sexta-feira - 31/07/2009 - 11:10h

Plantonistas também levam a pior em cortes


Mais cortes na remuneração dos servidores da Prefeitura de Mossoró. Surpresa desagradável. 

Leia abaixo o que escreve um "barnabé", depois de ver o que lhe restara:

Grata surpresa dada aos funcionários que trabalham em regime de plantão na Prefeitura Municipal de Mossoró.

Hoje ao verificar meus provenos percebi apenas 50% do salário e que todos os colegas que trabalham em regime de plantão encontram-se na mesmam situação, trabalhando 100% com 25% do material e 50% do salário.

Enquanto arrecadação cresceu no periodo do "Fafaismo…

Deixo minha revolta e completa insatisfação.

Nota do Blog – O nome do internauta é preservado, por zelo do Blog. Mas se quiser autorizar a veiculação, o farei. 

A "crise" do "país de Mossoró" é realmente surreal. Chega quando no mundo todo está se dissipando.

Mas é certo que essa "crise" não é para todos. Há uma ilha de prosperidade em meio a tantas tormentas.

Categoria(s): Blog
sexta-feira - 31/07/2009 - 10:58h

A “janela” que não se abre


Quem sonha numa "pulada de cerca" consentida, oficial, tudo dentro da lei, de papel passado, é bom tirar o cavalinho da chuva. Não deve sair para este ano.

A "janela" da salvação para uns, da perfídia para outros, ou simplesmente a brecha para se candidatar por outro partido sem ser cassado (sendo detentor de mandato), não deverá vingar. Não há consenso favorável.

O temor é que ocorra uma revoada de insatisfeitos, pinotando por aí, de um partido para outro.

No RN, por exemplo, seria a garantia de postulação para a senadora Rosalba Ciarlini (DEM), que não dependeria do DEM  para ser candidata ao governo.

O jeito é abrir caminho no afago ou na cotovelada.

Faz-me lembrar um conceito de "diplomacia" do presidente Theodore Roosevelt (EUA), no início do século passado:

- Se é para conversar, converse baixinho, mas com um porrete à mão. 

Categoria(s): Blog
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
sexta-feira - 31/07/2009 - 10:50h

Publicitário assume Secretaria da Juventude


O publicitário Tertuliano Pinheiro toma posse nesta sexta (31) do cargo de secretário da Juventude, do Esporte e do Lazer de Natal (Sejel).

Tertuliano vai assumir o lugar deixado por João Ananias de Sousa Neto. A nomeação de Tertuliano Pinheiro foi publicada na edição desta sexta do Diário Oficial do Município (DOM).

Houve mudanças também na equipe de apoio da Sejel. A Secretaria passa a ter agora Robson Coelho Xavier como secretário adjunto de Esporte e do Lazer; Bruno Anderson da Costa como secretário adjunto da Juventude; José Paulo Dantas como diretor do Departamento de Equipamento Esportivo; e Diego Xavier Alves como chefe de gabinete.

Tertuliano já ocupou cargo na área social, de secretário, no período do governador Fernando Freire (2002).

Saiba mais AQUI.

Categoria(s): Sem categoria
sexta-feira - 31/07/2009 - 10:33h

Pensando bem…


"Pode-se dizer que o sucesso é a feliz conjunção de estarmos preparados, ousar vencer nossos medos e encontrar condições adequadas." 

Silvio Genesini

Categoria(s): Pensando bem...
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
sexta-feira - 31/07/2009 - 10:29h

Gerais… Gerais… Gerais… Gerais


É hoje a partir das 19h, no Memorial da Resistência em Mossoró, que o ex-candidato a vereador Karol Furacão lançará seu livro Amor e Preconceito. O romance é texto selecionado do projeto Rota Batida. Estarei lá, Karol, para cumprimentá-lo. Com direito a uma "chapa", lógico.

O Forró do Tio Luiz (por trás do Rei da Costela, Aeroporto, Mossoró) tem festança hoje a partir das 23h. Entre as atrações quem se apresenta é o grupo "Cavalo de Pau. Sucesso.

Em Natal, o Jobim (Praça das Flores, 736, Petrópolis), apresenta Cida Airam a partir das 22h. Música ao vivo da melhor qualidade. Samba, Bossa Nova e chorinhos fazem parte do seu repertório, já apresentados a públicos país afora e no Exterior.  

Não custa relembrar que o Oba Restaurante (Mossoró) sedia hoje a festa dos 33 anos do Musibol, programa esportivo-musical do radialista Diassis Linhares. A partir das 23h tem apresentações do "Tremendões" e "The Fevers". Mesas (se ainda existir alguma) pelo fone (84) 8874-4191.

Obrigado à leitura deste Blog a Dorian Jorge Freire Filho (Mossoró), deputado federal Henrique Alves (Natal) e Xavier Araújo (Mossoró).

Categoria(s): Nelson Queiroz
sexta-feira - 31/07/2009 - 10:09h

Corte em férias e ameaça ao 13º afligem servidores


O nó vai arrochar ainda mais. De novo, comprimindo a vida de quem tem a cintura mais fina: o servidor municipal.

Fui informado hoje que o 33% das férias de todo o funcionalismo da Prefeitura de Mossoró está suspenso. E sem previsão de quando será efetuado o pagamento.

É o cúmulo da incompetência administrativa.  

Há também comprometimento para pagamento do 13º salário, que desde a época da então prefeita Rosalba Ciarlini (DEM) é feito dentro do mês de aniversário de cada servidor.

É o cúmulo da incompetência administrativa.

Pobre Mossoró!

Categoria(s): Administração Pública
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quinta-feira - 30/07/2009 - 20:29h

Pensando bem…


"Nunca ore suplicando cargas mais leves, e sim ombros mais fortes”. 

Philips Brooks

Categoria(s): Pensando bem...
quinta-feira - 30/07/2009 - 20:26h

A cobertura da Feirinha de Caicó e suas delícias


Quem quiser ampla cobertura fotográfica da Feirinha de Caicó, onde políticos de todos os matizes transitaram hoje, não perca tempo aqui. O endereço é outro.

Thaísa Galvão AQUI mostra caras e bocas de Robinson Faria (PMN), João Maia (PR), Iberê Ferreira (PSB), José Agripino (DEM), Henrique Alves (PMDB), Garibaldi Filho (PMDB), Wilma de Faria (PSB) e outras figuras.

Olhando tanta mesa farta, bate logo a saudade de Caicó – sua gente e sua culinária.

Tantos amigos que há tempos não vejo e aquelas delícias…

Benza Deus.

Já já esbarro aí, Sant´Anna. 

Categoria(s): Sem categoria
quinta-feira - 30/07/2009 - 20:21h

Carlos Eduardo Alves em “O Mossoroense”


Encontrei-me casualmente hoje à noite com o jornalista Bruno Barreto, editor de Política de "O Mossoroense".

Adianta-me que a entrevista especial da edição do próximo domingo, do periódico, será com o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT).

Vou aguardar, Bruno.

Categoria(s): Sem categoria
quinta-feira - 30/07/2009 - 20:17h

Acórdão atesta cassação de prefeito e vice de Angicos


Pronto, acabou de ser publicado (19h37) no Diário da Justiça Eletrônico (DJE) o acórdão que rejeitou o embargos de declaração, opostos pelo prefeito cassado de Angicos, Jaime Batista dos Santos “Tejão” [DEM] e seu vice, ex-inimigo pessoal e político Clemenceau Alves “Sosô” [PMDB].

Objetivava reformar a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que decidiu pela cassação dos dois.

A data da divulgação é de hoje, quinta (30), mas a publicação é de amanhã, sexta (31).

Daí, a partir da meia noite e um segundo a “guerra” entre oposição e situação vai começar. Continuar, que se diga.

De um lado o prefeito cassado vai, através de seus advogados, tentar conseguir uma liminar no Tribunal Superior Eleitoral [TSE], em Brasília, para se manter no cargo enquanto o processo vai a julgamento em terceira instância.

Por outro lado, os segundo colocados, médico Ronaldo Teixeira (PSB) e o advogado Deusdete Gomes (PTB), prefeito e vice, respectivamente, vão aguardar que a Justiça Eleitoral possa diplomá-los e posteriormente, dentro do prazo regimental, que a câmara seja convocada para empossá-los.

Ninguém solte fogos ainda. Nem quem está para sair, nem quem está para entrar.

O jogo ainda é duro.

* Com informações do Blog de Aclecivam Soares (AQUI).

Categoria(s): Blog
quinta-feira - 30/07/2009 - 20:11h

Para internauta, TV Mossoró não cumpre papel educativo


O internauta e debatedor regular deste Blog, Rui Nascimento, faz um contraponto à minha opinião na postagem "Satanização e divinização na imprensa de Mossoró". Merece ser lida.

Ele faz referência especial à TV Mossoró. Leia-o abaixo:

Carlos,

Sou um assíduo leitor de seu Blog, compartilho quase que irredutivelmente das suas opiniões e comentários, mas faço uma ressalva no "assunto-tema" em questão.

Não é um contraponto à sua tese, quem sou eu para tanto? É, talvez, uma simples e humilde (ignorante, até) complementação, não à idéia, nem discordância do que seria uma Emissora Educativa, mas ao teor do que se veicula nessa intenção de ser Emissora Educativa.

Assisto sempre aos programas da emissora em questão, acho salutar a proposta a que se propõe, mas convenhamos, os programas nela exibidos fogem de longe à proposta de uma emissora educativa. Independentemente de interesses políticos.

Questiona-se, em minha opinião, não somente as questões comerciais, mas, neste caso, a discordância é o método político ao qual a emissora de cunho educativo se propõe a dedicar-se.

Pondera-se então que, sendo um veículo de concessão pública, teria ela, que ser imparcial e de cunho eminentemente educativo, o que foge a atual realidade da mesma, e isso serve de parâmetro e prerrogativa para ações judiciais.

Em tempo: a FM 105 foge à proposta educativa, mas, no que diz respeito à questão comercial, quanto à política não vejo motivo para questioná-la, o que não justifica o erro.

Justiça não se discute, cumpre-se.

Desculpe o "atrevimento". É apenas minha opinião!

Rui Nascimento.

Nota do Blog – Rui, obrigado por mais essa intervenção.

Não tome seu ponto de vista como menor ou "atrevimento". Ele é seu. Pessoal e legítimo, portanto digno de respeito. Sempre.

O que torna este espaço um fórum de debates é a dialética, esse conflito de ideias, a possibilidade do contraditório e o direito de todos à própria expressão do pensamento livre.

Eu não dou o dono da verdade. O slogan da página é "jornalismo de opinião". A minha, a sua, a nossa. Necessariamente não precisamos concordar. É interessante até que discordemos.

Quanto à expressão "Justiça não se discute, cumpre-se", não assino embaixo.

Decisão judicial discute-se sempre. Essa máxima deriva de tempos de exceção, pois esconde uma mentalidade despótica, época em que juiz impunha pavor e não respeito.

Prefiro os magistrados de hoje: de carne e osso. Gente como nós.

Escreva sempre.

Obrigado.

Categoria(s): Blog
quinta-feira - 30/07/2009 - 19:56h

Petrobras ajuda a sustentar máquina “Da Gente” (deles)


Sempre tão criticada (o que é necessário, visto que é patrimônio dos brasileiros), a Petrobras é uma dádiva para Mossoró. Pena que boa parte da riqueza gerada por ela seja desperdiçada pelo poder público.

A empresa é a maior tomadora de serviços em atuação em Mossoró. O que isso significa dizer, numa linguagem simplificada?

Graças a Petrobras, o erário recebe somas vultosas mensalmente do Imposto sobre Serviços (ISS), que derivam de pagamentos feitos por ela. O Iss responde por mais de 94% da receita direta/mês da prefeitura.

A Petrobras paga em torno de R$ 40 a R$ 50 milhões em serviços em alguns meses – que geram o ISS (5% sobre o valor bruto).

Depois da estatal, é a própria prefeitura a segunda maior tomadora de serviços. Mesmo assim, com números muito inferiores.

Esses e outros detalhes sobre as finanças de Mossoró (que são trancadas a sete chaves) eu trarei depois, nos próximos dias.

Devagar o Blog tem conseguido acessar informações que deveriam ser públicas, mas terminam trancadas na "caixa-preta" (mais uma) do Governo "Da Gente" (deles).  

Aguarde, pois.

Categoria(s): Administração Pública
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quinta-feira - 30/07/2009 - 19:42h

Matiz de Assu deverá ser interditada


A equipe de técnicos que realizou vistoria no dia primeiro de julho na estrutura de sustentação do telhado e do forro da Igreja Matriz de São João Batista (Assu) enviou recomendação ao padre Francisco Canindé para interditar imediatamente a Igreja.

Há preocupação premente de que possa ocorrer algum tipo de sinistro, com graves consequências.

Saiba mais AQUI.

Categoria(s): Nelson Queiroz
quinta-feira - 30/07/2009 - 19:37h

Cláudia Regina lança portal na Internet


A vereadora em primeiro mandato, Cláudia Regina (DEM), é mais um político a desembarcar na Internet. Lança seu portal.

"O site preenche maior espaço à informação do mandato, valoriza os princípios da transparência, publicidade e abre canal à participação popular do mandato cidadão, conforme defendido por nós em campanha", diz Cláudia ao Blog.

Conheça o endereço na Internet da vereadora com assento na Câmara de Mossoró AQUI.

Categoria(s): Sem categoria
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quinta-feira - 30/07/2009 - 19:33h

Prefeito e vice de Riachuelo são cassados pelo TRE


Na sessão desta quinta (30), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN) cassou os mandatos do prefeito de Riachuelo, Paulo Bernardo de Andrade Júnior (PSB) e de seu vice Cleudisson de Azevedo Cruz, dando provimento ao recurso da coligação adversária “Liberdade do Povo” (PMDB, PT, PTB, PSDB e PR).

Foram denunciados por prática de conduta vedada pela legislação eleitoral e realização de captação ilícita de sufrágio.

O ponto crucial foi a utilização do cheque-reforma, com distribuição a eleitores, para obras em residências no município de Riachuelo. 

Por maioria de votos, a Corte Eleitoral para determinar a cassação, reconheceu que houve tanto a violação do artigo 41-A (compra de votos) como ao artigo 73, IV (conduta vedada a gente público), ambos da Lei das Eleições (9.504/97). 

O TRE/RN deixou de aplicar a sanção de inelegibilidade de 3 anos, também por maioria de votos, uma vez que o juiz Fábio Hollanda não entendeu existir potencialidade na conduta vedada para ensejar a decretação da inelegibilidade. 

O relator do processo foi o juiz Roberto Guedes. Para ele e o desembargador Cláudio Santos, além do juiz Fernando Pimenta, não houve a ocorrência de captação ilícita nem conduta vedada.

Os juízes do Tribunal decidiram ainda, aplicar duas multas no valor, cada, de R$ 40 mil aos cassados, uma pela captação ilícita e outra pela conduta vedada.

Os que votaram pela cassação foram os juízes Ricardo Moura, Fábio Hollanda, Marco Bruno e o presidente da Corte, desembargador Expedito Ferreira de Souza.

Com base nas eleições de 2008, a Justiça Eleitoral cassou os prefeitos de Patu, São José de Campestre, Guamaré, Angicos e Riachuelo.

Aguardam julgamentos definitivos os prefeitos de Tibau e Espírito Santo.

* Com informações do TRE.

Categoria(s): Blog
quinta-feira - 30/07/2009 - 11:41h

Seja repórter do Blog


A postagem abaixo, graças a intervenção do internauta Togo Ferrário, ajuda a tornar ainda mais democrático e dinâmico este Blog. Participe também.

Se você tem máquina à mão, boa vontade e focaliza algo que mereça ser denunciado – de interesse público -, não se faça de rogado. Mande pra gente.

Para facilitar postagem, peço-lhe que mande fotos com no máximo 100k cada uma e horizontais.

Seja repórter e contribua para tornar nosso habitat melhor.

Categoria(s): Comunicado do Blog
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quinta-feira - 30/07/2009 - 11:36h

“Buracolândia” tem obra parada há 50 dias


Webleitor contumaz do Blog, Togo Ferrário vai à luta como repórter "ad hoc" deste endereço e faz um flagrante fotográfico, acrescido de texto testemunhal.

Mais claro, impossível.

Mostra o descaso com o patrimônio dos mossoroenses, numa de suas artérias mais estratégicas e representativas, a Avenida Alberto Maranhão. Leia-o abaixo e foque na foto acima:

Caro amigo/jornalista Carlos Santos.

Um absurdo!!!

Esta é a conclusão a que chego ao deparar-me, ontem, com o estado em que se encontra parte da Avenida Alberto Maranhão, ao lado do mercado do Alto da Conceição, na praça Alípio Bandeira, de acordo com as fotos que estão em anexo.

Procurei tomar conhecimento de moradores e comerciantes do local, e alguns disseram-me que, há 50 dias exatos, não aparece no local nenhum trabalhador, mesmo tendo, em uma das fotos, um placa com os dizeres: ATENÇÃO – TRECHO EM OBRAS.

Eu lhes pergunto: que obras?

Vejam o lamaçal!

Pena que a fotografia não permita sentir o odor de merda que exala do local.

Um comerciante pediu-me que fizesse essa reclamação e, se possível, fosse publicada com foto.

0Atentem bem para o detalhe:  a Avenida Alberto Maranhão é, nesse sentido da via, porta de entrada da cidade de que vem do Alto Oeste e, também, uma das mais importantes avenidas de Mossoró.

Lamentável esse cenário.

Pela atenção, muito obrigado.

Togo Ferrário.

Nota do Blog – Eu e nós internautas é que o agradecemos por esse material de reportagem, denúncia-verdade que trata do interesse público.

Homens trabalhando? Só se for na dilapidação da coisa pública.

Bom ainda se perceber o critério adotado para recuperação de vias públicas. Durante o Cidade Junina a prioridade foi ajeitar e maquiar ruas mais próximas à Estação das Artes e garantir restauração de algumas no bairro Nova Betânia, região nobre.

Enquanto isso, as mais afetadas ficaram assim, como mostra a foto.

Sabe por que os "homens não estão trabalhando"? Falta pagá-los. Falta pagar às empresas contratadas.

Pobre Mossoró!

Foto: Togo Ferrário

Categoria(s): Blog
quinta-feira - 30/07/2009 - 11:26h

Satanização e divinização na imprensa de Mossoró


Não tenho qualquer motivo pessoal para a defesa do grupo Rosado, um gigante nas áreas política e de comunicação. Nem eles precisam de mim para coisa alguma. Mas vejo algo que passa à margem de certa polêmica, despercebidamente.

Acompanho no Jornal de Fato, edição de hoje, que o Ministério Público Federal (MPF) pleiteia punição contra a TV Mossoró, por ela veicular inserções de publicidade e propaganda. Até mesmo o merchandising (propaganda subliminar) é denunciado.

Como emissora de concessão pública na faixa "educativa", ela estaria proibida de veicular material publicitário. É a lei 9.472/97, no seu artigo 110, que dispõe sobre tal veto.

Claro que há por trás do trabalho eminentemente técnico do MPF, uma pressão sorrateira de concorrentes e do grupo político antagônico, atual inquilino da Prefeitura de Mossoró. Há poucos anos eles fizeram denúncia formal ao Ministério das Comunicações sobre eventuais irregularidades. Retaliação politiqueira para tentar calar a emissora.

O que estranho, nesse zelo pela lei – algo pouco comum no poder municipal – é ignorar situação absolutamente similar da FM 105.

Por quê?

Há anos que a emissora de Frequência Modulada da Fundação Sócio-educativa do RN (FUNSERN), controlada pelo padre Sátiro Dantas, trabalha com a mesma modalidade de relação mercantil. É comercial. Tem espaços publicitários vendidos como o faz a TV Mossoró. O termo "educativa" é explícito até em sua razão social.

Se é preciso cumprir a lei, que seja na vertical, sem atalhos.

Como disse acima, não faço uma defesa da TV Mossoró ou do grupo. Se fosse para agir por sentimentos menores, o faria advogando tese em contrário e açulando à punição.

Fui processado por empresa do grupo e um de seus membros. Considero as demandas injustas e precipitadas, visto que tiveram propósito de asfixiar minha palavra. Só isso. Mas respeito como direito a iniciativa de acionar o Judiciário.

Nesse caso específico do cerco à TV Mossoró, repito o que escrevi parágrafos acima. Se está à margem da lei, puna-se. Mas não sejamos míopes diante de quem parece estar em situação similar.

Satanizar uma e divinizar a outra por quê?

Categoria(s): Blog
  • Repet
quinta-feira - 30/07/2009 - 11:03h

Gerais… Gerais… Gerais… Gerais


Quem está em Mossoró a trabalho é o professor e pesquisador Lacerda Felipe. Encontrei-o ontem num restaurante da cidade. O suficiente para um fugaz debate sobre Carlos Lacerda e Darcy Ribeiro, duas paixões antípodas que possuo, como admiração intelectual. Um abraço, saúde e paz, professor. 

O programa Manhã TCM da TV Cabo Mossoró (TCM) completará cinco anos de apresentação amanhã (sexta, 31), a partir das 8h30. Merece os parabéns por se esmerar em pintar nossa "aldeia", como recomendava Tolstói. Portanto, um brinde (com champagne) à aniversariante. Aceito água com gás. Ah, ia esquecendo: seus apresentadores são Lilian Martins e Nilton Giacomelli. 

O "Principado" do Santa Delmira ganhou uma casa lotérica, boa referência no setor em área de enorme abrangência demográfica e diversos serviços. Faltava esse. É a Divina Sorte que funciona desde ontem. Os parabéns a Danísia Freitas, empreendedora no negócio.

Os parabéns do Blog à valorosa Tribuna do Norte, criação de Aluízio Alves ainda no distante 1950 (como inspiração da Tribuna da Imprensa-Rio, de Carlos Lacerda). Ontem ela estreou seu portal na Internet, dando um salto à frente em relação a similares no RN. Aposta numa plataforma que os grandes grupos de mídia já mergulharam no país e no mundo. Eles também dominam o espaço no ambiente virtual, criando pesado oligopólio (depois comento sobre isso). Veja AQUI.

Chegou a Mossoró o DDEX (Direct To Door Express). Trata-se de um serviço de coleta de documentos, panfletagens, entrega de revistas-jornais-cobranças etc, com amplo monitoramento e relatórios à clientela. Está instalada na Rua Sílvio Pedrosa, 06, Nova Betânia, próximo ao Shopping Avenida. Contatos: (84) 9972-3344 e 3316-3380.  

Obrigado à leitura deste Blog a Luis Gustavo Azevedo (Mossoró),  jornalista J. Gomes (Caicó) e radialista Agenor Mello-Rádio Tapuyo-RPC (Mossoró).

Categoria(s): Nelson Queiroz
quinta-feira - 30/07/2009 - 10:29h

Crise de gestão é encoberta por suposta crise mundial


Em parte concorco com o Blog do Tio Colorau (veja postagem abaixo). A crise que o mundo anuncia como arrefecida, só agora chega em Mossoró, quase um ano depois de estourar.

Não existe uma crise econômico-financeira. É de gestão mesmo.

Por arrogância, incapacidade gerencial e algumas gotas de má-fé, o governo que lembra o reino de Lilipute das "Viagens de Gulliver" (onde todos são pequenos) não tomou providências profiláticas ou saneadoras. Agora corre atrás com decisões equivocadas ou precipitadas.

A administração pública, apesar de sua complexidade, deveria seguir o memo princípio de gestão de uma casa familiar. A cada ameaça de crise, é necessário se estabelecer prioridades, reduzir gastos e conter vaidades. O inverso do governo da prefeita Fátima Rosado (DEM) e sua patota familiar.

Em plena crise, Fátima até comprou um carro (com nosso dinheiro) para enfrentar a buraqueira da cidade, no valor de quase R$ 200 mil (ultrapassa esse montante, com inclusão de seguro e emplacamento).

No mesmo período contratou serviço de uma empresa  terceirizada que nunca ninguém ouviu falar, no valor que ultrapassa os R$ 6,4 milhões.

Na mesma época "terceirizou" o "Cidade Junina" para privatizar o lucro em cerca de R$ 3 milhões.

Também gastou cifras insondáveis em tapa-buraco durante o inverno, para encobrir obras de pavimentação que não resistem a uma cuspida.

Ser político, em vez de técnico não atesta incapacidade como gestor. Muito pelo contrário. O bom político é um generalista com a sensibilidade de juntar em torno de si os melhores técnicos.

O Plano Real, por exemplo, foi tocado por um sociólogo, político profissional, Fernando Henrique Cardoso. Por trás de si havia um time de técnicos de alto conceito e uma bússola fora do país, o Fundo Monetário Internacional (FMI). 

Temos um governo sem bússola.

Volto ao tema com mais novidades de bastidores.

Categoria(s): Blog
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quinta-feira - 30/07/2009 - 10:25h

Amadorismo administrativo prejudica área cultural


Neste mês de julho, que encerra hoje (encerramento fiscal), entrou R$ 13.449.745,65 na conta da prefeitura, valor este referente a repasses de FPM, FEP, ITR, ICMS, ROYALTIES, IPM, CIDE, etc. Em julho de 2008, o crédito foi de R$ 14.173.026,97, ou seja, a diferença não foi tão significante, ocorrendo dentro da margem aguardada de oscilação.

Assim, não foi a queda na arrecadação que motivou o corte abrupto em projetos culturais mossoroenses, mas sim o amadorismo da atual administração, que se apresenta com uma equipe de assessores formada por políticos, não por técnicos.

Caso tivéssemos técnicos e não políticos, os cortes se dariam no enxugamento da máquina administrativa.

Hoje, faltam birôs para tantos diretores e chefes lotados nos órgãos municipais. É gente batendo em gente, sem ter o que fazer. Essas pessoas, entretanto, precisam ser mantidas, pois no ano que vem tem eleição e elas sairão às ruas pedindo votos (é o único período em que elas “trabalham”).

Como mossoroense, lamento a situação administrativa em que vivemos, onde nossos administradores privilegiam o empreguismo por conveniência política em detrimento da valorização de nossa cultura. 

Lamento que tenhamos uma prefeita distante, que não se comunica nem aparece. Não dá entrevistas, não tem Twitter, não anda nas ruas e não atende o povo. A impressão é que se trata de uma boneca Super Vick, que fica trancada num armário, saindo apenas em ocasiões especiais. No caso da prefeita, em inaugurações e sessões de foto.

Precisamos, senhora prefeita, de eficiência e transparência. Já.

* Extraído do Blog do Tio Colorau (AQUI).

Volto já com reforço à postagem.

Categoria(s): Administração Pública
quarta-feira - 29/07/2009 - 23:24h

Em Mossoró, arrogância e imoralidade


De volta a Mossoró, depois de uma semana em Martins, encontrei a cidade tão ou mais esburacada do que deixei. Inclusive moralmente.

Realmente o governo de Fafá Rosado é um desgoverno; uma verdadeira calamidade para o justo, como diria o velho Calixto, de Portalegre, um negro centenário que me deu certa vez a melhor definição do que seria um político (com as exceções de praxe): “uma gente que continua comendo enquanto todos nós fazemos jejum…”

Em Mossoró, como comem os Rosado! Uma familia que está no poder há décadas, em cujo decurso se apropriou de tudo, inclusive da consciencia de muitos mossoroenses.

Mas — é preceito bíblico — todo começo tem um fim e parece-me que agora, apesar do que dizem os otimistas, já não é mais possivel esconder nem disfarçar que há algo de podre — de muito podre – nesse país dominado pela arrogância e o obscurantismo.

E isto porque são os próprios Rosado que estão solapando o resquicio de temor que subsistia na alma de muitos mossoroenses que aprenderam a respeitar e devotar-se aos interesses dessa numerosissima parentela. A maneira como age o irmão da prefeita Fafá Rosado, o agitador cultural Gustavo Rosado, é muito representativa desse aruinamento que resulta do crescente descrédito dos Rosado em Mossoró.

Hoje, ninguém em sã consciência o ignora: o maior adversário dos Rosado é um Rosado, Gustavo, que usando do poder de açambarcar tudo na Prefeitura de Mossoró, está se indispondo  com toda Mossoró e indispondo a opinião pública em relação à sua ilustre familia.

Hoje seu nome é repudiadíssimo em toda Mossoró, como prova e comprova a manifestação dos leitores, por exemplo, de Carlos Santos, que tem se encarniçado em defender certos valores que esse segmento da familia Rosado, representado pelo irmão de Fafá, encarna de maneira tão odiosa.

Somente há em Mossoró uma segunda pessoa tão odiada e desprezada quanto ele. É um médico.

Agora, ao retornar, essa novidade que faltava. Gustavo está processando o jornalista Carlos Santos por causa de umas fotos comprometedoras que um correligionário insatisfeito fez chegar às suas mãos.

Duplo processo, pois seu parceiro, o secretário Francisco Carlos — aparentemente um desses tipos fronteiriços com pinta de estivador –, a segunda pessoa desse governo que seria risivel se não fosse tão imoral, também quer reparação por danos morais, numa verdadeira inversão de valores: o povo de Mossoró, que o jornalista Carlos Santos tem defendido tão aguerridamente, é que devia processá-los inclusive por usurpação do cargo da prefeita que não manda nem desmanda.

Franklin Jorge é escritor, jornalista e crítico literário (AQUI).

Categoria(s): Fred Mercury
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.