segunda-feira - 26/12/2016 - 17:11h
Câmara Municipal de Mossoró

Rosalbismo tenta definir nome a presidente, mas há impasse


Às 10 horas de hoje no Sítio Cantópolis (propriedade dos herdeiros do falecido governador Dix-sept Rosado, em Mossoró), lideranças rosalbistas reuniram vereadores eleitos para definição de um nome à disputa à Presidência da Câmara Municipal (biênio 2017-2018).

O líder rosalbista, ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado, estimulou votação entre os sete vereadores presentes. O placar foi de 5 x 0 pró-Izabel Montenegro (PMDB), na disputa com a ex-deputada federal Sandra Rosado (PSB). As duas não votaram.

Izabel diz que não cria dificuldades ao entendimento (Foto: Walmir Alves)

Mas a questão não ficou fechada. Amanhã, no mesmo horário e local, outra reunião vai acontecer. Os mesmos participantes vão decidir sobre um nome no governismo à disputa no próximo dia 1º.

O Blog conversou há poucos minutos com a vereadora reeleita Izabel Montenegro sobre o assunto.

Vamos ao que interessa:

A maioria de seus colegas fez uma escolha por seu nome à Presidência. É uma situação consolidada e irreversível?

- Houve a votação e fiquei lisonjeada com a preferência. Mas não serei obstáculo ao entendimento. Amanhã resolveremos e respeitarei a decisão da maioria.

A senhora veta algum nome?

- Não tenho dificuldade com qualquer um dos outros vereadores.

Participaram da reunião Carlos Augusto Rosado, Rosalba Ciarlini, além dos vereadores Izabel Montenegro, Sandra Rosado, Alex Moacir (PMDB), Francisco Carlos (PP), Maria das Malhas (PSD), Didi de Arnor (PRB) e Ricardo de Dodoca (PROS).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política / Vamos ao que interessa

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Estão fazendo alguém de bobo nesta história.
    Onde já se viu 7 ganhar de 12?
    Mesmo em Mossoró, onde acontece o quase impossível, 7 não ganha de 12.
    Felizmente nenhum dos 12 compareceu a esta reunião.
    Uma emissora de rádio chegou a divulgar que a reunião aconteceria com a presença de todos os vereadores. Não aconteceu. Os 12 preferiram almoçar juntos.
    Na verdade os vereadores ligados à Prefeita já dão a Presidência como perdida.
    Agora tentam a última cartada sob a orientação de um astuto político.
    Para não ficarem com as mãos abanando estão querendo negociar cargos na nova mesa diretora e imaginam chapa única no domingo. Sabem que 7 não ganha de 12. E mesmo que consigam os votos dos dois indecisos, o que é improvável, chegarão apenas a 9.
    E 9 não ganha de 12.
    Os novos vereadores só caem nessa esparrela se forem muito sensíveis a cargos.
    Mossoró pode ter a grande oportunidade de finalmente ter uma Câmara Municipal atuante e que fiscalize os atos da Prefeita. E esta chance não pode ser desperdiçada.
    ////////////
    OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS LOGO APÓS O RECESSO FORENSE?

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.