segunda-feira - 12/12/2016 - 20:36h
Infraestrutura na Educação

Prefeitos precisam elaborar melhores projetos, diz arquiteto


O seminário “Novos Projetos e Diagnóstico de Pendências Técnicas na Área de Infraestrutura Educacional”, ocorrido hoje em Natal, na Assembleia Legislativa, apontou que a boa elaboração de projetos pode definir o futuro de empreendimentos para a educação, nos municípios.

Tiago Lippold Radünz alertou sobre projetos (Foto: AL)

O arquiteto Tiago Lippold Radünz, ex- coordenador do setor de obras do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que é o órgão responsável pela execução de políticas educacionais do Ministério da Educação (MEC), deu esse diagnóstico em sua palestra.

Na oportunidade, o arquiteto apresentou um relato detalhando os investimentos do MEC em infraestrutura educacional no País e no RN nos últimos 12 anos.

Projetos arquivados

O ex-coordenador explicou que os principais entraves aos projetos municipais de infraestrutura educacional encaminhados ao FNDE são referentes a  prazos ou questões técnicas. Segundo ele, o total de obras financiadas pelo MEC no Estado, no período de 2007 a 2016, poderia ter sido maior caso os projetos apresentados pelas prefeituras fossem melhor elaborados.

“Muitos projetos encaminhados pelo RN foram arquivados, seja por descumprimento de prazos ou deficiência técnica. Esse número seria mais elevado se os projetos fossem mais eficientes”, relatou Radünz.

Cerca de 30 prefeitos eleitos e reeleitos no Rio Grande do Norte participaram do seminário, proposto pelo deputado estadual Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”.

Veja mais detalhes AQUI.

Acompanhe o Blog também pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Educação

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.