.

É triste. Parece que o vírus da legislatura anterior está robustecido.

Pobre Mossoró!

Categoria(s): Blog
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.