• Vale Norte - Nativa Comunicação - 2º Banner - 14-11-17
domingo - 30/04/2017 - 23:58h

Pensando bem…


“A ignorância é a maior multinacional do mundo.”

Paulo Francis

Categoria(s): Pensando bem...
domingo - 30/04/2017 - 12:57h

Temos sinalização de avanço com a reforma trabalhista


Por Carlos Duarte

O projeto de lei que dispõe sob a reforma trabalhista, recentemente aprovado na Câmara de Deputados, sinaliza um grande avanço no caminho do desenvolvimento e do crescimento econômico do país. É claro que isso não agrada aos sindicatos – que sempre foram corporativos grupos de pressão junto ao Estado, motivados pela generosa arrecadação da Contribuição Sindical “obrigatória”.

A nova proposta irá permitir acordos negociados, com benefícios positivos para os dois lados (patrões e empregados) de forma autônoma.

Veja pequeno resumo da enxurrada de dinheiro em 2016 que desembarcou em entidades sindicais

Trará mais flexibilidade às relações de trabalho e minimizará o cerco burocrático, que tanto degrada o ambiente de negócio. Retirará a trava que impede o progresso, trazendo para a realidade atual, as ultrapassadas normas da CLT, que estão em vigor há mais de 70 anos.

Com a terceirização e a reforma trabalhista, o setor produtivo terá a oportunidade de buscar novas alternativas e soluções que irão gerar enormes ganhos de competitividade, garantindo a empregabilidade de grande parte dos mais de 14 milhões de desempregados atualmente no Brasil.

É evidente que outros percalços ainda precisam ser retirados do caminho da prosperidade, como a urgente necessidade de uma reforma tributária, fiscal e ambiental, além de se rever a excessiva regulação dos direitos dos consumidores.

SECOS & MOLHADOS

Eike – O ministro do STF Gilmar Mendes manda tirar da cadeia Eike Batista, que agora vai ficar em prisão domiciliar. O que corre nos bastidores é que o falido empresário é cliente do escritório de advocacia em que a esposa (Guiomar) do ministro trabalha ou é sócia. Se essa acusação for procedente, o STF se iguala ao Congresso em termos de imoralidade. Como o jornalista Carlos Santos costuma asseverar, “o STH tem de tudo, menos o direito”.

Desemprego – Várias projeções de especialistas apontam que no ritmo de desemprego que se encontra o Brasil (atualmente com mais de 14 milhões de desempregados), ao final deste ano, poderá contabilizar cerca de 18 milhões. Muito preocupante mesmo.

Estrago – Nos últimos dois anos, o PIB brasileiro teve uma queda de 8%. Para recuperar esse estrago, o cenário mais otimista aponta que serão necessários de oito a dez anos. É o resultado da política econômica desastrada e irresponsável do PT de Dilma e Lula.

Homicídios – Dados atualizados do Observatório da Violência Letal Intencional do RN (OBVIO), ontem, sábado (28) apontam que em 118 dias, deste ano, o numero de homicídios no RN chegou a 801. A cada dia, 6,8 pessoas são assassinadas no estado, cuja bandeira principal de campanha do governador Robinson Faria era a Segurança Pública. O quantitativo é 30,67% maior do que igual período do ano passado e 51,14% maior do que igual período de 2015. Isso equivale a 22,84 assassinatos para cada grupo de 100 mil habitantes. No mesmo período, Mossoró contabiliza 87 assassinatos (e um recorde neste mês – AQUI, apesar das “grandes virtudes” do programa “Ronda Cidadã”, enfatizado na propaganda do Governo do Estado.

Transposição – Em entrevista à Tribuna do Norte, o engenheiro Rômulo Macedo, que foi coordenador potiguar da transposição do rio São Francisco, faz uma revelação surpreendente. Diz que “a água que virá para os rios potiguares não terá utilidade para o RN. E o pior: todos os cidadãos irão pagar por ela, usando-a ou não”. Faltam obras complementares e não há investimentos em perímetros irrigados para produção agrícola. Pobre RN!

Protestos – Os sindicatos, partidos políticos e entidades que convocaram a manifestação da greve geral, na última sexta-feira (28), vão ser responsabilizados pelos atos de vandalismo ao patrimônio público, no Rio de Janeiro e em São Paulo. Motoristas que interditaram o trânsito receberam multa de R$ 5.800,00 por infração, considerada gravíssima, além de sete pontos na carteira e da suspensão de poder dirigir. O ato de manifestação é um direito de todos, mas não com vandalismo. Mossoró deu um bom exemplo de civilidade com manifestações pacíficas.

Palocci – O ex-ministro Antônio Palocci contratou uma banca de advogados especialistas em delação. Já sinalizou que o alvo vai ser Lula e ainda com grandes respingos em Dilma, mega empresários, ministros, deputados, governadores, marqueteiros, fundações… . Não quer mofar sozinho na cadeia. Mas, autoconfiante, Lula acha que Palocci vai entregar todo mundo, menos ele.

Contrária – A vereadora e presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (PMDB) se posiciona contrária às reformas trabalhista e previdenciária, da forma como estão propostas. Segundo ela, a classe empresarial tem que abrir mão de parte do percentual de seus lucros. “Essas reformas não podem ser feitas sem passarem por uma grande e ampla discussão com a sociedade”, diz através de seu perfil no Facebook.

Belchior – Faleceu na manhã deste domingo (30), na cidade de Santa Cruz (RS), aos 70 anos, o cantor e compositor Belchior. A notícia saiu no Jornal do Povo, de Fortaleza. Mais uma noticia triste para o cenário artístico musical brasileiro. Belchior era natural de Sobral (CE), onde será sepultado.

Veja clicando AQUI nossa coluna anterior.

Carlos Duarte é economista, consultor Ambiental e de Negócios, além de ex-editor e diretor do jornal Página

Categoria(s): Artigo
  • Repet
domingo - 30/04/2017 - 12:01h

A importância do alho e da cebola para Governador Dix-sept


Por José Romero Araújo Cardoso

O antigo termo de Passagem do Pedro, São Sebastião, Sebastianóplis, atual município potiguar de Governador Dix-sept Rosado, destacou-se de forma extraordinária, décadas atrás, na produção de alho e cebola.

A experiência pioneira de plantios teve inicio na década de setenta do século XIX na localidade de Gangorrinha, situada às margens do rio Apodi-Mossoró, onde os campesinos resolveram utilizar as vazantes do importante curso d´água para plantar espécies do gênero Allium, adubando-as com mufumbo macerado.

Logo a produção de alho e cebola passou a integrar indelevelmente a economia local, graças à excelência do valor comercial, devido ao tamanho dos bulbos, razão pela qual o atual município de Governador Dix-sept Rosado tornou-se conhecido como a “capital do alho”.

A zona urbana, quase por completa, foi tomada por tranças de alho e cebola, expostas para que os compradores de várias partes do Brasil escolhessem as melhores.    Vendedores de alho e cebola saiam em busca de melhores preços pelo interior do Estado do Rio Grande do Norte, bem como com destinos às unidades federativas vizinhas, ou mesmo distantes.

A chegada do trem, no ano de 1925, viabilizou o escoamento da produção, inicialmente com destino a Mossoró, e, a partir da expansão da linha férrea, em direção aos outros municípios potiguares que foram beneficiados com o percurso da Estrada de Ferro, tendo chegado no inicio da década de cinqüenta do século passado em Sousa, no vizinho Estado da Paraíba.

Quando o trem chegava em Governador Dix-sept Rosado, quando do período da safra do alho e da cebola, eram inúmeras as ofertas da produção farta e abundante, pois a estação ficava cheia de tranças à espera de compradores, bem como destinadas ao embarque.

Pequenos pedaços de vazantes à beira do rio Apodi-Mossoró eram valorizados de forma exponencial, pois a certeza de boas colheitas estavam garantidas pela fertilidade do aluvião, bem como das técnicas originais de adubação.

Festas em torno do alho e da cebola foram organizadas, contando com a coroação de rainhas com alusão aos produtos que faziam a fama do município potiguar, distrito de Mossoró até quatro de abril de 1963.

Gesso, algodão, cal, alho e cebola, consorciados com o plantio de batata-doce, eram os alicerces da economia dixseptiense há pouco tempo, época que mostrava-se favorecedora à qualidade de vida da população, a qual podia contar com importantes       recursos no processo de geração de emprego e renda.

Desestruturado na segunda metade da década de oitenta do século passado, o plantio de alho e cebola, vitima do mal-de-sete-voltas, praga que arruinou uma das bases da economia dixseptiense, tornou-se uma página virada na memória da população do aprazível município norte-riograndense.

José Romero Araújo Cardoso é geógrafo. Professor-Adjunto do Departamento de Geografia da faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Categoria(s): Artigo
domingo - 30/04/2017 - 11:30h
Hoje

Cantor e compositor Belchior morre no Rio Grande do Sul


O cantor e compositor Belchior morreu, aos 70 anos, neste domingo (30) em Santa Cruz do Rio Grande do Sul.

A informação foi divulgada pelo jornal cearense O Povo. De acordo com a publicação, o corpo do artista deve seguir para o Ceará ainda hoje e o sepultamento deve ocorrer na cidade de Sobral.

Natural do Ceará, Belchior fez fama nos anos 1970 com álbuns como Alucinação (1976). Só neste disco, estão clássicos como Velha roupa coloridaComo nossos paisA palo secoAlucinação.

O músico é da mesma geração de outros artistas nordestinos como Raimundo Fagner, também cearense.

Nos últimos anos, no entanto, Belchior ficou recluso, se ausentando dos palcos há mais de sete anos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Cultura
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
domingo - 30/04/2017 - 10:44h
Abril

Mossoró bate recorde com 28 homicídios em 30 dias


Este mês de abril de 2017 já é o mais violento em todos os tempos em Mossoró. Com a morte de um jovem de identidade ainda não conhecida, à madrugada de hoje, no acostamento da BR-110 (Mossoró-Upanema), chega ao total de 28 homicídios este mês.

No ano, esse cadáver eleva a soma de homicídios para 87.

Vítima ficou com corpo à margem da BR, em área ainda urbana de Mossoró na saída para Upanema

Os meses mais violentos no município tinham sido janeiro e fevereiro do ano passado, cada um com 27 vítimas.

Bom lembrarmos: ainda temos boa parte deste domingo (30), último do mês, para elevação do recorde.

A vítima da madrugada de hoje foi localizada por populares, perto da sucata J. Patrício, com perfurações de tiros no rosto, pescoço e abdômen.

Foi executada no local, com dois tiros de pistola ponto 40, sendo um no rosto e outro no abdômen e um disparo de escopeta calibre 12 no pescoço.

Com informações adicionais do blog Fim da Linha.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Segurança Pública/Polícia
domingo - 30/04/2017 - 09:38h
O Globo

Justiça ouve duas ex-mulheres de Henrique Alves


Por Lauro Jardim (O Globo)

Depoimentos de Priscila de Souza e Mônica Azambuja foram pedidos pelo Ministério Público Federal (MPF) à Justiça (Foto: André Coelho)

Henrique Eduardo Alves pode ter fortes dores de cabeça pela frente. O MPF pediu à Justiça Federal em Brasília para colher os depoimentos das duas ex-mulheres do ex-ministro, Priscila de Souza e Mônica Azambuja, no inquérito que investiga sua participação no esquema de propinas para autorizar liberação de recursos do FI-FGTS.

Em sua defesa, Alves afirmou que abriu uma conta na Suíça para proteger o dinheiro do espólio de seu pai em meio a uma separação turbulenta.

O MPF suspeita que o dinheiro seja de propina paga pela Carioca Engenharia.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
domingo - 30/04/2017 - 09:00h

A “federação” de capitanias


Por François Silvestre

O Brasil não foi e não é uma federação.  O que é uma Federação? É uma União política, republicana, formada por membros autônomos, que possuem Constituição própria e legislação específica. Cuja vigência e eficácia, no seu território, tem prevalência sobre as leis gerais da União, à exceção da Constituição Federal.

Qual desses conceitos se aplica, na prática, ao Brasil? Nenhum. E todos, só que teoricamente acanalhados.

E qual órgão “constitucionalmente” instituído deve cuidar da existência da federação, zelar por sua manutenção e eficácia? O Senado Federal. A falsidade nasce na não existência da federação e se consolida na inutilidade do órgão protetor.

O Senado era uma nobiliarquia imperial formada por sustentadores do Império. Ricos que mantinham a família real e sustentavam os influentes protegidos da Casa de Bragança.

Os senadores eram eleitos pelas províncias, mas só assumiam o posto, vitalício, por acatamento do imperador. Casos houve em que a província elegia o senador e não era nomeado pelo imperador. Um exemplo: José de Alencar, eleito pela província do Ceará, não foi nomeado, sob a desculpa de ser jovem. Exatamente por quem foi imperador aos quinze anos.

Com a república, o Senado sobreviveu. Era preciso salvar os ex-próceres da Coroa, republicanos novos. De vitalício, virou quase. A mesma pompa e a mesma inutilidade.

A aristocracia rural e a atividade comercial urbana, sustentáculos do império, tomaram as rédeas do novo regime.

Rui Barbosa, Campos Sales, Bernardino de Campos, Rodrigues Alves, Afonso Pena, Prudente de Morais, Deodoro da Fonseca, Francisco Glicério eram todos próceres do império. Eles e mais outros. E quem ficou fora das rédeas executivas foi arquivado no Senado.

É essa instituição, caríssima e inútil, que guarda a inexistente federação. Tudo de faz de conta.

São Paulo e Minas dominaram a “federação” após o golpe republicano, durante quatro décadas.

Com o golpe de 1930, falsamente chamado de revolução, morreu a república velha. Nasceu a federação? Coisa nenhuma. O Estado Novo sepultou o morto-vivo. Ou natimorto. Getúlio queimou as bandeiras dos Estados e aboliu seus hinos. Era a declaração oficial de que “essa merda nunca existiu”.

A ordem constitucional nascida em 1946 começou a preparar o amadurecimento institucional.

Com todos os defeitos da nossa formação, foi o único período da nossa história que mostrou a cara brasileira do seu povo. E caiu pelos seus méritos e não pelos defeitos.

O golpe de 64 acampou a “federação” nos quartéis. Igual ao império, só sobreviveram os obedientes ao poder dos coturnos.

E quando caiu, fê-lo em conluio com os que assumiram o poder e o repassaram aos seus descendentes. São as atuais capitanias.

E não há federação entre feudos saqueados e falidos.

mais.

François Silvestre é escritor

* Texto originalmente publicado no Novo Jornal.

Categoria(s): Artigo
domingo - 30/04/2017 - 08:20h

A vez do “braço forte”


Por Paulo Linhares

O Brasil vive uma violenta guerra civil disfarçada. E isto não apenas pela violência rasteira que ceifa centenas de vidas e molesta o patrimônio das famílias e empresas diariamente, mas, sobretudo, pela atuação de milícias armadas com artefatos de guerra e de alto poder de destruição (fuzis de assalto, metralhadoras calibre 50, uso de dinamite e outros explosivos etc.) que, aliás, superam em muito qualquer capacidade de reação das forças de segurança (instituições de polícia militar e de polícia judiciária) mantidas pelos Estados e Distrito Federal, além das empresas de segurança privada.

A enorme crise fiscal que ora se abate sobre as unidades federativas mais ainda tem precarizado o financiamento das atividades das forças de segurança estaduais, impedindo-lhes de adquirir os bens imprescindíveis (instalações prediais, veículos, armamentos, equipamentos de comunicação, melhoria do apoio logístico etc.) às operações policiais, ademais da possibilidade de manter um fluxo de recrutamento de pessoal, além da capacitação continuada desses recursos humanos. Com efeito, nas organizações policiais são os recursos humanos que compõem as suas carreiras a espinha dorsal desses sistemas, embora este não seja efetivamente o pensamento preponderante das autoridades gestoras dos Estados e Distrito Federal.

Mesmo o Departamento de Polícia Federal (DPF), hoje uma das mais eficientes polícias do mundo, tem ficado equidistante do olho desse furacão de violência multiforme que grassa em todos os recantos do país, deslocado que tem sido para uma atuação midiática e pontual no combate à corrupção. A população está amedrontada e sem nenhuma capacidade de reação, inclusive porque despida da condição de autodefesa decorrente das dificuldades de acesso civil às armas de fogo.

No entanto, para manter o foco da questão a ser trazida nesta reflexão, que é o crescimento dos bandos armados e de grande poder de fogo, verdadeiras, poderosas e cada vez mais agressivas milícias combatentes, abstraiam-se as mazelas já relatadas acima, en passant. Sem embargo, é urgente uma tomada de posição do Estado brasileiro diante das ações generalizadas de explosão de caixas eletrônicos bancários, agências bancárias, agências dos Correios, assaltos a carros fortes e empresas privadas de guarda e transporte de valores, realizadas por essas milícias que, aliás, começam a atuar nas regiões de fronteiras do Sul brasileiro, a exemplo do mega assalto que se realizou recentemente em Ciudad del Este, Paraguai, quando a sede local da empresa Prossegur foi invadida por cerca de 40 bandidos fortemente armados e dali deparam 40 milhões de dólares norte-americanos.

Esse é uma versão agravada do problema. Grave é que inúmeras cidades do interior deste Brasil continental  estão privadas de suas agências bancárias porque as milícias fortemente armadas  aterrorizam as populações locais, desmoralizam os modestos aparelhos de policiamento local e geram, por algumas horas, um estado de anomia, ou seja,  um território sem lei, sem Estado, em que populações inteiras ficam à mercê de malfeitores.

As funções institucionais das Forças Armadas federais – Exército, Marinha e Aeronáutica – são fundamentalmente para proteger nossa nação de agressões externas. Contudo, ao Exército brasileiro é cometida a competência de fiscalização de produtos controlados, a cargo de um órgão denominado Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados (SFPC), de modo que uma empresa que utilize a dinamite (explosivo de alto poder energético) para suas atividades deve seguir critérios de armazenamento e uso prescritos em regulamentos cujo controle cabe justo ao Exército brasileiro, sem dúvida uma das instituições mais importantes do Estado brasileiro. Toda fabricação e venda de explosivos para fins industriais, armas e munição, sua importação e exportação, o uso desses artefatos para prática esportiva, tudo é fiscalizado pelo SFPC.

Carro-forte atacado por bandidos nas proximidades do Posto Zé da Volta na BR-304, município de Mossoró, em março deste ano (Foto: arquivo)

No entanto, o que tem ocorrido é a proliferação de bandos que assaltam e amedrontam cidades, inclusive capitais, com destruições de caixas eletrônicos, empresas privadas de guarda e transporte de valores, sem que as forças de segurança estaduais possam enfrentá-las, mesmo porque destituídas dos recursos bélicos para tanto: esses bandos criminosos, verdadeiras milícias dotadas de armamentos somente equiparáveis aos das Forças Armadas brasileiras, devem ser enfrentados por quem lhes tenham “paridade de armas”. E os crimes que cometem, alguns cinematográficos até, utilizam artefatos explosivos e equipamentos bélicos cujo controle está na competência do SFPC/EB.

Por isso é que o Exército brasileiro, numa exceção, deve ser autorizado a atuar no plano interno, para enfrentar e desbaratar esses grupos que tanto desassossego têm causado à população, sobretudo, por denotar ausência do Estado numa perigosa omissão.

O modelo dessa atuação, inclusive os seus limites, deve ser formatado pelo Congresso Nacional, de modo a preservar o equilíbrio federativo, além da necessária integração com os organismo de segurança  pública da União (Polícia Federal e Polícia  Rodoviária Federal) e dos Estados e Distrito Federal (Polícias Militares e Polícias civis).  Nessa hipótese, não há qualquer impedimento constitucional ou legal. Basta ver o que reza o artigo 142, da Constituição:

As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem“.

Para que não reste dúvidas quanto ao que se afirma aqui, nada a ver com o besteirol de pedir o retorno dos militares ao poder, da volta da ditadura ou coisa que o valha, como parcela da classe média tem bradado em manifestações públicas e nas redes sociais.

Portanto, a atuação das Forças Armadas, em especial do Exército brasileiro, no combate a essas organizações criminosas se daria inteiramente segundo a letra da Constituição, para garantia da lei e da ordem, das instituições jurídico-políticas enfeixadas no Estado Democrático de Direito.

Curioso é que o lema do Exército Brasileiro é “braço forte – mão amiga”. Fiquemos com o primeiro termo dessa equação. Essa pode ser umas das formas de restaurar a autoridade do Estado brasileiro e a autoestima de seu povo. Então, que venha esse “braço forte”!

Paulo Linhares é professor e advogado

Categoria(s): Artigo
  • Repet
sábado - 29/04/2017 - 23:59h

Pensando bem…


“Seus clientes mais insatisfeitos são sua melhor fonte de aprendizado.”

Bill Gates

Categoria(s): Pensando bem...
sábado - 29/04/2017 - 21:25h
Constituinte Exclusiva

A simplicidade do complexo


Por François Silvestre

A proposta de uma Assembleia Nacional Constituinte não tem nada de heroico, complexo ou pomposo.

O fato de que a Constituinte de 88 promulgou artigos não votados ou modificados não desmerece uma Constituinte a ser convocada; apenas confirma que é preciso uma Constituinte escoimada desses defeitos.

Daí que a sugestão informa sobre uma Assembleia Originária e Exclusiva.

Vou desenhar.

Originária: que não deve vassalagem à “ordem” atual. Preservando o Estado Democrático de Direito, que pode ter formas diferentes, sem mexer nos pilares da soberania nacional, na dignidade da pessoa humana, nas liberdades fundamentais, na independência dos poderes. O resto, todo, é mexível.

Pode ser presidencialista ou parlamentarista, bicameral ou unicameral. Exclusiva: Aí reside o pulo do gato. Após a promulgação, a Assembleia se auto-dissolve. E seus membros não poderão disputar as próximas eleições. (quarentena).

Com candidaturas avulsas, sem prejuízo das candidaturas partidárias. Permite a politização e reduz a politicação. Não há heroísmo, pompa ou circunstância.

É uma sugestão que, no mínimo, merece discussão. Sem o pomposo ranço ideológico, que acompanha algumas pessoas por conta de rótulos que alguns têm dificuldades de arrancar.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Artigo
  • Repet
sábado - 29/04/2017 - 20:02h
Governo do RN

Escritório do Empreendedor será implantado em Mossoró


O Governo do Estado adianta providências para instalação em breve espaço de tempo, em Mossoró, do “Escritório do Empreendedor”. Deverá ficar no centro da cidade.

O primeiro equipamento dessa natureza foi implantado no Shopping Via Direta, em Natal dia 5 de outubro do ano passado.

O Escritório do Empreendedor reúne num único espaço, todos os serviços necessários para o registro e legalização de empresas, o que reduzirá de 200 dias para 24h o tempo médio para a abertura de um novo empreendimento, assegura o governo.

Devem funcionar representações da Junta Comercial, Secretaria de Tributação, IDEMA, Corpo de Bombeiros, Agência de Fomento do RN (AGN), Suvisa e Receita Federal.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
sábado - 29/04/2017 - 14:20h
Economia

Festival de Gastronomia em Martins será em agosto


Por Marilene Paiva

Na primeira semana de agosto vai ter Festival de Gastronomia na serrana Martins.

E com a marca de sucesso da Gondim & Garcia.

Hotéis e Pousadas já estão recebendo reservas.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Economia
sábado - 29/04/2017 - 10:23h
Fábio Faria

Quase sem políticos


Por Lauro Jardim (O Globo)

Fábio Faria convidou apenas Aécio Neves do Senado e oito colegas deputados federais (Foto: Manuela Scarpa)

Fábio Faria se casa hoje com Patrícia Abravanel, em cerimônia na casa do sogro, Silvio Santos, em São Paulo.

Festão, muitos convidados. Mas da Câmara convidou apenas oito colegas deputados (de um total de 531). Do Senado, apenas Aécio Neves (de um total de 81 senadores).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sábado - 29/04/2017 - 08:20h
Projetos de reforma

Deputados ‘infiéis’ serão punidos por governismo


Do Folha de São Paulo

Michel Temer considera que foi traído por 70 deputados da base aliada na votação da reforma trabalhista.

Do total, 25 serão punidos com a exoneração de seus apadrinhados de cargos na máquina federal. São os que o governo considera “irrecuperáveis” e contrários também à reforma da Previdência.

Temer espera que sirvam de exemplo para os demais reconsiderarem sua relação com o Planalto.

Nota do Blog Carlos Santos – No RN, Rafael Motta (PSB) e Antônio Jácome (PMN) que se cuidem.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Repet
sábado - 29/04/2017 - 04:20h
eleições 2018

Possibilidade de Garibaldi ser candidato a estadual segue viva


Há uma corrente de pensamento dentro do PMDB que trabalha e torce para que o senador Garibaldi Filho concorra a uma vaga à Assembleia Legislativa no próximo ano.

Walter e Garibaldi: 2018 em questão (Foto: arquivo)

Ele, de público, já chegou a descartar essa hipótese. Nem pensar.

Mas o assunto não está morto e sepultado.

Entrevistado pela TV Cabo Mossoró (TCM), jornalista Bruno Barreto, em sua estada em Mossoró no dia 12 de janeiro, disse que atribuía esse ‘boato’ à “coisa de adversários”.

O zunzunzum ganha terreno e não sai das conversas politicas desde o ano passado.

“Chapa Alves”

É o sonho de vários pré-candidatos e deputados estaduais do partido. Garibaldi candidato, seria puxador de votos capaz de assegurar eleição de mais gente.

Paralelamente, abriria espaço para desafogar a “chapa Alves” à Câmara Federal, em que seu filho Walter tenta a reeleição e seu primo Henrique Alves sonha em retornar a esse poder.

Vale repetir: o assunto não está morto e sepultado.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sábado - 29/04/2017 - 01:49h
Em Natal

Rogério Marinho critica vandalismo; pichações fazem ameaça


O deputado federal Rogério Marinho (PSDB), relator do projeto de modernização das leis trabalhistas, criticou os atos de violência registrados pelo país durante as manifestações desta sexta-feira (28), assim como as ações que impediram a população de se locomover.

Pichação atingiu o prédio onde o deputado federal Rogério Marinho mora em Natal (Foto: redes sociais)

“Alguns fascistas travestidos de manifestantes atacam população. Não entendem que direito à greve é daqueles que dela querem participar, não é licença para impor e intimidar outros como milícias bolivarianas”, disse o parlamentar por meio de suas redes sociais.

Foi mais enfático ainda: “O medo de perdas de privilégios de corporações é a alma do protesto. PT e esquerda brasileira são face atrasada da política com pauta corporativista do século XIX, defendem privilégios e corporações contra o povo”.

Alguns manifestantes picharam a frente do prédio em que o parlamentar mora em Natal, no bairro Petrópolis. O Residencial Maison Petrópolis ficou com dizeres disparados por spray em cor preta, que faziam ameaças à vida:

- Morte aos inimigos do país – chegou a ser pichado.

A polícia foi chamada para dispersar depredadores e garantir o direito de ir e vir dos moradores.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
sábado - 29/04/2017 - 01:00h
Sexta-feira, 28

Mobilização expressiva marca greve geral em Mossoró


Foi relativamente tranquila a movimentação da greve geral em Mossoró, nessa sexta-feira (28). A programação pela manhã na BR-304 (veja AQUI) e ainda durante esse período e tarde na área urbana, teve expressiva e diversificada participação popular.

O que mais caracterizou a mobilização contra as reformas da Previdência Social e da legislação trabalhista, foi justamente o caráter pacifista da enorme maioria dos participantes.

Movimentação ocupou área urbana em sua conclusão à tarde, com diversificada presença popular (Foto: cedida)

Mesmo a evidência de bandeiras partidárias e discursos mais ideologizados, não tiraram do manifesto a sua essência de indignação contra mudanças consideráveis em leis sociais.

O protesto conseguiu pairar acima dos partidos e da obsessão de parte da esquerda na destituição do presidente Michel Temer (PMDB) do poder.

Também chamou a atenção, a escassa presença de políticos profissionais ou com mandato eletivo. Outro detalhe, significativo, eram os acenos de apoio de pessoas nas calçadas e portas de lojas no centro da cidade aos integrantes da marcha que saiu do Alto de São Manoel.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais
sexta-feira - 28/04/2017 - 23:58h

Pensando bem…


“Como são admiráveis as pessoas que nós não conhecemos bem”.

Millôr Fernandes

Categoria(s): Pensando bem...
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
sexta-feira - 28/04/2017 - 18:16h
Mossoró

Jovem morre devido choque elétrico em secretaria municipal


Do Blog Fim da Linha e Blog Carlos Santos

Um jovem de 19 anos identificado como Bruno Barbosa Alves, residente na Rua Emílio Castelar, no bairro  Barrocas, morreu ao sofrer descarga elétrica à tarde desta sexta-feira, 28 de abril.

Segundo informações, o jovem sofreu uma elétrica e morreu quando colocava mantas para retirada de goteiras no prédio da Secretaria de Desenvolvimento Social da Prefeitura de Mossoró, localizada na Rua Jerônimo Rosado no centro de Mossoró.

A prefeitura se manifestou sobre o caso, emitindo uma nota, dando sua versão. Veja abaixo:

A Prefeitura de Mossoró comunica, com pesar, a ocorrência de um acidente ocorrido na tarde de hoje, por volta das 14h40, na Secretaria do Desenvolvimento Social e Juventude, que culminou no óbito de Bruno Barbosa Alves, de 19 anos, que trabalhava na manutenção do elevador do prédio, vitimado por descarga elétrica.

O imóvel onde funciona a Secretaria do Desenvolvimento Social, na Rua Jerônimo Rosado, n. 181, no centro da Cidade, é locado da empresa Shock Empreendimentos Imobiliários, que contratou os serviços de manutenção.

Após a ocorrência, foram acionados o SAMU e o Corpo de Bombeiros, que prontamente atenderam à chamada, e constataram a morte do jovem. Em seguida, a Polícia Civil e o ITEP estiveram no local, para os procedimentos de praxe.

A Prefeitura de Mossoró se solidariza e presta toda a assistência possível à família de Bruno Barbosa nesse momento de dor e de luto.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
sexta-feira - 28/04/2017 - 17:28h
Em Natal

Lindolfo Sales, ex-presidente do INSS, foi alvo de operação


Por Dinarte Assunção (Blog do ID) e Blog Carlos Santos

O alvo da Lava Jato no RN, na segunda fase da Operação Satélites (veja AQUI), foi Lindolfo Sales Neto, ligado ao senador Garibaldi Filho (PMDB).

Lindolfo presidiu INSS e é do grupo do senador Garibaldi Filho (Foto: web)

Quatro policiais federais cumpriram mandado hoje contra Lindolfo e apreenderam documentos em seu apartamento.

Lindolfo foi diretor do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) quando Garibaldi foi ministro da Previdência. Antes disso, integrava a equipe de gabinete do senador.

Garibaldi diz desconhecer operação

Chegou a ocupar a presidência do INSS em dezembro de 2012.

O senador Garibaldi Alves Filho informa que oficialmente desconhece qualquer ação a respeito da chamada Operação Satélites, nem a citação do nome de um ex-assessor nesta investigação.

Natural de Recife, Sales foi professor do Departamento de Engenharia Civil da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Mestre em Engenharia Civil pela Universidade de Missouri (EUA), foi também diretor-geral do Detran (RN) e secretário de Planejamento e Finanças do Estado do Rio Grande do Norte na gestão Garibaldi.

Caixa 2

Lindolfo aparece em delações premiadas da Construtora Norberto Odebrecht, que envolvem o senador com suposto recebimento de R$ 200 mil da empresa para Caixa 2 em campanha. Seria o intermediário da negociação.

A Procuradoria-geral da República (PGR) pediu a abertura de inquérito contra Garibaldi para investigar crime de caixa dois. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, enviou todo o material de volta para que a PGR se manifeste sobre a possibilidade de extinção da punibilidade do senador em função do tempo em que o fato ocorreu e da idade dele.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Repet
sexta-feira - 28/04/2017 - 14:38h
Às urnas

Até lá, “só óleo”…


Quero ver protesto de verdade no próximo ano, quando o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concluir a apuração dos votos.

Até lá, eu “só óleo”…

Acompanhe o Blog também pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Só Pra Contrariar
sexta-feira - 28/04/2017 - 12:41h
Mossoró

É hoje a Missa de 7º Dia por Milton Marques de Medeiros


É hoje ás 17 horas, na Catedral de Santa Luzia em Mossoró, a Missa de 7º Dia por Milton Marques de Medeiros.

O ex-reitor da Universidade do Estado do RN (UERN) e criador da TV Cabo Mossoró (TCM) faleceu no último sábado (22), em Fortaleza-CE>

Veja também:

- “Eu acho que sou um homem simples… em paz!” (entrevista) – AQUI;

- Inesquecível “Milton” – AQUI;

- O menino do Poré – AQUI;

- Mossoró se despede de Milton Marques sob forte emoção – AQUI.

Acompanhe o Blog também pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.