quarta-feira - 02/11/2016 - 20:38h
Procuradoria da República

Farra das passagens gera denúncia contra 5 ex-deputados do RN


Do Congresso em Foco e Blog Carlos Santos

Mais de sete anos após o Congresso em Foco revelar que parlamentares utilizavam indevidamente a cota de passagens aéreas da Câmara e do Senado para fins particulares, a Procuradoria da República na 1ª Região denunciou, na última sexta-feira (28), 443 ex-deputados por uso indevido de dinheiro público.

Betinho e Sandra: farra das passagens (Foto: montagem)

O crime atribuído a eles é de peculato, cuja pena varia de dois a 12 anos de prisão em caso de condenação. O caso ficou conhecido, em 2009, como a farra das passagens.

Entre os ex-parlamentares denunciados, há representantes dos principais partidos políticos do país e figuras de expressão nacional, como o atual secretário do Programa de Parcerias de Investimentos do governo Michel Temer, Moreira Franco, o prefeito reeleito de Salvador, ACM Neto (DEM), o ex-ministro Ciro Gomes, pré-candidato do PDT à Presidência da República.

Nomes do RN

Os ex-deputados Antonio Palocci (PT) e Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presos em razão das investigações da Operação Lava Jato, também são alvos da Procuradoria.

No plano do Rio Grande do Norte, ex-deputados Betinho Rosado (PP), João Maia (PR), Henrique Alves (PMDB), Lavoisier Maia (PSB) e Sandra Rosado (PSB) estão na listagem como denunciados. A propósito, Henrique coleciona denúncias por deslizes com dinheiro público.

Mas quem ficou mais ‘famoso’ no caso aberto pelo Congresso em Foco no dia 14 de abril de 2009, foi o deputado Fábio Faria (PSD). Veja o que publicou o Blog Carlos Santos à época clicando AQUI, com base em reportagem da Rede Record também.

Fábio, que é filho do atual governador Robinson Faria (PSD), deu passagens para a apresentadora Adriana Galisteu – sua namorada à época, à mãe dela e para amigos. Galisteu e a mãe viajaram para os Estados Unidos com bilhetes pagos com dinheiro público. O deputado também foi acusado de dar passagens para atores. Após o escândalo, Fabio Faria devolveu o dinheiro dos voos.

Fábio e Adriane: dinheiro devolvido (Foto: Luciana Prezia/AE 24.07.2007)

No Senado

No Senado, a então senadora Rosalba Ciarlini (à época no DEM, hoje no PP e prefeita eleita de Mossoró), foi mostrada pelo Jornal Folha de São Paulo em edição do dia 7 de agosto de 2009 com um número espantoso de mais de 240 passagens facilitadas para parentes e amigos, em viagens nacionais e internacionais (veja AQUI), em menos de 300 dias.

Na lista dos denunciados agora, originários da Câmara Federal, não há qualquer parlamentar no exercício do mandato ou ministro de Estado. Também não consta o nome do presidente Michel Temer (PMDB), que cedeu sua cota de passagens à época para viagem de turismo de familiares à Bahia, como mostrou o Congresso em Foco.

Quando o caso veio à tona, Temer presidia a Câmara dos Deputados. É que congressistas, ministros e o presidente da República, entre outras autoridades, só podem ser investigados e julgados no Supremo Tribunal Federal (STF). Nesse caso, a denúncia só pode ser apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Veja reportagem completa AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. João Claudio diz:

    Mais de sete anos depois?

    A justiça andou em cima de casco de tartaruga, ou em marcha a ré reduzida?

    ISSO É UMA VERGONHA, e só acontece no brasil. E olha que os funcionários que trabalham na justiça ganham bem, viu? Imagine se recebessem o salário minimo, heim?

    Perguntar não ofende: ainda cabe um recursinho???? Tem que cabê, né? Caso contrario, o país foge a regra.

    Figa djabo!!!

  2. Inácio Augusto de Almeida diz:

    “O crime atribuído a eles é de peculato, cuja pena varia de dois a 12 anos de prisão em caso de condenação. O caso ficou conhecido, em 2009, como a farra das passagens.”
    12 ANOS DE CADEIA EM CASO DE CONDENAÇÃO?
    Por uso indevido de passagens aéreas? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Se quem fez empréstimo e foi flagrado se escamando de pagar as prestações, as prestações estavam sendo pagas com dinheiro da Câmara do Vereadores de Mossoró, foi condenado e por força de recurso continua solto e exercendo mandato eletivo,imagine condenar a 12 anos de cadeia quem fez uso indevido de passagens aéreas.
    Se alguém for condenado, faz como a turma do SAL GROSSO. Recorre e fica mangando de todos nós dizendo O QUE EU FIZ FOI TÃO POUQUINHO.
    O que podemos fazer? Pagar mais e mais impostos e ficar caladinhos. Ficar caladinhos, porque quem tem a coragem de levantar a voz é chamado de invejoso, perseguidor etc. Só não é chamado de LADRÃO. Ainda bem.
    ///////////
    OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS A QUALQUER INSTANTE. TUDO PODE ESTAR POR UM SEGUNDO!

  3. fernando diz:

    3 Rosados de uma só cajadada Boca livre com dinheiro do povo são com eles mesmo..

  4. Ciro de Medeiros Leite diz:

    E o que dizer quando o STF gasta milhões pagando passagens aéreas de primeira classe para as mulheres dos ministros acompanharem eles em viagens pelo Mundo??

  5. João Claudio diz:

    Inácio, no país tupiniquim, nem o criminoso que mata uma criança inocente passa doze anos na cadeia. Imagine botar na cadeia quem andou no Céu as custa do povo KKKKKKKKK Isso é piada, né não?

    Imaginem a manchete de jornais e TVs:

    ”443 ex deputados já estão na cadeia por terem ”voado” usando dinheiro publico”.

    Senhores, no dia que isso acontecer, na manhã seguinte o Sol nascerá azul; o Céu amarelo; o mar vermelho; o Pico do Cabugi cuspindo fogo; o Cristo Redentor de cocoras, e os sacoleiros viajando todos os dias de táxi lotação para fazer compras em Marte.

    Pessoas que trabalham na justiça falam certos absurdos, como se não soubesse que as leis deste país são as mais vagabundas do planeta.

  6. fernando diz:

    Tentando com erro justificar outro erro. O dinheiro é do povo.

  7. João Claudio diz:

    ”passagens aéreas de primeira classe para as mulheres”, filhos, noras, netos e suas respectivas babás.

    ”Viajar Relaxando é Preciso” consta na enciclopédia ”Esculhambação de A a Z”, página 8.901. Leia também na página 8.988 sob o titulo, ”Tour, Tour, Tour, Quem paga é Tu, ó Abestalhadú”.

  8. antonio diz:

    Pra que servi a procuradoria da república e outros órgãos se não resolve nada

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.