domingo - 19/03/2017 - 10:50h
Pobre Mossoró

Robinson cobra Rosalba por apoio à segurança e ela se esquiva


A propalada “parceria” entre a prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP) e o governador Robinson Faria (PSD) mais uma vez mostrou sua real face. Nesse sábado (18), em sua curta estada em Mossoró para agenda administrativa, Robinson duelou de público com a “Rosa” sobre segurança pública.

O caso ocorreu no bairro Santo Antônio, durante lançamento do Programa Ronda Cidadã do governo estadual.

Robinson cobrou publicamente de Rosalba a reabertura das Bases Comunitárias Cidadãs (BIC´s), criadas na gestão municipal de Cláudia Regina (DEM), ampliada sobremodo por Francisco José Júnior (PSD), mas desativadas por Rosalba.

Rosalba reagiu de imediato: "parceria" (Foto: Mossoró Hoje)

Salientou que iluminação pública e outras providências em escala municipal também fazem parte do complexo sistema de segurança pública.

Reação

A prefeita reagiu: “Isso aí não resolve. Eu tenho as estatística que aquilo ali não resolve. Não diminuiu a criminalidade.”

Ela pronunciou-se em meio ao discurso de Robinson, assumindo o microfone empunhado por ele.

Em meio aos presentes, um popular interveio e a rebateu de forma incisiva, deixando-a visivelmente embaraçada: “Ajudou muito, sim!”

Nota do Blog – Os dois governantes batem cabeça e o incidente apenas reforça o que este Blog aponta há tempos. A parceria entre eles é como a que firmam o machado e o pescoço. Cada um quer ser a lâmina.

Se Robinson deixou seu então aliado Francisco José Júnior entregue à própria sorte, sem apoio decisio às BIC’s, porque faria diferente agora com a “Rosa”?

Paralelamente, é fácil perceber que Rosalba fala da boca para fora em “parceria”, mas suas primeiras decisões em termos de Saúde, Segurança e Educação, por exemplo, desatrelam seu governo da imagem de Robinson e comprometem mais ainda a gestão Robinson Faria.

Fechamento de BIC’s, desativação de serviços de ortopedia em Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Belo Horizonte, corte em transporte escolar etc. jogam opinião pública cada vez mais contra o governador, pois sobrecarregam o Estado. Mas parece que ele não percebe.

Daqui a pouco terá saudades de “Francisco”.

Infelizmente, nessa “guerrinha”, outra vez quem leva a pior é o cidadão comum, aquele que mais precisa do poder público.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. François Silvestre diz:

    Sem comentário…

  2. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Até o Governador reconhece o caos administrativo instalado por Rosalba em Mossoró.
    Ruas esburacadas e mal iluminadas. Animais pastando até mesmo nas grandes avenidas.
    O número de crimes cometidos em Mossoró atestam a falência da Segurança Pública na cidade.
    Medidas preventivas nas escolas não acontecem. Até porque escolas praticamente não funcionam. O ano letivo teve início no dia 06 de março e já no dia 15 tudo parou. O UNIFORME ESCOLAR não entregue mostra o cuidado da Rosalba com a educação. Cuidado tamanho que nomeou uma secretária que fez um curso numa faculdade com avaliação 1 do MEC. A avaliação 1 é a pior avaliação.
    Gostei da fala do Governador Robinson Faria. Disse o que todo mossoroense tem vontade de dizer à prefeita, mas que muitos calam por causa dos empregos que têm. Como calar o Governador Rosalba não pode, o jeito foi ficar calada e aproveitar o caso das BIC para tentar confundir a opinião pública.
    Sem a participação efetiva da prefeitura a Segurança em Mossoró tende a piorar.
    Rosalba em 2018 estará com rejeição maior do que quando saiu do Governo do estado.
    As urnas não mentem jamais.
    “Você pode enganar uma pessoa por muito tempo; algumas por algum tempo; mas não consegue enganar todas por todo o tempo”
    Abraham Lincoln.
    ///////////
    OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS NESTE TRIMESTRE. AGUARDEM!
    AS DENÚNCIAS DO EX-PROCURADOR DA CÂMARA ESTÃO SENDO APURADAS DESDE O DIA 06/12/2016.

  3. José Maria Sousa Luz Filho diz:

    O Gov Robinson Farias vem a Mossoró mais para tentar abafar o caos na Seguranca, ao qual a nossa cidade passa. Ate onde sei, a Segurança é dever do Estado. O Munucipio logico, tem que ser parceiro. Só que essa cobrança do Gov, não foi feita ao Prefeito Natal Carlos Eduardo. Porque? A Prefeita fez certo mesmo em não deixar passar em branco, pois as Bics não mudaram quase nada. Eu vejo que a nossa cidade passa por um processo de não aceitar nenhum benefício, por parte capital. Veja Uern, Aeroporto. Nos colocaram em banho maria.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.