domingo - 18/06/2017 - 15:39h
Kerginaldo Pinto do Nascimento

STF nega habeas corpus a ex-prefeito norte-rio-grandense


A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou seguimento (julgou inviável) ao Recurso Ordinário em Habeas Corpus (RHC) 136169, interposto pelo ex-prefeito de Macau (RN) Kerginaldo Pinto do Nascimento contra decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que o manteve preso preventivamente.

Para a ministra, os autos apresentam elementos suficientes para manutenção da prisão cautelar em razão da conveniência da instrução criminal, conforme artigo 312, do Código de Processo Penal (CPP).

O ex-prefeito é acusado pela suposta prática dos crimes de peculato, falsificação de documento público, falsidade ideológica, uso de documento falso, coação de testemunhas e falso testemunho. Conforme o processo, a investigação criminal teve origem no contrato de prestação de serviços para coleta de lixo naquele município, celebrado na gestão anterior.

Maresias

Contra o decreto de prisão preventiva, a defesa interpôs agravo regimental perante o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ-RN) que negou provimento ao recurso.

Em seguida, a questão foi submetida, mediante habeas corpus, ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), o qual manteve a prisão preventiva do ex-prefeito, sob o fundamento de que, mesmo afastado do cargo, o prefeito fez uso de seu poder político para interferir nos meios de prova, praticar novos delitos e conturbar a ordem pública.

A prisão dele veio como desdobramento da “Operação Maresia” (veja AQUI), que identificou uma série de atos de corrupção na Prefeitura do Macau.

Veja mais detalhes clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política

Comentários

  1. João Claudio diz:

    Politico fraco, liso e do interior do nordeste. É um PPP.

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      E sem um protetor que era, ERA, fortíssimo.
      Todos os dias leio que isto foi julgado, aquilo foi julgado, mas não leio que os recursos SAL GROSSO foram julgados.
      O QUE IMPEDE OS RECURSOS SAL GROSSO DE SEREM JULGADOS?
      Até quando Mossoró terá a presidir a sua Câmara Municipal uma condenada a mais de 5 anos de cadeia em primeira instância porque o TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO GRANDE DO NORTE não julga dos recursos SAL GROSSO?
      ////////////
      OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS QUANDO?
      ATÉ QUANDO HENRIQUE ALVES CONTINUARÁ PRESO NA ACADEMIA DE POLICIA?
      AS DENÚNCIAS DO EX-PROCURADOR DA CMM, CHAMOU OS VEREADORES DE CORJA, ESTÃO SENDO APURADAS.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.