• Vale Norte - Nativa Comunicação - 2º Banner - 20-09-17
domingo - 01/01/2017 - 20:40h
Mossoró

Rosalba assume com novos nomes e equipe incompleta


Três novos nomes do primeiro escalão do governo Rosalba Ciarlini (PP), prefeita mossoroense que começa hoje o seu quarto mandato, foram anunciados à tarde deste domingo (1º). O titular do Previ- Mossoró (Previdência Municipal) e de Urbanismo ainda não foram anunciados.

Entre os três escolhidos, critérios diferentes à escolha. Carlos Eduardo Ciarlini Rosado, o “Cadu”, é filho da própria prefeita e vai ocupar o Gabinete, estreando em cargo público. Fátima Marques, ex-funcionária do Banco do Brasil, ficará na Controladoria Geral do Município, que j á ocupou antes. E o ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Mossoró, Aldo Fernandes, é nome indicado pelo presidente estadual do PMDB, ex-deputado federal Henrique Alves (PMDB) – como Blog assinalou (veja AQUI).

Veja o perfil dos três:

Cadu: filho da prefeita (Foto: divulgação)

Secretaria do Gabinete da Prefeitura – Carlos Eduardo Ciarlini Rosado – Filho da prefeita, é Graduado em Comunicação Social com habilitação em Publicidade pela Universidade Católica de Brasília. Atuou na área de comunicação e marketing na campanha eleitoral do governador reeleito do Amazonas, José Melo de Oliveira. Foi coordenador da comunicação da campanha de Rosalba Ciarlini em 2016. Realizou cursos de formação política na George Washington University (EUA) em 2012 e da Fundación de Estudos Sociales de Madri – FAES em 2009. Participou da elaboração do plano de governo em áreas como políticas para a juventude e modernização administrativa com o Cidade Inteligente.

Controladoria Geral do Município – Fátima Marques – Graduada em Letras pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Funcionária de carreira do Banco do Brasil S.A de 1974 a 1999. Exerceu a presidência da Fundação de Apoio à Geração de Emprego e Renda (FUNGER). Foi titular do Planejamento na Prefeitura de Mossoró. Integrou a equipe de transição em 2012. Também na Prefeitura, assumiu a função de Controladora Geral do Município.

Fátima: nome técnico (Foto: divulgação)

Secretaria do Planejamento – Aldo Fernandes – graduado em Direito pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte em 2001. Especialista em Direito do Trabalho e Processo.  Professor da Universidade Potiguar (UNP). Já foi conselheiro e vice-presidente da OAB Mossoró. Foi eleito como presidente da OAB para o triênio 2013-2015.

Veja o restante dos nomes já escolhidos e os anunciados hoje:

Consultoria Geral do Município – Anselmo Carvalho;

Secretaria do Gabinete da Prefeitura – Carlos Eduardo Ciarlini Rosado;

Secretaria de Infraestrutura – Kátia Pinto;

Controladoria Geral do Município – Fátima Marques;

Procuradoria Geral do Município – Karina Martha Ferreira de Souza Vasconcelos;

Secretaria de Segurança – General Eliéser Girão Monteiro Filho;

Secretaria de Comunicação – Aglair Abreu;

Secretaria do Planejamento – Aldo Fernandes;

Aldo: nome do grupo Alves (Foto: divulgação)

Secretaria da Fazenda –  Abraão Padilha de Brito;

Secretaria do Desenvolvimento Econômico – Lahyre Neto;

Secretaria de Saúde – Benjamim Bento;

Secretaria de Desenvolvimento Social  e Juventude– Lorena Ciarlini;

Secretaria de Educação – Magali Delfino;

Secretaria de Administração e Finanças – Ronaldo Cruz;

Secretaria Executiva de Agricultura e Recursos Hídricos- Anne Katherine de Holanda Bezerra.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública

Comentários

  1. FRANSUÊLDO VIEIRA DE ARAÚJO diz:

    Confrome já esperado, tudo nos conformes…Será um governo/desgoverno da família, com a família e pela Família Rosadus, demais participantes com suas respectivas divisões das fatias do bolo e da festa de pouquíssimo pão e bastante circo.

    Mesmo porque, como sempre afirmam e reafirmam os tradicionalistas e conservadores da extrema direita agora de volta oao poder institucional do país de mossoró, família é a base de tudo…Melhor traduzindo tudo continuará a girar em torno da familia Rosadus, sendo que esta, eventualmente dividirá restos da “grande ceia” com os demais apaniguados, asseclas, súditos, inocentes úteis/inúteis e indigentes mentais sempre dispostos a servirem de calçada para o desfile da tradicional família ROSADUS, Sendo que esta, mais uma vez ancora seus interesses particulares nos ombros daqueles, os quais, mal podem carregar seus desnutridos, combalidos e maltrapilhos corpos.

    A prática de vida dos cínicos, inclusive, quando na política, baseia-se no impudor deliberado. A esse respeito, basta verificarmos e anlisarmos as decisões e nomeações das ditas pessoas em seus respectivos cargos, postos que ou são parentes consanguíneos (Deslavado nepotismo _ Cadê o Impoluto Ministério Público), pessoas dipostas, apenas e tão somente ter um emprego, sem que nada póssam produzir, e (ou) pessoas que, não obstante possuam capacidade técnica, deveras, são conhecidas pela intangível capacidade de submisão e obediência, não ao interesses público nas tomadas de decisões centrais, e sim, aos conhecidos interesses de grupos, corporações e de particulares, os quais ao fim e ao cabo privatizam ainda mais o combalido estado de privilégios historicamente entronizado no país de mossoró.

    Nessa teia de interesses, obscuros para alguns, e, claramente inconfessáveis e fétidos para quem sabe e compreende os caminhos da política. No que resta delineado, claros e manifestos desejos de eternização no poder.

    Por último, parafraseando o Filósofo Lendro Karnal, quando de maneira irreverente e irônica afirma… A ignorância é uma benção…!!!

    No caso, claro, óbivo e ululante…É uma benção para que a FAMÍLIA ROSADUS continue a “saga” do cinismo crepuscular…!!!??? Imposto à sociedade e ao povo do país de mossoró desde sempre, até quando, ninguém ousa ou pode prever….!!!

    Um baraço

    FRANSÊLDO VIEIRA DE ARAÚJO.
    OAB/RN. 7318.

  2. Carlos Andre diz:

    Interessante foi a afirmação da mesma em dizer que terá que tomar umas medidas “impopulares”, espero que não seja a diminuição do que quase não existe mais, que são os serviços públicos que pagamos a peso de ouro e que está quase inexistente, espero que as medidas impopulares seja a diminuição do cabideiro, não suporto mais ser vilipendiado por governos corruptos e ineficientese, chegou a hora de os mesmo agirem com eficiência, transparência e produtividade, a bem da sociedade e não só de alguns grupos e familias.

  3. Inácio Augusto de Almeida diz:

    À Secretária de Educação de Mossoró
    É do seu conhecimento que em 2015 nada foi entregue a título de UNIFORME ESCOLAR. Toda Mossoró sabe disso, como sabe também que em 2016 entregaram apenas uma blusa para justificar a distribuição do UNIFORME ESCOLAR.
    Exigiram em 2016 que todos os alunos comparecessem devidamente uniformizados aos colégios.
    É preciso saber que no início de 2016 milhares de pais de alunos ainda mantinham os empregos ou tinham sido demitidos recentemente. Daí, mesmo com sacrifício, conseguiram comprar tênis, meias, calças e mais uma blusa para seus filhos.
    A crise econômica provocada pela CORRUPÇÃO agravou-se e hoje não existe mais a mínima condição de pais de alunos comprarem o UNIFORME ESCOLAR dos seus filhos.
    Fácil concluir que é necessário liberar o uso do UNIFORME ESCOLAR nas escolas até que a PREFEITURA DE MOSSORÓ faça a distribuição das calças, calções, blusas, tênis e meias. Apenas levar alguns alunos para o Teatro Dix-Huit Rosado e encenar a entrega de fardamento escolar será copiar o modelo da administração do Francisco. E isto será de um ridículo descomunal.
    Assim, apelo para que só passe a exigir o uso do UNIFORME ESCOLAR após ter feito a distribuição.
    Informo que tão logo o ano letivo tenha início e aconteça do UNIFORME ESCOLAR não ter ainda sido entregue, estarei comunicando este fato a todas autoridades em Brasília ligadas à Educação e a todos os órgãos de comunicação a que tiver acesso.
    O mesmo farei em relação à MERENDA ESCOLAR, caso continue faltando.
    Estou confiante que o UNIFORME ESCOLAR será entregue antes do inicio do ano letivo e que a MERENDA ESCOLAR será de excelente qualidade.
    Aos que deixaram faltar MERENDA ESCOLAR nos anos anteriores alerto que nada caiu no esquecimento. Basta acompanhar o noticiário e verificar que fatos acontecidos nos anos de 2009.2010 e 2011 agora estão resultando em processos e prisões em diversas cidades brasileiras.
    Se os que foram presos por desvio do dinheiro da Educação em outras cidades já estão soltos por força de recursos que nunca mais serão julgados, nada podemos fazer. Se nem recursos como SAL GROSSO conseguimos que sejam julgados, imagine os recursos que aguardam julgamento em outros Estados.
    Fazemos apenas a nossa obrigação de cidadãos. Quanto a morosidade da justiça apenas podemos lamentar e rezar para que o novo Presidente do TJRN torne menos lenta a justiça no RN.
    ////
    OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS APÓS AS FÉRIAS FORENSES?
    AS DENÚNCIAS DO PROCURADOR DA CÂMARA ESTÃO SENDO APURADAS? ESTÃO?

  4. Marcos Pinto. diz:

    O afrontoso NEPOTISMO praticado às escâncaras pela Rosa de Hiroshima mossoroense com as indicações da filha e do filho para ocuparem o primeiro escalão reflete mais um ruidoso tapa na cara do povo mossoroense. Cada povo tem o governo que merece. Ô “povim” pra gostar de vida de gado é esse da plebe ignara de mossoró. Antes de se iniciar mais uma desastrosa gestão de fachada já se ouve choro e ranger de dentes, imagine-se daqui a um ano.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.