• Vale Norte - Nativa Comunicação - 2º Banner - 20-09-17
quarta-feira - 30/12/2015 - 18:08h
Folha de servidores

O que é importante, interessante e imprescindível


Ai vou eu de novo ao passado. Mas preciso, para contextualizar o cerne da abordagem desta postagem.

Quando comecei a atuar no jornalismo, há mais de 30 anos, dar notícia de pagamento de folha de servidores do Estado era matéria importante. Dava manchete.

Depois de alguns anos, passou a ser importante e interessante, devido os atrasos na gestão do governador Geraldo Melo (PMDB).

Robinson: tensão mês a mês (Foto Rayane Mairnara

Hoje, é uma notícia importante, interessante e imprescindível – porque parece pulverizado o calote em estados e municípios e o Governo Federal inventa suas pedaladas para não fazer igual papelão.

De Natal a Bodó; de Itajá a São Miguel; do luxuoso restaurante Camarões Potiguar na capital, à lanchonete de Severino, no Santa Delmira em Mossoró, o salário em dia tem efeito fantástico.

É dever, é verdade, mas muitos não estão conseguindo cumpri-lo.

O grande feito do governador Robinson Faria em seu primeiro ano é este e merece aplausos. Se está ruim, poderia estar pior.

Em qualquer pesquisa a gente identifica que Robinson ainda tem bom crédito e tolerância na população. Se não mantiver esse compromisso no próximo ano, terá o mesmo destino da antecessora Rosalba Ciarlini (PP). Ela não conseguiu fazer o importante, o interessante e o imprescindível a partir do final de 2013, só regularizando folha no encerramento de sua administração.

Tolerância

O governador anunciou reforma fiscal, antecipou que o estado receberá mesmo o Hub da Latam em São Gonçalo do Amarante, prometeu restruturação administrativa, grandes cortes no custo da máquina pública e a retomada de investimentos em 2016. Tá tudo muito bom, tá tudo muito bem, mas e se o salário atrasar…?

Nem mesmo uma derrota eleitoral em municípios estratégicos no pleito de 2016, como Natal e Mossoró, poderá causar maior prejuízo a Robinson e ao Governo, do que repetir Rosalba e se igualar a Geraldo Melo nos atrasos de pagamento ao servidor.

Se hoje há crédito e tolerância para Robinson, o que Rosalba perdeu logo a partir do final do primeiro ano de Governo, é porque tem dinheiro – mesmo minguado – sugado em parte do Fundo Previdenciário.

Os efeitos do que é importante, interessante e imprescindível podem determinar uma eleição, uma administração e uma biografia em si. Micarla de Sousa (ex-prefeita do Natal) e Rosalba que o digam.

Veja bastidores políticos em primeira mão em nosso Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política

Comentários

  1. GILVAN JOSÉ DE SOUZA diz:

    Salário em dia representa mais vendas por parte do comércio,melhora em muito a lotação de bares e restaurantes,melhora para o taxista,O dinheiro circula beneficiando todos os setores da economia,sabemos das dificuldades que passa o Rio grande do Norte,mais o governador tem se empenhado para resolvelos ,nesse ponto merece o nosso reconhecimento o empenho do governador para manter em dia o pagamento do estado.Portanto vamos torcer que o governador resolva os problemas do Rn independente de cores partidárias.

  2. João Paulo diz:

    Realmente o pagamento em dia da folha do funcionalismo público foi o ponto alto nesse primeiro ano de governo Robinson. Agora, uma bomba pode explodir a qualquer momento. Essa bomba tem nome: Fundo Previdenciário. Afinal é daí que o governo está tirando dinheiro pra pagar mensalmente a folha. O Fundo Previdenciário precisa ter seu dinheiro em caixa recomposto. Dinheiro que vem sendo tirado com enorme volume pra fazer pagamento do servidores há exatos um ano. Não creio que o governo Robinson irá encara essa delicada situação de frente. Deveria. Tem que fazer. O Fundo daqui a pouco será um imenso problema. Sua erosão será inevitável. Basta saber em quanto tempo.

  3. João Claudio diz:

    Não vai tardar o governo preparar o cerimonial com todas as pompas, anunciar o pagamento e, logo em seguida, uma grande queima de fogos comemorando o feito. Uma banda de forro não pode faltar.

    Tá tudo errado, tá tudo quebrado.

    FICA DILMA.

  4. rraimundo nonato sobrinho diz:

    Também considero ponto positivo o pagamento dos servidores em dia; porém não posso esquecer o fato do HRTM não dispor de um respirador. Está utilizando o da UPA do BH emprestado. Será que o diretor do HRTM cobrou do governador em visita a Mossoró um simples respirador, ou só aplaudiu.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.