quarta-feira - 09/08/2017 - 11:39h
Mossoró

Estacionamento sofre ‘pequenos ajustes’ e multas se ampliam


O apetite arrecadador da Prefeitura Municipal de Mossoró, já manifestado através do salto estelar na cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2017, também não encontra freio nas ruas. Cuidado, você será multado!

A Gerência de Trânsito (GETRAN) passa ao esmero e detalhismo de usar esquadros e réguas para mudanças na configuração de estacionamentos, que proporcionam multas aos borbotões.

Mudança de placas com novo ângulo de estacionamento foi feita sem qualquer informação prévia (Foto: Blog C.S)

Caso emblemático é de trecho no centro da cidade, da Rua Duodécimo Rosado, proximidades da Estação das Artes.

A angulação permitida para se estacionar veículos automotivos era de 90 graus. Mas ontem e hoje foram afixadas placas com “ajuste” para 60 graus, sem que houvesse sequer esclarecimento e alerta a motoristas.

A manhã desta quarta-feira (9) foi prodigiosa em multas a quem estacionava carro sem atender à nova determinação milimétrica.

E não adianta discutir. Ninguém pode alegar desconhecimento para se eximir da penalidade normativa.

O efeito da “grande medida” é instantâneo no lastro do erário municipal.

Nota do Blog – Vida de gado… povo marcado, povo feliz!

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública

Comentários

  1. Amorim diz:

    Vejo ao contrário; vejo a multa como uma meneira educativa, a falta de educação e respeito de uma maneira geral não é só no tránsito.
    Ps: recentemente fui multado, eu estava errado; os agentes vinheram falar comigo educadamente, eu agradeci muito pois eles estavam corretos e eu errado. Me livrou de problemas futuro.

    • Cristiane Alves diz:

      As placas foram inseridas durante a noite e na manhã seguinte acompanhadas por multas, não vejo como medida de educação.

  2. João Claudio diz:

    Esse tipo de estacionamento ☛ 60º e 90º, fazem com que algumas ruas e avenidas razoavelmente largas de Mossoró, se tornem vielas.

    Na Rua Coronel Gurgel, por exemplo, 3 carros podem trafegar paralelamente e com margens de sobra, mas, ”graças” a esse tipo de estacionamento, tipico de cidades do interior, só trafega UM.

    Na Vicente Saboia, idem.

    Alguma duvida? Percorrem as duas ruas citadas durante o domingo à tarde, ou após as 10 da noite, vejam o quanto aquelas avenidas são largas, e vejam quanto elas se tornam estreitas em dias úteis.

    Ah, quer saber onde cão perdeu as esporas? Dê um ”rolezinho” pela rua Dionizio Filgueira às 11 da manhã ou 5 da tarde, e não de morda de raiva se for capaz.

    Por se tratar de uma cidade do interior, o trânsito de Mossoró é facílimo de consertar. Entretanto, quem é pago para isso, piora.

    Ah, os alternativos do interior voltaram a estacionar nos mesmos lugares de outrora, gerando um verdadeiro e autentico ( . ) de burro.

    • Carlos Santos diz:

      NOTA DO BLOG – Perfeito

      • Inácio Augusto de Almeida diz:

        E a Alberto Maranhão na altura do Stock Frio onde carretas de 40 toneladas estacionam dos dois lados da pista e nos horários de maior movimento ficam manobrando. Estes horários são das 7 às 9 e das 11 às 12.
        Mossoró é a única cidade brasileira de porte médio que tolera tráfego de carretas pesadas dentro do perímetro urbano. Será que não desconfiam que o peso destas carretas destroem a malha viária da cidade.
        ///
        OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS DEPOIS DO FIM DO MUNDO?

        • Carlos Santos diz:

          NOTA DO BLOG – Nesse horário os agentes de trânsito estão no estacionamento dos supermercados, multando (dentro da lei, claro) quem estaciona de forma errada.

          Não tem tempo de verificarem esse e outros abusos.

  3. João Silva diz:

    Gostaria que essa mesma gerência tivesse esse apetite para julgar os recursos de infrações dos cidadãos, vide meu caso, dei entrada em 2 recursos de infrações no dia 23/05/2016, e até o momento nada destes benditos recursos serem aceitos ou negados. Como fala um famoso apresentador de televisão “É uma vergonha”,

  4. Ciro de Medeiros Leite diz:

    Infelizmente, temos uma legião de motoristas que simplesmente não respeita as regras de trânsito. Em frente a Caixa é, uma infinidade de infrações diariamente que daria para pagar boa parte da folha de pagamento dos agentes. Estacionar em fila dupla parece ser uma regra em Mossoro. Estacionar em faixa de pedestre ou.em em locais reservados para idosos e deficientes também. Fazer o que? Multar mesmo.

  5. George Duarte diz:

    Na verdade a industria da multa já opera em Mossoró, a ordem é arrecadar para o município. Enquanto isso as faixas de pedestres inexistem, carga e descarga no centro da cidade é sem controle, semáforos queimados, ruas as escuras, praças abandonadas e tantas outras situações de abandono. Para mim não é surpresa, essas oligarquias foram colocadas pelo povo, portanto paguem IPTU exorbitante, paguem as multas aplicadas sem nenhum aviso.

    • Amorim diz:

      Simples: contra a industria da multa, siga as regras de transito. Simples assim; vamos fazer uma campanha?
      Vamos todos seguir as leis de transito e acabar com “repugnante industria”!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.