sexta-feira - 12/04/2013 - 17:05h
Gilberto Jales

Escolha de nome para TCE causa mal-estar no governo


A indicação do ex-secretário (duas pastas) do Governo Rosalba Ciarlini (DEM), Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária (SEARA)/Recursos Hídricos, Gilberto Jales, para conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) – veja AQUI -, causa um redemoinho nos bastidores do governo.

Carlos fez escolha; Rosalba assinou

A crise tem ingredientes políticos, pessoais, familiar e até matrimonial.

O geólogo Gilberto Jales foi uma escolha pessoal, exclusiva e impositiva do secretário-chefe do Gabinete Civil do Estado e marido da governadora, ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado (DEM).

A contragosto, Rosalba assinou a indicação determinada por Carlos. A preferência dela era por sua irmã, ex-deputada estadual e ex-vice-prefeita de Mossoró Ruth Ciarlini (DEM).

Inclinada a promover essa assunção de Ruth, a quem já fizera deputada e vice-prefeita, “puxando-a pelo braço”, Rosalba tentou dobrar Carlos. Não conseguiu.

Seu lobby pessoal morreu aí.

Ruth tinha a expectativa de ser içada para o TCE. Estava toda prosa. Desabou em frustração após cientificada do veto.

Seria até uma gloriosa compensação para a ex-vice-prefeita, por não ter se viabilizado como candidata a prefeito de Mossoró, no ano passado. A propósito, não foi por falta de engenhosidade e empenho da irmã governadora, que Ruth não vingou.

República Mossoroense

Rosalba e Carlos botaram até a própria vaga ao TCE como “moeda” de troca, numa costura que passava pela renúncia da então prefeita de direito, enfermeira Fátima Rosado (DEM), a “Fafá”.

No rol de melindrados entram pelo menos mais três nomes da chamada “tropa de choque” do casal Rosalba-Carlos Augusto Rosado. Todos da “República Mossoroense”, círculo de confiança do esquema governista.

O controlador-geral, além de ex-secretário de duas pastas do Governo Rosalba (Administração e Recursos Humanos/Gabinete Civil), José Anselmo de Carvalho Júnior, flutuava com a possibilidade de ser ungido. Mesmo levitando, sobrou. Mesmo ritualista em sua fidelidade canina, foi preterido.

O secretário do Planejamento do Estado, Obery Rodrigues Júnior, que já auxiliou Rosalba em sua passagem no Senado e na Prefeitura de Mossoró, figurou durante muitos meses como a melhor opção. Técnico visto como competente, de ligação figadal ao casal, volatizou-se.

Obery esteve com aspiração de sair do governo em algumas oportunidades, estressado com a pressão sofrida no cargo estratégico que exerce. Essa seria uma ótima “porta” pro bye bye, mas que lhe foi fechada.

A situação mais incômoda pesou sobre Galbi Saldanha, secretário-adjunto do Gabinete Civil. Sua vontade particular não convenceu Carlos, seu padrinho desde os tempos em que o acomodou na Assembleia Legislativa.

Galbi terminou com a missão de entregar pessoalmente a indicação, na Assembleia Legislativa. Viu, em suas mãos, outro nome em vez do seu.

Mas é bom que fique claro: esse desgosto não deverá ter maiores consequências para o comando do governismo.

Quem sobrou sabe como são as regras e conhece bem a hierarquia no grupo. Ordem é ordem.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Escossia Jr. diz:

    Carlos
    ESTE É O CARA

    Quem os outros tenham GILBERTO como espelho…

  2. Escossia Jr. diz:

    Digo, que os outros tenham GILBERTO como espelho

  3. Marcos Pinto. diz:

    Sem desmerecer os demais, conheço o Gilberto Jales e sei que o mesmo é detentor de um nobre currículo profissional e de uma honradez de probidade pessoal que o projeta e o tutela para a assunção ao cargo ora indicado. Até que enfim a Rosalba ROSADUS (Leia-se Carlus Augustus) agiu com tirocínio e desenvoltura quanto à escolha de um de seus prepostos políticos. Avé César ! Ôps! Avé Carlus !

  4. FERNANDO fF diz:

    Ruth é uma calaminade em pessoa, Galbi é limitado.Logo a escolha foi a melhor.Aos outros resta apenas o dever de bajulador.

  5. vicente Venancio diz:

    Carlos Santos, Bom dia.
    Sobre a indicação de Gilberto Jales ao TCE/RN não vejo outro nome melhor, não desmerecendo os demais. Dizem que o Governo Rosa tem errado muito, dessa vez acertou. Parabéns.

  6. GILSON GUILHERME BEZERRA DE FREITAS diz:

    ##@## PARABÉNS A ANTONIO GILBERTO DE OLIVEIRA JALES. PARA MIM, NÃO É SURPRÊSA ALGUMA. CONHEÇO-O DE PERTO, PODE HIR MAIS ALÉM… A SRA. GOVERNADORA E SEU MARIDO, SABEM BEM O QUE ESTÃO FASENDO. ABRAÇOS CARO GILBERTO JALES. QUE DEUS O ABENÇÕE EM MAIS ESSA MISSÃO TÃO DIFÍCIL. ##@##

  7. Joaquim Borges diz:

    Parabens e muita boa sorte,Gilberto.

  8. B.Nunez diz:

    Coitado do RN.

  9. Sebastião Almeida de Medeiros diz:

    A indicação de Gilberto Jales, engrandece o Tribunal de Contas do RN. Trata-se, acima de tudo, de um cidadão no melhor sentido da palavra.

  10. João Alfredo Brasil diz:

    Desconheço a competência desse sujeito. Só sei que, se foi escolhido é porque segue a cartilha do ” Nobre” Carlus Augustus! Avé Augustus!!!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.