terça-feira - 06/12/2016 - 04:15h
Brasil

A torcida enquanto o barco aderna


Muita gente torce pelo “quanto pior, melhor”.

Pobre de todos nós, inclusive desses torcedores do caos!

Estamos no mesmo barco e em mar bravio.

Independentemente de quem seja o timoneiro, adernamos.

Vamos afundar juntos para deleite de quem?

Ou devemos nos salvar por necessidade pessoal e da maioria?

Francamente.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog

Comentários

  1. João Claudio diz:

    Quem torce pelo ”quanto pior melhor”, são os políticos que foram derrotados e ainda sonham em voltar ao poder. São os que, por forças das urnas, passaram da situação para a oposição. Isso é fato.

    Nenhum brasileiro está satisfeito com a situação do país, e nenhum brasileiro torce pelo afundamento do navio.

    O que muitos brasileiros torcem, é para que, de fato, haja uma mudança radical, uma limpeza geral, no sentido de que, os bandidos que estão no poder, ou se prevalecendo dele (são milhares), sejam expurgados da vida publica, e que cidadãos probos assumam o lugar deles (difícil é encontrar esses cidadãos). Caso contrário e a depender dos bandidos, o navio afunda.

    Políticos e judiciários que recebem salários de 30, 40, 50 ,60 mil reais mensais, ou mais, pouco estão se lixando se o navio vai afundar, ou não. O que lhes interessa de fato, é saber o que fazer com essa montanha de dinheiro que todos os meses são creditados em suas contas correntes. Parte desse dinheiro é imediatamente transferido para paraísos fiscais (por debaixo do pano). Lá, o dinheiro não precisa ser declarado a Receita Federal e consequentemente está livre de impostos, é mais seguro porque está longe de ser confiscado e não sofre desvalorização. Um Filet!

    A esculhambação chegou ao seu limite. Do jeito que está, com o país ainda sendo governado por uma quadrilha de bandidos de alta periculosidade, é que não dá para continuar.

    Se o expurgo da quadrilha significa ”tocar fogo em tudo”, que acendam o pavio. Das cinzas poderá surgir alguém que não saiba roubar.

    PS- O trabalhador brasileiro que recebe o salário minimo (R$880,00), trabalha quase DOIS ANOS para receber o mesmo valor que um politico recebe em apenas um MÊS. O trabalhador não dispõe de nenhum tipo de mordomia. Os políticos só dispõem.

    É mole? Não, e como é duro de encarar essa realidade! É piada? Não, é fato! É brasil? É!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.