quarta-feira - 31/05/2017 - 23:58h

Pensando bem…


“Quem olha para fora, sonha. Quem olha para dentro, desperta”.

Carl Gustav Jung

Categoria(s): Pensando bem...
quarta-feira - 31/05/2017 - 18:18h
Senado

De cada 3 senadores do Conselho de Ética 1 responde a crimes


Do Congresso em Foco

Nove entre 30 membros da nova composição do Conselho de Ética do Senado são alvos de ao menos um processo criminal no Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo a nova formação aprovada nesta terça-feira (30) em plenário, por parte do PMDB os senadores Eduardo Braga (PMDB-AM), Jader Barbalho (PMDB-PA) e o líder do governo na Casa, Romero Jucá (PMDB-RR), estarão com a responsabilidade de julgar seus pares no biênio 2017-2019.

Apenas Jader responde a sete inquéritos.

Aécio Neves

Os três são alvos da Operação Lava Jato e, como primeira missão, podem julgar se o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) – gravado ao pedir R$ 2 milhões para um dos principais delatores do petrolão, que também o acusou de receber propina de R$ 60 milhões – quebrou o decoro parlamentar.

O tucano é o campeão de inquéritos abertos para investigar se ele se beneficiou do esquema de corrupção descoberto pela Polícia Federal na Petrobras: seis procedimentos judiciais. A Rede Sustentabilidade já pediu abertura de processo contra Aécio.

Veja matéria completa clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quarta-feira - 31/05/2017 - 15:56h
Quem pode, pode

MP e TJ pagam mais de R$ 46,8 milhões em um mês ‘aos seus’

Uma procuradora chega a ganhar, num mês, o que trabalhador de salário mínimo não terá em 15 anos

Do g1RN

Duas resoluções, publicadas em abril e março deste ano, permitem que funcionários do Ministério Público (MPRN) e do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) recebam como remuneração férias e licenças não tiradas.

Só em abril, o MP gastou R$ 19 milhões extras com o pagamento de 210 promotores e procuradores de justiça. Já o TJ, remunerou da mesma forma 754 servidores a um custo de R$ 27,8 milhões.

Uma procuradora chegou a empalmar R$ 171 mil, só com esses ‘direitos’, o que um trabalhador de salário mínimo não receberia em 15 anos.

As informações estão no Portal da Transparência.

O outro lado

Em nota, o Tribunal de Justiça informou que o pagamento das férias e licenças-prêmio não gozadas aos magistrados está baseada em jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, nas normas do Conselho Nacional de Justiça e nos julgamentos referentes a recurso administrativo e procedimento de controle administrativo no CNJ. Em relação aos servidores, o TJ considerou a jurisprudência do STF no sentido de que o agente público tem direito ao recebimento de indenização pelas férias e licenças-prêmio não usufruídas por vontade da administração pública.

Já o Ministério Público estadual disse que esses valores são referentes a férias e licenças-prêmio de membros do MP e servidores vencidas e não usufruídas, tendo sido indenizados até o limite de três meses. Ainda segundo a nota, esses valores pagos são verbas indenizatórias, ou seja, não têm qualquer relação com o gasto de pessoal. De acordo com a assessoria de imprensa do MP, o valor da indenização não se restringiu, portanto, a duzentos membros, mas a quase mil integrantes da instituição, entre membros e servidores.

Saiba mais detalhes clicando AQUI.

Veja lista nominal de cada beneficiado e seu ganho no MPRN clicando AQUI.

Nota do Blog – Já publicamos várias vezes o ponto de vista sobre essa excrescência e repetimos: nem tudo que é legal (ou parece legal), pode ser tratado como algo de aceitação moral.

Não é apenas a corrupção política e da plutocracia nacional que afunda esse país, mas os privilégios de castas do serviço público.

Até antes do Plano Real, em 2014, cerca de 25% do PIB nacional era consumido pela massa governamental nos três poderes. Hoje, esse volume passa dos 40%.

O que há de tão extraordinário nesses senhores e senhoras ilustres, a ponto de lhes garantir num único mês um ganho que o trabalhador comum levaria mais de 15 anos para receber?

Já disse e repito mais uma vez: esse país é um caso perdido. A turma do andar de cima, com raríssimas exceções, não se compadece com a distância abissal em relação à escumalha.

Francamente!

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Justiça/Direito/Ministério Público
quarta-feira - 31/05/2017 - 12:30h
O outro lado

Ricardo Motta diz que todas as acusações contra si são mentiras


O deputado estadual Ricardo Motta (PSB) declarou, durante a sessão plenária desta quarta-feira (31), na Assembleia Legislativa, que não há qualquer fato que desabone a sua conduta como parlamentar e cidadão. No pronunciamento, o parlamentar também externou sua confiança na Justiça.

Ricardo Motta disse que resolveu falar, mesmo contrariando os seus advogados (Foto: João Gilberto)

Disse estar seguro que, ao final do processo, restará provada sua inocência. Ele referiu-se a denúncias que o envolvem com as operações “Dama de Espadas” e “Candeeiro”, que teriam desviado conjuntamente em valores atualizados, mais de R$ 28 mil reais, da Assembleia Legislativa e do

“Nada do que vem sendo propagado envolvendo o meu nome procede. Por respeito à história iniciada por meu pai, Clóvis Motta, que dá nome a este plenário, digo, com toda a convicção da minha alma e da minha consciência tranquila”, assegurou.

Satisfação

“Com uma vida pública de 30 anos e no exercício do sétimo mandato parlamentar, subo a esta tribuna hoje para dar uma satisfação, em primeiro lugar, à sociedade potiguar”, declarou o deputado.

Ricardo Motta disse que o seu nome foi envolvido em “denúncias prematuras, orquestradas com o intuito de submetê-lo a um linchamento moral, com exposição diária de inverdades e da pior forma possível, a conta gotas”.

O parlamentar contou que, após oito dias consecutivos de “ataques” à sua pessoa, ele quis romper o silêncio, mesmo contrariando o entendimento dos seus advogados. O deputado reiterou o seu compromisso com os melhores interesses do Rio Grande do Norte, agradeceu os eleitores e as inúmeras manifestações de apoio e orações e encerrou seu pronunciamento parafraseando o jurista Miguel Reale Júnior:

“Muitas vezes, a apuração não é dirigida para apurar a verdade, mas para obter condenações a qualquer custo”.

Ele foi aparteado por vários parlamentares.

Veja o que recai sobre Ricardo Motta em relação à Operação Dama de Espadas (AQUI) e na Operação Candeeiro AQUI.

Com informações da AL.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Repet
quarta-feira - 31/05/2017 - 11:20h
Reação

Ricardo Motta deve se pronunciar sobre denúncias


O ex-presidente da Assembleia Legislativa Ricardo Motta (PSB) deverá fazer pronunciamento hoje pela manhã, no plenário da Casa.

Vai se manifestar sobre denúncias do Ministério Publico do RN (MPRN), através da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), o implicando em casos de corrupção nesse poder e no Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA).

São as operações “Dama de Espadas” e “Candeeiro”.

Veja o que ocorreu em relação à Operação Dama de Espadas (AQUI) e na Operação Candeeiro AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 31/05/2017 - 11:05h
Municípios

Derrubada de veto presidencial favorece arrecadação de ISS


Em sessão conjunta do Congresso Nacional realizada na noite desta terça-feira, 30, deputados federais e senadores derrubaram os trechos vetados pelo Governo Federal da Lei da Reforma do ISS (Imposto sobre Serviços), Lei Complementar 157/2016, que estabelece uma nova redistribuição do valor arrecadado com o tributo entre os Municípios.

A Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN) comemora a derrubada do veto, que vai possibilitar maior arrecadação para os municípios do Estado.

Com a nova Lei da Reforma do ISS, que volta ao seu texto original após a derrubada do veto, o imposto será cobrado no município gerador da compra, e não mais no município do estabelecimento prestador do serviço. Ou seja, o imposto deixará de ser arrecadado no município sede da bandeira do cartão, e ficará no município onde a compra com o cartão de crédito é feita.

De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), a derrubada do veto garante a desconcentração de receitas, o que acarreta em repartição de receitas entre os Municípios, redistribuindo anualmente cerca de R$ 6 bilhões aos Municípios brasileiros.

Ainda de acordo com a CNM, a estimativa do ganho da redistribuição do ISS para os municípios do RN é de R$ 49.202.642/ano – destaca Benes Leocádio, presidente da Femurn.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quarta-feira - 31/05/2017 - 09:20h
Dia 15 de julho

Xavier Araújo lançará novo CD e gravará DVD ao vivo


Xavier: DVD ao vivo (Foto: cedida)

O cantor, compositor e produtor musical Xavier Araújo vai lançar seu segundo CD gospel. Será no dia 15 de julho no Teatro Municipal Dix-huit Rosado em Mossoró.

“Xavier Araújo #2″ é o título do trabalho.

O show acontecerá às 19h.

Banda Luz, Dorginaldo Ernesto, João de Deus e Zélia, Wilton Medeiros e Gilmar Bezerra farão apresentações especiais.

Na ocasião, Xavier também gravará seu DVD ao vivo.

Nota do Blog – Estarei lá, assim espero.

Sucesso, caríssimo e querido amigo.

Você merece todas as bençãos com sua arte e fé.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Cultura
quarta-feira - 31/05/2017 - 07:52h
TV Câmara

Câmara realiza concorrência à contratação de produtora


A Câmara Municipal de Mossoró realiza hoje concorrência para contratação de empresa à produção de conteúdo da TV Câmara.

Na atual legislatura, por contenção de despesas, a Casa tem gerado apenas programação ao vivo de suas sessões e audiências públicas.

Até ano passado, mantinha vários programas próprios.

A TV Câmara é ligada à Fundação Aldenor Régis Nogueira, criada na legislatura passada, por proposição do então presidente Jório Nogueira (PSD), filho do homenageado (já falecido) que dá nome à entidade.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Comunicação / Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quarta-feira - 31/05/2017 - 07:34h
Em São Paulo

Tratamento de choque contra o crack


Sigo incrédulo diante da estratégia do governo paulistano de João Dória (PSDB), para por fim à “Cracolândia” e sanar o vício obsessivo de sua população numerosa de mortos-vivos.

Cassetete, bala de borracha e gás lacrimogênio é o tratamento de choque.

Sigo acreditando que o crack é muito mais um problema de saúde pública do que de polícia.

Vá entender!

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog / Política
quarta-feira - 31/05/2017 - 06:56h
Mossoró

Júri simulado terá julgamento de “Jararaca” 90 anos depois


jararaca: ataque frustrado (Foto: reprodução)

A Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço (SBEC) vai apresentar no final de semana programação completa para comemorar, no próximo mês, os 90 anos da resistência de Mossoró à invasão do bando de Lampião – em 13 de junho de 1927.

A iniciativa terá como ponto alto, um “júri simulado” do cangaceiro Jararaca (José Leite de Santana), morto pós-combate pelas forças de resistência.

O júri simulado vai acontecer no dia 9 de junho, às 9 horas, na Sala do Júri do Fórum Municipal Silveira Martins, à Avenida Jorge Coelho – em Mossoró.

Acusação e defesa

Presidirá o júri o juiz Breno Valério Fausto de Medeiros.

O advogado e escritor Diógenes da Cunha Lima atuará na acusação. O advogado e escritor Honório de Medeiros será o defensor do cangaceiro.

O conselho de sentença terá a seguinte formação:

- Inessa Linhares (Advogada e professora);

- Ludmilla Carvalho (Escritora e professora);

- Manoel Vieira Guimarães Neto (Padre e escritor);

- Antônio Clóvis Vieira (Professor e advogado);

- Lúcio Ney de Souza (Advogado e escritor);

- Rubens Coelho (Escritor e jornalista);

- Armando Negreiros (Médico e escritor);

O atual secretário da Segurança de Mossoró, general Eliéser Girão, será suplente do Conselho de Sentença.

O acesso ao júri será oportunizado com doação de um quilo de alimento não perecível, que será entregue ao Lar da Criança Pobre de Mossoró.

As inscrições serão efetivadas até o preenchimento da lotação da Sala do Júri.

Estudantes que estiverem no evento vão receber certificado com cinco horas-aula, da Universidade do Estado do RN (UERN).

Depois a Sbec, presidida pelo professor e escritor Benedito Vasconcelos, divulgará informações à inscrição e outros detalhes da própria programação geral dos 90 anos da resistência bélica mossoroense.

Leia também: A sombra de Jararaca (AQUI);

Leia também: A resistência de Mossoró ao bando de Lampião (AQUI).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Cultura / Gerais
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
terça-feira - 30/05/2017 - 23:59h

Pensando bem…


“Não preciso de amigos que mudem quando eu mudo e concordem quando eu concordo. Minha sombra faz isso muito melhor”.

Plutarco

Categoria(s): Pensando bem...
terça-feira - 30/05/2017 - 23:50h
Mossoró

UTIs e recursos à Saúde revelam indignação de vereadores


Izabel: outros hospitais (Foto: CMM)

A presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (PSB), defendeu hoje em sessão ordinária, da Casa, a criação de uma Frente Parlamentar para defender os hospitais locais e procurar soluções à manutenção e ampliação dos leitos na cidade de Mossoró.

“Essa luta não é só de Mossoró. Todos os municípios da região têm obrigação de lutar com a gente, pois usam esse serviço em nossa cidade,” disse. E foi mais enfática: “Há questões políticas? Por que não credenciar leitos de outros hospitais e apenas beneficiar o Hospital Wilson Rosado (HWR)?”

Antes, a vereadora Aline Couto (PHS) cobrou regulação para os leitos de UTI do SUS que estão nos hospitais particulares e lembrou que a Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC), tem oferta, não aproveitada pelo estado. “Precisamos de uma  central de regulação para o nosso município para fiscalizar o uso desses leitos destinados ao SUS. Eu já ouvi que tem hospital que procura o perfil do paciente para saber se pode atender na UTI e isso é errado”, questionou.

Izabel Montenegro ratificou posição de Aline e lamentou retenção de recursos da LMECC, que compromete o atendimento a milhares de pessoas, “que não podem esperar”.

Audiência pública

Alex Moacir (PMDB), líder governista, elogiou o deputado Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”, por ter promovido audiência pública na última sexta-feira (26) em Mossoró (veja AQUI). Ele fez intervenção em aparte à Aline, que salientava essa iniciativa do deputado.

Aline: defesa da LMECC (Foto: CMM)

Já Sandra Rosado (PSB), diante do anúncio do Governo do Estado de dez novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para Mossoró, propôs que sejam destinados, total ou parcialmente, à LMECC. Mas Aline destacou, que na audiência pública o governo já adiantara decisão favorecendo o Hospital Wilson Rosado.

“Mas a regulação para envio de pacientes será da direção do Tarcísio Maia”, lembrou ela.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política / Saúde
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
terça-feira - 30/05/2017 - 22:57h
"Sobras"

CNJ decide que TJ deve devolver recursos ao Tesouro do RN


Do Blog do Heitor Gregório

Integrante do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a Ministra Daldice Maria Santana de Almeida indeferiu recurso da Associação dos Magistrados do Rio Grande do Norte (AMARN) e mandou que o Tribunal de Justiça do RN (TJRN) devolva recursos que estão sobrando em caixa ao Tesouro Estadual.

Fica ainda a critério do Governo do Estado, compensar nos próximos repasses de duodécimo ao Judiciário, o respectivo saldo em conta corrente.

Quando deixou a Presidência do TJRN, o desembargador Cláudio Santos afirmou ter na conta do Judiciário um saldo de R$ 564 milhões, fruto de economias e regalias cortadas em sua gestão, além de uma significativa redução da folha de pagamento. O magistrado sempre defendeu que esses recursos pertencem ao povo do Rio Grande do Norte, por isso, antes mesmo de qualquer decisão de instância superior, Cláudio chegou a destinar recursos que até então nem foram utilizados pelo Estado, para Saúde, Segurança Pública e Sistema Prisional.

Em março último, o saldo era de R$ 571,3 milhões e o Estado poderia utilizar R$ 253,2 milhões, tendo em vista que o restante do valor é fruto de arrecadação própria do Poder Judiciário.

O CNJ decidiu ainda que o Poder Judiciário está impedido de realizar empréstimos ao Executivo.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Justiça/Direito/Ministério Público
terça-feira - 30/05/2017 - 22:42h
Prefeitura Municipal de Mossoró

Salário de maio, 13º e gratificações da Saúde saem amanhã


Os servidores públicos municipais de Mossoró vão receber os salários de maio, dia 31, confirmando o cronograma divulgado pela prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Também está assegurado o 13º salário para os nascidos este mês e o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), gratificação da saúde.

Quem ganha até R$ 2.700,00 receberá, juntamente com o mês de maio, o salário de dezembro que o governo passado deixou em atraso. Além de pagar em dia, a atual gestão está atualizando a gratificação da saúde que estava atrasada há quase um ano.

No próximo dia 2 de junho será pago o décimo de dezembro aos profissionais da educação.

Com informações da Prefeitura Municipal de Mossoró.

Categoria(s): Administração Pública
  • Repet
terça-feira - 30/05/2017 - 22:02h
Anote, por favor

Fatores econômico e político darão um jeito no IPTU


O caso do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) exorbitante cobrado pela Prefeitura Municipal de Mossoró, no atual exercício, será resolvido por dois fenômenos:

- O econômico, pela altíssima inadimplência. Ano passado chegou a 55%. Em 2017, ela deverá saltar para percentual bem acima;

- O político, pelo dilacerante desgaste para a gestora Rosalba Ciarlini (PP), que quer eleger em 2018 a filha e secretária do Desenvolvimento Social, Lorena Ciarlini, deputada estadual.

Não espere que nenhum outro fator acue a municipalidade.

O ente público continua ávido por expropriar cada vez mais o cidadão, na tentativa de atenuar seus problemas de caixa. É sempre mais fácil meter a mão na botija alheia, do que fazer o dever de casa, com ousadia e coragem.

Esquiva-se estranhamente de promover uma auditoria nas contas municipais, até hoje não apresentou um projeto de reforma administrativa (até criou outra secretaria e mais de 50 cargos comissionados), além de não desencadear qualquer ideia inovadora para dinamizar a receita própria.

A saída é a pilhagem! Por isso, o rapa do IPTU, taxa de limpeza urbana, indústria da multa automotiva etc.

Anote, por favor.

Leia também: OAB diz que contribuintes “devem pagar” IPTU exorbitante (AQUI).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política / Só Pra Contrariar
terça-feira - 30/05/2017 - 20:22h
Então, tá

OAB diz que contribuintes “devem pagar IPTU” exorbitante


O juiz Pedro Cordeiro Júnior resolveu, nesta terça-feira (30/05) declinar da competência de decidir diante do mandado de segurança impetrado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Subseção de Mossoró (veja AQUI), que pedia a suspensão da cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de Mossoró.

O magistrado afirma que é competência da Justiça Federal julgar ações em que a OAB é parte.

A entidade emitiu nota sobre o despacho do magistrado (veja AQUI).

Diz, que “com essa decisão não há mais tempo hábil para a suspensão da cobrança e os contribuintes devem pagar o IPTU da forma como foi cobrada pela Prefeitura, entendendo a OAB que esta forma não atende ao princípio da legalidade.

A OAB Mossoró reforça para a sociedade mossoroense que vai continuar na luta contra a arbitrariedade da cobrança que está sendo imposta aos munícipes pela Prefeitura de Mossoró.”

Nota do Blog – Estou pasmo! Quer dizer, que na 25ª hora a OAB resolveu acionar judicialmente a municipalidade no tocante ao IPTU exorbitante, mas escolheu um foro equivocado para tal fim?

Como bradaria um locutor esportivo da TV… “Para, para tudo!”

Então, tá!

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Justiça/Direito/Ministério Público
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
terça-feira - 30/05/2017 - 19:54h
Mossoró

Encontro de Magistrados e Notários do RN ocorrerá em junho


A Corregedoria Geral de Justiça (CGJ) e a Associação de Notários e Registradores do RN (ANOREG-RN) promovem no dia 22 de junho, em Mossoró, o 1º Encontro Estadual de Magistrados e Notários do Poder Judiciário do Rio Grande do Norte.

O evento tem como temática “A desjudicialização e os institutos extrajudiciais” e ocorrerá no Teatro Municipal Dix-Huit Rosado, durante todo o dia.

O evento tem como objetivo proporcionar um espaço de divulgação, reflexão e integração de profissionais e estudantes de ensino superior, nas áreas do conhecimento jurídico sobre o Direito notarial e registral e suas inovações.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Justiça/Direito/Ministério Público
terça-feira - 30/05/2017 - 19:26h
Ufa!

Governo finalmente concluirá folha de abril amanhã


O Governo do RN conclui a folha nesta quarta-feira (31), quando deposita o complemento dos salários dos 21.698 servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem acima de R$ 4 mil, uma soma equivalente a R$ 64,3 milhões.

Este grupo já havia recebido, em 19 de maio, uma parcela de R$ 4 mil.

É importante ressaltar que desde o dia 12 de maio, 80% dos servidores já receberam integralmente seus vencimentos.

Com informações do Governo do RN.

Categoria(s): Administração Pública
terça-feira - 30/05/2017 - 18:54h
Assembleia Legislativa

MPF denuncia comissionados que recebiam Bolsa Família


Rocha: ação (Foto: arquivo)

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) apresentou denúncia à Justiça Federal contra 20 pessoas que, apesar de ocuparem cargo público em comissão na Assembleia Legislativa do Estado do RN, recebiam indevidamente, direta ou indiretamente, o benefício do Programa Bolsa Família. Em todos os casos a renda dos denunciados era superior à estipulada pela União para participar de programas sociais, o que caracteriza o crime de estelionato (artigo 171 do Código Penal).

Dentre os denunciados, nove recebiam o benefício diretamente. Nos outros 11 casos recebiam a esposa ou outro membro da família. Atualmente os benefícios decorrentes do programa são regulados pelo Decreto n.º 8.794/2016. Só podem ser beneficiárias as famílias que possuam renda mensal até R$170 por pessoa.

Para o procurador da República Fernando Rocha, que assina as ações, admitir o recebimento desses valores sem tomar como referência a situação do núcleo familiar é permitir que um dos integrantes da família receba benefício com escopo de complementação de renda. “É incorrer no ilícito de fraude à lei, isto é, mascarar uma ilicitude, dando-lhe forma aparentemente permitida pelo ordenamento, consentindo assim que a finalidade da norma seja violada”, argumenta.

A pena pela crime de estelionato (art. 171) é de um a cinco anos de reclusão e pode ser aumentada em 1/3 em razão do estelionato ter sido cometido contra assistência social ou beneficência, como é o caso do programa Bolsa Família.

Veja matéria completa clicando AQUI.

Com informações do MPF/RN.

Nota do Blog – O MPF/RN não divulgou em seu comunicado oficial a lista dos denunciados, conforme mostra o link acima.

Categoria(s): Administração Pública / Justiça/Direito/Ministério Público
terça-feira - 30/05/2017 - 14:04h
Operação Candeeiro

Deputado tentou calar delator, informa jornal


Segundo reportagem do Tribuna do Norte de hoje, o deputado estadual Ricardo Motta (PSB) tentou comprar o silêncio do delator Gutson Jonhson, acusado de ser o principal operador do esquema que desviou R$ 19 milhões do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema).

O procurador-geral de Justiça do Estado, Rinaldo Reis, revelou a situação.

Enquanto estava preso e antes de fazer delação premiada, Gutson teria recebido a visita de um homem conhecido como Jorge ‘Fuleiro’. Seria emissário  de Motta.

Fuleiro ofereceu a quantia de R$ 50 mil para que Gutson não revelasse a suposta participação de Ricardo Motta no esquema milionário do Idema, descoberto pela Operação Candeeiro e investigado pelo Ministério Público Estadual.

Thiago Cortez, advogado do deputado estadual, disse que só se pronunciará sobre o assunto nos autos do processo.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 30/05/2017 - 13:20h
Amanhã

TV Metropolitano apresentará sinal aberto amanhã


Amanhã, quarta-feira (31), às 19 horas, no Requinte Buffet, ocorrerá​ o lançamento do sinal aberto da TV Metropolitano em Mossoró.

Afiliada da Rede Brasil de Televisão, a Metropolitano tem sede em Natal e se estende pelo interior.

A captação em sinal aberto é através do Canal 25. No sistema TV Cabo Mossoró (TCM) deverá entrar no Canal 16 em breve espaço de tempo.

A direção geral é do jornalista Roberto Costa Lima.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Comunicação
terça-feira - 30/05/2017 - 08:02h
Violência

Governador insiste em culpar facções por pecado do governo


“Tudo que está ao nosso alcance está sendo feito”. A declaração foi dada pelo governador Robinson Faria (PSD) em sua passagem por Mossoró, para compromissos em Areia Branca, no último dia 19.

Ele foi inquirido pela TV Cabo Mossoró (TCM) sobre a questão de Segurança Pública, um pouco antes de Mossoró ultrapassar a barreira de 100 homicídios e o RN, no final de semana passada, chegar a 1.017 homicídios este ano.

O governador insiste na tese de que esses números expressivos decorrem de briga entre facções criminosas. “É rara uma morte de um pai de família, uma morte passional, que a polícia não pode impedir (…)”.

Nota do Blog – O raciocínio do governador é lógico, absolutamente sensato, quanto à origem de boa parcela das mortes.

Mas fica uma pergunta: e o poder público vai continuar assistindo essa “solução final”, sem intervir, sem dar um basta?

Vai continuar lamentando aqui e ali a morte de um “inocente”, sem dar uma resposta eficaz a essa suposta guerra de submundo?

Será que o cidadão comum acha que os arrastões, furtos, roubos e latrocínios são “azares” seu?

Também não sejamos míopes, acreditando que tudo é culpa de Robinson, tudo é culpa desse atual governo, tudo seja tão-somente incompetência do gestor. Há conjuntura desfavorável, há herança maldita também.

Entretanto esse discurso que joga para a bandidagem a responsabilidade por aumentar ou diminuir a violência, é inaceitável.

Francamente!

* Com informações da TV Cabo Mossoró e Blog Carol Ribeiro.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.