terça-feira - 04/10/2016 - 23:56h
Audiência pública

Hipótese de privatização da Caern será discutida


Uma audiência pública na Assembleia Legislativa vai discutir, nesta quarta-feira (5), às 15h, no auditório da Casa, a ameaça da privatização de empresas públicas, como a Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern), pelo Governo do Estado.

A proposição é do deputado Fernando Mineiro (PT) e terá como tema o “Programa de Parcerias de Investimentos, Caern e Saneamento Básico de Natal”.

FUNFIR

“A audiência é necessária para que se conheça a real intenção do Governo do Estado diante dessas informações e em que estágio está a adesão ao Programa de Parcerias de Investimentos (PPI)”, afirmou o deputado Mineiro.

O parlamentar destaca que de acordo com notícias veiculadas na mídia, o Executivo tem interesse em incluir a Caern ao pacote de privatizações do Governo Federal, o chamado Programa de Parcerias de Investimentos, para repor os saques do Fundo Financeiro do RN (Funfir).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política

Comentários

  1. Carlos André diz:

    A admissão da incompetência administrativa dos governos que até hj passaram pelo estado do RN.

    Em vez de ajustar a atuação e as ações do estado na sociedade e adequar os gastos a receita, preferem se esbanjar em irresponsabilidades e depois vender os anéis para manter os dedos, mas a questão é: DEPOIS QUE NÃO TIVER MAIS “ANÉIS” PARA VENDER, DE QUEM SERÁ OS DEDOS QUE SERÃO VENDIDOS?

  2. João Claudio diz:

    A Cosern e Telern foram privatizadas e os dedos continuam no lugar.

    Quem ganharam os anéis foram os consumidores pelo fato de contarem hoje um excelente serviço por parte das duas empresas, cujos serviços antes das privatização, eram vistas da mesma maneira que se vê hoje aquilo que o gato enterra.

    Que não gostou das duas privatizações foram os ex empregados irresponsáveis que faziam de conta que trabalhavam, mas que no dia do pagamento eram os primeiros a chegar na boca do caixa. E ainda reclamavam, viu?

    A mão de obra dos trabalhadores responsáveis foram absorvidas pelas duas empresas após a privatização. A mão de obra ruim e irresponsável foi parar no olho da rua.

    Isso é fato.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.