• Vale Norte - Nativa Comunicação - 2º Banner - 14-11-17
terça-feira - 14/11/2017 - 04:48h
Em Natal

Greve de servidores tem confronto e decisão de acampamento


Algumas categorias do serviço público estadual resolveram ficar acampadas no Centro Administrativo em Natal, em frente à Governadoria. Cobram atualização salarial. Pressionam o governo no Centro Administrativo, em Natal.

Nessa segunda-feira (13) houve confronto entre manifestantes e forças de segurança, quando houve tentativa de invasão da governadoria. Policiais usaram até spray de pimenta para contenção do grupo.

A decisão dos grevistas é pelo recrudescimento dos protestos.

A decisão do governo Robinson Faria (PSD) é diametralmente oposta: o acirramento dos ânimos não abre caminho para diálogo.

Nesse primeiro dia de mobilização no Centro Administrativo, a predominância foi de servidores da Saúde e professorado da Universidade do Estado do RN (UERN) que desde sexta-feira (10) já tinham aderido à paralisação.

Técnicos administrativos da universidade não participam da greve. Resolveram não aderir à greve.

Integrantes da Aduern participam do protesto e estiveram envolvidos em incidente (Foto: Web)

O governo já tinha negociado prioritariamente com as forças policiais no final de semana, freando o que mais temia: o seu aquartelamento, o que deixaria o estado completamente à mercê dos marginais.

Também houve acordo com servidores do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/RN) e o Fisco não faz greve.

A tentativa de “greve geral” ficou aquém do que foi anunciado pelos sindicatos de servidores.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Gerais

Comentários

  1. Raniele Costa diz:

    As coisas desse país são engraçadas, a polícia que são funcionários públicos igual aos demais , nessa luta por melhorias fica ao lado do algoz que é o governador, realmente é muito interessante isso.

  2. M. D. R. diz:

    Isto só acontece no BRASIL!… em uma país, que a seriedade está em primeiro lugar lugar, do vereador ao Pres. da República haveria de imediato a renúncia ou em caso contrário direto para prisão.

  3. João Claudio diz:

    Eu quero ver os ‘sindicalhas’ se manifestarem dessa forma, se e caso Fátima Bezerra ganhe a eleição para governo do RN, assuma o poder e atrase os salários dos servidores.

    Estou pagando caro pra ver.

Deixe uma resposta para Raniele Costa Cancelar resposta

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.