• Vale Norte - Nativa Comunicação - 2º Banner - 14-11-17
quarta-feira - 11/10/2017 - 09:48h
Mossoró sem jeito

Nova maquete se incorpora a acervo do ilusionismo político

Peça de propaganda repete fórmula do Nogueirão reformado e ampliado e Santuário de Santa Luzia

A classe política de Mossoró acrescenta mais uma novidade a seu acervo de tapeações e desatinos. Na verdade, repete fórmula. Agora é a maquete da sede própria da Câmara Municipal de Mossoró que entra em cena.

Na segunda-feira (9), a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) reuniu com pompas um elenco de vereadores, secretários e imprensa no Palácio da Resistência (sede do Executivo), para apresentar o projeto (veja AQUI) da futura sede do Legislativo. Custo do mimo: R$ 10 milhões.

A maquete do "Versailles" afronta a cidade em que pessoas morrem ou ficam mutiladas por falta de assistência (Reprodução)

Para começar, claro. Sempre aparecem depois os aditivos e não está na conta todo o acervo mobiliário, tapetes, condicionadores de ar, equipamentos de segurança etc., que a obra depois de pronta precisará para dar vida ao lugar, que ficará em terreno no Nova Betânia.

A prefeita é reincidente nessa modalidade de arte. A arte de iludir com uso de maquetes e similares.

Golpe com o Nogueirão

Em 2012, no ápice da campanha municipal, na condição de governadora do RN, ela desembarcou na cidade para apresentar a maquete do Estádio Manoel Leonardo Nogueira (Nogueirão), com promessa de investir R$ 39 milhões em reforma e ampliação.

Nunca colocou uma pá de cá no Nogueirão, que passou por várias interdições. Foi um legítimo estelionato político-eleitoral e esportivo. Sabia desde o primeiro momento que o estado, alquebrado, não teria como investir tanto recurso no empreendimento.

Mas sejamos justos. Ela não está só nesse ilusionismo que continua fazendo vítimas, com apoio da maioria da imprensa, que não se arvora a fazer o mínimo de análise crítica dos fatos, recapitulando a história recente e a reincidência nesse tipo de “enrolation”.

Em 2012, Rosalba já tinha apresentado maquete para iludir mossoroenses em algo que não botou uma pá de cal (Foto: arquivo)

O ex-prefeito Francisco José Júnior (PSD) também deixou sua contribuição. Ele apareceu com a maquete do Santuário de Santa Luzia, que seria construído no alto da Serra Mossoró.

Chegou ao requinte da trucagem, ao “importar” um empresário bondoso e devoto da santinha, que garantiria pelo menos R$ 15 milhões para tanger a obra. Tudo, claro, em nome de sua fé.

Trouxas

Até representantes da Igreja Católica local caíram nesse golpe, pagando mico que hoje preferem esquecer. Virou assunto proibido no clero mossoroense, quase pecado mortal, se remexer nesse assunto.

Esse povo de Mossoró não aprende mesmo. Gosta de ser enganado, ser transformado em trouxa e ser ridicularizado além dos limites do município.

O agravante nesse caso mais recente do “golpe da maquete”, é que alguns de seus personagens voltam ao local do crime, com a mesma desfaçatez de antes.

Francisco José Júnior e sua "maquete", em mais um ato de trucagem comum à política de Mossoró (Foto: arquivo)

Pior ainda: numa conjuntura financeira delicada, principalmente para a saúde pública, que vive seu pior momento. Tem gente morrendo e ficando mutilada por falta de cirurgias eletivas, insulina, remédios básicos ou simples analgésicos.

Médicos prometem parar atividades (veja AQUI) porque prefeitura não os paga.

1% de bom senso

Quem conhece razoavelmente o atual prédio que abriga a Câmara Municipal de Mossoró, sabe que ele é dispendioso e inapropriado para continuar abrigando esse poder. É caro, que se diga.

Porém, cadê aquele 1% de bom senso que teria sobrado aos seus ocupantes, para priorizarem o interesse público em vez desse “Versailles” do semiárido? Será que não sobrou nem isso aos caríssimos vereadores e à prefeita que “fez, faz e sabe fazer”?

Francamente!

Parar por aqui para não baixar o nível (o que rende mais processos judiciais, mas é cabível ao caso).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política / Reportagem Especial

Comentários

  1. joao paulo diz:

    Muito cuidado nessa hora a população mossoroense tem que abrir os olhos na construção deste prédio, sugiro
    que esse prédio seja construído no setor judiciário temos os prédios do forum, vara de trabalho etc. Não sei de
    quem partiu a ideia de construir no nova betânia, logo de lado da policia federal. Vai ter muito vereadores com medo de ir ao gabinete do prédio novo.

  2. Samir Albuquerque diz:

    Mossoró e suas maquetes.

  3. Francisco. diz:

    Pois é, pra isso aparece milhões já milhares de pessoas com diabetes não recebem as fitas pra verificar a variação da glicose diária, pois mesmo as pessoas cadastradas falam vai a secretaria e o pessoal da secretaria da saúde diz que faz 6 meses que não compra as fitas e não tem perspectivas de compras tão cedo. Tem gente que passa dias e semanas sem fazer variação da glicose pois não tem dinheiro pra comprar as fitas, ou seja não sabem como está a situação dessa doença terrível, é ou não é desumano o que a Prefeita faz com essas pessoas.

  4. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Bem pouquinho é o preço que estão anunciando para a construção da sede própria da Câmara Municipal de Mossoró.
    Começam falando em 10 milhões de reais que é para ninguém se assustar.
    Depois, aos poucos, o preço da obra vai sendo corrigido para cima.
    Gente, se para construir o Santuário de Santa Luzia, ONDE ANDA PACHECO, orçaram a obra em 15 milhões…
    Imagine um prédio suntuoso, capaz de deixar babando de inveja os faraós, se vivo fossem, ser construído com míseros 10 milhões de reais.
    Só na construção dos 23 gabinetes e gastos com mobília os 10 milhões desaparecem.
    Ou não vão equipar os gabinetes com o que de mais moderno existe?
    Não querem é assumir que esta obra vai ultrapassar e muito os 50 milhões.
    Isto não vai seguir em frente. Isto não pode seguir em frente.
    Funcionários sem reposição salarial, uniforme escolar nem se fala, apesar da RECOMENDAÇÃO do MPRN para que a distribuição ocorra no primeiro dia letivo do ano. Medicamentos faltando e por aí a coisa vai.
    Não me venham com a BALELA de que o dinheiro é da Câmara Municipal de Mossoró. Todo o dinheiro da CMM, como o de todas as outras Câmaras Municipais, é repassado pela prefeitura e o que não for utilizado retorna aos cofres da prefeitura.
    O GENERAL MOURÃO EXPRESSOU O SENTIMENTO DA NAÇÃO
    https://combatecorrupcao.blogspot.com.br
    Publicado dia 10/09/2017 às 10:01h
    /////
    iSTO PROVA QUE COMUNGAMOS DO MESMO PENSAMENTO EM RELAÇÃO A ESTA OBRA DISPENSÁVEL.

  5. FRANSUELDO VIEIRA DE ARAÚJO diz:

    Ora pois, então desume-se que, os sapientes, concientes e maviosos eleitores da Rosa, pelo menos uma coisa, têm plena consciência de que a Rosa Rosadus…MAIS QUE NINGUÉM….SABE FAZER MAQUETES….!!!!

    UM BARAÇO

    fransuêldo vieira de araújo.
    oab/rn. 7318.

  6. Holanda Neto diz:

    O local certo para a nova sede da Câmara Municipal, deveria ser onde funcionou o CEO, que fica localizado em frente a praça Bento Praxedes(praça do relógio). O local se encontra abandonado.

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      Abandonado?
      E o programa BRASIL SORRIDENTE?
      Mossoró recebeu milhões deste programa.
      Alguém sabe de um usuário do SUS que recebeu uma dentadura?
      ///
      OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS EM OUTUBRO OU NO ANO 3000?

  7. fonseca diz:

    sede da camará municipal de mossoró custara 10 milhões,procurando direitinho, encontramos recursos de sobra, vamos la,do hospital da mulher foram roubado 12 milhões,se devolvido, a sede da camará custa 10 milhões, ainda sobram 2 milhões, fechada a conta, tai um belo lugar para abrigar os gatunos do erário publico.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.