• Vale Norte - Nativa Comunicação - 2º Banner - 14-11-17
segunda-feira - 31/05/2010 - 22:50h

STF suspende cessão de servidores a sindicato em Mossoró


O ministro Ricardo Lewandowski concedeu liminar na Reclamação (RCL) 10160, ajuizada no Supremo Tribunal Federal (STF) pelo município de Mossoró (RN). A decisão suspende a liberação de servidores do município a uma entidade sindical.

A liminar refere-se à cessão de três servidores com cargos de agentes de trânsito, ao sindicato da categoria, o Sindatran.

Em primeira instância, o sindicato conseguiu liminar na Vara da Fazenda Pública em Mossoró.

O arrazoado à decisão de Lewandowski baseia-se no fato do Sindatran não ter, ainda, registro comprovado no Ministério do Trabalho e Emprego.

Na RCL, o município de Mossoró se insurge contra decisão da Vara de Fazenda Pública daquela comarca, que concedeu liminar em mandado de segurança impetrado por três servidores municipais, permitindo seu afastamento para desempenhar atividade sindical no Sindicato dos Agentes de Trânsito e Transportes Públicos de Mossoró (SINDATRAN), sem comprovação do registro dessa entidade no Ministério.

A prefeitura alega que essa decisão viola o enunciado da Súmula 677, do STF, bem como decisão tomada pela Corte Suprema na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 1121. O governo municipal lembra que, no julgamento da ADI 1121, o Plenário do Supremo adotou a tese da imprescindibilidade do registro sindical no Ministério do Trabalho para conferir dignidade sindical às pessoas jurídicas que associem trabalhadores ou servidores públicos.

Assim, não bastaria a simples inscrição (registro dos atos constitutivos) no cartório de título e documentos. J

á a Súmula 677, do STF, dispõe que “até que lei venha a dispor a respeito, incumbe ao Ministério do Trabalho proceder ao registro das entidades sindicais e zelar pela observância do princípio da unicidade”.

Saiba mais AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
segunda-feira - 31/05/2010 - 18:37h

Programa do Leite corre risco de parar, dizem entidades


Um grupo de entidades ligadas à atividade agropecuária e de laticínios no Rio Grande do Norte está preocupada com a continuidade do Programa do Leite. Teme seu fim.

Em nota divulgada hoje, a Federação da Agricultura e Pecuária do RN, Sindicato das Indústrias de Laticínios e Produtos Derivados do RN, Sindicato dos Produtores de Leite, Carnes e Derivados do RN e Associação Norte-riograndense de Criadores revela sua apreensão.

O atraso no pagamento, já na terceira quinzena, causa abalo considerável na economia do campo, com reflexos também nas cidades.

Veja abaixo o teor da nota, na íntegra:

O Programa de Distribuição de Leite do Rio Grande do Norte, iniciado em 1995, exemplo e pioneiro no Brasil, está diante daquela que pode ser considerada a maior ameaça à sua continuidade: o atraso do pagamento. 

Beneficiando, direta e indiretamente, mais de 500 mil pessoas no campo e nas cidades, a cadeia produtiva do leite tem se revelado um dos pilares do desenvolvimento do Estado.

Nos últimos anos, estimulado pelo programa, foram criadas indústrias de laticínios que abastecem diariamente o programa do leite com a distribuição de 155 mil litros.

O atraso no pagamento, já na terceira quinzena, chegando a R$ 9 milhões, coloca em risco toda a cadeia do leite e, especialmente, o atendimento à população mais carente, além de deixar de circular recursos na economia de pequenos municípios.

Os resultados mais concretos são a fixação do homem do campo, a redução da mortalidade infantil e uma série de outros benefícios, que agora estão ameaçados.

Diante dessa realidade, as entidades que subscrevem esta nota apelam para o bom senso do Executivo e do Legislativo, para a liberação dos recursos o mais breve possível, garantindo a continuidade do programa. 

Vale destacar que o período seco é uma agravante neste quadro difícil, atingindo o pequeno produtor – que tem como única fonte de renda a produção de leite.

Natal, 31 de maio de 2010.

Nota do Blog – Outra vez a politicalha emperra a vida do Rio Grande do Norte.

Deputados que até bem pouco tempo eram aliados do governo, na Assembleia Legislativa, freiam alterações orçamentárias, comprometendo programas como o do Leite.

Num país sério, de povo consciente, a força da sociedade bateria à porta desses poderes com a força que efetivamente o cidadão tem individual e coletivamente.

Pobre RN.

Categoria(s): Sem categoria
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 31/05/2010 - 18:09h

Horário eleitoral revela o que há de mais esquisito no RN


Toda semana a Veja On line publica lista dos dez mais. Faz um apanhado do que há de mais bizarro, por exemplo.

A votação é feita por internautas.

O Rio Grande do Norte aparece em relevo na eleição, no certame denominado de as "Dez aparições mais bizarras no horário eleitoral". São três indicações.

"Super Moura", em 2º lugar; "Miguel Mossoró", em 3º e "Gil Móveis" na 9ª posição ganham projeção pela jocosidade, mas com enorme pobreza em termos de votos nas urnas.

Veja AQUI

Categoria(s): Sem categoria
segunda-feira - 31/05/2010 - 17:30h

Iberê vai reunir secretariado para avaliar gestão


O governador Iberê Ferreira (PSB) promove reunião com todo o seu secretariado. Será a segunda, desde que assumiu o governo no dia 31 de março último.

O encontro será às 8h de amanhã (terça, 1º), no Centro de Convenções.

A iniciativa é para avaliação e ajuste em providências governamentais, além de definição de medidas prioritárias para os próximos meses.

Os secretários terão oportunidade de apresentar dificuldades e providências tomadas ao pleno funcionamento da gestão. 

Categoria(s): Administração Pública
  • Repet
segunda-feira - 31/05/2010 - 17:25h

Político e estadista (o umbigo e o mundo)


Em entrevista hoje à TV Ponta Negra, o deputado federal Henrique Alves (PMDB) foi instado a citar três sonhos que alimenta.

Não se fez de rogado. Sem titubeios, os enumerou:

1 – Ser reeleito para o 11º mandato;

2 – Ter o PMDB do país como a maior bancada da Câmara Federal;

3 – Ser eleito, a partir desse cenário, presidente da Câmara Federal.

Nota do Blog – Como se vê, nenhuma das aspirações visa o bem comum. Lamentável para um político com 40 anos de vida pública.

Nem a eleição do seu pré-candidato a governador – Iberê Ferreira (PSB) – está no elenco de aspirações, ou a reeleição do primo Garibaldi Filho (PMDB).

Faz-me lembrar do célebre discurso da "Marcha para Washington", pronunciado em 1963 pelo pastor Martin Luther King Jr., denominado entre nós de "Eu tenho um sonho" (I have a dream).

Veja AQUI e perceba a diferença entre um político e um estadista. 

Categoria(s): Sem categoria
segunda-feira - 31/05/2010 - 16:49h

Além dos limites de Mossoró


Com uma população de quase 250 mil habitantes, Mossoró não deve ser analisada a partir desse volume demogrático. Seus números são mais grandiloquentes.

Até aqui, praticamente nenhum prefeito tem pensado e agido no trato de questões públicas, da organização de trânsito à urbanização e economia, vendo o município sob esse prisma. Mossoró não é ela em si. É multifacetada. Muitas numa só.

Esse perfil começou a se formar a partir da avassaladora seca de 1877, num triênio que praticamente quadruplicou a população local, de pouco mais de 6 mil pessoas para mais de 24 mil.

Temos uma cidade miscigenada, gregária e que vai bem além de seus limites territoriais tecnicamente postos pela cartografia oficial.

Sem entender isso, os governantes de hoje e de um passado não muito remoto, comprometem o próprio futuro dos mossoroenses. Também dificultam a vida dos que afluem para esse espaço, em passagens episódicas ou à fixação.

Um exemplo até bizarro de tamanho amadorismo, é o relacionamento da Prefeitura de Mossoró com mais de 2,5 mil veículos alternativos e congêneres, que despejam milhares de pessoas diariamente na cidade. Eles vêm do Vale do Jaguaribe (CE), Vale do Açu, Alto e Médio Oeste, além da região Salineira.

Há alguns meses, essa gente trabalhadora e de forte importância econômica, simplesmente foi banida do centro urbano, sem garantia de infraestrutura mínima nas áreas em que foi jogada.

É provável que Mossoró tenha população flutuante acima dos 20 ou 30 mil indivíduos/dia. Uma superpopulação desprezada, tratada com desdém ou mesmo imperceptível aos gestores públicos, que até aqui trabalham no improviso, no “achismo” ou sob a batuta de velhos modelos gerenciais.

Muitos de nós não entendemos o crescimento de Mossoró, sobretudo quando circulamos por sua periferia. Muitos não compreendemos o boom imobiliário e a migração de grandes grupos econômicos para essa terra.

Conjuntura

Os mais inocentes ou passionais, creditam tudo aos inquilinos da prefeitura. Outros, tão-somente à conjuntura nacional-internacional etc. A maioria não percebe que independentemente de fatores exógenos e algumas políticas públicas acertadas, pesam a extraordinária localização e potencial natural do lugar.

O West Shopping não foi instalado em Mossoró em nome do belo sorriso da prefeita Fátima Rosado (DEM). Algumas indústrias não estão se espraiando por mero incentivo do governo estadual. Híper Bom Preço, Lojas Americanas, Marisa, Renner e a indústria do petróleo não jogam âncora na cidade por nossa temperatura suíça.

Se na antiguidade todos os caminhos levavam à capital do mundo, Roma, na região de influência de Mossoró (cerca de 800 a 1 milhão de habitantes) todas as estradas/veredas – em especial do meio circulante – acorrem para esse lugar. Qualquer estudo canhestro – ou de reconhecida qualidade científica – mostrará isso.

Cada fábrica instalada em Grossos, Tibau, Governador Dix-sept Rosado etc. termina “despejando” dinheiro em Mossoró. De um simples Carnaval (Areia Branca) à indústria de cimento (Baraúna), temos moeda engordando a economia local, numa migração óbvia.

Deve ser observado, ainda, que Mossoró está se robustecendo como polo acadêmico. Milhares de jovens e adultos estão desembarcam diariamente na cidade em busca de conhecimento, a grande chave para o progresso pessoal e coletivo de qualquer povo.

Apesar de todas essas evidências, o poder público é convencional e atrasado, míope e primário em termos de gestão. Mossoró teima em ser provinciana, incapaz de avançar além dos arrabaldes de sua mentalidade política oligárquica, reducionista, patrimonialista e iníqua.

O futuro, dizem os mais fervorosos na fé, “a Deus pertence”. Em nome dessa fé, é bom lembrarmos: “Façamos nossa parte”.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog
  • Repet
segunda-feira - 31/05/2010 - 11:51h

Fábio Faria questiona Plano Nacional contra o Crack


Em pronunciamento agora pela manhã na Assembleia Legislativa, o deputado federal Fábio Faria (PMN) revelou sua preocupação no combate à expansão do crack no Brasil.

Segundo o deputado, o "Plano Nacional de Enfrentamento ao Crack", lançado recentemente pelo governo federal, "não traz ações capazes de frear o crescimento do uso de drogas no país. Ele adverte que a falta de informações impossibilita o desenvolvimento de ações globais que alcancem os 27 estados e o Distrito Federal."

“O Plano faz referência ao aumento de número de leitos, à ampliação da rede dos Caps (Centros de atenção psicossocial), à capacitação profissional, mas não quantifica, não mapeia o uso de crack e, consequentemente, não determina onde há maior necessidade de medidas mais rigorosas”, acrescentou.

A Frente Parlamentar de Combate ao Crack – liderada pelo parlamentar – vai entregar plano de prevenção e reabilitação de usuários ao presidente da República, adiantou ele.

Fábio participa de audiência pública na AL, ao lado de outros agentes públicos e representantes de entidades relacionadas ao tema.

Categoria(s): Sem categoria
segunda-feira - 31/05/2010 - 09:51h

Passagem de Marina Silva por Natal reforça pedido do MP


A vice-procuradora-geral Eleitoral, Sandra Cureau, encaminhou na sexta-feira um parecer em que reforça o pedido de condenação de Marina Silva por ter supostamente feito campanha eleitoral antecipada.

Há uma semana, o MP havia entrado com representação no TSE para multar Marina por propaganda em evento realizado na sede da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte dia 10 de maio.

Na ocasião, ela recebeu um título de cidadã honorária na fachada do prédio, onde havia um banner com os dizeres: “Marina é a cara do Brasil”.Para Cureau, o fato de Marina alegar que desconhecia o banner não muda a situção dela.

Segundo a vice-procuradora, o material traz uma imagem estilizada da candidata do PV à presidência “absolutamente idêntica àquela encontrada em seu sítio eletrônico de campanha”. Isso demonstra que foi material feito por sua equipe de campanha e não por outra pessoa, como disse a defesa de Marina. Além disso, a frase foi propaganda eleitoral subliminar.

O MP quer a aplicação de multa a ela entre 5 000 a 25 000 reais.

Diz Cureau: – A frase “Marina é a cara do Brasil” é um claro recado ao eleitor, uma mensagem de que a representada é uma pessoa que se identifica com o país, com o seu povo, a figura ideal para ocupar o cargo de presidente da República.

Do Radar On Line AQUI.

Categoria(s): Sem categoria
  • Repet
segunda-feira - 31/05/2010 - 09:35h

Pensando bem…


Quem afirma que não é feliz, poderia sê-lo com a felicidade do próximo, se a inveja lhe não tirasse esse último recurso."

Jean de La Bruyère

Categoria(s): Pensando bem...
segunda-feira - 31/05/2010 - 09:17h

Filho de ex-prefeito morre em acidente de carro


Um acidente de trânsito vitimou duas pessoas à madrugada de hoje na estrada que liga a BR-110 à comunidade praiana de Ponta do Mel (Areia Branca).

O Fiat Uno, preto, de placas MXO-6115 (Parnamirim), pilotado por César Leonez, saiu da pista de rolamento e capotou por diversas vezes. Ficou seriamente danificado.

César e Delmira Raniele Pereira morreram no local. César é filho do ex-prefeito Expedito Leonez (DEM).

Ainda estavam no veículo e saíram com ferimentos, Indira Leonez (irmã de César), Tatiane Cassiano Oliveira e Ruana Danieli Pereira.

A versão para o sinistro é de que o motorista teria cochilado ao volante, ocasionando perda do controle do veículo.

O sepultamento das vítimas deverá ocorrer ao final da tarde em Areia Branca.

P.S – (9h15 de segunda, 31) – Veja AQUI, no Blog de Luciano Oliveira, mais detalhes sobre o acidente, velório, sepultamento e perfil desses jovens.

Categoria(s): Nelson Queiroz
  • Repet
segunda-feira - 31/05/2010 - 08:54h

Em nome do sobrinho Leopoldo Rosado


Em recente encontro social em Mossoró, um prócer político da região Oeste confidenciou à prefeita mossoroense de direito, Fátima Rosado (DEM), dúvidas quanto ao apoio ao governo do Estado.

Admitiu interesse em votar na senadora Rosalba Ciarlini (DEM), mas ponderou:

- Seu sobrinho (Leopoldo Rosado, secretário da Casa Civil do Estado) falou comigo para apoiarmos o governador Iberê Ferreira (PSB).

Sem delongas, a prefeita "Fafá" sussurrou a seu ouvido:

- Leopoldo é o sobrinho que mais quero bem…

Para bom entendedor…

Categoria(s): Sem categoria
segunda-feira - 31/05/2010 - 08:38h

Gerais… Gerais… Gerais… Gerais


Os gestores das escolas estaduais estão há cinco meses sem pagamento à sua gratificação de função. O Blog recebe a denúncia em forma de apelo, para que o governo estadual cumpra seus compromissos. Educação é ou não é prioridade?

Moradores do Grande Alto de São Manoel também se queixam. Através desta página, apelam para que o laboratório da Unidade Básica de Saúde do bairro não seja fechado. Há atendimento há cerca de 50 pessoas por dia, mas não param de surgir dificuldades ao seu funcionamento. A notícia corrente é de que haverá transferência do sistema para o Pronto-Atendimento (PAM) do Inocoop. 

Foi um sucesso retumbante da 3ª Feijoada da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais de Mossoró (APAE), nesse domingo (30) no Porcino Park Center. A comunidade deu resposta positiva ao evento. 

A peça "As solteironas" será apresentada no Teatro Municipal Dix-huit Rosado (Mossoró) na próxima quinta (3), às 20h. A promoção é da turma do 3º ano de Marketing da Universidade Potiguar (UnP).

O jovem Hélito Honorato está com domínio próprio para seu Blog. A página é uma proposta de comunicação com abordagens diversificadas. Conheça AQUI.

De malas prontas para a cidade de Calgary, no Canadá, onde participará da Global Petroleum Show & Conference 2010 de 3 a 13 de junho, o jornalista Cid Campos vai integrar comitiva formada por outros 14 empresários de Mossoró, Alto do Rodrigues e Natal, representantes da Redepetro através do SEBRAE/RN. Ele viaja com o objetivo de cobrir o evento para a revista ClassiGuia que terá edição especial dedicada ao segmento de Petróleo & Gás, com lançamento previsto para a segunda quinzena de Junho. A Global Petroleum Show & Conference é considerada o maior evento do planeta na área.

Marcante o "Seminário Violência – Uma leitura multidisciplinar", promovido pela Faculdade Mater Christi em seu auditório, entre à noite de sexta (28) e manhã de sábado (29). Professores da própria instituição, Ufersa e Uern abordaram o tema em vários quadrantes. Também destaque para apresentação do poeta Antônio Francisco e o grupo musical de apenados da Penitenciária Agrícola Mário Negócio, do projeto "Filsosoarte".  

Obrigado à leitura deste Blog ao consultor político Gaudêncio Torquato (São Paulo), Teobaldo Barra (Mossoró) e Mariana Franco (Natal).

A cidade de Areia Branca vai ganhar uma agência da Caixa Econômica Federal (CEF). Na verdade, é o retorno dessa instituição financeira. Diligências da deputada federal Sandra Rosado (PSB) ensejam o benefício, com a garantia dada pela prefeitura de cessão de imóvel à reforma e adaptação conforme padrões técnicos. É provável que a agência fique instalada onde funcionou o extinto Bandern.

O Forró do Tio Luiz (Mossoró) anuncia o "Arraiá Mix" para os dias 18 e 19 de junho. No primeiro dia, a atração é Ivete Sangalo e no outro a dupla sertaneja Zezé de Camargo e Luciano. Sucesso.

Categoria(s): Nelson Queiroz
domingo - 30/05/2010 - 21:19h

Letra e Música – 99


Renato Teixeira tem uma voz inconfundível. Sua poesia, também.

Sua música é um atenuante à avalanche de subprodutos que desabam sobre nós nas ruas, rádios, TV´s, paredões de som etc.

(…) Sou cantador e tudo nesse mundo
Vale prá que eu cante e possa praticar
A minha arte sapateia as cordas
E esse povo gosta de me ouvir cantar
.

Amanheceu, peguei a viola é um hino ao cantador, o próprio Renato, que arrebanha quem não se cansa de ouvir o que é muito bom.

Tenha uma ótima semana. A minha promete ser maravilhosa. De novo.

Veja a letra AQUI;
Veja o vídeo AQUI.

Categoria(s): Letra e Música
domingo - 30/05/2010 - 20:07h

Pensando bem…


"Alguns causam felicidade onde quer que eles vão; outros sempre que se vão."

Oscar Wilde

Categoria(s): Pensando bem...
domingo - 30/05/2010 - 19:42h

A mais pura verdade


A medida que envelheço e convivo com outras, valorizo mais ainda as mulheres que estão acima dos 30. Elas não se importam com o que você pensa, mas se dispõem de coração se você tiver a intenção de conversar. Se ela não quer assistir ao jogo de futebol na tv, não fica à sua volta resmungando, vai fazer alguma coisa que queira fazer…

E geralmente é alguma coisa bem mais interessante. Ela se conhece o suficiente para saber quem é, o que quer e quem quer. Elas não ficam com quem não confiam. Mulheres se tornam psicanalistas quando envelhecem.

Você nunca precisa confessar seus pecados… elas sempre sabem… Ficam lindas quando usam batom vermelho. O mesmo não acontece com mulheres mais jovens… Mulheres mais velhas são diretas e honestas.

Elas te dirão na cara se você for um idiota, caso esteja agindo como um!

Você nunca precisa se preocupar onde se encaixa na vida dela. Basta agir como homem e o resto deixe que ela faça… Sim, nós admiramos as mulheres com mais de 30 anos! Infelizmente isto não é recíproco, pois para cada mulher com mais de 30 anos, estonteante, bonita, bem apanhada e sexy, existe um careca, pançudo em bermudões amarelos bancando o bobo para uma garota de 19 anos…

Senhoras, eu peço desculpas! Para todos os homens que dizem: "Porque comprar a vaca, se você pode beber o leite de graça?", aqui está a novidade para vocês: Hoje em dia 80% das mulheres são contra o casamento e sabem por quê?

"Porque as mulheres perceberam que não vale a pena comprar um porco inteiro só para ter uma lingüiça!". Nada mais justo!

Arnaldo Jabor é cineasta, cronista e jornalista

Categoria(s): Blog
domingo - 30/05/2010 - 10:25h

A morte chega cedo


A morte chega cedo,
Pois breve é toda vida
O instante é o arremedo
De uma coisa perdida.
O amor foi começado,
O ideal não acabou,
E quem tenha alcançado
Não sabe o que alcançou.

E tudo isto a morte
Risca por não estar certo
No caderno da sorte
Que Deus deixou aberto.

Fernando Pessoa

Categoria(s): Nélter Queiroz
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
domingo - 30/05/2010 - 10:08h

Grupo de prefeito de Baraúna deve apoiar Iberê Ferreira


O prefeito de Baraúna – Aldivon Nascimento (PR) - e seu grupo caminham para apoio à campanha do governador Iberê Ferreira (PSB).

As conversas internas avançaram nos últimos dias, convergindo à adoção dessa postura em relação à disputa ao governo estadual.

À tarde de ontem, em sua residência no município, Aldivon recebeu lideranças de cerca de 14 comunidades e alguns vereadores.

- Marchamos para essa posição, sim – disse ao Blog.

Mesmo alguns setores que manifestaram interesse pela postulação da senadora Rosalba Ciarlini (DEM), terminaram refluindo. "Foi o que ficou claro nessa reunião", complementou Aldivon ao Blog.

Ao mesmo tempo, é bom que seja assinalado, o prefeito segue tendência do próprio PR – liderado pelo deputado federal João Maia (PR), de reforço à postulação de Iberê Ferreira.

Categoria(s): Sem categoria
domingo - 30/05/2010 - 09:56h

Só Rindo


Do outro lado da linha

Governador do Estado, Garibaldi Filho (PMDB) participa de velório num endereço modesto.

De repente, o telefone público à calçada da residência passa a tocar com insistência. Ninguém toma a iniciativa de atendê-lo. Garibaldi resolve fazê-lo, com naturalidade.

- Alô? Quem fala? – Pergunta uma voz do outro lado da ligação.

- É Garibaldi!

- Que Garibaldi? – Enfeza-se o interlocutor, já em voz elevada.

- O governador! – responde Garibaldi Filho com serenidade

- Vá pra m… seu filho da §*#+…!

Percebendo a dificuldade de diálogo, o governador estica o braço e põe o aparelho à mão de um assessor:

- Atenda aqui. Ele não acredita em mim…

Categoria(s): Blog
domingo - 30/05/2010 - 09:22h

Pequeno passo à moralização da política eleitoral do Brasil


Agora está confirmado. O senado aprovou o projeto ficha limpa, falta somente o presidente Lula sancionar. Passando essa fase só restará  o poder judiciário decidir se será validado já para o pleito que ocorrerá em outubro próximo.

Um bom projeto, mas que precisará ser melhorado ao longo do tempo.

Sem dúvidas foi um grande passo para nossa classe política, visto como ela se esquivava de aprovar projetos que trarão benefícios, exclusivamente, para a sociedade. Porém, este é apenas um pequeno passo rumo à moralização do processo eleitoral. 

Como vimos no desenrolar desse processo, tudo não passa de uma ação embrionária do pleno desenvolvimento do individuo como ator realmente presente, nos processos formadores da democracia. Conforme nos mostrou Cristovam Buarque (PDT/DF), em seu pronunciamento no Senado, esse é um momento histórico de construção de novas formas de exercício da cidadania.

É dessa forma, na “ágora virtual”, que os cidadãos-internautas exercem seu direito de isegoria (do grego: isos = igual, e agos = orador) através da redes sociais como twitters, orkut e mesmo os  blogs.

Direito este que na atualidade é deixado de lado devido a barreiras inúmeras, como o distanciamento físico e rotinas diárias de cada um, mas que através da mobilização existente no ambiente virtual, os anseios do povo podem chegar até àqueles que na teoria são seus representantes.

Os princípios da democracia são a isegoria; já citados a isotimia e a isonomia. Isto é, Isotimia (do grego: isos = igualdade, e timos = riqueza, indicava o direito de todos ao acesso às funções públicas, abolindo-se os títulos e privilégios hereditários, fundados, quase sempre, na riqueza.). 

E de acordo com a nossa constituição, esse principio é respeitado, todavia o que vemos na prática é que o poder financeiro é fator decisivo na hora de ter acesso a um cargo público eletivo.

Fala-se em números milionários que são necessários ao financiamento de uma campanha de governador de Estado. Como uma forma de inibir o “caixa dois” medidas que permitem o financiamento público e privado de campanhas são postos na pauta de discussões, mas será que elas são eficazes na defesa desse principio democrático? Penso que não.

Entretanto como nos mostrou em seu pronunciamento Geraldo Mesquita Júnior (PMDB – AC), outras medidas devem ser tomadas. O senador do Acre defendeu a criação do projeto “conta limpa”.

Segundo ele, seria permitida a doação de qualquer valor por parte de pessoas físicas ou jurídicas, isso seria uma forma de patriotismo, aliás, o dinheiro, não seria doado diretamente para o candidato, e sim para uma conta do tribunal eleitoral própria, a fim de que se fizesse o financiamento do processo eleitoral, além do que seria rateado entre os partidos pelo mesmo sistema do fundo partidário.

Parecem-nos que esta é uma boa idéia; mesmo porque, atualmente, os candidatos recebem o dinheiro para sua campanha favorecendo o surgimento de tráfico de influencias e corrupção. Desse modo, o candidato que está bem preparado financeiramente, larga com vantagens em relação ao candidato que está bem preparado em suas idéias e municiado com projetos e planos de governo.

Já  em relação à Isonomia (do grego: iso = igual e nomos = regras) era, como visto, a igualdade de todos perante a lei, sem distinção de grau, classe ou poder econômico. Esse é um direito já conquistado, no âmbito do processo eleitoral. Visto que o sufrágio universal é garantia de direito de todos de votar.

O que ocorre é que a necessidade momentânea e imediata faz com que muitos eleitores troquem o seu voto por uma camisa, boné ou mesmo uma cesta básica ou saco de cimento. Não percebem aqueles que seus atos estão fazendo com que corruptos tenham acesso a cargos eletivos públicos.

E a moralidade política eleitoral, sem dúvida nenhuma, passa por mudanças no processo eleitoral. Mas passa, antes de tudo, por maior rigor do poder judiciário na hora de julgar as pilhas de processos já existentes em todo o país de envolvidos em crimes contra o patrimônio publico; efetuados por políticos do mal uso de suas atribuições decorrentes de cargos públicos.

Naturalmente, passará pelos próprios partidos quando começarem a proibir que os políticos “fichas sujas” façam parte de seu grupo de afiliados. E, certamente, passará pela sociedade que deverá não somente parar de votar naquele tipo de político e, sim, bani-los de uma vez por todas da vida pública.

Precisamos como sociedade, perceber que a corrupção começa com os pequenos erros ou desvios de conduta. Quando um pai dá um “agrado” ao professor para que seu filho passe de ano; quando fingimos que estamos conversando com alguém, e na cara de pau se fura a fila; quando damos de qualquer forma o velho “jeitinho brasileiro” estamos sendo corruptos.

É esse tipo de corrupção socialmente aceita ou mesmo velada que estamos partindo para corrupções mais nocivas. Não se esqueça que os políticos são parte deste meio social, são frutos desta sociedade e não objetos vindos de outra galáxia.

Como Aristóteles afirmou: "Não faz mal que alguém não goste de política, o problema é que ele será governado por aqueles que gostam. Mas esse é um assunto para outra conversa.

Fabio Alves Valentim, professor de Filosofia e especialista em Ética e Filosofia Política, pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Categoria(s): Sem categoria
domingo - 30/05/2010 - 09:01h

Josué de Castro e a formação de novas consciências


Indubitavelmente a juventude de hoje reflete preocupante inversão de valores, quando não raro constatamos a ausência desses. As preocupações mais enfáticas são norteadas pela pregação que a mídia efetiva cotidianamente, cujo fomento é para determinado padrão a ser seguido, de acordo com os interesses, geralmente capitaneados pelas exigências do capital, presentes em telenovelas, veículos de comunicação diversos e outros recursos que ditam modas e regras de conduta. 

Josué de Castro se destacou pelo esforço e pela perseverança. Formado em medicina, primeiro cursou na Bahia, indo concluir no Rio de Janeiro, aos vinte e um anos de idade.

Com vinte e nove anos formou-se em filosofia.

O único romance que escreveu, intitulado “Homens e Caranguejos”, publicado em 1968, quando do exílio na França, revela a influência filosófica do autor, pois destaca personagem que parece ter sido inspirado no “Mito da Caverna”, contido na obra de Platão. 

Superar a pobreza, as privações e as provações, acreditando que a educação e a cultura são importantes fatores que propiciam a ascensão humana, tornou Josué de Castro respeitado em sua época, pois seu exemplo de vida, suas idéias impecavelmente defendidas em livros, relatos, discursos , etc., ganharam o mundo, traduzidos em mais de vinte e cinco idiomas. 

Quando da aplicação do projeto de extensão que coordenamos, intitulado “Discutindo a importância e a atualidade do pensamento de Josué de Castro em Escolas Públicas Municipais e Estaduais de Mossoró/RN” pressentimos de imediato que a mensagem positiva que corrobora os objetivos da proposta extensionista do Departamento de Geografia do Campus Central da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte tem aceitação plena perante o público-alvo assistido.

O exemplo de Josué de Castro deve ser seguido pela juventude, pois só com ênfase à educação e á cultura conseguir-se-á driblar as aviltantes formas assumidas pelas injustiças sociais que assolam imemorialmente a sociedade brasileira.

Fazer com que o público-alvo se identifique com Josué de Castro é uma das metas prioritárias que embasam o trabalho desenvolvido em unidades educacionais públicas mossoroenses, razão pela qual pretendemos expandir ao máximo o desenvolvimento do projeto. A juventude necessita de uma referência positiva, pois constatamos que personagens que deixaram marcas desagradáveis possuem mais respaldo do que homens como Josué de Castro.

Caso referente a esta premissa encontramos em certas “louvações” a homens da estirpe de Virgulino Ferreira da Silva, pernambucano como Josué de Castro, mas que não possuiu nenhum requisito necessário para ser exemplo, não obstante verdadeira campanha que alguns desavisados realizam no sentido de inverter a real dimensão do mito. Era comprometido de corpo e alma com o banditismo rural, deixou seqüelas desagradabilíssimas na sociedade de sua época, matando, roubando, extorquindo, estuprando e fazendo todo tipo de maldades que não precisam de nenhuma apologia para referendar exemplo para a juventude dos dias de hoje.

Os jovens de hoje precisam se pautar na honradez de um homem como Josué de Castro, tendo em vista que a vida desse grande brasileiro, cidadão do mundo, foi e sempre será modelo de conduta, sendo necessário que se espelhem no exemplo afirmado sobre o amor ao próximo e o respeito às condições e dignidade humana.

José Romero Araújo Cardoso é geógrafo, professor-adjunto do Departamento de Geografia da UERN e mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente.

Categoria(s): Fred Mercury
domingo - 30/05/2010 - 08:50h

Falta de iluminação irrita contribuinte


Prezado amigo Carlos.

Desde sexta-feira (28) que as Ruas Duodécimo Rosado, trecho que compreende entre a Caern e o Colégio Eliseu Viana, e a Rua Velho Darico está com sua iluminação pública completamente às escuras.

Entrei em contato com a Cosern, que argumentou ser atribuição da Prefeitura de Mossoró. Em contato com a PMM, também gravado, fomos informados que o problema era da atribuição da Cosern.

Como estão num jogo de empurra-empurra, vou usar da ferramenta da qual disponho, como operador do direito: Vou acionar judicialmente a Prefeitura de Mossoró e a Cosern para que, após perícia por mim solicitada, sejam punidos na forma da legislação pertinente à espécie.

Isso só ocorre numa cidade administrada por uma gestora incompetente, acolitada por uma equipe de igual naipe administrativo.

Agora, entrem com uma ação contra minha pessoa, que eu vou mostrar a patota como se faz uma defesa à altura.

Marcos Pinto – Webleitor e advogado

Categoria(s): Blog
sábado - 29/05/2010 - 08:21h

Os Alves juntos e divididos


A Veja.com destaca em sua coluna "Radar On line", o almoço pelos 40 anos de vida pública do deputado federal Henrique Alves (PMDB) e do senador Garibaldi Filho (PMDB), ontem em Natal.

Assinada pelo jornalista Lauro Jardim, a coluna disserta sobre a mobilização. Leia abaixo:

A conta dos Alves

Os primos Garibaldi Alves Filho e Henrique Eduardo Alves reuniram políticos da base e da oposição esta tarde na comemoração de 40 anos de vida pública num grande evento no Centro de Convenções de Natal.

Segundo aliados de ambos, o encontro serviu principalmente para que os dois mostrassem união pública aos 83 prefeitos do Rio Grande do Norte presentes. Cada um dos 1 600 convidados pagou 30 reais para comer e beber a vontade.

Depois de flertar com apoio a José Serra, Garibaldi seguiu o caminho do primo e subirá no palanque de Dilma Rousseff. Mesmo assim, compareceram ao encontro um batalhão de cada lado.

Entre os aliados de Dilma, Michel Temer, os ministros Alexandre Padilha, Wagner Rossi e Márcio Zimmerman e Edison Lobão.

De serristas, passaram por lá Agripino Maia, Rosalba Ciarlini, João Tenório e Cícero Lucena. Até o grupo dos mensaleiros mandou representante: José Borba.

Categoria(s): Sem categoria
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.