quarta-feira - 10/04/2019 - 22:20h
Mossoró

MP quer solução para camelôs em calçadas e praças


O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) estabeleceu prazo de 90 dias para que a Prefeitura de Mossoró elabore plano de regularização da ocupação irregular das calçadas e vias públicas do município. É o que diz a recomendação da 3ª Promotoria de Justiça de Mossoró, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (10).

Centro de Mossoró revela um quadro de desorganização e omissão com informais no comando (Foto: BCS)

Antes da elaboração do plano, o gestor municipal deve realizar audiência pública para discutir sobre o tema.

Na recomendação, o MPRN destaca que o plano deverá ter por finalidade fazer cessar a ocupação irregular de ruas e calçadas de Mossoró, em especial as Ruas Peregrino e Elza Jales, no Centro, bem como a praça do Mercado Público Central.

Também em 90 dias, o Município de Mossoró deve elaborar plano de acolhimento institucional dos ambulantes para garantir que seu abrigamento em local adequado se dê no menor tempo possível. Para tanto, o município deve implementar medidas orientadas para assegurar o retorno dos ambulantes ao mercado de trabalho.

Leia também: Mossoró é um camelódromo sem solução a céu aberto;

Veja a íntegra da recomendação clicando AQUI.

Nota do Blog - Há poucas semanas tratamos do assunto e questionamos que o caso se arraste há vários governos e muitos anos, sem uma solução que atenda às partes.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Gerais

Comentários

  1. Naide Maria Rosado de Souza diz:

    Havia um camelô…
    Sim, havia um camelô que ficava sentado próximo à portaria de meu prédio. Meio alourado e muito magro, chamou a minha atenção. Ele, às vezes, tentava me ajudar quando eu vinha cheia de compras do mercado. Era solícito. Vendia bananadas. Comprava-as todas.
    Um dia, me pediu um prato de comida. Sentia fome. Foi o início. Passei a alimentá-lo. Depois, passei a vesti-lo com as roupas de meu filho. Ele, aos poucos, foi identificando a minha família. Aos meus netos, as bananadas eram oferecidas de graça.
    O tempo foi passando…e continuei a fornecer alimentos ao meu sem teto favorito.
    Na primeira reunião do condomínio de meu prédio fui, claramente, chamada a atenção. Não admitiam que eu fornecesse a alimentação. A justificativa foi a de que outros sem teto viriam .
    Sugeriram colocar um vaso de plantas onde ele sentava. Foi quando comecei a falar. Primeiro disse que o condomínio não me impediria de alimentar quem eu quisesse, mas, de bom grado, poderia levar o alimento para longe da portaria. Iria para a esquina, por exemplo. Agora, dificilmente, o Banco do Brasil, nosso vizinho, aceitaria uma planta de tal porte, dificultando-lhe a imagem da segurança.
    O tempo passou de novo. Minha forma de alimentação mudou de lugar. Levava a comida do meu sem teto, mas com amor. Ele sumiu, foi atropelado. Sobreviveu. Eis que o metrô foi inaugurado. Ao lado de meu prédio um grande acesso.
    E, ao invés de meu único protegido, surgiu um farto comércio. Vende-se do guarda- chuva à tapioca. Não há reunião de condomínio que possa remover aquele comércio intenso e variado provocado pela desembocadura do metrô. Clientela grande.
    Nos meus pensamentos, vejo o meu sem teto sozinho que tanto incomodou. Imagino o condomínio tentando fechar tão importante saída. Impossível.
    Lembro que chorei quando voltei da reunião em que me apontaram como responsável pela presença de um a quem dediquei afeto e só Deus sabe por onde anda.
    Os condôminos devem se sentir indignados com o metrô que enfeiou a nossa porta. Não para mim.
    No meu coração, aquele sem teto desaparecido, recebeu o melhor abrigo. Recebeu o meu amor e o de minha família. Sinto saudades dele e lá no meu íntimo, uma vozinha maldosa diz: reclamaram de um, receberam um comércio completo…

  2. Angelo diz:

    Achei matérias de meados de 2011 onde o MP já tratava desse assunto em Mossoró e parece que depois esquecem, pois nada é feito.

  3. João Claudio - Sem papas na língua e sem bandido favorito para chamar de 'meu'. diz:

    De noooooooooooovo……!

    Homi, pêrahóstia, pela caridade, misericórdia. Virem esse disco. O coitado começou a tocar na gestão do Padre Mota, e não parou mais.

    Apenas quatro pessoas sabem que os camelôs JAMAIS desocuparão as calçadas e praças do País de Mossoró.

    - Quem são essas quatro pessoas? Quem? Quem??? Querem???????

    - Ora, Deus, o mundo, os camelôs e o povo da rua.

    - Ah, tá! Se desocuparem você muda de nome?

    - No dia seguinte à desocupação TOTAL, eu passo a me chamar Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga.
    Estou indo agora ao cartório. Vou pagar antecipadamente as taxas de mudança de nome. Bora, Tónha?

    - Eu vou. Se a raça desocupar as calçadas seremos dois a mudar de nome.

    - Como pretende se chamar?

    - Soldada Raimunda.

    - Belo nome.

  4. Mattos diz:

    De novo? Acho q ja vi esse filme. Os atores eram os mesmos. MP, justica, prefeitura. Ja sei o final.

  5. FRANSUELDO VIEIRA DE ARAÚJO diz:

    Assim como nosso BRASIL, Mossoró caminha celeremente em direção à idade média. O caso do que restou denominado como camelôs, é apenas um deles.

    O fato, indiscutivelmente tem a ver com a agenda de um país, de fato, ainda colônia dos americanos do norte, e que, jamais deu prioridade a educação, por via de consequência, quase que invariavelmente sempre e sempre apostou na desvalorização do trabalho.

    A DEFORMA TRABALHISTA empurrada goela abaixo do cidadão médio brasileiro como solução única e mágica do desemprego, bem como a TERCEIRIZAÇÃO anteriormente realizada sob igual signo pelo Príncipe da Privataria, mais conhecido como FHC, efetivamente podem ser tidos como exemplos emblemáticos de como a regulação unilateral do mercado da agiotagem internacional, impõe misérias seculares, pondo de joelhos, inclusive nações do porte do nosso Brasil.

    Enquanto isso, imbecis, ignorantes, alienados e obtusos DE ALDEIAS METROPOLITANAS OU NÃO, ficam horas a fio discutindo o sexo dos anjos, sem, de fato, se aterem as verdadeiras causas da nossa pobreza e miséria de toda ordem, advinda da cegueira, conquanto os grandes problemas nacionais, sobretudo no âmbito do Lixo chamado REDE SOCIAL…!!!

    Um baraço

    FRANSUÊLDO VIEIRA DE ARAÚJO.
    OAB/RN. 7318.

  6. Lima diz:

    A pouco tempo a PMM autorizou a sua TROPA DE CHOQUE digo Guarda Civil a retirar os vendedores das portas dos colégios, medida cumprida, ambulantes sairão, muitos passando até dificuldades pois mantinham suas famílias daquelas vendas. E hoje será que a PMM fará o mesmo? cumprirá essa decisão como cumpriu a outra. Vou ficar espiando para ver só.

  7. João Claudio - Sem papas na língua e sem bandido favorito para chamar de 'meu'. diz:

    Sostô você!!! O PT passou 30 anos bradando aos quatro cantos que só ele resolveria todos os problemas do país.

    Passou 6 anos no poder e não consertou ‘porríssima’ nenhuma. Muito pelo contrário, em tempo recorde o PT conseguiu a façanha de aprimorar e colocar a cereja que faltava no bolo, digo, na Era da Canalhice.

    Mais: O ‘esculhambeichon’ generalizado teve um ponto de partida: JANEIRO DE 2003.

    P.S – O bandidão Zé Pulha Dirceu envolveu o seu filho no sub mundo do crime. 13 milhões é a fatura do roubo. Fato, fato e fato.

    Para quem não conhece o bandidão Zé, é o mesmo que falou em 2004 a ‘celebre’ frase: ‘O governo do PT não rouba e não deixa roubar.’

    Precisa dizer que o chefe da quadrilha e do PT está preso? Que o Zé Honesto(??? Kkkkkkkkk) vai ser convidado a retornar ao xilindró? Precisa? Precisa?? Preciiiiiisa?????

    João Claudio – Tolerância… ABAIXO DE ZERO.

    • João Claudio - Sem papas na língua e sem bandido favorito para chamar de 'meu'. diz:

      Contudo, o PT tem os seus méritos:

      1) Roubamos, acima de tudo.

      2) Mentimos, acima de tudo.

      3) Gritamos FORA, acima de tudo.

      4) Negamos tudo, acima de tudo.

      5) Encantamos burros, acima de tudo.

      7) Nós fazemos parte de um partido honesto, acima de tudo.

      8) Nós somos radicalmente contra todos os governo opositores, acima de tudo.

      9) Somos contra projetos de outrem que venham a beneficiar o país e a nação, acima de tudo.

      10) O nosso grande chefe é, ACIMA DE TUDO E DE TODOS, a alma viva mais honesta do mundo.

      É só o filet, né não?

  8. Rui Nascimento diz:

    Sou profundamente contra essa favelização do centro da cidade, porém alerto ser necessário muita cautela ao tirar o sustento daquelas pessoas sem antes encontrar uma solução, que não seja paliativa, diga-se de passagem, pois a PMM é a única responsável por tal situação, uma vez que não tomou as dividas providências ao longo de décadas quanto a tal situação!
    Hoje o que vemos é um verdadeiro favelão no centro da cidade, uma coisa horrível, mas repito, que necessita de muito trato do poder público. Não se trata apenas de tirar de onde estão, mas principalmente realocar em lugar digno, onde possam trabalhar com o mínimo de condições!
    É só querer!
    Alguém lembra onde e como era o vuco-vuco?

  9. João Claudio diz:

    O lugar ideal para acomodar todos os camelôs é a Estação das Artes.

    - Maaas, e os shows de forro? O povo fica sem circo?

    - De maneira alguma. Circo é circo e o povo não consegue viver sem circo. Fato, fato e fato.

    - E agora? Pra onde vai esse povo?

    - Não vai. Para o bem de todos e a felicidade geral dos forrozeiros, diga ao povo que o circo FICA.

    - Repito: E os camelôs?

    - Para o bem dos camelôs e a felicidade geral da povo que adora comprar produtos falsificados, eles também ‘FICA’.

    - Ah, tá! Mas, João Claudio afirmou que vai trocar de nome se…

    - …TODOS desocuparem praças e calçadas. Mais: Ele disse ainda que, caso passe (nos próximos 100 anos) pela Coronel Gurgel e veja as calçadas sem nenhum barraco sobre elas, ele promete passar 24 horas plantando bananeira, tocando cavaco chinês e comentando no blog Carlos Santos… tudo tudo ao mesmo tempo…Diga aonde? Diga aonde?? Diga aoooooooonde????????

    - Aooooooooooooooooooonde???????????

    - Em cima da marquise da Loja Marisa, ex Cine Pax.

    - Tu acredita?

    - Avise ao povo da rua, prepare o celular para gravar e postar no YouTube.

    - Vai faltar chão, viu?

    - Vi!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.