sábado - 10/12/2016 - 20:44h
Brasil

Para começarmos as mudanças


Se o cidadão comum e de bem quer mudar, não pode ser seletivo nas revoltas e escolhas.

É a defesa da lei como princípio, doa em quem doer, ponto de partida para superarmos esse lamaçal.

E não a defesa de uns e os seus, satanizando o que lhe convém e quem lhe convém.

Boa parte dos partidos brasileiros deveria ser extinta.

Não passam de organizações criminosas e não pessoas jurídicas de direito privado.

Acompanhe o Blog também pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog / Só Pra Contrariar

Comentários

  1. Carlos André diz:

    Verdadeiras quadrilhas de ladrões de colarinho branco!!!!

  2. João Claudio diz:

    Para mudar, alguém tem que ZERAR tudo e recomeçar do ZERO.

    Vai demorar, porque esse alguém ainda está para nascer.

    Os que já nasceram e tentaram, roubaram o país e cagaram na cabeça do povo. A maioria do povo gostou e pede bis a cada quatro anos. Outros, pasmem, ameaçam pegar em armas para defender determinados cagadores, porque querem que a cagada recaia apenas sobre a sua cabeça. Egoísta, não! Aquelas rumas.

    Se é difícil mudar o país, mais difícil ainda é entender o que se passa no interior da cabeça cagada da maioria do povo brasileiro.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.