• Vale Norte - Nativa Comunicação - 2º Banner - 14-11-17
quarta-feira - 15/11/2017 - 14:28h
Sexta-feira, 17

Academia de Ciências Jurídicas e Sociais será homenageada


A Câmara Municipal de Mossoró vai realizar, nesta sexta-feira (17), às 10h, em seu plenário, sessão solene em homenagem à Academia de Ciências Jurídicas e Sociais de Mossoró (ACJUS).

Durante a solenidade pessoas que contribuíram nas áreas jurídica, cultural e social em Mossoró serão homenageadas com a entrega de comendas e títulos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Cultura
segunda-feira - 13/11/2017 - 05:20h
Mossoró

PT realiza evento com presença de Fátima Bezerra


Fátima esteve em Mossoró (Foto: cedida)

A senadora Fátima Bezerra esteve em Mossoró participando do I Seminário Regional do PT que tem como título “PT pensa o RN: rumo a 2018”. Foi nesse último dia 11, na Câmara Municipal.

Para um público composto por dirigentes, parlamentares e a militância, o seminário debateu a situação do estado e deu início à construção do programa de governo rumo a 2018, com propostas para enfrentar a crise econômica, política e social.

Ao todo serão realizados dez seminários durante o mês de novembro e início de dezembro. Próximos encontros: Médio Oeste (12/11), Vale do Açu (18/11), Seridó (18/11), Agreste (19/11), Trairi (19/11), Mato Grande (25/11), Potengi (25/11) e Região Metropolitana de Natal (02/12).

Evento contou com a participação do presidente do PT/RN, Júnior Souto, da presidente do PT/Mossoró, vereadora Isolda Dantas, do deputado estadual Fernando Mineiro, do vice-prefeito de São Gonçalo do Amarante, Eraldo Paiva, dos vereadores Aisamaque e Natália Bonavides, dentre outros.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quarta-feira - 08/11/2017 - 11:22h
Meu Lixo, Minha Vida

Rosalba pagará mais de R$ 28 milhões à empresa sem licitação

Empresa obtém quarto contrato sem concorrência com aval de prefeita que "preserva" área delicada

A Prefeitura Municipal de Mossoró, gestão Rosalba Ciarlini (PP), contrata pela segunda vez consecutiva e sem licitação alguma, a empresa Vale Norte Construtora Ltda. da Bahia. São mais seis meses, além de outro reajuste financeiro que impressiona pelos valores.

O novo contrato garantido pela prefeita Rosalba Ciarlini à empresa que desembarcou em Mossoró na gestão Francisco José Júnior (sem partido), em maio do ano passado, saltou de R$ 13.900,123,44 para R$ 14.212,868,48. O novo reajuste é da ordem de 2,2% (acima da inflação dos últimos seis meses).

Discurso da então prefeita não resistiu à sua própria gestão; privilégios injustificáveis garantem contratos (Foto: arquivo)

A nova dispensa de número 73/2017 está publicado no Jornal Oficial do Município (JOM) de número 432-A, de 6 de novembro de 2017.

Em mais seis meses com dispensa de licitação sem justificativa, a Vale Norte vai empalmar R$ 2.368.811,33 mensalmente.

O mais estranho, no caso, entre tantas situações muito estranhas, é que a Prefeitura Municipal de Mossoró marcou licitação para limpeza urbana para o próximo dia 16, às 8 horas. Teve quase um ano para realizar esse processo e não o fez, cavilosamente ou por incompetência (você deduz, webleitor).

Depois de ser contratada sem licitação em maio de 2016 – valor de R$ 9.582.519,36 – no governo Francisco José Júnior, a Vale Norte ganhou aditivo de R$ 2.395.629,84 em setembro do mesmo ano, por um contrato com duração de um mês e dois dias, de 6 de outubro de 2016 a 10 de novembro de 2016. Total: R$ 11.978,149,20.

Meu Lixo, Minha Vida

O novo compromisso com a Vale Norte e, que vigorou a partir de 4 de maio de 2017, foi garantido pelo então prefeito em novembro de 2016, contrato de seis meses, no valor total de R$ 12.252.217,20. Com dispensa de licitação, claro. A segunda.

Resumindo, em 12 meses de Mossoró (maio de 2016 a maio de 2017), sem participar de qualquer concorrência, a Vale Norte empalmou mais de R$ 24 milhões  (R$ 24.230,366,40).

Lixo, greve de garis, reclamações: contrato garantido (Foto: arquivo - agosto de 2017)

A administração de Rosalba Ciarlini deu outra força à empresa. O Jornal Oficial do Município (JOM) de Mossoró publicou em sua edição de número 406, de 5 de maio deste ano de 2017, “extrato contratual da dispensa de licitação nº 04/2017″, que se refere ao contrato nº 15/2017, com valor globalizante de quase R$ 14 milhões. Na verdade, R$ 13.900,123,44.

Do primeiro contrato da Vale Norte – em maio do ano passado  - para maio deste ano houve um sobrepreço (reajuste) endossado por Rosalba de 45,05%.  São R$ 4.317,604,08 a mais em relação à primeira dispensa de licitação realizada pelo ex-prefeito, há um ano. O serviço, em apenas 12 meses de crise e recessão, obteve ‘engorda’ contratual que saltou de R$ 9.582.519,36 para R$ 13.900,123,44.

Agora, o novo “anabolizante” contratual lhe dará um faturamento de números espantosos: R$ 28.112.991,92 apenas no governo de Rosalba Ciarlini (maio deste ano a maio de 2018).

Significa dizer que, se não houver qualquer aditivo (o que é possível), a Vale Norte vai abocanhar R$ 28.112.991,92 da Prefeitura Municipal de Mossoró, com aval rosalbista (dois contratos sem licitação). Foram R$ 24.230,366,40 nos acertos da administração do ex-prefeito (dois contratos sem licitação e um aditivo).

Em dois anos (maio de 2016 a maio de 2018), a Vale Norte terá sorvido R$ 52.343.358,32. Esse total de recursos suplanta os R$ 48 milhões utilizados pelo Governo Federal no Programa Minha Casa, Minha Vida, para construir 844 casas do Conjunto Odete Rosado, a ser inaugurado em Mossoró nas próximas semanas.

Caberia o governo Rosalba Ciarlini formalizar o programa “Meu Lixo, Minha Vida”.

“Cruzados da moralidade”

O lixo de Mossoró é um luxo. Desde 2005, só ocorreu uma concorrência. Depois disso, apenas “dispensa de licitação”. Só a Vale Norte consegue agora a quarta dispensa seguida, além de um aditivo em um ano e meio de atuação local.

Câmara Municipal de Mossoró, Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Ministério Público do RN (MPRN) têm motivos de sobra para vasculhar esse monturo fétido, nauseante e insalubre. Mas claro que em Mossoró, o fetiche investigativo é outro.

Na época de Francisco José Júnior, o próprio grupo de Rosalba, militância nas redes sociais e “mídia camarada” fizeram uma ostensiva campanha contra essa modalidade de contratação e à própria Vale Norte. Obtiveram êxito parcial. Pelo menos político-eleitoral.

O TCE freaou licitação que seria feita para a limpeza urbana no final do governo, em valores que se aproximavam de R$ 150 milhões.

Com a eleição da atual prefeita, o comportamento desses “cruzados da moralidade” mudou. A própria prefeita, também.

História de insalubridade moral

Leia também: Prefeita mantém serviço milionário e ‘suspeito’ sem licitação AQUI;

Leia também: Termina domingo contrato com empresa de limpeza urbana AQUI;

Leia também: Prefeitura fará licitação para limpeza urbana AQUI;

Leia também: Gestão Rosalba ‘esquece’ promessa sobre limpeza urbana AQUI.

Em campanha, Rosalba Ciarlini prometeu rever contratos suspeitos e descartar prestadores de serviços/produtos quando chegasse à prefeitura. Haveria pente-fino.

A Vale Norte, em poucos meses de seu governo foi uma das campeãs de reclamações do contribuinte. Convive com greves de garis e queixas da própria administração – Limpeza urbana gera reclamações e prefeitura se defende AQUI. Ganhou dois contratos. Por enquanto.

O caso da Vale Norte é a prova material e alarmante, de que tudo não passou de retórica de campanha, onde as doações financeiras não costumam aparecer, nem por 800 mil averiguações, em qualquer prestação de contas. Assim continuará.

Está bom ou quer mais?

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política / Reportagem Especial
quarta-feira - 08/11/2017 - 08:48h
Câmara do Natal

Volta de presidente gera proximidade distante com Ney Júnior


Ney Júnior e Raniere: distância próxima (Foto: arquivo)

O retorno do vereador Raniere Barbosa (PDT) à Câmara Municipal do Natal e à sua presidência, após decisão dia passado do Tribunal Superior de Justiça (STJ) – veja AQUI -, vai colocá-lo em coabitação delicada com seu vice e substituto interino, vereador Ney Lopes Júnior (PSD).

Desde que foi catapultado desse poder em meio à “Operação Cidade Luz” (veja AQUI) no dia 4 de agosto, Raniere teve em Ney Júnior um substituto proativo, longe de apenas ‘guardar lugar’ para o presidente afastado.

Promoveu uma série de exonerações, decidiu realizar várias mudanças para enxugamento de despesas e publicizou implicitamente (ou explicitamente, como queira) as medidas, passando a ideia de má gestão do presidente afastado.

Fosso

As relações entre ambos está esgarçada e um enorme fosso se alargou mais ainda nessa distância de Raniere Barbosa da Câmara Municipal.

Nesse ínterim, até num evento social em que estavam presentes, Barbosa recusou cumprimento formal do “colega” de parlamento (veja AQUI).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
segunda-feira - 06/11/2017 - 16:20h
Dia 11

“Caminhada Histórica de Mossoró” vai acontecer no sábado


Um expressivo número de pessoas deverá participar do projeto “Caminhada Histórica de Mossoró – História e Cultura, Passo a Passo”, no próximo sábado (11). Começará às 15 horas, na Praça do Museu Municipal Lauro da Escóssia, centro.

Podem participar pessoas de todas as idades, interessadas em conhecer um pouco mais da história dos monumentos da cidade.

Praça Vigário Antônio Joaquim quando tinha conservação (Foto: não identificada na Web)

A Caminhada irá percorrer os 17 monumentos históricos que compõem o corredor cultural da cidade, até chegar a Estação das Artes Eliseu Ventania, passando pela Loja Maçônica “24 de junho”, Praça da Redenção “Dorian Jorge Freire”, Estátua da Liberdade, Prédio da União Caixeiral, Praça Vigário Antônio Joaquim, Monumento ao Governador Dix-Sept Rosado Maia, Catedral de Santa Luzia, Largo Monsenhor Huberto Bruening, Câmara Municipal de Mossoró, Praça Rodolfo Fernandes, Praça do Codó, Capela de São Vicente, Palácio da Resistência, Memorial da Resistência, Teatro Dix-huit Rosado e Estação das Artes Eliseu Ventania.

A Caminhada foi inspirada em pesquisa histórica dos monumentos que compõem o percurso realizada pelo historiador Geraldo Maia.

Em todo o percurso será explicado aos participantes, a importância histórica de cada monumento, constituindo-se assim, em uma grande aula de história ao ar livre.

A Caminhada Histórica de Mossoró 2017 é uma iniciativa do GEPHAM, Grupo de Estudos do Patrimônio Histórico Arquitetônico de Mossoró, estando à frente o professor de História da Arte Thalles Chaves Costa e o também professor e arquiteto Alexandre Lopes, além dos Estudantes de Arquitetura que compõe o Grupo de Pesquisa e da Universidade Potiguar (UnP).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Cultura
sexta-feira - 03/11/2017 - 16:40h
Viajantes

“Vereador estadual” e “Vereadora federal” em Mossoró


Entre alguns vereadores, dois colegas de parlamento na Câmara Municipal de Mossoró ganharam epítetos diferenciados.

João Gentil (PV) é cognominado de “Vereador estadual”, tamanha a frequência com que faz viagens a Natal.

Já Sandra Rosado (PSB), é a “Vereadora federal”, pelo mesmo vai-volta contante rumo a Brasília, como nos tempos em que era de fato deputada federal.

Os dois, cá para nós e o povo da rua: não digerem os tratamentos irônicos.

Com relativa razão, que se diga.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política / Só Pra Contrariar
terça-feira - 31/10/2017 - 22:08h
Nota

Hapvida diz que Hospital Duarte Filho não lhe pertence


O Grupo Hapvida adianta Nota Oficial, sobre polêmica corrente em redes sociais e que hoje foi tema de intenso debate na Câmara Municipal de Mossoró, sobre suposta compra do Hospital Duarte Filho.

Veja abaixo:

Nota Hapvida

O Hospital Duarte Filho não pertence ao Hapvida.

A empresa não comenta  rumores do mercado imobiliário.

Leia também: Ação popular pode ser usada para reverter venda de hospital AQUI;

Leia também: Vereadores voltam a revelar diferenças político-pessoais AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais
terça-feira - 31/10/2017 - 06:50h
Mossoró

Projeto de alteração do ISS volta ao plenário no dia de hoje


Hoje (terça-feira, 31), mais uma vez vai entrar em pauta o projeto de alteração do Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISS), na Câmara Municipal de Mossoró.

Sessão começa às 9 horas.

O governo estima que com a nova cobrança do ISS, o município arrecade até R$ 7 milhões a mais por ano.

Na última quarta-feira (25), a bancada da oposição se retirou do plenário (veja AQUI) para não dar quórum, impedindo sua aprovação pela bancada do governo municipal, que enviou o projeto à Casa.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 30/10/2017 - 15:02h
Izabel Montenegro

Presidente de Câmara Municipal tem problema de saúde


A presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (PMDB), teve uma alteração de saúde hoje.

Precisou de atendimento médico-hospitalar.

Recupera-se bem.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 26/10/2017 - 06:28h
Mossoró

Audiência pública hoje é voltada para a Polícia Civil


Por proposição do vereador Alex Moacir (PMDB), às 9 horas de hoje a Câmara Municipal de Mossoró realiza audiência pública.

Tratará sobre o caos na Segurança Pública, em especial quanto às condições de trabalho da Polícia Civil.

A iniciativa reforça campanha deflagrada há alguns meses pela Associação dos Delegados da Polícia Civil do RN (ADEPOL/RN).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política / Segurança Pública/Polícia
  • Repet
quarta-feira - 25/10/2017 - 16:54h
Mossoró

Oposição impede votação sobre cobrança de imposto


Do Blog Saulo Vale

Vereadores da oposição esvaziaram a sessão ordinária desta quarta-feira (25) para impedir que o polêmico projeto que altera a cobrança do Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISS) fosse votado pelos parlamentares.

O projeto foi enviado pelo Executivo municipal em caráter de urgência, para garantir rápida aprovação da proposta e para que a cobrança entre em vigor já a partir de 2018. O governo estima que com a nova cobrança do ISS, o município arrecade até R$ 7 milhões a mais por ano.

“Se não atualizarmos o Código Tributário e adequarmos conforme a lei federal, o município pode responder por improbidade administrativa”, alertou Alex Moacir (PMDB), vereador governista.

A proposta prevê uma cobrança entre 2% a 5% para algumas categorias e empresas que hoje são isentas desse imposto. Deve entrar novamente em pauta na próxima semana.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 23/10/2017 - 05:16h
Câmara Municipal de Mossoró

Eleição antecipada pode reservar surpresas


Bastidores da Câmara Municipal de Mossoró estão em ebulição desde o final de semana.

A antecipação das eleições à mesa diretora da Casa, para o biênio 2019-2020, pode gerar surpresas na formação de chapa.

Nem tudo está tão certo como parecia estar.

As conspirações vão às alturas, com muitas conversas e costuras políticas.

Esta semana é decisiva às acomodações.

Ouvido ao chão como bom índio Comanche, Cherokee, Navajo, Sioux, Apache ou Cheyenne.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
terça-feira - 17/10/2017 - 11:41h
Imposto

Prefeitura parte para cima de manicure, tatuador e cabeleireiro


Do Blog Saulo Vale

A Prefeitura Municipal de Mossoró enviou à Câmara de Vereadores Projeto de Lei que altera a cobrança do Imposto Sobre Serviço (ISS).

O objetivo é ampliar a cobrança do tributo, alcançando profissionais que atuam na informalidade, como cabeleireiros, manicure e tatuador, dentre outros. A medida visa ampliar a direta arrecadação municipal.

Segundo a proposta, esses profissionais passariam a receber cobrança de 5% sobre serviços prestados.

Nota do Blog – É, vale lembrar um slogan que rolou na campanha municipal passada: “A Rosa fez, a Rosa Faz, a Rosa sabe fazer!

Seria interessante se a municipalidade fizesse um estudo de mercado, mesmo que superficial, para saber a dimensão da crise que está jogando no mercado dezenas e centenas de pessoas que estão desempregadas, tentando escapar com essas atividades e outras.

A informalidade compromete pequenos salões, principalmente na periferia.

Mais inoportuno, impossível.

Em vez de reduzir despesas, a PMM insiste na  fórmula da sangria que agora chega à periferia, ao povão, à massa-gente indefesa, haja vista que quem deveria lhe defender, não o faz.

A Câmara Municipal deverá aprovar o projeto. Interessa ao governo.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Economia / Política
sábado - 14/10/2017 - 10:21h
Mossoró

Câmara fará audiência pública sobre indústria salineira


A Câmara Municipal de Mossoró realizará audiência pública sobre a indústria salineira do Rio Grande do Norte, quinta-feira (19), às 9h, no plenário. A proposição é de autoria da vereadora Sandra Rosado (PSB).

O debate definirá cronograma de ações pós-audiência com o presidente Michel Temer (PMDB), no último dia 27 de setembro, no Palácio do Planalto, em Brasília (DF).

Sandra Rosado informa que a reunião, em Mossoró, compõe a mobilização pelo reconhecimento do sal produzido no Estado como de interesse social.

O pleito foi apresentado a Temer.

Com informações da Assessoria de Sandra Rosado.

Categoria(s): Economia / Política
terça-feira - 10/10/2017 - 10:04h
Ah, tá!

Câmara de Mossoró precisa de R$ 10 milhões para sua sede


Chamada de capa hoje (terça-feira, 10), do Jornal de Fato:

- Câmara Municipal de Mossoró precisa de R$ 10 milhões para sede.

Ah, tá!

Leia também: Prefeitura apresenta projeto de sede própria de Câmara AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
sábado - 30/09/2017 - 11:18h
Aeroporto

Julianne Faria pousa em Mossoró após pressão de governador


Julianne recebeu título de cidadania; corre-corre ficou no aeroporto (Foto: Redes sociais)

Uma operação de guerra ocorreu longe dos olhares da opinião pública no dia passado, em Mossoró, no Aeroporto Dix-sept Rosado.

Para que avião oficial do Governo do RN pudesse pousar e decolar com a primeira-dama Julianne Faria (PSD) à noite passada, reparos emergenciais e balizamento da pista foram feitos entre a tarde e período noturno.

Aracati

Havia possibilidade da aeronave pousar no Aeroporto Dragão do Mar em Aracati-CE, a 95 quilômetros de Mossoró. Ficou de sobreaviso para essa hipótese.

Mas foi o próprio governador que “exigiu” providências para viabilizar a operação. Assim aconteceu.

Ufa!

Julianne Faria desembarcou para receber título de cidadania em evento da Câmara Municipal de Mossoró, no Teatro Municipal Dix-huit Rosado. Por volta de 23 hors retornou à capital.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quinta-feira - 28/09/2017 - 20:24h
Amanhã

Fátima Bezerra cumprirá agenda em Mossoró


A Senadora Fátima Bezerra (PT) vai estar em Mossoró nessa sexta-feira (29).

O principal compromisso público será no Teatro Municipal Dix-huit Rosado, às 18h.

Receberá o Título de Cidadã Mossoroense durante a sessão solene “Abolição da Escravatura em Mossoró”, da Câmara Municipal.

A homenagem é uma proposição do mandado popular Isolda Dantas (PT).

Mas também cumprirá pauta política, com articulações com vistas às eleições do próximo ano.

Ela deverá ser candidata ao Governo do RN.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 26/09/2017 - 19:18h
Orlan Donato Rocha

Juiz federal receberá título de cidadania no dia 29


Orlan: letigimidade (Foto: arquivo)

O Juiz Federal Orlan Donato Rocha, titular da 8ª Vara Federal, instalada na Subseção de Mossoró, será homenageado pela Câmara Municipal mossoroense. O magistrado receberá o título de cidadão.

A solenidade acontecerá no próximo dia 29, às 18h, no Teatro Municipal Dix-huit Rosado.

O Juiz Federal Orlan Donato Rocha atua em Mossoró há três anos e tem se destacado por decisões de grande impacto na comunidade da região Oeste, principalmente no campo da Saúde e combate à corrupção.

“Recebo essa homenagem como um reconhecimento a todo empenho de magistrados e servidores da Justiça Federal no Rio Grande do Norte que atuam na cidade de Mossoró”, disse o magistrado.

Nota do Blog – Merecido, meritíssimo.

O título é um dos mais legítimos que acompanho nos últimos anos.

O judicante cumpre sua obrigação, é certo, mas vai além dos seus deveres, agindo como homem de enorme zelo à vida, à cidadania e à coisa pública.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
terça-feira - 19/09/2017 - 11:22h
Marcha da Saúde

Relatório detalha sucateamento da Saúde em Mossoró

Petras Vinícius mostra levantamento e números aterradores em dez unidades básicas de saúde e UPA's

Em pronunciamento encerrado há poucos minutos na tribuna da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Petras Vinícius fez um relatório de visitas suas a dez Unidades Básicas de Saúde do Município (UBS’s) nos últimos dias, além das Unidades de Pronto-Atendimento (UPA’s). Foi o que definiu como “Marcha da Saúde” (veja AQUI).

Faltam muitos medicamentos, médicos, internet, impressora e outros itens básicos na saúde básica (Foto: Cedida)

Sintetizou o que viu e documentou através de entrevistas, fotos e vídeos, ouvindo servidores e clientela.

Abaixo, um resumo do que ele coletou e pretende encaminhar a setores fiscalizadores da Saúde Pública:

UBS’s Chico Porto:

- Área coberta: 3 mil pessoas

- Área descoberta: 2mil pessoas

- Apenas uma equipe (3 equipes seriam necessárias para cobrir toda a área)

- 3 médicos atendem na Unidade;

- Dentistas da Unidade estão atendendo no CEO por falta de condições estruturais nos consultórios odontológicos;

- Duas cadeiras de Dentista paradas;

- A UBS está sem gerente;

- Sem medicação para pressão e diabetes;

- Farmácia Básica com 10% de sua capacidade;

- Atendem cerca de 500 hipertensos;

- Não há sala para Assistente Social;

- Não há Segurança.

UBS Dr. Epitácio da Costa Carvalho:

- 13 fichas/dia;

- Mais de 1600 famílias cadastradas;

- Farmácia Básica com 5% de sua capacidade;

- Falta HiperDia;

- PSF sem enfermeiro há 15 dias;

- Serviços de PSF sem utensílios básicos (os funcionários estão se mobilizando para conseguir material de outros locais de trabalho);

- Duas dentistas trabalhando há 2 anos na UBS apenas com orientações, pois a energia não suporta os equipamentos quando em funcionamento;

- Médico atendendo três vezes por semana;

- Sem fardamento para ACS;

- Apenas 5 ACS trabalhando (seriam necessários mais 5 para cobrirem a demanda da área);

- Apenas uma equipe trabalhando (duas seriam necessárias para cobrir toda a área);

- 6 áreas descobertas;

- A comunidade fez doação de equipamentos de informática (uma impressora e toner);

- Vazamento na caixa de água impede funcionamento da UBS ao menos uma vez por semana;

- Material esterilizado na UPA do Alto de São Manoel;

- Unidade não possui Segurança.

UBS Dr. Aguinaldo Pereira:

- Média de 3 mil pessoas atendidas;

- 2 equipes PSF;

- Faltando 40% dos medicamentos na Farmácia Básica (HiperDia, Psicotrópicos e Analgésicos);

- Salas arrombadas por vândalos e cobertas de rachaduras e mofo;

- Há frequência nos arrombamentos;

- Unidade não possui segurança;

- À espera de licitação para reforma;

- Problemas elétricos impedem o funcionamento do Consultório de Enfermagem.

UBS Mário Lúcio de Medeiros:

- Uma equipe de PSF;

- Farmácia Básica com 20% de sua capacidade;

- Faltam cerca de 80% dos Medicamentos Psicotrópicos sem previsão de chegar;

- Quantidade razoável de remédios de pressão;

- Internet paga pelos funcionários;

- 550 famílias descobertas no Conjunto Novo;

- Comunidade entre Geraldo Melo e Alto da Pelonha, descoberta;

- Média de 3 mil famílias descobertas;

- Prédio com aluguel em atraso;

- Vários roubos, na entrada da Unidade, a populares e funcionários.

UBS Enfermeira Conchita da Escóssia Ciarlini:

- Por falta de qualquer mecanismo de Segurança, a Unidade é constantemente arrombada e alvo de vandalismo e roubos de equipamentos;

- 3 equipes de PSF;

- Há mais prontuários da área descoberta que da coberta;

- Farmácia Básica com 20% de sua capacidade;

- Analgésicos e HiperDia em falta;

- Luvas de procedimento e material de Curativo em falta;

- Material para medir glicemia em falta;

- Não há internet;

- Equipamentos pessoais dos funcionários são usados para a marcação de consultas.

UBS Dr. Lucas Benjamim:

- Unidade polo para UBS dos abolições;

- Uma equipe de PSF;

- Analgésicos e HiperDia em falta;

- Psicotrópicos em falta;

- Farmácia Básica com 30% de sua capacidade;

- Área coberta: média de 2200 pessoas;

- Área descoberta: mais de 4mil pessoas;

- Mais de 200 hipertensos;

- Não há internet na Unidade;

- Notebooks pessoais são usados para suprir demanda da Unidade que, praticamente, não possui computadores;

- Não há segurança.

UBS Dr. José Fernandes de Melo:

- Unidade polo para unidades no entorno;

- Sem Psicotrópicos;

- Sem HiperDia;

- Sem Analgésicos há meses;

- Farmácia Básica com 10% de sua capacidade;

- Medicação só é entregue pela manhã;

- Curativos e outros procedimentos são feitos à tarde, pois a sala disponível não possui condições de ser usada e pela manhã todas as outras salas estão em uso;

- Energia fraca, não suporta todos os equipamentos ligados ao mesmo tempo;

- Não possui computadores;

- Internet paga por funcionários;

- Marcação é feita quando funcionários levam seus notebooks ou o atendido leva para marcar em casa;

- Não há ASG na Unidade;

- Não há regularidade na limpeza ao entorno da Unidade;

- Os funcionários não possuem fardamento ou material para trabalhar (há meses não recebem);

- 4 áreas descobertas, mesmo com 2 equipes de PSF.

UBS Raimundo Renê Carlos de Castro:

- 12 ACS – 2 Equipes de PSF;

- Farmácia Básica com 70% de sua capacidade;

- Falta medicação para HiperDia;

- 20% de Insulina necessária;

- Dois dentistas para uma Cadeira (cada turno, um atende, de segunda a sexta);

- População reclama de poucas vagas (4 vagas para extração e 2 para restauração);

- Dois médicos (Apenas um tem carro próprio e o utiliza para visitar os pacientes em domicilio, pois quase sempre falta carro da municipalidade para acompanhar a equipe de PSF);

- Nas sextas, são atendidas as Gestantes;

- Corriqueiramente tem faltado papel para impressão de receitas e exames;

- Funcionários utilizam suas impressoras em casa para facilitar o trabalho;

- Faltam luvas de procedimento, material de curativo e material para teste de glicemia;

- Falta material de limpeza;

- Não há telefone fixo e computadores;

- Ligações são feitas dos celulares dos próprios funcionários;

- Marcações são feitas nas casas dos funcionários

- Não há internet;

- Funcionários estão fazendo “vaquinha de dinheiro” para comprar material infantil para atendimento pediátrico;

- - Não há Segurança.

UBS Sinharinha Borges:

- 2 Equipes de PSF;

- 2 dentistas e 2 médicas (Uma das médicas só atende duas vezes por mês, sendo ela mesma quem escolhe o dia de atendimento – Dra. Ellen);

- 16 fichas/dia;

- Os enfermeiros dividem a mesma sala;

- Sala de curativo disponível, porém sem material (caso o paciente traga o material, o curativo será feito);

- Farmácia Básica com 20% de sua capacidade;

- Sem HiperDia;

- Sem Analgésicos;

- Não há ASG na Unidade;

- Unidade é constantemente alvo de assaltos;

- Guarda Civil passa uma vez a cada expediente;

- Muitas Infiltrações e Portas sem tranca;

- Ar-condicionado com defeito no Consultório do Dentista, Sala da Assistência Social e Enfermagem;

- Internet paga pelos funcionários;

- Botijão de gás emprestado por uma das funcionárias;

- Água e café pagos pelos funcionários.

UBS Caic:

- Está alocada na UBS José Fernandes de Melo, pois a antiga sede não a comporta;

- Falta ASG;

- Falta Digitador para marcar exames;

- Faltam folhas timbradas e folhas de ofício;

- Faltam materiais de curativo;

- Falta funcionário para trabalhar no SAME.

Segundo exposição do vereador, o principal problema é falta de remédios elementares nas UPA’s, como Decadron, Prometazina, Hidrocortizona, Furosemida, Captopril, Soro Ringer Simples, Atrovent, Vitamina K, Transamim, Ipslon, Lidocaína Gel, ABD, Hiocina, Jelcos 22 e 24, Scalps 23 e 21, Seringa de 5ml entre outros.

Servidores se sacrificam

Nas UBS também é escassa a cobertura de remédios e outros insumos, como dificuldade para atendimento à procura por vários exames, como US abdômen total, US obstetra, Oftalmológicos, Dermatológicos, Endocrinológicos e pequenas cirurgias.

Raério critica governo e imprensa (Foto:CMM)

“Quem banca a saúde básica em Mossoró são os servidores, a dedicação deles, o sacrifício deles, até tirando dinheiro do próprio bolso”, desabafou Petras Vinícius.

Governo x oposição

Em seu pronunciamento, Petras foi aparteado por vereadores governistas, mas nenhum contestou suas palavras e relatório. Francisco Carlos (PP), por exemplo, admitiu que “esses problemas serão amenizados, mas não creio que serão plenamente solucionados”. Licitação em andamento, disse, vai atenuar parte dos problemas.

O oposicionista Raério Cabeção (PRB) contestou o discurso do governismo, assinalando que recursos orçamentários com Gabinete da prefeita Rosalba Ciarlini (PP) e com propaganda de seu governo, “vão continuar”, enquanto o povo seguirá sofrendo. E cobrou a imprensa para falar a realidade e a verdade e não apenas “dizer que o vereador não faz nada, não fala nada”.

* Os vereadores Ozaniel Mesquita (PR), Raério Cabeção, Genilson Alves (PTN) e Rondinelli Carlos (PMN) participaram de parte da “Marcha da Saúde” encabeçada por Petras Vinícius.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política / Saúde
terça-feira - 05/09/2017 - 13:54h
Presidência

Câmara marcha para antecipar eleição e garantir reeleição


Izabel: permanência (Foto: Walmir Alves)

Ainda não foi hoje (terça-feira, 5), mas está fechado. A menos que ocorra algum imprevisto, a Câmara Municipal de Mossoró marcha para mudar a Lei Orgânica do Município (LOM), revisada no final do ano passado, para permitir outra vez a reeleição do presidente da Casa e antecipar o pleito.

Na sessão dessa terça-feira (5), houve ausência de vários vereadores, comprometendo as votações no estilo vapt-vupt nesse poder.

A articulação procura garantir mais dois anos de presidência para a atual presidente Izabel Montenegro (PMDB), biênio 2019-2020.

O Blog já tinha antecipado numa série de postagens que havia essa costura política de bastidores, inclusive, detalhando necessidade de alterações legais em LOM e Regimento Interno da Casa.

Leia também: Mudanças eleitorais em Câmara exigem alterações legais AQUI.

Mas mesmo com tudo “decidido”, os bastidores fervem, principalmente após a sessão de hoje.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 14/08/2017 - 17:13h
Zzzzz!!!

Uma câmara pacífica ou passiva?


Do Blog Carol Ribeiro

Desde primeiro de janeiro, quando teve início a atual legislatura, a Câmara Municipal de Mossoró tem um comportamento diferente do que vinha demonstrando nos últimos anos.

Brigas, discussões e as “picuinhas”, se existem, ficam nos bastidores.

Em plenário, as discussões têm acontecido em paz.  Os vereadores se orgulham e dizem que conseguiram, finalmente, uma Câmara Municipal pacífica.

“Recuperar a imagem dos vereadores” é o que muitos “novatos” apontaram como meta desde que foram eleitos. Contudo, mais que a tranquilidade, a Câmara também perdeu os grandes debates sobre temas importantes para a cidade e os problemas que precisam ser resolvidos.

Falta o imprescindível “parlamentar”, falar, discutir.

A oposição, responsável por levantar as problemáticas discutíveis, salvo raras exceções, permanece “ala muda” – assim como eram esses mesmos vereadores na legislatura passada, quando ocupavam a bancada governista.

Mais que pacífica, passiva.

Alguma reclamação ou questionamento que surge no plenário, dali não passa, não repercute nas ruas e nem impede aprovação de projetos que beneficiem tão somente o interesse do Palácio.

E assim, o governismo agradece.

Nota do Blog Carlos Santos – Assino, sonolento e solenemente, seu escrito, Carol.

Sem tirar nem pôr.

Zzzzzz!!!!

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Artigo / Opinião / Política
segunda-feira - 07/08/2017 - 19:18h
Projeto

Prefeitura quer negociar dívida com Previ em quase 17 anos


A Prefeitura Municipal de Mossoró protocolou na Câmara Municipal, o projeto de lei sob o número 1/196, de 2 de agosto, dispondo sobre o parcelamento e “reparcelamento” de débitos da municipalidade, com o Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Mossoró (Previ-Mossoró).

O projeto prevê que a gestão Rosalba Ciarlini (PP) tenha autorização para negociar dívidas com a previdência própria de servidores municipais no largo tempo de 200 parcelas mensais, iguais e sucessivas.

São 16 anos e oito meses. Se nada ocorrer de errado, a municipalidade saldará o ‘rombo’ (montante não divulgado) em 2034.

Segundo o projeto de lei, “serão incluídos no parcelamento e/ou reparcelamento os débitos dos poderes Legislativo e Executivo, inclusive os das administrações indiretas.”

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.