• Vale Norte - Nativa Comunicação - 2º Banner - 20-09-17
domingo - 24/09/2017 - 09:39h

Mossoró e a necessidade de um reordenamento urbano


Por Gutemberg Dias

Mossoró, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), atingiu o contingente populacional de mais de 295 mil pessoas. A cidade caminha a passos largos para se transformar numa cidade de grande porte. Se levarmos em conta a população flutuante, esse número tem considerável acréscimo.

Pesquisa já realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio (IPDC), ligado à Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (FECOMÉRCIO/RN), apontou em 2015 o peso da população flutuante para a economia de Mossoró (veja AQUI). Esse estudo foi feito a pedido do Sindicato do Comércio Varejista de Mossoró (SINDIVAREJO) e é subutilizado ou ignorado completamente pela gestão pública e o próprio segmento produtivo.

Os números são claros quanto ao aumento populacional, bem como, é notório o crescimento da área urbanizada do município. Basta ver grandes loteamentos sendo construídos em áreas mais distantes da zona edificada da cidade. Fato que deveria gerar preocupação às autoridades que cuidam da gestão urbana do município.

A expansão urbana, que hoje evidencia-se em Mossoró, é fruto de uma política de gerenciamento urbano que não tem critério e, sobretudo, que não força a ocupação das áreas com infraestrutura já existente.

E a prefeitura pode impedir que novos loteamentos surjam? Que áreas não edificadas em bairros centrais sejam ocupadas? Pode. O Plano Diretor estabelece regras para isso. Veja o caso do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) Progressivo que deveria estar sendo aplicado e nunca foi posto em prática nesses mais de 10 anos de validade.

Sua principal finalidade é orientar a atuação do poder público e da iniciativa privada na construção dos espaços urbano e rural na oferta dos serviços públicos essenciais, visando assegurar melhores condições de vida para a população. Mas na prática, isso não funciona de verdade.

Lembro que no governo Fafá Rosado foi editado um instrumento jurídico, que ampliou a área de expansão urbana do município. Com isso foi aberta a brecha para que loteamentos fossem construídos em áreas que não tinham e, ainda, não tem um mínimo de infraestrutura e nem por lá chegam os serviços públicos essenciais.

Pode ter existido algum tipo de favorecimento específico, em prejuízo à cidade como um todo. Ocorreu? Não posso assegurar, mas Mossoró segue com imensa precarização de serviços básicos como limpeza urbana, abastecimento de água, iluminação pública etc., à medida que se espraia.

Ainda se tem tempo para tentar uma reordenação do tecido urbano. Para isso é preciso que a gestão municipal coloque como prioridade a revisão do Plano Diretor e faça uma discussão séria quanto ao uso e ocupação do solo no âmbito do município, inclusive levando em consideração as áreas rurais.

Não podemos deixar que Mossoró apenas cresça. Temos que pensar num desenvolvimento planejado que seja capaz de dar resposta aos grandes problemas urbanos que surgem a medida que a cidade cresce do ponto de vista populacional.

Sou defensor de uma Reforma Urbana encabeçada pelo Governo Federal, mas enquanto ela não vem, que a gestão municipal use as ferramentas legais possíveis para iniciar uma gestão dos espaços urbanos com foco na racionalidade do acesso aos serviços públicos e a infraestrutura já instalada.

Nos dias atuais não se pode deixar para o amanhã o que é necessário ser feito hoje. Amanhã talvez não se tenha mais as condições locacionais, materiais e financeiras para sanar os problemas urbanos.

Acredito que a gestão municipal tem as condições de iniciar uma grande discussão quanto a gestão do espaço urbano e, assim, garantir às gerações futuras uma cidade melhor de se viver.

* Sobre esse assunto, recomendo que o webleitor leia o artigo “Além dos limites de Mossoró” (veja AQUI), escrito pelo editor-fundador desta página e publicado no dia 31 de maio de 2010,  portanto há mais de sete anos, quando ele mostrava a importância de políticas públicas voltadas para a população flutuante e a importância de Mossoró como polo de uma vasta região.

Gutemberg Dias é graduado em geografia, mestre em Ciências Naturais e empresário

Categoria(s): Artigo
domingo - 24/09/2017 - 08:56h

As Forças Armadas estão inquietas


Por Honório de Medeiros

Com a nova denúncia apresentada contra si, e encaminhada pelo STF à Câmara, Michel Temer começou o processo de liberar emendas parlamentares. Será, em uma primeira penada, um pouco mais de um bilhão. O objetivo é claro: obter, dos parlamentares, o arquivamento da denúncia.

Quando da primeira denúncia, não somente foi liberado muito dinheiro, bem mais que um bilhão, mas também foram distribuídos cargos públicos aos que integram aquilo que se convencionou chamar de “base de sustentação”.

Enquanto isso continua o processo de cortar recursos dos outros setores da administração pública. Alguns, senão todos, vitais. Por exemplo: as Forças Armadas. O corte dos seus recursos orçamentários foi da ordem de quarenta e quatro por cento, o que as colocou perto do colapso.

Três fatos ocorreram estes dias e estão conectados entre si.

Primeiro: O Alto Comando do Exército reuniu-se em Brasília, em sua 314ª edição, com cinco dias de duração e, com certeza, mais do que certeza, o quadro político nacional foi analisado em suas entranhas, detalhadamente.

Segundo: o General Mourão, que não está sozinho quanto a suas idéias, e tampouco representa somente ele mesmo, aborda claramente, em palestra, a intervenção militar no País, em decorrência da “grave crise ética, político-institucional”.

Terceiro: as Forças Armadas dão demonstração de poderio invadindo a Rocinha, cercando-a, e nela passando um pente-fino. Tanques, helicópteros, homens, armamento pesado, tudo quando se possa imaginar em termos de poderio bélico está sendo utilizado lá.

É de se levar em consideração que hoje segmento expressivo da população clama por intervenção militar no Brasil, bem como é de se levar em consideração que as Forças Armadas compreenderam substancialmente a importância de atuarem com força na chamada “rede social”, de forma inteligente e eficaz na construção de uma imagem sólida de honradez e competência. Basta acompanhar na mídia.

Mas a elite governante do País, o Executivo, Legislativo e Judiciário agem e reagem como se vivessem em uma bolha, desconectada da realidade pela qual passa o Brasil.

Temer, sem qualquer outro objetivo senão salvar a si mesmo, deixa de lado os últimos resquícios de uma dignidade outrora existente, e ao invés de renunciar, persiste em comandar o afundamento do barco.

O Legislativo, integrado por políticos profissionais, vive uma crise de credibilidade, inteligência e honestidade sem igual na história do País. Há as exceções de praxe, cada vez mais isoladas e desanimadas. Pedro Simon que o diga.

O Judiciário segue achando que é o fiador da República e que paira acima do bem e do mal. Quando precisam, são legalistas, quando não, são legitimistas. E de marmota em marmota jurídica, vão insultando a Constituição e se apequenando aos galopes. E aqui nem se há de falar nas vantagens remuneratórias que golpes de esperteza jurídica lhes vêm assegurando ao longo do tempo, em detrimento das outras categorias do serviço público que não pertencem a esse panteão de deuses da Pátria.

Pois bem: quem imagina que as Forças Armadas não acompanham o que se passa no País, integralmente, comete erro crasso. Não somente acompanham como têm quadros muito bem preparados para fazer isso.

E além de terem quadros muito bem preparados, seus integrantes estão espalhados pelo Brasil e sua grande maioria vem da base da pirâmide social ou da classe média e escutam e observam, diariamente, no seio de suas famílias, a ira popular contra tudo que compõe a realidade política, social e econômica do Brasil de hoje.

Principalmente contra os “príncipes” da República.

Portanto…

Honório de Medeiros é professor, escritor e ex-secretário da Prefeitura do Natal e do Governo do RN

Categoria(s): Artigo
  • Repet
domingo - 24/09/2017 - 08:10h

O Exército politizado


Por François Silvestre

O ocaso do Estado Novo, a inclusão do Brasil no rol dos combatentes aliados, a expectativa de liberdades democráticas, num processo irreversível de redemocratização criaram no intestino das Forças Armadas um clima de confronto ideológico.

Tudo isso acentuado após o fim da Segunda Guerra. O Exército brasileiro, agente ativo de todas as mobilizações políticas desde a proclamação da República, torna-se, no fim dos anos Quarenta, e nas décadas seguintes, um conglomerado político e politizado. E como é da essência política, dividido.

A divisão da caserna, nesse quadro, guardava contornos típicos de uma agremiação partidária heterogênea. Duas alas, antes restrita ao Clube Militar, assumiam suas posições conflitantes, com influência na vida político-partidária do país.

Uma ala à direita, sob a liderança do general Canrobert Pereira da Costa, e outra à esquerda, liderada pelo general Estillac Leal.

Em três de Outubro de 1955, ocorrem as eleições para presidente e vice-presidente da República. O voto não era vinculado, cada cargo tinha disputa independente. Disputaram a presidência Juscelino Kubistchek, Juarez Távora, Adhemar de Barros e Plínio Salgado. Para vice-presidente eram candidatos João Goulart, Milton Campos e Danton Coelho.

Juscelino e Jango foram os vencedores. A UDN, sob a liderança de Lacerda e Afonso Arinos, induziram o presidente Café Filho a não dar posse aos eleitos. Sob a alegação de que JK não obtivera mais de cinquenta por cento dos votos. A lei de então não continha essa exigência, e a Justiça eleitoral não considerou procedente o esperneio da UDN.

No último dia de Outubro, morre o general Canrobert Pereira da Costa, líder da ala direita do Exército. Estillac Leal morrera antes das eleições. No sepultamento de Canrobert, na presença do Ministro da Guerra, general Lott, o coronel Bizarria Mamede (general em 64) faz um discurso político, exigindo novas eleições e negando a posse dos eleitos.

Nas memórias de Lott ele conta que não prendeu Mamede, naquele momento, por respeito à família do morto. Mas cobrou do presidente Café a punição do coronel.

Sob pressão Café “adoeceu”, internou-se e passou a presidência a Carlos Luz, presidente da Câmara dos Deputados. Lott pediu audiência ao interino para cumprir a punição de Mamede. Após duas horas de espera, na antessala da presidência, Carlos Luz recebeu Lott e desautorizou a punição. “Não há nada nem ninguém para ser punido”.

Lott pediu demissão. Carlos Luz aceitou e cometeu o erro de adiar a posse do novo ministro.

Já em casa, o general Lott comunica-se, por um rádio de campanha, com o colega Odílio Denys. Conta o ocorrido. O general Denys pergunta quem era o novo ministro. Lott responde que não sabia e que a posse do mesmo ficara para o dia seguinte. Odílio Denys orienta: “Então você ainda é o Ministro. Sua saída será o desrespeito ao resultado das eleições. Os eleitos não tomarão posse”.

Lott pôs os tanques na rua, depôs Carlos Luz e colocou na presidência o presidente do Senado, Nereu Ramos. Mamede foi punido.

A UDN articulou a volta de Café à presidência, pois o mesmo declarara-se “curado”. Teixeira Lott cercou o apartamento de Café Filho, em Copacabana, e declarou que ele continuava “doente”.

Em primeiro de Janeiro de 1956, Juscelino e Jango tomaram posse. No início do governo JK sofreu duas tentativas de golpes, Jacareacanga e Aragarças. Mas isso é outra história. Té mais.

François Silvestre é escritor

Categoria(s): Artigo
sábado - 23/09/2017 - 23:56h

Pensando bem…


“Nos indivíduos, a loucura é algo raro – mas nos grupos, nos partidos, nos povos, nas épocas, é regra.”

Friedrich Nietzsche

 

Categoria(s): Pensando bem...
  • Repet
sábado - 23/09/2017 - 20:43h
Série B

ABC perde mais uma e segue estacionado na lanterna


Do Globo Esporte

Com gols de Henan e Ty Sandows, muita chuva e apoio da torcida, o Figueirense venceu o ABC por 2 a 0 e ganhou fôlego na luta contra o rebaixamento. O jogo foi hoje (sábado, 23), em Florianópolis-SC).

Com a vitória, o Figueira termina a rodada em 17º, com 28 pontos somados, enquanto o ABC mantém os mesmos 17 pontos e permanece na lanterna da Série B.

Com a derrota de hoje, o ABC chega à oitava partida sem vencer na Série B – a sétima sem marcar um gol sequer. O time segue estacionado na lanterna da competição com apenas 17 pontos. A situação do Alvinegro segue cada vez mais dramática já que agora restam apenas 13 rodadas para o fim do campeonato.

Só um milagre para fazer com que o time, que tem o pior ataque e a pior defesa (ao lado do Figueirense), consiga evitar o rebaixamento.

Veja detalhes do jogo clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Esporte
sábado - 23/09/2017 - 19:24h
Delação da Odebrecht

Lewandowski alivia situação de José Agripino


O Antagonista

O ministro Ricardo Lewandowski atendeu a um pedido de Rodrigo Janot e determinou o arquivamento de uma investigação contra o presidente do DEM, senador José Agripino Maia (RN), aberta a partir da delação de executivos da Odebrecht, informa O Globo.

O inquérito segue no STF, mas investigando apenas o filho de Agripino, deputado federal Felipe Maia (DEM-RN).

De acordo com Ariel Parente, ex-diretor da Odebrecht, o senador recebeu R$ 100 mil, via caixa dois, em sua campanha em 2010.

Felipe Maia teria recebido R$ 50 mil.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
sábado - 23/09/2017 - 16:43h
Prefeitura de Mossoró

Três empresas vencem disputa por propaganda oficial


O processo de licitação à propaganda da Prefeitura Municipal de Mossoró está concluído. Três empresas são vencedoras, conforme publicação no Jornal Oficial do Município (JOM), edição 425.

Art&C Comunicação Integrada Ltda., Dois A Publicidade Ltda. e Insight Comunicação e Marketing Ltda. (Zumba) saíram vencedoras.

As duas primeiras são de Natal e a segunda de Mossoró.

Vão movimentar o montante de R$ 3.574.000,00 neste exercício, mas com contrato que se alonga pelos três anos a mais do mandato de Rosalba Ciarlini (PP).

Derivadas da gestão anterior estavam até então as empresas Art&C, Faz Propaganda, Elevare Comunicação e Quixote.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Comunicação
sábado - 23/09/2017 - 16:31h
Fátima Bezerra

Passagem vapt-vupt pela Feira do Livro


A senadora Fátima Bezerra (PT) passou sem comunicado prévio ou mobilização de militância, pela 13ª Feira do Livro de Mossoró, nessa sexta-feira (22).

Foi no estilo vapt-vupt.

O evento ocorre até amanhã no Partage Shopping.

Principal agenda da senadora na região foi em Carnaubais, participando dia passado de audiência pública na Câmara Municipal, sobre gerenciamento dos mananciais hídricos do estado e transposição águas do rio São Francisco.

O deputado estadual Fernando Mineiro (PT) também esteve presente, além do secretário estadual de o secretário estadual de Recursos Hídricos, Ivan Júnior (PSD).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
sábado - 23/09/2017 - 15:28h
Saúde

Dez novos leitos de UTI e 5 de enfermarias são garantidos


Audiência com George e Souza em maio (Foto: cedida)

Saiu publicação hoje (sábado, 23), no Diário Oficial do Estado (DOE), do Extrato de Contrato 106/17, entre a Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP) e o Hospital Wilson Rosado (HWR) em Mossoró, para contratação de dez leitos de UTI adulto e cinco leitos de enfermarias clínicas de retaguarda. Garantem um desafogo para o combalido Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM).

A medida é mais um desdobramento da Audiência Pública realizada em Mossoró no dia 26 de maio, na Faculdade de Medicina da Universidade do Estado do RN, promovida pela Assembleia Legislativa, com proposição e presidência do deputado Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”.

Anteriormente, já tinha avançado e sido fechada a Central de Regulação de Leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que deverá começar no dia 1º de novembro, conforme prazo acordado na 8ª Vara da Justiça Federal no Rio Grande do Norte no dia 25 do mês passado.

Resultados

“Esses são dois dos resultados práticos que estamos obtendo, nesse esforço para melhoria da Saúde Pública na região de Mossoró, que se reflete para todos os municípios de seu entorno e influência”, diz Souza.

O deputado lembra, que também deve se destacar o esforço da municipalidade mossoroense, a boa vontade da gestão estadual da Saúde através do secretário George Antunes e sua equipe; o diretor do HRTM, Jarbas Mariano; Justiça Federal, além de outras pessoas e entidade, “para que avancemos nessas conquistas”. E complementa: “Outra vitórias virão, se Deus quiser”.

Leia também: Regulação de leitos de UTI deve começar dia 1º de novembro AQUI.

Leia também: Audiência sinaliza com mais leitos de UTI e outros benefícios AQUI;

Leia também: Central de Regulação é discutida por secretários AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política / Saúde
sábado - 23/09/2017 - 14:18h
Petróleo e Gás

Segundo Fórum Onshore Potiguar será em outubro


Criado através da parceria entre a Associação Redepetro-RN e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE/RN), o II Fórum Onshore Potiguar acontecerá nos dias 04 e 05 de outubro. Terá o apoio de entidades do âmbito nacional, Governo do Estado do Rio Grande do Norte e Prefeitura Municipal de Mossoró.

A programação do evento, que acontecerá no Garbos Recepções & Eventos, em Mossoró, será iniciada a partir das 14h, com a mostra de empresas e conferência, e o debate sobre os desafios da revitalização da atividade de exploração Onshore no primeiro painel expositivo.

Em sua segunda edição, o evento, de grande relevância para o setor de Petróleo e Gás, discutirá a extração em terra e águas rasas, bem como a cadeia produtiva, incluindo fornecedores de bens e serviços do segmento. Além disso, atenderá à solicitação do Ministério de Minas e Energia (MME) para discutir o Programa de Revitalização das Atividades de Exploração e Produção de Petróleo e Gás em Áreas Terrestres (REATE), lançado dia 27 de janeiro deste ano pelo governo federal em Salvador-BA.

“O fórum é de grande importância para discutir a retomada dos investimentos na cadeia de petróleo e gás. Haja vista que há uma necessidade de aquecer o mercado com foco na geração de emprego e renda”, afirma Gutemberg Dias, presidente da Redepetro-RN.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Economia
sábado - 23/09/2017 - 10:04h
Rio de Janeiro

Traficantes e consumidores, cada um com seu drama


O Exército na Rocinha caça traficantes e os consumidores em Copacabana seguem, aflitos, à espera que a tempestade passe.

A Rocinha esconde o que Copacabana banca.

Rio de Janeiro-Brasil.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Só Pra Contrariar
sábado - 23/09/2017 - 07:23h
Galinhos

Prefeito e vice são cassados por abuso de poder


A juíza Cristiany Maria de Vasconcelos Batista cassou os mandatos do prefeito e do vice-prefeito da cidade de Galinhos. Os dois teriam cometido abuso de poder econômico e político.

Na sentença, a magistrada determina ainda que sejam realizadas novas eleições municipais em Galinhos,

Fábio Rodrigues (PRB), e o vice, Afrânio Reis (PR), não são afastados imediatamente dos respectivos cargos. Recorrem da decisão no cargo, até pronunciamento pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sábado - 23/09/2017 - 06:38h
Extremoz-RN

Seis jovens são executados friamente e sem chance de defesa


Do G1RN

Seis jovens foram executados a tiros na noite desta sexta-feira (22) dentro de uma casa na comunidade de Santa Maria, em Extremoz, município da Grande Natal. Eles faziam uma pequena confraternização e bebiam quando foram rendidos pelos assassinos. Um deles ainda foi socorrido, mas chegou morto ao hospital. Ninguém foi preso.

Segundo o delegado Luciano Chaves, que coordena uma das equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o crime aconteceu por volta das 21h. Ao G1, ele contou que pelo menos 10 homens com armas de grosso calibre participaram da matança. No local, também foram encontradas capsulas de pistola.

Foto foi tirada por uma das vítimas pouco antes de os assassinos chegarem (Foto: Divulgação/PM)

Até o momento, três mortos foram identificados. São eles: Eribelton Avelino, de 23 anos; Geovane da Silva, de 20; e Fernando Gomes Teixeira, também de 20 anos. Os demais permanecem no Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), em Natal, a espera de identificação.

Antes de os criminosos invadirem a casa, os jovens chegaram a fazer uma foto registrando a confraternização. A imagem estava no celular de um deles. “Os criminosos chegaram à residência em dois ou três carros. Lá, ordenaram que os rapazes deitassem no chão e atiraram. O estrago foi grande”, acrescentou.

Ainda de acordo com Luciano, ainda não é possível afirmar o que motivou a chacina, mas a polícia investiga a possibilidade de os jovens estarem envolvidos com facções criminosas e consequentemente com o tráfico de drogas.

A PM foi chamada ao local pouco após os disparos e ainda fez buscas pela região, mas não encontrou nenhum suspeito.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Segurança Pública/Polícia
sábado - 23/09/2017 - 06:12h
2017-2021

Reitor e vice definem equipe para gestão da Uern


O reitor Pedro Fernandes Ribeiro Neto e a vice-reitora eleita Fátima Raquel Rosado Morais definiram a equipe administrativa da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) para o período entre 2017 e 2021.

Eles foram eleitos em pleito realizado no dia 22 de março deste ano (veja AQUI) e serão empossados no dia 28 deste mês, durante a Assembleia Universitária.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais
sexta-feira - 22/09/2017 - 23:35h

Pensando bem…


“O homem absurdo é aquele que nunca muda.”

Georges Clemenceau

Categoria(s): Pensando bem...
sexta-feira - 22/09/2017 - 17:39h
Mossoró

Civilidade de Gustavo Rosado e Francisco José dá saudades


Manifestantes do serviço público municipal de Mossoró começam a ter saudades do ex-prefeito Francisco José Júnior (PSD) e do “prefeito de fato” Gustavo Rosado.

Numa das ocupações com Francisco José Júnior, manifestantes tinham atendimento especial no palácio

O primeiro, antecessor próximo da atual prefeita Rosalba Ciarlini (PP), autorizava que protestos fossem feitos no pátio e até interior do Palácio da Resistência, sede da municipalidade, com instalação de barracas e até colchonetes, wi-fi liberado etc. Tudo liberado.

Guarda Civil foi escalada para reforçar segurança (Foto: Cedida)

Já Gustavo, que administrava a prefeitura em lugar da irmã e prefeita de direito Fafá Rosado (PMDB, então no DEM), chegava ao requinte de mandar servir água, café, sucos e quitutes para aplacar sede e fome dos manifestantes.

Sol

Com Rosalba é diferente: Prefeitura no cadeado, Polícia Militar, Polícia de Trânsito, Guarda Civil Municipal (GCM) e determinação para que não se permita instalação de barracas ou lonas na calçada do Palácio da Resistência.

A ordem é deixar a militância sindical sob sol escaldante.

Quem diria, hein?

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM) está com saudades da civilidade de Francisco José Júnior e Gustavo Rosado.

Faz sentido. Ô!

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
sexta-feira - 22/09/2017 - 17:19h
Anote

Processo da “Sal Grosso” segue na fila para ser julgado


O processo de número – 0004515-44.2008.8.20.0106 – relativo à “Operação Sal Grosso”, com sentença condenatória prolatada pelo juiz da 3ª Vara Criminal de Mossoró, Cláudio Mendes Júnior, desembarcou no Tribunal de Justiça do RN (TJRN) no último dia 6 de setembro.

Esse processo tem cinco caixas com 31 volumes. Repetindo: cinco caixas com 31 volumes.

Tudo foi devidamente recebido, protocolado, conforme Avisos de Recebimento (AR).

Vamos contar?

Vamos lá: 1, 2, 3…

Leia também: Decisão da “Sal Grosso” está nas mãos do TJ RN AQUI;

Leia também: Juiz mantém condenações contra envolvidos na “Sal Grosso” AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
sexta-feira - 22/09/2017 - 16:55h
Cultura

Fest Bossa & Jazz (Mossoró) tem shows hoje e amanhã


Nesta sexta (22), o Fest Bossa & Jazz (Mossoró) começa sua série de shows. Programação começa às 19 horas.

A sequência de apresentações é esta, na Estação das Artes Elizeu Ventania: Street Band (RN), Filarmônica Monsenhor Honório (RN), tributo a Emílio Santiago com Marcos Lessa (CE) e Alan Barboza(RN) e encerrando com Nuno Mindelis (ANGOLA).

No sábado (23), workshop de arranjo com Fernando Merlino (RJ).

As apresentações culturais com Street Band (RN), Orquestra Sanfônica de Mossoró convida Dayanne Nunes (RN), Sueldo Soares (RN) convida Sandra de Sá (RJ) e a atração internacional J.J. JACKSON (EUA) começarão também às 19 horas.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Cultura
sexta-feira - 22/09/2017 - 16:02h
Quinta Jurídica

Judiciário e imprensa estarão em debate à próxima semana


A nova edição da Quinta Jurídica, que acontecerá no próximo dia 28, trará para o debate a relação do Judiciário com a imprensa. O evento acontecerá a partir das 19h, no auditório da Justiça Federal no Rio Grande do Norte.

A temática será “O judiciário e a imprensa: entre a independência, a pressão pública e o apoio popular”. O Juiz Federal Marco Bruno Miranda Clementino, Diretor do Foro da JFRN, será um dos palestrantes.

Outro nome confirmado é o do jornalista Rubens Valente Soares, que atua no jornal Folha de São Paulo, autor dos livros “Operação Banqueiro” e “Os fuzis e as flechas – História de sangue e resistência indígena na ditadura”.

Rubens Valente já recebeu 17 prêmios de jornalismo nacionais e internacionais, entre os quais dois Prêmios de Excelência Jornalística da SIP (Sociedade Interamericana de Imprensa), dois prêmios Esso (um de Reportagem e outro em equipe por Contribuição à Imprensa) e dois Grandes Prêmios Folha.

A jornalista Anna Ruth Dantas, supervisora de Comunicação da JFRN e apresentadora de rádio e televisão, também será palestrante do evento.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Comunicação / Justiça/Direito/Ministério Público
sexta-feira - 22/09/2017 - 15:48h
Opinião

A necessidade da política


Por François Silvestre

“A arte é necessária; não sei pra quê, mas é”, disse Ernst Fischer. Assim pode-se dizer o mesmo da política.

É bem verdade que aqui não se fala de política estritamente eleitoral, partidária ou participativa. Essa sim, pode ser descartada pela vontade ou enfado. Porém, a política, no sentido amplo do conviver familiar ou social, está presente de forma tão indispensável que nem notamos.

Da mesma forma que não percebemos o ar ao respirarmos. Só sentimos sua falta no afogamento ou na asma.

Politizar-se é uma forma de aprimoramento da dignidade. Seja pela participação ostensiva ou pelo simples observar conscientemente. E essa observação consciente se dá pela crítica.

A crítica é o mecanismo instrutivo que liberta. Da lição de Karl Marx: “A crítica não pretende enfeitar as grades, com flores, para atenuar o cárcere. Mas quebrá-las, para a colheita da flor viva”. Inclusive para quebrar amarras ideológicas.

Marx não era marxista.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Opinião
sexta-feira - 22/09/2017 - 15:02h
Outubro

Terceiro Curso de Hipnose Clássica com PNL em Mossoró


O professor Carlinhos Silveira promoverá o III Curso de Hipnose Clássica com Programação Neurolinguística (PNL), em Mossoró. Está definido para ocorrer entre os dias 7 e 8, 13 e 14 de outubro.

Acontecerá na Escola Tecnica Cepep, à Avenida Presidente Dutra, 890 – Ilha de Santa Luzia, em frente à Caixa Econômica Federal.

São dois módulos. O primeiro é focado em técnicas da PNL (programação Neurolinguistica) inclusive a  hipnose ericksoniana. No segundo, o foco será em induções e técnicas da Hipnose Clássica.

“O objetivo é que o participante aprenda a produzir um transe hipnótico e utilize rotinas como analgesia, anestesia, acessando lembranças esquecidas e muito mais”, aponta Carlinhos Silveira. “Aplicamos diversas técnicas que ajudam também o aluno a não esquecer números, nomes etc., que tem várias utilidades no cotidiano e em tarefas específicas”, relata.

É aberto para todo segmento de público que tiver interesse em aprender a técnica, além de médicos, odontólogos, fisioterapeutas, psicólogos etc.

Mais informações e inscrições

Contatos para mais informações e inscrição podem ser feitos por esses números: (84) 99903-8650.

Email: transformesecompnl@hotmail.com

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais
sexta-feira - 22/09/2017 - 07:22h
Natal

Suplente poderá assumir vaga em Câmara Municipal


Se houver confirmação de afastamento do vereador e ex-deputado estadual Luiz Almir (PR), da Câmara Municipal do Natal (veja AQUI), o seu substituto imediato é o suplente ex-vereador Dagô (DEM) – Flaviano Dagoberto Ferreira de Andrade, 68.

Ele obteve 3.428 votos no ano passado (não se reelegendo), enquanto Luiz Almir empalmou 7.339.

Os dois faziam parte da Coligação Natal Melhor de Novo I, formada por PDT, PMDB,PR, DEM, PSC e Pros.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.