quarta-feira - 18/10/2017 - 16:42h
Agripino informa

Caixa garante continuidade do Minha Casa, Minha Vida


Agripno: reunião na CEF (Foto: cedida)

Durante discurso no plenário do Senado nesta quarta-feira (18), o presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN), contou que se reuniu hoje com o presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Gilberto Occhi. Discutiu soluções urgentes para a continuação das obras do Minha Casa Minha Vida, principalmente no Rio Grande do Norte.

Uma das principais preocupações do senador é a manutenção dos milhares de empregos gerados pelo setor.

De acordo com Agripino, a Caixa garantiu a continuidade do programa. Enquanto espera a decisão do Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (CCFGTS) sobre a liberação de R$ 10 bilhões para empréstimos e financiamentos habitacionais, o banco reservará R$ 8 bilhões para programas da construção civil.

Prioridades

O Minha Casa, Minha Vida está incluso entre as prioridades. O conselho deve se reunir dia 24 de outubro.

“O anúncio de que o programa estaria sendo ameaçado de sofrer alguns cortes estabeleceu um clima de terror entre construtores e aqueles que vão receber as casas. Que fique claro: o Minha Casa Minha Vida não vai acabar”, relatou Agripino.

Além de Agripino, estiveram na reunião com Gilberto Occhi o senador Garibaldi Alves (PMDB) e os deputados Walter Alves (PMDB) e Felipe Maia (DEM).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Economia / Política

Comentários

  1. FRANSUÊLDO VIEIRA DE ARAÚJO diz:

    Acredite ….SE QUIZER….!!!!

    Um baraço

    FRANSUÊLDO VIEIRA DE ARAÚJO.
    OAB/RN. 7318.

  2. Raniele Costa diz:

    Zezinho tá tão bonzinho que sou capaz até de votar nele pra Senador no próximo ano, depois de 50 anos no senado só agora ele resolve trabalhar pra o RN, concerteza ele já está eleito pelo povo que sofre de síndrome de Estocolmo.

  3. Ciro Leite diz:

    Se depender desses políticos citados,
    a Caixa será privatizada muito em breve. Estão somente fazendo pose para a mídia.

    • Amorim diz:

      privatizada para os INIMPUTÁVEIS!
      “É a pessoa que será isenta de pena em razão de doença mental ou desenvolvimento mental incompleto ou retardado que, ao tempo da ação ou omissão, não era capaz de entender o caráter ilícito do fato por ele praticado ou de determinar-se de acordo com esse entendimento.”

  4. Inácio Augusto de Almeida diz:

    “Enquanto espera a decisão do Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (CCFGTS) sobre a liberação de R$ 10 bilhões para empréstimos e financiamentos habitacionais, o banco reservará R$ 8 bilhões para programas da construção civil.”
    A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL ESTÁ TENTANDO JUNTO AO BNDES R$ 10 BILHÕES.
    Leiam esta notícia:
    14:00 | 18/10/2017
    O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse nesta quarta-feira, 18, que, se houver compra de ativos da Caixa Econômica Federal pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), essa transferência será de “ativos bons”. “Evidentemente que o BNDES não vai comprar ativos ruins”, disse. O ministro ponderou que essa é uma transação entre os bancos, sem interferência do governo.
    “Não sei se estão entre eles discutindo esse tipo de operação, mas posso assegurar que isso será feito com ativos de boa qualidade se for o caso”, afirmou.
    Como mostrou o Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, na terça-feira, 17, o governo está negociando uma operação para socorrer a Caixa Econômica e evitar que o Tesouro Nacional seja obrigado a fazer um aporte de recursos na instituição, para que ela não descumpra regras internacionais de proteção a crises. Uma das alternativas é que a Caixa venda para o BNDES até R$ 10 bilhões em créditos de risco – dívidas que são mais difíceis de se recuperar. Em troca, o BNDES ficaria com a gestão do FI-FGTS, o fundo de investimentos que usa parte dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para aplicar em infraestrutura.
    TROCANDO EM MIÚDOS
    A CEF está tentando vender R$ 10 bilhões em créditos de risco ao BNDES.
    A verdade é que a CEF está enfrentando dificuldades.
    Talvez isto explique a transformação de contratos de financiamento com prestações decrescentes em prestações crescentes.
    O marginal Geddel, conhecido como CARAÍNHO, faz o estrago e os mutuários é que taparão o rombo?
    Se o BNDES não ficar com estes créditos de risco a CEF terá dificuldade para bancar programas sociais como o Minha Casa, Minha Vida.
    Zé Agripino e Garibaldi ouviram o galo cantar e correram para posarem de pai da reativação do programa.
    Contam os dois senadores que o BNDES vai segurar os créditos de risco e liberar os R$ 10 bilhões.
    Esqueceram-se de um detalhe: OS TEMPOS SÃO OUTROS.
    E antes do BNDES aceitar ficar com o pepino muita água vai rolar debaixo da ponte.
    A ÚNICA COISA QUE EM BRASÍLIA DÃO COMO CERTA É A PRIVATIZAÇÃO DA CEF AINDA ESTE ANO.
    ////
    OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS EM OUTUBRO OU APÓS O ANO 3000?

  5. ROBERTÃO diz:

    Esse sujeito condenou o governo de Dilma as fornalhas do inferno! agora vem com essa papo! Homi vá…….!

  6. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Se quiZer eu discordo.
    João Cláudio, explica para mim o que é quiZer.
    Não vale procurar na panela a regrinha dos verbos que no infinitivo têm Z.
    ////
    OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS EM OUTUBRO OU NO ANO 3000?
    AS DENÚNCIAS DO EX-PROCURADOR DA CMM ESTÃO SENDO APURADAS DESDE 06/12/2016.

  7. Vicente diz:

    O Zé agora está tendo que prestar contas aos construtores aos quais prometeu há alguns meses: “calma, vamos derrubar Dilma, mas vai ficar tudo como está, vai ter as casinhas pra vocês construírem, o dinheirinho vai continuar entrando”. Não ficou.

  8. João Claudio diz:

    Data Vênia, caro Inácio. É pra já.

    Significado de ‘quiZer’.

    頹 衙 浳 浤 搰 ㍭ 煤 洳 橱 橱 煪 ㍱ 煱 둻 睤 ㌹ 楤 ぱ 椹

    Entendeu? Mais simples impossível, né não?

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.