terça-feira - 31/12/2013 - 23:51h

Pensando bem…


“Só há duas opções nesta vida: se resignar ou se indignar. E eu não vou me resignar nunca”.

Darcy Ribeiro

Categoria(s): Pensando bem...
terça-feira - 31/12/2013 - 21:30h
A Alexandre Azevedo

O triunfo da dignidade no caso da Padaria Mercatto


O incidente na Padaria Mercatto (veja AQUI), envolvendo um desembargador, um empresário, garçom etc. deixa-me renovado de esperança para 2014. Até me emociono.

Reação de um estranho, em defesa de alguém humilde, que nem sabia quem era, nome etc., é algo de uma dignidade sem tamanho. Orgulha a espécie e certamente aos filhos.

O senhor Alexandre Azevedo, que botou voz e corpo em defesa de um semelhante, humilhado pelo desembargador Dilermando Mota, é o tipo do cara que preciso conhecer. Abraçar.

Falo isso com considerável empolgação, porque sei o que é ser acuado e não ter a solidariedade dos amigos/colegas, por medo ou cumplicidade.

É normal o “espírito de corpo”, a defesa dos “seus”, mas enfrentar o arroubo alheio para escudar alguém desconhecido, é digno de honrarias.

Meu caro Alexandre Azevedo, não sabes como estou robustecido na crença na vida, no homem, na Justiça.

Você me entrega assim para 2014.

Muito Obrigado.

Feliz Ano Novo.

Veja AQUI repercussão nacional do caso.

Categoria(s): Artigo
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
terça-feira - 31/12/2013 - 10:39h
Shalom

Virada do ano de uma forma diferenciada


Missa, boa música e muita festa compõem a programação do Réveillon da Paz em várias cidades que contam com a presença da Comunidade Católica Shalom. O evento é opção diferenciada para quem quer curtir a virada do ano fora de casa.

Para o público de Mossoró e cidades vizinhas, o evento será realizado na Praia do Ceará, em Tibau, a partir das 21h deste dia 31.

No programa, Celebração Eucarística, show, adoração, animação e benção do Santíssimo Sacramento na hora da virada.

Além de Tibau, estão confirmadas festas nas cidades de Salvador (BA),  Fortaleza (CE), São Paulo (SP), Aracaju (SE), Santo André (SP), Garanhuns (PE), Brasília (DF), Sobral (CE), Santo Amaro (SP) e Belo Horizonte (MG).

Categoria(s): Gerais
terça-feira - 31/12/2013 - 09:33h
Balanço positivo

Saúde ganha investimentos em Apodi em meio à forte crise


Difícil encontrar uma ilha de excelência na saúde pública do Rio Grande do Norte. Do país, também. Apodi não é essa exceção, mas claramente avança em meio às dificuldades conjunturais, estruturais e históricas, para atenuar deficiência no atendimento público.

Atendimento é ampliado, mesmo com conjuntura desfavorável

Essa é a visão do prefeito Flaviano Monteiro (PCdoB) sobre o primeiro ano de seu governo, depois de décadas de um modelo arcaico, meramente clientelista e assistencialista, na relação prefeitura-cidadão, na área de saúde.

Embora sofra as mesmas dificuldades financeiras das demais prefeituras do Brasil, ele conseguiu driblar a crise em vários aspectos e ampliou de três para nove, o número de equipes do Programa Saúde da Família (PSF). Além disso, equipou as bases de apoio da estratégica Saúde da Família.

Coloque-se nessa contabilidade favorável, o início de construção de mais três Unidades Básicas de Saúde (UBS) nos sítios Córrego, Santa Rosa e Arção. “As populações dessas áreas tão importantes esperavam há mais de 30 anos pela chegada desse equipamento”, afirma.

Maternidade Claudina Pinto

No início da gestão, mesmo sem ter a plena dimensão da “herança” recebida e convivendo com pressão de receitas municipais em queda, ele determinou repasse de R$ 30 mil para a Maternidade Claudina Pinto.

Vista como de suma importância para o sistema de saúde municipal, a Claudina Pinto passou a receber 90 mil reais de repasse do Executivo, permitindo a contratação de novos profissionais e melhoramento na estrutura física do prédio.

“O Teste da Orelhinha, por exemplo, é um dos novos serviços ofertados na Maternidade. O exame feito com recém-nascidos é importante para diagnosticar previamente possíveis problemas no sistema auditivo”, assinala o prefeito.

O Samu Alto Oeste surgiu através de parcerias públicas, estando localizado em ponto estratégico. “O Centro de Especialidades Médicas (CEO) ganhou novos equipamentos, boa estrutura física e os profissionais de saúde bucal atendem diariamente realizando canais, próteses, cirurgias e tratamentos complexos com gratuidade”, relata.

Unidade Móvel Odontológica é um equipamento diferenciado

Nesse complexo sistema, também foi implantado o Odontomóvel, “com recuperação de um veículo da Secretaria de Saúde, que leva atendimento odontológico para as comunidades carentes”.

Mudança

A Prefeitura do Apodi também adianta que outro destaque “é a ampliação do número de médicos contratados que foram mais uma vez reforçados com a chegada de duas cubanas através do Programa Mais Médicos do Governo Federal.”

Num rápido balanço, o prefeito recorre a dados que mostram o estágio depreciativo da Saúde em Apodi, quando assumiu governo em janeiro deste ano.

“A Atenção Básica de Saúde estava desestruturada, com poucos médicos atendendo nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), locais de atendimento precários, alguns programas parados e a Maternidade Claudina Pinto sem condições de funcionamento”, conta.

Em sua ótica, foi a partir da implantação da Central de Regulação de Consultas e da efetivação do Centro de Especialidades Médicas (CEM) com pediatra, cardiologista, ginecologista, obstetra, gastroenterologista e ortopedista, “que tudo começou a mudar”.

Com informações da Prefeitura do Apodi

Categoria(s): Administração Pública / Saúde
terça-feira - 31/12/2013 - 08:46h
Nos porões...

Tudo é possível na política do impossível


As conversas travadas nos bastidores da política mossoroense, com intervenção de nomes influentes da política estadual, provam que não existe a palavra “impossível” no ramo.

Como ensina um velho adágio, “em política, o impossível é elefante voar”.

As mais estapafúrdias alianças, conchavos e arrumações estão sendo tramadas.

A montanha pode parir um rato, mas que está em gestação de alguns monstrengos, não tenha dúvida.

“Inimigos ferozes” baixam a guarda e ouvem emissários do contendor. Poucos fecham a porta ao diálogo.

A pobre gente que passa o dia arengando em redes sociais (na Internet) ou em seus círculos de convivência, na vida real, ficaria decepcionada com o que acontece nos porões da política. Seus líderes não morrem de overdose; deixam a intoxicação para os liderados.

A vida política como ela é, é bem diferente do que a massa ignara pensa e alcança.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog / Política
terça-feira - 31/12/2013 - 08:27h
Distância

Fafá Rosado avisa que não aceita subir em palanque do PSB


No íntimo familiar e do seu esquema político, a ex-prefeita Fafá Rosado (PMDB) fincou o pé e encerrou o assunto: uma composição do PMDB com o PSB de sua prima e adversária, deputada federal Sandra Rosado (PSB), não a levará para palanque comum.

Fafá, rosto cerrado, não se bica com Sandra (Foto Robson Carvalho 28-09-2009

Qualquer familiar que desejar ir, que migre sem ela.

A ex-prefeita cerra o rosto e dissipa o seu conhecido e quase perene sorriso, quando o assunto político deriva para essa questão. Assunto encerrado, já assinalou.

Numa eventual eleição suplementar para prefeito e vice de Mossoró, aliança entre PSB e PMDB é mais do que provável. Conversas existem, estão avançadas e sobram interesses comuns de lado a lado.

Se houver composição, será sem Fafá Rosado.

Grupo

O vereador Alex Moacir (PMDB), casado com uma sobrinha da ex-prefeita, anda se saracoteando e se esgueirando nos bastidores. Aposta numa chapa em que possa ser indicado como vice da deputada estadual Larissa Rosado (PSB).

Se for, irá sem Fafá Rosado.

Durante longos anos, a ex-prefeita compôs grupo político da prima. Foi candidata a prefeito em 2000, pelo PMDB, contra a então adversária e prefeita Rosalba Ciarlini (DEM), perdendo o pleito.

Mas terminou cooptada pelo esquema governista. Foi candidata à prefeitura, já em 2004 e 2008, com apoio da própria  Rosalba.

Este ano, ela afastou-se da sombra rosalbista para integrar novamente o PMDB. Fica sob a liderança do deputado federal Henrique Alves e senador-ministro Garibaldi Filho.

Mesmo assim, uma parte de sua família está filiada ao DEM de Rosalba e outra ao PV, apêndice do próprio PMDB no estado.

Categoria(s): Política
terça-feira - 31/12/2013 - 08:01h
Operação Vulcano

Cartel de combustíveis fez acerto em gabinete de Fafá Rosado

Segundo relatório da Polícia Federal, reunião suspeita foi feita com participação direta da ex-prefeita

Por Dinarte Assunção (Portalnoar)

O relatório da Polícia Federal sobre a Operação Vulcano, que vem sendo divulgado pelo portalnoar.com, revela que houve reuniões no Palácio da Resistência, sede do governo mossoroense, entre a ex-prefeita Fafá Rosado (PMDB), vereadores e empresários, com o propósito de aprovar projeto de lei que beneficiaria o que tem sido classificado pela própria PF como um cartel de combustíveis em Mossoró.

“Por volta de 14:00 horas encerrou-se a reunião dos proprietários de postos de na Prefeitura Municipal de Mossoró/RN e, pelo que se pode observar da vigilância policial, aliado aos áudios, há indícios fortes da participação na reunião ocorrida no gabinete da Prefeitura das seguintes pessoas, não excluindo outros que poderão vir a ser identificados posteriormente:

1. Prefeita FAFÁ ROSADO;
2. Vereador CLAUDIONOR DOS SANTOS;
3. Procurador-Geral do Município, OLAVO HAMILTON;
4. ROBSON PAULO, proprietário do POSTO NACIONAL;
5. PEDRO EDILSON, sócio do POSTO NACIONAL.
6. SERGIO LEITE, proprietário do POSTO OLINDA;
7. JOSÉ MENDES, proprietário do POSTO BH; E
8. WELLINGTON CAVALCANTE PINTO, o qual utiliza o telefone da ALESAT COMBUSTÍVEIS S/A.
9. José Luiz Carlos de Lima (Zé Luiz), advogado.
10. José Mendes Filho, proprietário de posto de gasolina”, descreve o texto, em trecho que pode ser conferido AQUI.

Em oitivas realizadas pela Polícia Federal, Fafá Rosado confirmou que houve encontro com empresários. “Maria de Fátima Rosado Nogueira, ex-prefeita de Mossoró/RN, prestou declarações onde afirmou que o vereador CLAUDIONOR SANTOS agendou com seu chefe de gabinete, Gustavo Rosado, reunião com equipe econômica para tratar de assunto de interesse dos donos de postos de combustíveis da cidade”, diz trecho do relatório. Apontados como instrumentos decisivos, Fafá e Gustavo foram indiciados por advocacia administrativa, quando agente público atua em interesse privado, e associação criminosa.

Ao relatório da PF, o delegado Eduardo Benevides Bomfim juntou imagens dos encontros realizados no gabinete da prefeitura. Ele destaca que as reuniões foram registradas pela equipe de inteligência da Polícia Federal.

“A reunião foi acompanhada pela equipe de vigilância que registrou fotograficamente a entrada dos empresários, do advogado José Luiz e vereadores na sala de reunião da Prefeita. Colaciono as principais imagens abaixo”, escreveu o delegado. As mídias em questão são as seguintes:

 

Uma das páginas do relatório da Polícia Federal, com fotografia do interior sede da Prefeitura de Mossoró

Então líder da bancada da prefeita, Claudionor dos Santos é descrito como a peça que “defende veementemente todas as tentativas de fechamento do mercado a novos concorrentes feitas pelo Cartel da Gasolina de Mossoró através de projetos de lei”.

A PF concluiu que ele “participou com empenho para a aprovação do projeto de lei que alterou o art. 122 do COPM de interesse dos donos de postos, chegando a contatar Sérgio Leite em [empresário] em 28/03/2013, quando seria a votação do projeto, tranquilizando-o, pois tinham a maioria”.

A conduta do vereador levou o delegado a indiciá-lo por crime contra a ordem econômica (pena de dois a cinco anos de reclusão) e associação criminosa, que substitui o crime de formação de quadrilha, com previsão de pena de um a três anos de prisão. O vereador não atendeu nem retornou as chamadas da reportagem para repercutir o assunto. Fafá Rosado ainda não se pronunciou.

Veja matéria original, no portalnoar, clicando AQUI.

Acompanhe bastidores da notícia e notas exclusivas em nosso TWITTER AQUI.

 

 

Categoria(s): Política / Segurança Pública/Polícia
terça-feira - 31/12/2013 - 07:32h
Padaria Mercatto

Empresário que enfrentou desembargador dá sua versão


O empresário Alexandre Azevedo, que protagonizou incidente com o desembargador Dilermando Motta, domingo (30), na Padaria Mercatto (em Natal), dá sua versão sobre o caso.

Em nota à  sociedade, ele afirma que sua atitude em defesa de um garçom, acabou sendo motivada pela indignação, ante a humilhação a que o humilde trabalhador era submetido pela “autoridade”.

Veja abaixo o seu relato, retratando postura que deve orgulhar sua famíliae amigos, além de me transformar em seu fã:

NOTA

A respeito do incidente na Padaria Mercatto, envolvendo o Des. Dilermano Mota, ocorrido no último domingo (29/12/2013), venho a público externar a minha versão, objetivando esclarecer os fatos.

Por volta das 10 hs, estávamos, eu e minha esposa, lanchando na Padaria quando presenciamos um senhor, que até então não sabia de quem se tratava, levantar-se bruscamente de sua mesa e ir de encontro ao garçom que acabara de servi-lo. Este senhor, aos gritos, no meio do salão, dizia ao garçom que este não o havia atendido direito, deixando de colocar gelo em seu copo, e gritava pelo gerente, exigindo que o punisse naquele momento, e ele queria presenciar. Não satisfeito com esse escândalo, este senhor puxou o garçom pelo ombro e exigiu que lhe olhasse nos olhos e o tratasse como Excelência, e disse que deveria “quebrar o copo em sua cara”. Tal fato foi testemunhado por dezenas de pessoas que ali se encontravam.

Presenciando aquela agressão injustificada, eu me levantei e intervi, dizendo ao senhor que ele não poderia fazer aquilo; não poderia humilhar alguém que estava ali para servir. Nesse momento, o senhor se voltou contra mim, chamando-me de “cabra safado”, “endiabrado”, “endemoniado”, que “merecia ser preso”, chegando, inclusive, a pegar uma cadeira e dizer que iria “quebrar minha cara”, tendo sido contido por várias pessoas. Eu repudiei a conduta deste senhor veementemente, perguntando quem ele pensava que era e se não tinha vergonha de ofender seus semelhantes daquela forma.

O Desembargador Dilermano Mota, identificando-se como tal, acionou a Polícia Militar, que deslocou imediatamente quatro viaturas para atender o chamado, tendo, o oficial que atendeu a ocorrência, depois de sondar as dezenas de pessoas que se aglomeravam no salão da Padaria, identificado a inexistência de qualquer crime cometido por mim. Em razão dos policiais não terem me prendido, o desembargador, aos gritos, adjetivou-os de “um bando de cagão”.

Devo deixar claro que não conhecia o Desembargador, tampouco o garçom. A minha atitude de revolta e indignação ao presenciar uma profunda injustiça foi a de um cidadão consciente, como todos devem ser. E teria a mesma reação, ainda que não se tratasse de um magistrado. Quem quer respeito, se dá o respeito. Finalizo citando Darcy Ribeiro quando dizia “só há duas opções nesta vida: se resignar ou se indignar. E eu não vou me resignar nunca”.

Alexandre Azevedo.

Nota do Blog – A verdadeira autoridade se impõe pelo respeito e conduta ilibada, não pelo mando.

Se todos reagirem, a gente termina enquadrando os maus e exaltando os bons.

Veja AQUI outra versão para o caso, com explicações do próprio desembargador.

 

Categoria(s): Gerais
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
terça-feira - 31/12/2013 - 07:23h
Hoje e amanhã

Bancos fecham durante dois dias


As agências bancárias fecham hoje (terça-feira, 31), assim como no dia 1º de janeiro, de acordo com Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

A federação lembra que, nos dias em que as agências estiverem fechadas, os clientes poderão usar os canais alternativos de atendimento para fazer operações bancárias, como caixas eletrônicos, internet banking, mobile banking, banco por telefone e correspondentes (casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados).

As contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo, por exemplo) e os carnês que vencerem no período em que os bancos ficarão fechados poderão ser pagas no próximo dia útil (2 de janeiro), sem a incidência de multa.

Os tributos, normalmente, já estão com a data ajustada pelo calendário de feriados (federais, estaduais e municipais).

Os clientes também podem agendar nos bancos os pagamentos das contas de consumo ou pagá-las (as que têm código de barras) nos próprios caixas automáticos, ou em correspondentes.

Já os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser agendados ou pagos por meio do Débito Direto Autorizado (DDA).

Com informações da Agência Brasil.

Categoria(s): Economia
terça-feira - 31/12/2013 - 06:54h
R$ 800 mil/ano

Prefeitura devolve carros alugados; economia é impactante


O prefeito provisório de Mossoró, Francisco José Júnior (PSD), devolveu nessa segunda-feira (30), treze carros alugados pela Prefeitura de Mossoró. A iniciativa implicará numa economia de cerca de R$ 800 mil por ano, garante a jornalista Mirella Ciarlini, secretária da Comunicação Social.

Veículos saem de circulação e passam a gerar grande economia

“Essa redução faz parte de um conjunto de cortes que fazemos para economizar recursos, que serão investidos em outras áreas. Quero reafirmar que nenhum desses cortes afetará os serviços prestados a população”, informou o prefeito.

Além da contenção nos alugueis de carros, o prefeito determinou a redução da coleta dos resíduos da construção civil, que é de responsabilidade do gerador do entulho. “Faremos uma campanha educativa para conscientizar os mossoroenses sobre sua responsabilidade em recolher o entulho de suas construções civis”, declarou.

De acordo com o secretário da Administração, Sebastião Almeida, a entrega dos carros corresponde a uma redução de 15% do contrato com a locadora de veículos.

“Nossa finalidade única é economizar para investir em outros segmentos de maior relevância”, disse o secretário, afirmando que os motoristas desses carros serão relocados para setores que necessitam do serviço.

Fundação Vingt-un Rosado

O prefeito recebeu, na manhã desta segunda-feira, 30, no Palácio da Resistência, representantes da Fundação Vingt-Un Rosado.

Durante a audiência, o gestor garantiu o pagamento de duas parcelas do convênio entre a instituição e a Prefeitura de Mossoró e a continuidade da parceria em 2014.

“A Fundação tem mais de 60 anos de existência com grandes serviços prestados a população mossoroenses. Passamos por um momento de muitas dificuldades e a Prefeitura se mostrou solicita as nossas necessidades”, disse Dix-Sept Rosado Sobrinho, diretor da instituição.

O prefeito garantiu o pagamento de duas parcelas do convênio para a próxima quinta-feira, 02, e a programou a renovação da parceria para o mês de janeiro.

Com informações da Prefeitura de Mossoró.

Nota do Blog - Reproduzo essas informações com um sorriso largo, especialmente pelo apoio à Fundação Vingt-un Rosado. O mossoroense, em sua grande maioria, não tem ideia da importância dessa entidade multidecenal à nossa cultura e identidade como sociedade.

Até hoje, a propósito, não consigo entender por que ela foi abandonada pela prefeitura, quando deveria ter mais apoio. Politicalha ou pura insensibilidade? Não importa agora. Fundamental é que se faz justiça a tempo.

Não sai de minha memória a imagem sorridente do professor Vingt-un e sua companheira linda, dona América. Devem estar se esbaldando de alegria, meu querido Dix-sept e Caio César Muniz (dirigentes da fundação).

Categoria(s): Administração Pública / Cultura
terça-feira - 31/12/2013 - 06:41h
Feliz 2014

Nosso tempo fatiado, um amanhecer renovado


Bom dia. Saúde e paz. Ótima terça-feira a todos, neste último dia de 2013.

Para mim, ano abençoado, carrada de aprendizado.

Último dia do calendário é uma convenção, o tempo fatiado para melhor nos situarmos nele.

Mas nada será novo, se não amanhecemos renovados.

Gládio à mão; à luta.

Categoria(s): Crônica
segunda-feira - 30/12/2013 - 23:59h

Pensando bem…


“Tudo é precioso para aquele que foi, por muito tempo, privado de tudo.”

Friedrich Nietzche

Categoria(s): Pensando bem...
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 30/12/2013 - 18:38h
Ufa!!

Suspensão de eleições alegra grupos tradicionais


A decisão do ministro-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marco Aurélio Mello, suspendendo eleições suplementares de Mossoró (veja abaixo), provoca um largo sorriso nos líderes de grupos políticos tradicionais do município.

Os Rosado do A e do B ganham tempo à arrumação da “casa” e articulações de alianças. Dias – ou semanas – que podem representar muito num novo pleito.

Até aqui, os bastidores estão fervendo, mas praticamente sem definições, sobretudo devido as incertezas jurídicas.

Até mesmo a exumação definitiva dos mandatos da prefeita e vice cassados e afastados, Cláudia Regina (DEM) e Wellington Filho (PMDB), é possível.

O burburinho agora é ainda maior. As interrogações, mais ainda.

Enredo para quem tem coração forte.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 30/12/2013 - 18:26h
Liminar

Presidente do TSE suspende eleições suplementares


As eleições suplementares de Mossoró, para prefeito e vice, marcadas para o dia 2 de fevereiro de 2014, estão suspensas.

Decisão foi tomada ao final da tarde de hoje, pelo ministro-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marco Aurélio Mello. Despacho monocrático.

A determinação era do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Marco Aurélio amparou pedido de liminar em mandado de segurança, de advogados da prefeita cassada e afastada Cláudia Regina (DEM). Assim, o calendário eleitoral anteriormente estabelecido pelo TRE, perde efeito.

As convenções partidárias estavam definidas para o período de 2 a 5 de janeiro-2014. Com isso, todos os prazos que haviam sido definidos pelo TRE deixam de valer.

Novas eleições, se forem definidas, só vão ocorrer após trânsito em julgado (decisão final) de recursos de Cláudia e vice Wellington Filho (PMDB) no próprio TSE.

Larissa

A deputada estadual Larissa Rosado (PSB) também obteve pronunciamento favorável a mandado de segurança que protocolizou à semana passada. Uma vitória preliminar. Marco Aurélio sustou decisão do TRE que tinha cassado seu mandato em placar de 3 x 2.

Mesmo assim, ela segue inelegível, para uma eventual eleição suplementar e até mesmo reeleição em 2014. Outro mandado procura derrubar a inelegibilidade, até julgamento final no próprio TSE.

Nota do Blog - Absolutamente coerente a decisão do ministro. Eleições poderiam acontecer e “eleito” não ter direito à posse e mandato, caso Cláudia e Wellington fossem inocentados adiante.

Que fique claro: ambas decisões são liminares. O plenário do TSE pode mantê-las ou reformá-las adiante

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público
  • Repet
segunda-feira - 30/12/2013 - 10:33h
Eleições 2014

Quem tem medo de Wilma de Faria ao Governo do RN?


O empresário Fernando Bezerra (PMDB), ex-senador da República e ex-ministro (duas vezes), topa ser candidato a governador do Estado.

Só impõe uma condição: não quer Wilma de Faria (PSB) como adversária.

Daí urge costura para fazê-la candidata ao Senado, numa chapa ampla, com composições heterogêneas.

Se Wilma avançar como candidata ao Governo do Estado, Fernando está fora.

Ele concorreu contra ela em 2002. Favorito, perdeu o Governo do Estado.

Garibaldi Filho (PMDB), senador e atual ministro da Previdência Social, tem dito que não é candidato em qualquer circunstância. Com Wilma, menos ainda.

Ele já a venceu à Prefeitura do Natal em 1985 e ao Governo do Estado em 1994, mas não engole a derrota ao Governo estadual em 2006.

Rosalba Ciarlini (DEM), candidata à reeleição, é o principal cabo eleitoral da ex-governadora, graças à sua gestão chinfrim. Detestaria enfrentá-la.

Mesmo assim, cá para nós: creio que Wilma deseje mesmo ser candidata ao Senado.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 30/12/2013 - 09:03h
Financiamento de campanha

Dinheiro e poder na política mossoroense


Quais os grupos empresariais de Mossoró, com disposição e grana, para financiamento de campanha eleitoral municipal em 2014?

As consequências  do pleito de 2012 estão aí.

Quebradeira e implicações fiscais, criminais, cíveis.

Aborrecimentos que vão levar muitos anos à superação.

Categoria(s): Política
  • Repet
segunda-feira - 30/12/2013 - 08:42h
Tradição ridícula

“Beija-mão” remete RN aos tempos da monarquia absolutista


A Governadora Rosalba Ciarlini (DEM) recebe os cumprimentos de final de ano nesta segunda-feira (30), a partir das 11h30. Será na própria Governadoria – no Centro Administrativo, em Natal.

Nota do Blog – Em pleno século XXI, desse lado da linha do Equador, banda Ocidental do planeta, impressiona como ainda conservamos hábitos primitivos de subserviência.

Nos remetem à antiguidade, com monarcas absolutistas posando de semideuses, com todos os áulicos e vassalos aos seus pés.

A governadora poderia extinguir essa ridícula manifestação de poder ocasional, mas termina repetindo o que seus antecessores sempre fizeram.

Na realidade, o “beija-mão” não é uma postura de respeito ao governante, mas reverência ao poder.

Hoje, Rosalba; amanhã, outro inquilino da Governadoria.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog
segunda-feira - 30/12/2013 - 08:22h
$$

Político potiguar é investigado devido conta no exterior


Por Vicente Serejo (O Jornal de Hoje)

Aviso

Tem político local sendo discretamente investigado em sua vida financeira a partir de um dado que vem chamando a atenção dos órgãos investigadores: saldo elevado em contas no exterior. Ou seja, nos EUA.

Categoria(s): Política
  • Repet
segunda-feira - 30/12/2013 - 08:00h
Maurício Marques e Agnelo Alves

Ação criminal fustiga prefeito e deputado estadual


Do Blog de Robson Pires

Ação criminal movida pelo Ministério Público Estadual contra o deputado Agnelo Alves e o prefeito Maurício Marques, ambos do PDT de Parnamirim, e outras oito pessoas, por desvios de recursos públicos e falsidade ideológica, foi aceita pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte TJRN.

O atual deputado e o hoje prefeito de Parnamirim são acusados de apropriação indébita, desvios de recursos públicos. Os outros oito vão responder pelo mesmo crime e também pelo crime de falsidade ideológica.

O relator da ação é o desembargador Saraiva Sobrinho.

Quem assina a denúncia é o procurador geral de justiça em substituição Jovino Pereira da Costa Sobrinho.

 

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público
segunda-feira - 30/12/2013 - 07:51h
Eleições suplementares

Mossoró pode ter até sete candidatos a prefeito em 2014


Mossoró poderá ter pelo menos uns seis ou sete candidatos a prefeito/vice em sua nova eleição. O pleito está confirmado para o dia 2 de fevereiro.

O prefeito provisório Francisco José Júnior (PSD) é “candidato natural”.

O DEM da governadora Rosalba Ciarlini e da prefeita cassada e afastada Cláudia Regina ensaia o nome da engenheira Kátia Pinto (DEM), secretária estadual da Infraestrutura.

O PSB pretende conseguir liminar que assegure postulação da deputada estadual Larissa Rosado. O

PSDC tem o nome do professor Josué Moreira anunciando-se outra vez como candidato.

O PHS fez reunião no último final de semana e empinou a postulação do empresário Fernando Medeiros.

O PCdoB garante que o ex-candidato a vereador e vice-prefeito Gutemberg Dias vai à luta.

O PT decidiu que terá nome próprio ao prélio.

O PMDB conversa com A e B. Pode ter candidato próprio, mas é provável que feche aliança com PSB para indicar vice.

O Psol do ex-candidato a prefeito Raimundo Nonato Sobrinho, o “Cinquentinha”, está aberto ao diálogo. Ser vice de Josué Moreira é uma das cogitações.

Ufa! Por enquanto, é só. Por enquanto.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 30/12/2013 - 07:33h
Final de ano

Um tempo quente na política


Nunca antes na história de Mossoró o tempo esteve tão quente. Não me refiro à condição atmosférica, mas à política.

Os acontecimentos borbulham à superfície. Nos bastidores, também.

O veraneio que sempre encontra a cidade-praia do Tibau como endereço e fez dos seus alpendres um símbolo do poder, fica em segundo plano.

De Brasília a Natal, tudo pode acontecer.

Em Mossoró, mais ainda.

Fatos e versões se enroscam.

É preciso cuidado para não “engolir” mosca ou se publicar “barrigas” (notícias inverídicas, no jargão jornalístico).

Existe uma avidez por notícias, ao mesmo tempo que temos muitos interesses contrariados e vontades embutidas.

Garimpar, depurar e filtrar… sem pressa, terminam sendo mais importantes do que noticiar com açodamento.

Tempo quente…

Categoria(s): Política
segunda-feira - 30/12/2013 - 07:17h
Distorção de fatos

Imprensa “fabrica” crise em cima do que escondia há meses


Aos poucos a imprensa mossoroense que dá suporte ao esquema político afastado da Prefeitura Municipal, descobre que existe uma crise na municipalidade. Ainda bem.

Apenas não tem o cuidado de revelar a seus leitores, ouvintes etc., que o caso não é novo ou circunscrito à gestão do prefeito provisório Francisco José Júnior (PSD). A bomba está armada desde a administração Fafá Rosado (DEM, hoje no PMDB).

Silveira e Cláudia: crise como herança

Foi jogada debaixo do “tapete” pela sucessora Cláudia Regina (DEM) e não tem como ser escondida por “Silveira”, o novo prefeito.

Desde o início deste ano que o Blog bate na mesma tecla, apontando dificuldades, revelando distorções, clamando por providências e antecipando que o “rombo” deixado como herança seria superior a R$ 75 milhões.

Há meses que Prefeitura de Mossoró atrasa prestadores de serviços, fornecedores, além de repasse para financeiras por empréstimos consignados e cartão de crédito, mesmo recolhendo dos servidores. Pasep também tem problemas de transferência de recursos.

A Previ-Mossoró (Previdência própria) saiu do Governo Fafá com débito de alguns milhões que não foram repassados a essa autarquia. Cláudia renegociou conta, mas também passou a atrasar compromisso.

Houve arrocho em ganho de servidores e terceirizadas estavam pagando empregados sempre com atraso. Faltam remédios e médicos em unidades de saúde. A Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro Belo Horizonte foi inaugurada e nunca funcionou, bem antes de mudanças de governo.

Festim

Lamentavelmente, essa mesma imprensa não estava vendo essas e outras dificuldades. Preferia divulgar o “Viva a Rio Branco”, “Mossoró Cidade Junina” e outros eventos festivos que funcionam como cortina de fumaça e anestésico coletivo.

Há uma crise, mas não é uma crise por suposta “instabilidade administrativa” devido o afastamento de prefeita e vice (Cláudia Regina e Wellington Filho-PMDB). Não há um problema novo, mas a necessidade de saneamento  de velhos  problemas que comprometem até pagamento de folha de pessoal em dia.

É imprescindível se informar, que o pedido de exoneração em massa de auxiliares de governo, provavelmente para causar essa instabilidade, seria um mal muito maior. Entretanto o novo prefeito conseguiu agir com agilidade, freando seus principais efeitos.

O próximo prefeito (a) se não receber uma prefeitura pelo menos equilibrada, pegará e pagará as consequências de anos e anos de desatinos que a imprensa aparelhada não conseguia ver.

Sem ousar na promoção de um “choque de gestão” ou ampla reforma na máquina pública, Cláudia Regina patinhou no exercício de arrumados e compadrios, para não bater de frente com seus padrinhos. Repetiu erros e abusou da mesma fórmula que tinha empurrado a prefeitura pro buraco.

Em poucos dias e meses, o novo prefeito não tem a menor condição de reverter esse quadro. Porém tem a chance de não pagar pelos mesmos pecados.

 

Categoria(s): Administração Pública / Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.