segunda-feira - 30/04/2012 - 23:59h

Pensando bem…


“O homem de bom senso jamais comete uma loucura de pouca importância.”

Goethe

Categoria(s): Pensando bem...
segunda-feira - 30/04/2012 - 18:17h
DEM em transe

“Opção” Cláudia Regina espera anúncio oficial


A vereadora Cláudia Regina (DEM) é praticamente o nome do governismo municipal, mossoroense, à sucessão da prefeita de direito Fátima Rosado (DEM), a “Fafá”.

Mas por que até o momento não tem seu nome proclamado  pelas lideranças?

Ela não chega a ser uma unanimidade nem uma preferência. Fez sua parte, construiu o próprio nome para se viabilizar, mas é um conjunto de fatores alheios à sua vontade que a deixa como iminente postulante à prefeitura, por exclusão.

O desejo do casal Carlos Augusto Rosado (DEM)-governadora Rosalba Ciarlini (DEM) era por Ruth Ciarlini (DEM), vice-prefeita. Como a prefeita Fafá não aceitou renunciar, para satisfazer o casal, Ruth foi excluída.

Outro concorrente é o vereador Chico da Prefeitura (DEM), internado desde a semana passada num hospital da cidade, com seriíssimos problemas cardíacos. Está praticamente alijado da disputa, também por questões de saúde.

E vale ser ressaltado: num primeiro momento, Cláudia não tinha a aspiração do esquema de Fafá, liderado pelo chefe de Gabinete e agitador cultural Gustavo Rosado (PV). Eles fomentaram a postulação do professor e ex-secretário da Cidadania Chico Carlos (PV). Uma série de pesquisas indicou que ele não conseguia passar do percentual de 1% na vontade popular.

Sobrou Cláudia. Que, a propósito, parece possuir um perfil mais competitivo que os outros dois pré-candidatos governistas.

Escolhida e eleita, terá muito a agradecer a comunhão de forças políticas em seu entorno e a conspiração do destino, além de sua tenacidade – principalmente. Será sobretudo um triunfo pessoal.

Escolhida e derrotada, o prejuízo maior ficará com seus padrinhos políticos que vêm de quatro mandatos seguidos à Prefeitura de Mossoró.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog
  • Repet
segunda-feira - 30/04/2012 - 16:42h
Natal

O “tapetão” como arma política


Quem enxerga os intramuros da política potiguar percebe, que hoje a maior esperança para se tirar a Prefeitura de Natal, de Carlos Eduardo Alves (PDT), é a judicialização.

O velho ‘tapetão’, como se fala na gíria do futebol, é a arma.

Parece que não acreditam na voz popular.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 30/04/2012 - 13:56h
Estádio das Dunas

A “Meca” dos políticos e a falta de real prioridade


O Estádio das Dunas, em Natal, virou uma espécie de “Meca” da peregrinação de políticos, que tentam se capitalizar com obra da Copa do Mundo.

Enquanto isso, Saúde, Educação, Segurança Pública, infra-estrutura etc…

A real prioridade é esquecida em favor do festim, da alegoria, da fantasia.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog
segunda-feira - 30/04/2012 - 12:19h
Mossoró

PSD vai decidir quarta-feira seu rumo em sucessão


O PSD de Mossoró vai promover reunião na próxima quarta-feira (02), às 18h, no Hotel VillaOeste. Seu presidente municipal, o vereador-presidente da Câmara Municipal, Francisco José Júnior, conduzirá o encontro.

O partido vai discutir questões internas relacionadas às eleições deste ano. A montagem da chapa proporcional e a politica de alianças vão estar em pauta.

O partido tem mantido uma postura muito flexível e diplomática no município, sem produzir arestas com os blocos mais tradicionais da política nativa.

É provável que o partido lance cerca de 30 nomes à Câmara Municipal. Atualmente, além de Júnior, conta com Jório Nogueira no Legislativo.

Em relação à chapa majoritária, há inclinação rumo à postulação da deputada estadual Larissa Rosado (PSB), o que é defendido pessoalmente por seu presidente regional, o vice-governador dissidente Robinson Faria.

 

Categoria(s): Política
segunda-feira - 30/04/2012 - 10:04h
Jucern

Governo perde outro auxiliar; Alcimar Torquato é escalado


O juiz classista aposentado, Pedro Alcântara Alves Lopes, continua na presidência da Junta Comercial do Rio Grande do Norte (JUCERN), órgão do segundo escalão da estrutura do Estado. Mas por poucos dias.

- Eu comuniquei na quinta-feira (26) a Carlos (Carlos Augusto Rosado-DEM) e Rosalba (governadora) que estava saindo. Ainda não apresentei formalmente o pedido. Mas eles me pediram para ficar mais alguns dias – relata “Pedrinho da Flama”, como é mais conhecido, em conversa à manhã de hoje com o Blog.

Segundo Pedrinho, sua demissão era para ter ocorrido até há mais tempo, ano passado mesmo, “mas eu vendo essa situação de crise no governo, com saída de algumas pessoas, não quis alimentar mais polêmica”.

Garantiu que não existe nenhuma conotação político-administrativa em sua decisão. “Eu não tenho vocação para o serviço público, reconheço. Estava sendo desgastante para mim”, afirmou. “É uma questão pessoal, só isso.”

Ele assinala, que saiu bastante satisfeito e sereno da conversa com Carlos e com a governadora Rosalba Ciarlini (DEM), na Residência Oficial do Estado, no bairro de Morro Branco.

- Ao me deixar à porta da casa, Carlos até me disse: ‘nossa amizade é maior ainda. Muito obrigado pela forma como você se comportou no governo’ – contou Pedrinho.

Para o lugar de Pedro Alcântara está definido o nome do ex-deputado estadual e ex-conselheiro do Tribunal de Contas Alcimar Torquato. Ele foi companheiro de Carlos Augusto Rosado na Assembleia Legislativa e ainda candidato a vice-prefeito de Mossoró em 1982. O jornalista e economista Canindé Queiroz fora o cabeça de chapa.

Alcimar foi convidado e já aceitou o convite.

Categoria(s): Administração Pública
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 30/04/2012 - 09:50h
Mossoró

PR vai tomar posição sobre sucessão municipal


O Partido Republicano (PR), em Mossoró, deverá ter uma reunião decisiva no próximo dia 5, para tomar uma posição sobre a campanha municipal deste ano.

O deputado federal e presidente regional da sigla, João Maia, deverá presidir o encontro.

O partido vai apontar seu rumo quanto à política de alianças à chapa majoritária e proporcional.

Existem duas correntes de pensamento no PR, quanto à sucessão municipal: apoio à pré-candidata Larissa Rosado (PSB) à Prefeitura de Mossoró e composição com o DEM, partido hegemônico no município, que até o momento não anunciou qual será seu nome à sucessão da prefeita de direito Fátima Rosado (DEM), a “Fafá”.

Por característica do próprio comando de João Maia, ele tem assegurado autonomia para que o PR em cada município tenha autonomia para definir seus rumos.

Hoje, mesmo superficialmente, pode ser dito que a tendência é o partido costurar coalizão com o PSB.

Nos últimos anos, o partido  tem sido oposição ao governo municipal, com seu único vereador – Genivan Vale – tendo destacada atuação na Câmara Municipal.

Já no plano estadual, o PR há poucos meses anunciou apoio ao governo Rosalba Ciarlini (DEM).

Categoria(s): Política
segunda-feira - 30/04/2012 - 09:30h
Leão

Imposto de Renda tem prazo final nesta segunda


Hoje (segunda-feira, 30), é o último dia para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2012, ano-base 2011.

Quem tentar realizar a declaração, via Internet, tem prazo até às 23h59. Para isso, é importante e imprescindível baixar o programa de envio — Receitanet — no site da própria Receita Federal.

São obrigados a declarar todos os brasileiros que tiveram renda igual a superior a R$ 23.499,15 em 2011. Quem não entregar o documento a tempo terá de pagar multa mínima de R$ 165,74, que pode chegar a até 20% do imposto devido.

Categoria(s): Administração Pública
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 30/04/2012 - 09:08h
Polêmica

TCE está há quase 8 meses sem um de seus titulares


O Tribunal de Contas do Estado (TCE) está sem um de seus membros titulares desde setembro do ano passado.  São quase oito meses, um espaço de vacância em sua existência.

Foi precisamente no dia 22 daquele mês, que o conselheiro Alcimar Torquato (ex-deputado estadual) participou de sua última sessão na corte.

Apesar de ser um dos cargos públicos mais cobiçados no Rio Grande do Norte, a cadeira no plenário do TCE continua desocupada e envolta em polêmica. Não há prazo para que o novo ungido seja indicado pela governadora e até aqui, um auditor de carreira do próprio tribunal é quem cobre o vácuo.

Rosalba Ciarlini (DEM) chegou a se manifestar afirmando que não indicará qualquer parente seu para o lugar de Alcimar, mas participou de uma desgastante celeuma, com hipótese de nomeação da prefeita de direito mossoroense e sua aliada, a enfermeira Fátima Rosado (DEM), a “Fafá”, para o cargo, num escambo político.

A própria prefeita chegou a admitir, numa entrevista, que estava conversando o assunto. Ela renunciaria ao cargo de prefeita para deixar espaço à vice-prefeita e irmã da governadora, assistente social Ruth Ciarlini (DEM). Contudo, o esquema político de Fafá contrariou acordo com o grupo de Rosalba e a prefeita anunciou que não mais renunciará.

História

A história do TCE começou oficialmente em 12 de janeiro de 1961, data oficial da sua criação, no final do Governo de Dinarte Mariz. O colegiado foi formado inicialmente por Vicente da Mota Neto, “Motinha”, político mossoroense (presidente), Oscar Nogueira Fernandes, José Borges Montenegro, Lindalva Torquato Fernandes, Aldo Medeiros, Morton Mariz, Romildo Gurgel e como Procurador Geral do TCE, Múcio Vilar Ribeiro Dantas.

Eleito governador, Aluízio Alves – adversário de Dinarte Mariz – questionou sua criação e constitucionalidade e o caso foi parar no Supremo Tribunal Federal (STF). O TCE levou a melhor.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 30/04/2012 - 08:18h
Sucessão presidencial

Lula diz que a vez de Eduardo Campos é 2018


Deu em Felipe Patury (Revista Época)

A aliança entre PT e PMDB na Presidência da República tem prazo de validade: 2018.

O prognóstico é do expresidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em conversas com aliados, Lula previu que a presidente Dilma deverá concorrer à reeleição em 2014, mantendo um vice do PMDB.

Em 2018, o campo estará aberto para o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, que terá 53 anos e, segundo Lula, maturidade e experiência para disputar o Planalto.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 30/04/2012 - 08:02h
Sejuc

Rosalba tem mais dificuldade para nomear secretário


Perdeu velocidade e fôlego a possível nomeação do promotor José Augusto Peres para a Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado (SEJUC). Por ele, tudo bem.

Movimento interno no Ministério Público tem soprado sobre a inconveniência da ‘mistura’ entre fiscalizados e fiscais da lei.  Aí está o cerne do impasse.

O governo manifestou interesse em contar com Peres e informalmente fez consulta ao procurador-geral de Justiça, Manoel Onofre Neto, para liberação do escolhido.

A decisão não cabe apenas a José Augusto Peres, mas passa por posição institucional, ou seja, o MP precisa se manifestar como órgão para ensejar a convocação do ungido.

O Governo Rosalba Ciarlini (DEM) está com dificuldade para aboletar alguém na cadeira que até o dia 17 de março pertenceu ao advogado e membro do PR, Fábio Hollanda. Nenhum partido aliado manifestou aspiração por indicação ao cargo.

A Sejuc já teve os advogados Thiago Cortez e Fábio Hollanda como titulares. Esse último saiu ‘atirando’, queixando-se da falta de autonomia e de condições mínimas de trabalho. Por lá, ele só aguentou ficar cerca de dois meses.

 

Categoria(s): Política
segunda-feira - 30/04/2012 - 07:09h
Justiça Eleitoral

ÚLtimo dia para entrega de prestação de contas


Os diretórios estaduais e municipais de partidos políticos têm até hoje para entregarem à Justiça Eleitoral suas contas relativas a 2010.

Os diretórios estaduais devem apresentá-las à Secretaria do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, e para os diretórios municipais, nos Cartórios Eleitorais de sua jurisdição.

A determinação deriva da Lei 9.096/1995 e é regulamentada pela Resolução nº 21.841/2004, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
  • Repet
domingo - 29/04/2012 - 23:45h

Pensando bem…


“Eu disse à minha alma, fica tranquila e espera. Até que as trevas sejam luz, e a quietude seja dança”.

T. S. Eliot

Categoria(s): Pensando bem...
domingo - 29/04/2012 - 21:59h
Zélia Duncan

Letra e Música – 174


Clássico da Jovem Guarda na voz de  Roberto Carlos, Por isso corro demais já foi regravada por outros artistas, como Adriana Calcanhoto, em bela interpretação.

Na série Letra e Música de hoje, a escolha é por Zélia Duncan. A artista tem uma interpretação solo impecável, enriquecendo sobremodo essa bela canção.

(…) Meu bem qualquer instante
Que eu fico sem te ver
Aumenta a saudade
Que eu sinto de você
Então eu corro demais
Sofro demais
Corro demais só pra te ver meu bem…

Pra sua semana ficar iluminada, aproveite esta bela música.

Veja a letra na íntegra AQUI.

Categoria(s): Letra e Música
  • Repet
domingo - 29/04/2012 - 21:18h
'Twitaço'

Movimento na Web prega o “#RosalbaVergonhaDoRN”


Terça-feira (01/05), a partir da 10h,  vai ser desencadeado um ‘twitaço’ com a hastag #RosalbaVergonhaDoRN.

A iniciativa está se formando em redes sociais como Facebook e Twitter, “a fim de chamar a atenção da mídia para o descaso desse governo, que não atende as reivindicações trabalhistas dos servidores do nosso estado do RN, e que também não promove investimentos na sua única universidade estadual pública a Uern, e em todos os segmentos, de educação, saúde, segurança, entre outros”, prega a mobilização.

Esse movimento quer dar a dimensão do que foi feito em Natal contra o governo da prefeita Micarla de Sousa (PV), que ganhou repercussão nacional.

Categoria(s): Política
domingo - 29/04/2012 - 20:49h
Quadro delicado

Saúde de Chico da Prefeitura ainda está comprometida


O quadro de saúde do vereador e pré-candidato a prefeito de Mossoró, Chico da Prefeitura (DEM), continua muito delicado. A informação é de Roberto Rocha, seu filho, com quem o Blog falou agora à noite.

Ontem (sábado, 28), os médicos chegaram a tirá-lo de coma induzido, no qual estava desde quarta-feira (25), mas logo retomaram essa medida, mantendo-o ainda intubado.

Também preocupa uma infecção que oscila em termos de menor ou maior intensidade.

- Continua difícil, mas a gente tem fé que ele vai superar isso – comentou o filho.

Chico da Prefeitura foi internado na terça-feira (24) à tarde no Hospital Wilson Rosado (Mossoró|), com sinais de infarto. Passou por cateterismo e angioplastia. Chegou a ter parada cardíaca no dia seguinte, quando sua vida parecia se esvair.

Categoria(s): Política
domingo - 29/04/2012 - 19:04h
Mossoró

PSDC garante que terá candidatura a prefeito


Josué Moreira, pré-candidato a prefeito de Mossoró pelo PSDC, afirma que há nenhuma possibilidade do partido retirar sua postulação. Também descarta peremptoriamente apoio à postulação de Larissa Rosado (PSB).

“Não vamos compor essa frente de partidos que estão se alinhando ao PSB (O Titanic de Larissa). Temos o nosso pré-candidato”, disse.

O professor Josué Moreira é o vice-presidente do Diretório Municipal do PSDC, e segundo ele, Mossoró terá uma oposição verdadeira ao sistema que domina a política em nossa amada urbe. “Portanto, decidimos navegar no mar revolto da política mossoroense em nossa humilde jangada, temos um norte e sabemos o porto em que devemos ancorar, oxalá que os ventos do norte estejam a nosso favor.”

Categoria(s): Política
domingo - 29/04/2012 - 11:13h

Delírio


Por Olavo Bilac

Nua, mas para o amor não cabe o pejo
Na minha a sua boca eu comprimia.
E, em frêmitos carnais, ela dizia:
– Mais abaixo, meu bem, quero o teu beijo!

Na inconsciência bruta do meu desejo
Fremente, a minha boca obedecia,
E os seus seios, tão rígidos mordia,
Fazendo-a arrepiar em doce arpejo.

Em suspiros de gozos infinitos
Disse-me ela, ainda quase em grito:
– Mais abaixo, meu bem! – num frenesi.

No seu ventre pousei a minha boca,
– Mais abaixo, meu bem! – disse ela, louca,
Moralistas, perdoai! Obedeci…

Olavo Bilac (1865-1918) – O “príncipe dos poetas” brasileiros é um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras (ABL) e autor do Hino da Bandeira Nacional. Fez os cursos de Direito e Medicina, abandonando ambos pelo amor à literatura.

Categoria(s): Poesia
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
domingo - 29/04/2012 - 09:57h

Os livros nos escolhem!


Por Honório de Medeiros

Muito poucas foram as vezes em que entrei em uma livraria sabendo o que buscava. Ao contrário. A grande maioria das vezes entrei somente pelo prazer de entrar, de ver, de sentir o cheiro dos livros, de ouvir o murmúrio de outros apaixonados como eu para quem eles foram, desde sempre, um grande amor.

Poucas vezes saí sem nada nas mãos. Sempre – e isso é o que importa neste relato – fui buscado por algum ou alguns livros. Sim, porque são eles que nos escolhem.

Como poderia ser diferente se outra explicação não há para esse amor que surgiu quando minha mãe me colocava para dormir lendo estórias em quadrinhos do Pato Donald, enquanto nos balançava na rede, e, um dia, para sua surpresa, me pegou soletrando as sílabas?

Os livros dos meus vizinhos, abandonados, valeram-se de mim para saírem de sua solidão – em minha casa sequer Bíblia existia. Os livros, ah!, os livros, eles nos escolhem, e da minha infância para a meninice, lá estavam eles: “O Mundo da Criança”; “O Tesouro da Juventude”; e, depois, logo depois, Julio Verne, Alexandre Dumas, Victor Hugo, Edgar Rice Burroughs, Karl May…

Pois bem, é como digo, os livros nos escolhem. Chegam a nós das mais estranhas maneiras, desde o presente de um amigo, que pensa ter acertado na escolha por um motivo qualquer, muito embora tenha acertado por outro totalmente diferente, a aquele decorrente do inexplicável oferecimento visual ocorrido quando, cansados de perambular pela livraria, nos sentamos em uma poltrona, a única vaga, e – como se fosse algo inesperado – aquele livro que nos escolheu aparece imediatamente no nosso campo visual. Não há como resistir.

Ele estava nos esperando. Agradecidos pela escolha pegamo-lo carinhosamente, e o folheamos, sentimos seu cheiro inigualável, sua textura, passamos uma vista d’olhos por suas páginas e o levamos conosco, ambos muito felizes. Assim aconteceu certa noite quando, em um aeroporto qualquer, aguardando a hora de embarcar e vagando pela livraria, já imaginando que daquela vez eu teria que me contentar com as revistas – fraco sucedâneo – meus olhos foram atraídos por “Os Devaneios do Caminhante Solitário”, de Rousseau!

Quantas e quantas vezes não falara acerca do “Contrato Social” para meus alunos de Filosofia do Direito, ao lhes explicar em que crença se fundava nosso fé no Ordenamento Jurídico enquanto expressão da Vontade Geral da Sociedade. Antes Rousseau que Niklas Luhmann.

Antes Rousseau, que dera um lavor inigualável à genial intuição de Protágoras de Abdera… Agora, ali, outra vertente desse mal-amado e original filósofo francês, me convidava a, com ela, travar conhecimento. Abri o livro ao acaso. Li o que se me ofereceu aos olhos: “É dessa época que posso datar minha total renúncia ao mundo e esse gosto vivo pela solidão que não me abandonou desde então.”

“Como?”, me indaguei, “Vila-Matas escreve toda uma obra, Doutor Pasavento”, em homenagem à arte de desaparecer, que é a face mais exposta da renúncia, usando como pano-de-fundo a história de Robert Walser, e não cita Rousseau?” Segurando firmemente o livro de Rousseau tomei o caminho que me conduzia ao caixa para compra-lo e, em seguida, feliz por ter sido escolhido, entrar no avião onde me esperavam algumas horas de voo e de leitura.

Honório de Medeiros é professor, escritor e ex-secretário da Prefeitura do Natal e do Estado do RN

Categoria(s): Crônica
domingo - 29/04/2012 - 09:31h
Larissa Rosado

Pré-candidata alarga aliança à Prefeitura de Mossoró


Cinco partidos anunciaram, à tarde desse sábado (28), apoio à pré-candidatura a prefeito de Mossoró da deputada estadual Larissa Rosado (PSB). PHS, PP, PPS, PRB e PTC se juntam a PSB e PTB na aliança oposicionista no segundo maior colégio eleitoral do RN.

Larissa prometeu discutir escolha do vice (Luciano Léllys)

O ato político, no Requinte Buffet, em Mossoró, contou com a presença do presidente nacional do PPS, deputado Roberto Freire (SP), demais dirigentes das legendas aliadas e lideranças do PSD, PDT, PR, PSDC, PSOL e PC do B, que também sinalizam preferência por Larissa.

Até agora, já são sete partidos confirmados no apoio à pré-candidatura, juntando PTB e PSB. Nos bastidores, a informação corrente é de que esse arco poderá somar 15 partidos, contando os presentes ao evento, em diálogo avançado, e outros em conversação sem maiores alardes.

“O programa de governo nascerá de consultas populares e partidárias”, adiantou Larissa. A pré-candidata revelou que o companheiro de chapa será decidido no momento oportuno, e de forma coletiva. “Escolheremos o vice através de consulta às legendas que fazem parte do arco de aliança. Cada partido terá voz”, asseverou.

Nota do Blog – A deputada federal Sandra Rosado (PSB) e Larissa evocaram, nos seus discursos, manifestação pelo reestabelecimento do vereador e pré-candidato a prefeito Chico da Prefeitura. “Somos adversários, mas não inimigos. Mesmo lutando em trincheiras diferentes, ou juntos, queremos tê-lo na luta”, disse Sandra.

Chamou atenção a presença de mais seis partidos: PSD, PDT, PR, PSDC, PSOL e PC do B.

Outro fato de destaque é o apoio de gente historicamente ligada ao DEM, como os ex-vereadores Júlio César Fernandes (PSD), Wellington Barreto (PPS), Paulo Fernandes (PTB), entre outros.

Categoria(s): Política
  • Repet
domingo - 29/04/2012 - 09:07h

Um ‘Sir’ arretado


Por Emerson Linhares

O liverpudliano James Paul McCartney detém um dos mais altos títulos de nobreza da Grã-Bretanha: ‘Sir’. Um cavalheiro. O mesmo título ostentou Lancelot, tão lendário quanto o próprio Rei Arthur. Apesar do título de nobreza, Paul McCartney se comporta como um mortal. Simpático, alegre, simples.

Em sua passagem pelo Nordeste, especificamente por Recife, causou boa impressão em fãs que foram vê-lo pela primeira vez. E, diga-se de passagem, não eram só pernambucanos se acotovelando no estádio do Arruda para assistir um dos maiores espetáculos musicais da Terra, na atualidade.

Nada disso!

Pessoas do Brasil inteiro estavam lá: jovens, adultos, melhor idade, e, interessante, adolescentes e crianças… Causou boa impressão principalmente por respeitar o público, fazendo um show de quase três horas de duração, sem firulas, interagindo com a plateia e arriscando frases inteiras em português. “Povo arretado!”, disse Paul, arrancando aplausos da multidão.

Um dia antes, o cantor Chico Buarque – que se apresentará no Centro de Convenções por quatro dias – não passara de um simples boa noite, como testemunhou o jornalista Carlos Santos e seu amigo (e agora meu também!) Hélio Silva. E olha que o avô do Chico era pernambucano.

Excelente compositor, Chico simplesmente não cantou suas principais canções, aquelas que embalaram gerações; aquelas, justamente aquelas, que encantaram os brasileiros e fizeram dele o que é hoje: um mito da Música Popular Brasileira (MPB).

Logicamente que poderíamos traçar as diferenças entre os shows em análise aqui e as diferenças seriam gritantes, mas, “trocando em miúdos”, o velho Chico bem que poderia ser um pouco mais atencioso com seu público, brasileiros como ele, conterrâneos de seu vozinho.

Vem Paul McCartney de longe (lá da “baixa da égua”, como dizemos aqui no Nordeste, e menciona o nome de Luiz Gonzaga e diz “cabra da peste” numa frase. Sei que isso faz parte de seu marketing, mas isso é parte do show, atitude de umentertainer que é Sir Paul McCartney, que faz questão de conversar com o motorista para aprender mais palavras em português, que não se furta a apertar mão de soldados, contínuos e camareiras e, claro, fãs.

Que antes de entrar no carro, acena para um público boquiaberto e barulhento em frente ao hotel ou na chegada no estádio. Se um artista brasileiro quer conquistar a platéia, deveria se comportar como o Macca e sair de um pedestal que não existe.

“Não vi o show de Chico e não gostei”, como disse sabiamente o meu mais novo amigo Roberto, irmão do Hélio Silva, que mora em Igarassu, na grande Recife, onde fiquei hospedado. Esse foi meu sentimento também.

E Roberto, com toda a sua inteligência represada e sempre pronto para compartilhar sua sapiência, complementou: “Não vi o show de Paul McCartney e gostei”. Gostou por causa do respeito que teve para com o paulista, o pernambucano, o mineiro, o norte-riograndense, o gaúcho e por aí vai…

Roberto não viu Paul como eu o vi: pertinho, da pista prime, nítido, soberbo, dono da situação, alegre, brincalhão, jovem (apesar de seus 69 anos), eletrizante. Mas gostou do show porque o cantor e compositor sabe dar um boa noite: “Boa noite Pernanbuco; boa noite Recife”. Isso mesmo, um boa noite em português, para inglês ver.

Bom, finalizando, agora posso dizer que fui a um show de Paul McCartney (na verdade fui a três!), porque o vi com esses olhos que a terra há de se fartar um dia. Sábado, dia 21 de abril de 2012, um dos dias mais emocionantes da minha vida… Paul, um “sir” arretado. Um ser extraordinário, um “cabra da peste”. Um lendário cavalheiro das terras dos Rei Arthur…

Emerson Linhares é jornalista e diretor da Rádio Difusora de Mossoró

Categoria(s): Artigo
sábado - 28/04/2012 - 16:36h
Zéu Palmeira

Juiz do Trabalho vai lançar livro em congresso


O juiz do trabalho Zéu Palmeira Sobrinho, que também é professor da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), lançará livro durante o Congresso Nacional de Magistrados do Trabalho (CONAMAT) que será realizado em João Pessoa de 01 a 03 de maio.

Acidente do trabalho: crítica e tendências é o título do sexto livro editado pelo autor, sendo a quarta publicação com o selo da Editora Ltr. Pesquisador e estudioso dos temas jurídicos e sociais, Palmeira é atualmente coordenador do GESTO – Grupo de Estudos Seguridade Social e Trabalho, da UFRN.

No livro o autor traz aos leitores reflexões sobre o princípio da responsabilidade socialmente necessária como o referencial teórico e antropolítico que privilegia os postulados da prevenção, precaução e educação ambiental.

O livro já começou a ser distribuído para venda nas principais livrarias do país. Mais informações acessar o site da Editora Ltr:  http://www.ltreditora.com.br.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.