sábado - 29/11/2014 - 09:41h
Teatro Lauro Monte Filho

Obra de Rosalba vira poleiro de pombo e trapézio de morcego

Reforma fez parte de um pacote de realizações fictícias lançado com fim apenas eleitoreiro em 2012

Com orçamento de R$ 2.621.102,13, recursos próprios do Estado, a reforma do Teatro Lauro Monte Filho em Mossoró é uma das “heranças” do Governo Rosalba Ciarlini (DEM) para sua terra natal. Está em escombros, transformado em residência oficial para pombos e valhacouto de morcegos.

Teatro está em escombros; placa denuncia aberração, apesar de informações riscadas intencionalmente (Foto: Blog Carlos Santos)

Rosalba, com aquele costumeiro uso desenfreado de propaganda, autorizou as obras de reforma no dia 10 de setembro de 2012. Assinou formalização do serviço com a empresa mossoroense A&C Construções. No dia seguinte, os serviços foram iniciados.

Havia previsão de que em 300 dias tudo estaria concluído e entregue. Estamos próximos dos últimos 30 dias da gestão apocalíptica da governante e nada avançou.

De lá para cá, o que mais aparece em relevo no edifício com décadas e décadas de construção (fechado desde 2008) é um tapume encobrindo parte de sua fachada. Na placa enorme identificando detalhes técnicos do empreendimento, alguns dizeres foram riscados intencionalmente.

Ludibriada

No alto do edifício, a fachada depauperada é umectada por fezes de pombos.

No seu interior, informações indicam que o desmanche é ainda mais acentuado. Tudo está desabando. Os morcegos – de cabeça para baixo, agradecem, ronronando no ótimo trapézio que arranjaram.

“Esse teatro é um espaço de muita luta dos artistas mossoroenses, e agora a gente sabe que a reforma vai acontecer e que teremos mais um espaço para ecoar nossa arte”, declarou a artista local Joriana Pontes, ao ser entrevistada pelo Jornal de Fato no ato de assinatura da ordem de serviço.

Hoje, Joriana deve se sentir ludibriada e usada involuntariamente na peça de propaganda governista. O mesmo pode ser dito sobre a atriz Tony Silva (veja vídeo acima com reportagem da época),

Estelionato eleitoral

Outra obra anunciada pela governadora na mesma época, foi a reforma do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM). A ordem de serviço foi assinada, trabalhos iniciados, mas até hoje não ocorreu conclusão.

A governadora evita visitar ou citar as “duas realizações” de seu governo para sua terra Natal.

Elas juntam-se à obra de reforma e ampliação do Estádio Manoel Leonardo Nogueira (Nogueirão), também apresentada no período de campanha eleitoral de 2012 por Rosalba.

À ocasião, a governadora fazia um esforço sobre-humano, de propaganda e uso da estrutura pública, para eleger a então aliada Cláudia Regina (DEM), à Prefeitura de Mossoró.

O teatro, a ampliação do HRTM e o Nogueirão fizeram parte de um pacote de faz-de-conta do maior estelionato eleitoral da história política de Mossoró.

Cine-Teatro Cid

Cid: pedra fundamental (Foto: Manuelito)

Ela conseguiu o intento de ver a vereadora Cláudia Regina eleita – posteriormente cassada e afastada -, mas os mossoroenses até hoje esperam pelo o que foi prometido de forma ruidosa e triunfalista.

O Teatro Lauro Monte Filho homenageia com sua identificação um bacharel em direito, ator e escritor local falecido em 1997. Antes, era o Cine-teatro Cid, de propriedade do prefeito e ex-senador Dix-huit Rosado, que faleceu em 1996. Foi aberto ao público com o filme “Candelabro italiano”.

Sua pedra fundamental foi aposta em evento público no dia 14 de outubro de 1959.

Localiza-se no coração de Mossoró, Praça Vigário Antônio Joaquim, em lado diametralmente oposto à Catedral da padroeira Santa Luzia.

Cartão postal de Mossoró por sua beleza, virou monumento à incompetência, desleixo e desfaçatez, mero instrumento politiqueiro para manipular a boa-fé de milhares de eleitores, artistas e amantes da arte.

Pobre Mossoró!

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Reportagem Especial

Comentários

  1. François Silvestre diz:

    O que se comenta aqui na Serra é que Rosalba é imbatível nas próximas eleições de Mossoró. Ela ou quem ela apoiar. É o que se diz por aqui.

  2. fernando diz:

    A grande obra de Rosalba foi transformar Mossoró em um grande Circo. As festas na sua administração eram vistas como feitos administrativos de grande cunho social
    Os hospitais foram fechados ,as creches idem e as escolas abandonadas. Bom mesmo era o circo funcionando
    e os bobos sorrindo da desgraça que seria o dia seguinte .

  3. Junior 100 diz:

    Se fosse só essas “grandes obras” que ficaram no meio do caminho estaria muito aliviado. Mas, todo dia tenho que me lembrar dos viadutos concluídos “a força” e de qualquer jeito, com direito a todos vícios possíveis inclusive resultando em perigo a vida de milhares de cidadãos. “Obrigado” rosa (e equipe também).

  4. Nogueira de Dodoca diz:

    esse governo foi uma vergonha para o RN, mas para mossoró foi um desastre em todos os sentidos acorda mossoró.

  5. chagas nascimento diz:

    Realmente a nossa cidade está precisando da atenção dos nossos representantes. Será que os nossos homens públicos não estão vendo a praça Vigário Antonio Joaquim com o seu piso em péssimas condições? O belo monumento do Governador Dix-Sept Rosado coberto de titica de pombo e pichado há anos? Isso tudo acontecendo no cartão postal de Mossoró. É isso que não dá para se entender. Não tem dinheiro para a manutenção do que já temos, mas terão milhões para se investir em um santuário que será construído na serra Mossoró. Com certeza vai ser mais um elefante branco simbolizando o desperdício dos parcos recursos público.

  6. B.Aragon diz:

    O povo de Mossoró tem um prato cheio para nunca votar nessa Senhora .

  7. Rosilene Rocha Soares Pinto diz:

    Bom Dia Carlos Santos,
    e nós pagamos por essas obras não realizadas? os recursos foram liberados? se foram, alguém vai responder por isso?
    Um bom Domingo,
    Rosilene

  8. Carlos diz:

    ” Isso tudo acontecendo e o POVO ali na praça dando milho aos pombos “…

  9. ana@hotmail.com diz:

    ””Realmente a nossa cidade está precisando da atenção dos nossos representantes. Será que os nossos homens públicos não estão vendo a praça Vigário Antonio Joaquim com o seu piso em péssimas condições? O belo monumento do Governador Dix-Sept Rosado coberto de titica de pombo e pichado há anos? Isso tudo acontecendo no cartão postal de Mossoró. É isso que não dá para se entender. Não tem dinheiro para a manutenção do que já temos, mas terão milhões para se investir em um santuário que será construído na serra Mossoró. Com certeza vai ser mais um elefante branco simbolizando o desperdício dos parcos recursos público.”””’

  10. ana@hotmail.com diz:

    É isso que não dá para se entender. Não tem dinheiro para a manutenção do que já temos, mas terão milhões para se investir em um santuário que será construído na serra Mossoró. Com certeza vai ser mais um elefante branco simbolizando o desperdício dos parcos recursos público.”””’Políticos e fraldas devem ser trocados de tempos em tempos pelo mesmo motivo.
    Eça de Queiroz

    Políticos e fraldas devem ser trocados de tempos em tempos pelo mesmo motivo.
    Eça de Queiroz

Trackbacks

  1. [...] O Blog citou o caso do Teatro Lauro Monte Filho. A governadora formalizou ordem de serviço durante a campanha municipal de 2012. De lá para cá, só houve trabalho por lá por cerca de três meses. O teatro virou poleiro para pombos e trapézio de morcegos (veja realidade AQUI). [...]

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.