• Vale Norte - Nativa Comunicação - 2º Banner - 20-09-17
quarta-feira - 04/01/2017 - 22:46h
Em Natal

Fecam faz eleição consensual, após má-fé de ex-prefeito


O presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Raniere Barbosa (PDT), foi eleito presidente da Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (FECAM/RN) nesta quarta-feira, 4 de janeiro,  no auditório da entidade, em Natal. Suas ascensão foi precedida de muita polêmica (veja AQUI), mas sanada nos bastidores.

Foi feita uma chapa única, depois de existência preliminar de duas que iriam se rivalizar nas urnas.

Francisco José Júnior

Hostilizado por vereadores dos mais variados municípios do estado, por ter influído na alteração (sem alardes) dos estatutos da entidade, ainda no mês de outubro do ano passado, o ex-prefeito de Mossoró acabou retirando sua casuística candidatura a presidente. Assim, abriu caminho para que os verdadeiros vereadores pudessem pacificar a entidade.

Sua estratégia foi considerada uma intromissão de má-fé na vida institucional da Fecam, haja vista que não é vereador, mas já fora até seu presidente. Sua manobra visava fazer uma eleição com chapa única, que seria encabeçada por ele mesmo. O estatuto foi mexido com essa intenção.

A vereadora mossoroense Izabel Montenegro (PMDB), presidente do Legislativo local, foi a primeira voz a se levantar contra o ex-prefeito. Provocou efeito em cadeia. Mas os dois ainda seguiram batendo boca em redes sociais.

Raniere (centro) foi empossado presidente ao lado de Izabel Montenegro de Mossoró (Foto: Elpídio Júnior)

Após a aprovação dos novos nomes consensuais, tomou posse a nova diretoria para o biênio 2017-2018.

A Fecam conta com uma nova diretoria formada por representantes de todas as regiões do Rio Grande do Norte.

Diretoria

Veja como ficou a diretoria para o biênio 2017/2018: Raniere Barbosa (Natal) – presidente; Odair Alves Diniz (Caicó) – vice-presidente; Iron Lucas de Oliveira Júnior (Jardim do Seridó) – 2º vice-presidente; Maria Isabel Araújo Montenegro (Câmara de Mossoró) – 3ª vice-presidente; Josinaldo Amaro de Lima (São Tomé) – 4º vice-presidente.

Jeferson Monik Gonçalo Lima de Melo (Santa Cruz) – 1º secretário; Lucélia Ribeiro Santas (Patu) – 2º secretári0; Allisson Lindauro Marques Guedes (São Paulo de Potengi) – 1º tesoureiro; Raimundo Inácio Filho (ex-presidente da Fecam) – 2º tesoureiro.

Conselho Fiscal: Albert Dickson de Lima (ex-presidente da FECAMRN) – 1º membro Izabel Cristina de Melo Ferreira (Câmara Municipal de Touros) 2º membro Pollyana Cavalcanti Dias (Câmara Municipal de Nisia Floresta) 3º membro Diogo Henrique Marques Costa (Câmara Municipal de Barcelona) 4º membro Pedro Alves Cabral Neto (Câmara Municipal de Felipe Guerra) 5º membro.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Enquanto o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte não julgar os recursos SAL GROSSO o povo assistirá a surrealismos como este.
    Não entendo o CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA ainda não ter se pronunciado a respeito da demora no julgamento de recursos nos tribunais de todo o país. Afinal, para que existe o CNJ?
    O que está impedindo os RECURSOS SAL GROSSO serem julgados pelo TJRN?
    Que o CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA responda ao povo do RN a razão de tanto demora.
    ///
    OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS APÓS O RECESSO FORENSE? OU OS RECURSOS SAL GROSSO NUNCA SERÃO JULGADOS? QUE O CNJ RESPONDA A ESTA INDAGAÇÃO.

  2. Augusto Ribeiro diz:

    Essa chapa de consenso usou do mesmo expediente do ex-Prefeito Silveira, quando na sua composição tem ex-vereadores. Sejamos pois justos…

  3. Francisco Bezerra diz:

    Esse cara vai enloquecer!!!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.