domingo - 15/07/2018 - 23:43h
PSB

Partido está “num mato sem cachorro”


Que situação vive o PSB do Rio Grande do Norte, hein?

Está num mato sem cachorro, diria a sabedoria popular.

A pré-candidatura ao governo do vice-governador dissidente Fábio Dantas segue como sempre, desde que nasceu: natimorta.

Paralelamente, a pré-candidatura à reeleição do deputado federal Rafael Motta hoje está praticamente inviabilizada, sem outras siglas coligadas e “esteiras”.

O mesmo ocorre em relação ao deputado estadual e pré-candidato à reeleição Ricardo Motta.

Nos intramuros da política, a conversa “da hora” é de que Fábio Dantas poderia ser candidato à Assembleia Legislativa, no lugar de sua mulher Cristiane Dantas (PPL), legenda coligada ao PSB.

Ela, por sua vez, concorreria à Câmara Federal.

O apoio à pré-candidatura ao governo do ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT), acabaria sendo a saída menos desonrosa do momento. O PPL iria de lambuja.

Mas tudo pode mudar daqui a alguns horas ou próximos dias.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 13/07/2018 - 21:30h
Eleições 2018

PR definirá sua posição política na próxima semana


No máximo até o dia 20, a cúpula do Partido da República (PR) deverá definir sua posição final em relação à campanha deste ano no RN.

São pelo menos três opções postas à mesa:

Apoiar o projeto de reeleição do governador Robinson Faria (PSD);

Embarcar no palanque ao governo do ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT);

Buscar apenas coligação na proporcional, sem apoio institucional a qualquer candidatura ao governo.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
sexta-feira - 13/07/2018 - 11:40h
Mossoró

Desgaste de Rosalba complica seu apoio; Fátima é favorita


Fátima Bezerra marcha em faixa própria e Rosalba definirá apoio por Carlos Eduardo ou Robinson Faria (Foto: arquivo)

Independentemente do palanque em que a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) estiver na campanha deste ano, é pouco provável que seu candidato vença o pleito no segundo maior colégio eleitoral do estado – Mossoró.

O pêndulo do rosalbismo oscila entre a candidatura de Carlos Eduardo Alves (PDT) e do atual governador Robinson Faria (PSD).

Ela pode até indicar o vice, mas não chega a ser sua prioridade (veja AQUI). Sabe que o embaraço pode ser ainda maior no final da apuração, se o vice for de sua casa.

Com desgaste pessoal e administrativo crescente, mesmo assim a tendência é que a prefeita e a máquina municipal contribuam sobremodo para seu ungido ao governo.

Mas se a tendência pró-senadora Fátima Bezerra (PT) se encorpar de vez, o que é provável, a petista será a mais votada em Mossoró à Governadoria.

Anote, por favor.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog / Política
quinta-feira - 12/07/2018 - 21:24h
Apoio

Rosalbismo não consegue fechar negociação


Nada fechado.

Negociações continuam.

O presidente estadual do Partido Progressista (PP), ex-deputado federal Betinho Rosado, saiu de reunião nesta quinta-feira (12) em Natal, sem uma solução pro seu grupo (rosalbismo)/legenda.

A conversa não foi definitiva com a chapa ao governo a ser encabeçada pelo ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT).

Tudo está em aberto.

Conversas continuam, inclusive com a chapa contendora do governador Robinson Faria (PSD).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
terça-feira - 10/07/2018 - 21:38h
Eleições 2018

Evangélicos vivem guerra declarada na política potiguar


Do Blog do Xerife

O deputado estadual Albert Dickson (PROS) disse ao Blog do Xerife que ‘sacramentou’ o apoio do partido à pré-candidatura do deputado federal e pré-candidato a senador Antônio Jácome (Podemos) numa forma de manter unido o eleitorado da igreja evangélica.

Albert: "Zera o jogo" (Foto: AL)

Mas, a decisão de Jácome de lançar 3 pré-candidaturas a federal, retirando consequentemente o apoio à vereadora Carla Dickson (PROS), pré-candidata a federal, fez Albert retirar o apoio a Jácome.

Os adversários políticos que se declararam unidos em torno de um projeto, continuarão desunidos.

Dentro e fora da igreja.

“Com a entrada de 3 pré-candidatos para disputar votos com Carla, zera o jogo”, disse Albert Dickson ao blog.

O presidente do PROS disse, inclusive, que com o distrato de Antônio Jácome, poderá lançar um outro nome do segmento evangélico para disputar a segunda vaga de Senado na chapa do governador Robinson Faria (PSD).

Nota do Blog Carlos Santos – No dia 29 de junho último, em evento do pré-candidato ao governo Carlos Eduardo Alves (PDT), Carla Dickson (mulher do deputado Albert) chegou a saudá-lo como ‘futuro governador’. Mas ontem, ela, seu marido e seu partido anunciaram apoio ao governador Robinson Faria, o adversário.

Em reação, o deputado federal e pré-candidato ao Senado ao lado de Carlos Eduardo, Antônio Jácome, ameaça lançar pelo menos três nomes a federal, minando projeto de eleição de Carla. Ele sente-se traído, pois ‘vendeu’ ideia de que a comunidade evangélica estaria unida ao seu lado e de Carlos Eduardo, no mesmo palanque.

Que coisa, hein?

Leia tambémPros anuncia apoio à postulação de Robinson Faria.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 10/07/2018 - 12:52h
Eleições 2018

Prefeito de Caicó anuncia apoio a Carlos Eduardo


Dias, Batata, Carlos e Lobão: Caicó (Foto: divulgação)

O prefeito de Caicó, Robson Araújo, o “Batata” (PSDB), selou apoio à pré-candidatura de Carlos Eduardo (PDT) a governador na manhã desta terça-feira (10/7), em Natal.

Carlos Eduardo “tem experiência e está preparado para resgatar o Rio Grande do Norte da difícil situação em que se encontra na segurança, na saúde, na má conservação das estradas e no sofrimento do servidor com o atraso de salários”, disse Batata.

“Infelizmente, Robinson (atual governador), não foi capaz de fazer uma gestão positiva para retomar o desenvolvimento do Rio Grande do Norte”, lamentou o prefeito.

Participaram da reunião que marcou o apoio de Batata, o prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), e o vereador de Caicó Raimundo Inácio Filho, o “Lobão” (MDB). Há dois anos, Batata se elegeu com 12.687 votos, ou 37,12% do eleitorado.

O PSDB de Batata já anunciou que apoia a pré-candidatura à reeleição do governador Robinson Faria (PSD).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
segunda-feira - 09/07/2018 - 22:52h
Posição

Pros anuncia apoio à postulação de Robinson Faria


O Partido Republicano da Ordem Social (PROS) decidiu seu rumo na campanha deste ano: vai apoiar o projeto de reeleição do governador Robinson Faria (PSD).

Dickson e seguidores anunciaram posição após reunião à noite de hoje em Natal (Foto: cedida)

A legenda reuniu-se hoje à noite em Natal, tomando essa posição. Uma Nota Oficial foi emitida para anunciar sua posição, sob a liderança do deputado estadual Albert Dickson.

Veja abaixo:

Após reuniões na semana passada em Brasília com a Executiva Nacional do PROS, e nesta segunda-feira (09) com a executiva estadual e correligionários  do estado do RN, decidimos optar por coligarmos na proporcional e majoritária com o PSD/PSDB e demais partidos que fazem parte da composição.

No Rio Grande do Norte, o partido é liderado pelo Deputado Estadual Albert Dickson (PROS).

Diretório Estadual (PROS/RN)

Nota do Blog Carlos Santos – No último dia 29 de junho, o deputado estadual Albert Dickson prestigiou ao lado de sua mulher, a vereadora natalense e pré-candidata a deputado federal Carla Dickson (PROS), evento político em torno do pré-candidato a governador Carlos Eduardo Alves (PDT).

Carla DIckson, Albert Dickson, Antônio Jácome e Carlos Eduardo no último dia 29. Hoje, distância (Foto: arquivo)

Chegaram a ser anunciados como apoio ao pré-candidato, mas na verdade prestigiaram o anúncio da postulação do deputado federal Antônio Jácome (PODEMOS) ao Senado (veja AQUI).

A posição de hoje à noite é uma ducha de água fria na postulação de Carlos Eduardo, pois existia expectativa de que conseguisse unir a comunidade evangélica em torno de si.

Leia também: Evangélicos do Pros e Podemos procuram acertar detalhes.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 06/07/2018 - 10:04h
Política

Robinson anuncia formalmente que concorrerá à reeleição


Do Blog Thaísa Galvão

O governador Robinson Faria (PSD) anunciou formalmente na noite desta quinta-feira (5), sua pré-candidatura à reeleição.

Robinson passa a publicamente assumir projeto de reeleição ao Governo do RN (Foto: Web)

Foi em entrevista aos jornalistas Felinto Rodrigues e Jean Valério, na 98FM do Natal.

Robinson disse que é pré-candidato e fez críticas aos principais adversários.

Sobre a senadora Fátima Bezerra (PT) afirmou que em muitos casos trabalhou contra o Rio Grande do Norte.

Em relação a Carlos Eduardo Alves (PDT), disse que não deixou uma obra com a marca dele, que é arrogante e que renunciou à Prefeitura só para cuidar de fazer política, e que é candidato de mais um “acordão”, já que montou um palanque formado por Alves e Maia.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quarta-feira - 04/07/2018 - 06:20h
Senado

‘Dívida moral’ leva os Alves a definirem suplência de Garibaldi

Grupo quer Marcelo Queiroz da Fecomércio/RN, descartado em 2016, para ser o suplente do senador

Marcelo Queiroz (MDB), presidente licenciado da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (FECOMÉRCIO/RN), será o primeiro suplente do senador Garibaldi Filho (MDB), pré-candidato à reeleição ao Senado. Ele declarou oficialmente à noite desta terça-feira (3) que recebeu o convite e aceitou.

Foi convidado pelo próprio senador por seu filho e deputado federal Walter Alves (MDB).

Garibaldi agora quer Queiroz ao seu lado, após seu grupo ter sido muito deselegante com ele em 2016 (Foto: Fecomércio/RN)

A iniciativa do MDB de Garibaldi e Walter, é quase uma tentativa de reparar deselegância praticada pela cúpula do partido em 2016. Queiroz era nome “certo” para ser candidato a vice do então candidato à reeleição à Prefeitura Municipal do Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), mas foi descartado na 25ª hora, para atender a conveniências políticas das disputas eleitoral em Natal e Mossoró.

Esclarecendo: a articulação dos dirigentes emedebistas – com participação do senador José Agripino (DEM) – foi deslocar o então deputado estadual Álvaro Dias (MDB) para a chapa de Carlos Eduardo, ensejando que abrisse vaga na Assembleia Legislativa para a suplente Larissa Rosado (do PSB, hoje no PSDB). Assim aconteceu, contribuindo para fechamento de chapa em Mossoró com a ‘união’ dos Rosados.

Escambo

A engenharia que juntou os dois maiores colégios eleitorais do estado, Natal e Mossoró, vislumbrava uma contrapartida político-eleitoral para este ano de 2018. Viabilizando o retorno de Larissa à AL, os Alves esperavam o apoio do grupo dela e da prefeita eleita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP), à postulação de Carlos Eduardo Alves ao governo.

Até o momento, o enredo é o seguinte: Larissa está no projeto de reeleição do atual governador Robinson Faria (PSD) e Rosalba ainda não decidiu para que lado penderá seu apoio e do seu sistema.

O escambo só foi vantajoso para uma das partes: os Rosados do A e do B. Os Alves ficaram com uma ‘dívida moral’ com Marcelo Queiroz, que agora tentam resgatar. Menos mal.

Leia também: ‘Consórcio’ Alves-Maia-Rosado planifica poder para 2018 (20 de Outubro de 2016).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 03/07/2018 - 20:18h
Álvaro Dias

Prefeito tem papel importante em pré-campanha eleitoral


Alves e Dias: afinação (Foto: PDT)

Quem apostou que o prefeito natalense Álvaro Dias (MDB) seria apoio burocrático ou com outras prioridades na disputa eleitoral 2018, por favor refaça avaliação.

Sem alardes, o ex-parlamentar estadual e federal caicoense tem sido um dos principais articuladores políticos na fase de pré-campanha de Carlos Eduardo Alves (PDT), a quem sucedeu na municipalidade.

Quase nada de significativo ocorreu em favor da postulação ao governo de Carlos Eduardo, até aqui, sem interveniência e raposice política de Álvaro.

Registre-se.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
terça-feira - 03/07/2018 - 17:28h
Mossoró

DEM vota pró-Rosalba, mas vereador diz não apoiar governo


Componente da bancada de oposição ao Governo Rosalba Ciarlini (PP) na Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Petras Vinícius (DEM) reforçou com seu voto a aprovação do Projeto de Lei Complementar (PLC) 135/2018, que trata da minirreforma administrativa governista. Foi nesta terça-feira (3), na Casa.

Petras Vinícius, na oposição, não relaciona voto (e 'gravata') com uma outra inclinação política (Foto: Edilberto Barros)

Mas garante: “Não foi nada de alinhamento político”. Segue na oposição à ‘Rosa’, num momento em que seu partido dá apoio à pré-candidatura ao governo estadual do ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT) e o grupo da prefeita pode reforçar mesmo palanque.

Petras votou a favor da institucionalização de três novas secretarias, por entender que são importantes – “como a de Esporte e a de Agricultura”. E, acrescenta: “Não demandarão maiores despesas além do que já existe”.

Destaque

Ele rebelou-se foi contra a criação de quatro cargos para o Gabinete da prefeita, sendo dois com salários de R$ 4 e mais dois no valor de R$ 7 mil.

O vereador apoiou destaque questionando esse e outros pontos do projeto, que foi apresentado pela vereadora oposicionista Isolda Dantas (PT). Mas a proposição foi derrubada.

Com O PLC, nasce a Secretaria de Esporte, desmembrada da Secretaria de Educação; Secretaria de Agricultura e Recursos Hídricos, que será desmembrada da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, além da Secretaria de Finanças e Compras, nascida da Secretaria de Administração.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
terça-feira - 03/07/2018 - 15:46h
Nacional

PDT aguarda aliança com PSB e reflexos chegarão ao RN


Em conversa com o portal “Poder360″, sediado fisicamente em Brasília, o presidente do PDT, Carlos Lupi, deu uma ideia de como estão as negociações para o apoio do PSB à candidatura presidencial do pedetista Ciro Gomes.

Carlos pode ampliar palanque para ele e Ciro (Foto: arquivo)

Lupi respondeu: “A aliança vai acontecer”.

Até agora, o presidente do PDT dizia apenas ter esperanças. Hoje, afirma  (PDT) que as negociações entre seu partido e o PSB avançaram e que, neste momento, dependem apenas de “ajustes nos Estados”.

PSB fragilizado no RN

Os reflexos dessa iminente composição devem chegar ao Rio Grande do Norte, favorecendo a pré-candidatura ao governo do ex-prefeito do Natal Carlos Eduardo Alves (PDT).

No RN, o PSB sustenta a pré-candidatura do vice-governador dissidente Fábio Dantas, que desde sua apresentação não revela qualquer fôlego para seguir em frente. E precisa viabilizar reeleição dos deputados Rafael Motta (federal) e Ricardo Motta (estadual).

Em recente pesquisa eleitoral, divulgada no domingo (1º), apareceu com a esquelética pontuação de 1,71%. Já Carlos Eduardo empalmou 16,06%

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
segunda-feira - 02/07/2018 - 09:51h
COLUNA DO HERZOG

Segue a rotina de sempre na capitania hereditária potiguar


Por Carlos Santos

Aos 30 anos, Túlio Gadelha (PDT), professor universitário e com formação em direito, é pré-candidato a deputado federal em Pernambuco. Já concorreu a vereador em Recife-PE e à Câmara Federal, respectivamente em 2012 e 2014, sem sucesso. Mas agora é um nome visto como viável.

Ele chega a admitir (veja AQUI) que a projeção estelar recente tem uma explicação: se transformou em namorado da jornalista e apresentadora de TV da Rede Globo de Televisão, Fátima Bernardes. Aí foi “pei e bufo“, como espelha um bordão nordestino.

Por essa e outras, não devemos estranhar que nossa política siga célere pro brejo, mesmo quando muitos falam em mudança. Ter namorada “conhecida”, pai abonado e pertencer a alguma dinastia são critérios mais importantes do que revelar espírito público, capacidade intelectual ou liderança social.

Claro que no meio dessa gente, aqui e ali aparecem os vocacionados, os preparados, os que se provam ser úteis e revelam competência. Mas são exceções raríssimas, que se diga.

Por que estranhar, por exemplo, que a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) queira seu filho Kadu Ciarlini (PP) com um mandato eletivo, a partir das eleições deste ano?

Por que estranhar que entre os “irmãos” evangélicos, a política familiar se sobreponha aos interesses das congregações? Os deputados federal e estadual (pai e filho) Antônio Jácome (PODEMOS) e Jacó Jácome (PSD), e o casal deputado estadual Albert Dickson (PROS)-vereadora natalense Carla Dickson (PROS), estão aí para provar que a mesa deles é mais importante do que a Casa do Senhor.

Velhos oligarcas são inspirações para muitos que tentam ascender ao poder, escalar outros andares sociais puxando filho, mulher, sobrinho, nora, patinho de borracha, pinguim de geladeira ou criado-mudo da família.

Na pré-campanha deste ano no RN, os casos de oligarquias incipientes e outras renitentes são ainda maiores, mesmo com tanto desgaste politico. Nenhum partido, plano de governo e ideário econômico-administrativo-político são mais importantes.

Prevalece a rotina de sempre na capitania hereditária potiguar. E quando olhamos para os lados, não é muito diferente em boa parte do Nordeste e do país. Seus legatários não pensam nem um pouco em mudar o que tem dado certo há séculos. Para eles, claro.

PRIMEIRA PÁGINA

José Agripino toma decisão que faltou à Wilma e Geraldo – Quando há alguns meses comentávamos que era delicada a situação do senador José Agripino (DEM), à reeleição, algumas vozes consideravam exageradas e catastróficas as previsões quanto ao seu projeto de político. O “fenômeno” Zenaide Maia (PHS), no seu encalço, seria fogo de palha. Agripino acordou em tempo, até mesmo à frente de muitos que o seguem, para tomar a decisão politicamente correta. Vai concorrer à Câmara Federal. Não é caso de humildade ou atitude menor, mas de sensatez política, que faltou no passado à Wilma de Faria (já falecida) e Geraldo Melo (PSDB). Em 2010, por exemplo, Wilma chegou a ser aconselhada por um assessor a desistir da postulação ao Senado. Irritou-se. Perdeu o pleito. Antes, Geraldo tinha reeleição difícil ao Senado. Teimou, perdeu. Corretíssimo, Jô-sé (como diria, soletrando, o seu pai Tarcísio Maia). Vá em frente.

Mossoró tem vaias para Robinson e para besteirol de música da “Rosa” – O final do Mossoró Cidade Junina (MCJ) 2018 terminou com o evento denominado “Boca da Noite”, cortejo de trio-elétricos na Avenida Rio Branco (centro), no sábado (3). Por lá foi possível se ouvir vaia afinada de setores organizados e espontaneamente, dirigida ao governador Robinson Faria (PSD). Manifestação do mesmo tipo, mas em tom menor, sobrou para a prefeita Rosalba Ciarlini (PP), quando um cantor pediu palmas para a “Rosa”, em meio a um jingle (“Viva todas as rosas”) da campanha dela em 2016. Prevaleceram as vaias.

Robinson e Rosalba: "Boca da Noite" (Foto: cedida)

Gustavo Fernandes tem situação especialmente delicada – A mudança abrupta e surpreendente do deputado estadual “bacurau” e peemedebista histórico Gustavo Fernandes, do MDB para o PSDB, no final do prazo legal (início de abril), terá consequências delicadas à sua campanha. É muito difícil sua situação no partido dos Tucanos, “apoiando” a candidatura à reeleição do governador Robinson Faria (PSD), contra um Alves, o ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT). Sua reeleição é pouco provável. Ele caiu como um patinho no “Conto do Ezequiel”. O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), prometeu-lhe mundos e fundos, mas Gustavo já percebeu que não tem como compensar sua mudança radical e não há meios de tudo ser cumprido.

Carlos Eduardo tem passagem bastante produtiva por Mossoró – A passagem do governadorável Carlos Eduardo Alves (PDT) por Mossoró na sexta-feira (29) e sábado (30) foi muito alentadora. Sua comitiva com o prefeito natalense Álvaro Dias (MDB), senador Garibaldi Filho (MDB) e deputado federal e pré-candidato ao Senado Antônio Jácome (PODEMOS) aproximou-o de lideranças evangélicas e tornou mais palatável o apoio do rosalbismo, grupo da prefeita Rosalba Ciarlini (PP). A propósito, ele esteve no evento denominado “Boca da Noite”, que encerrou o Mossoró Cidade Junina (MCJ) 2018, a convite da prefeita. Nos bastidores, rolou um “papo reto” com a cúpula do grupo.

O “Fator Capitão Styvenson” na corrida ao Senado – A pesquisa divulgada no domingo (1º) para disputa ao Governo do RN e ao Senado (veja AQUI e AQUI) teve como principal diferencial em relação a outras já publicizadas, o surgimento – com musculatura – do nome do Capitão Styvenson Valentim (sem partido). Ele apareceu com fôlego para brigar por uma vaga ao Senado. Pode ser apenas um espasmo, mas ninguém deve desdenhá-lo. Se for o caso de crescimento continuado (o que só outras pesquisas adiantes vão aferir ou não), estará no páreo por uma das duas vagas em jogo. É o caso típico do “outsider”, alguém fora do sistema, capaz de galvanizar atenção e amealhar votos, contrariando tendências e atropelando hipotéticos favoritos. Ele pode ser a “novidade” do pleito.

Styvenson já é uma sombra para nomes mais tradicionais na corrida ao Senado (Foto: Ana Silva/TN)

Fátima Bezerra intervém para formação de alianças proporcionais - A própria senadora Fátima Bezerra (PT) pesou com sua voz e liderança, além de interesse próprio e direto, para que seu partido resolvesse baixar a bola e recuar da resistência em fazer aliança na proporcional com PHS e PCdoB. A regra do “venha nós”, apenas, não prevaleceu. Nem deveria, claro. Fátima conquistou capital de intenção de voto que é muito parco e volátil até o momento, na pré-campanha.

Avante, PRB e outras siglas não querem fazer esteira - Siglas como Avante e PRB, além de outras legendas que desembarcam e vão arranchar no governismo, querem distância de coligação direta com o PSDB, liderado pelo presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira. O partido tem oito deputados estaduais e quer reeleger pelo menos uns seis (veja AQUI). Só para lembrar: nas eleições de 2014, o quociente eleitoral para as 24 vagas à AL atingiu o total de 69.097 votos. Para começar a sonhar com esse “feito”, o PSDB precisa de uma longa e densa esteira de outros partidos. Quem se habilita?

Gutemberg Dias é o nome com maior potencial para ser vice – Entre os quatro nomes apresentados pelo PCdoB (veja AQUI) como opção a vice-governador na chapa encabeçada pela senadora Fátima Bezerra (PT), o que tem maior pontuação para se encaixar como seu vice é o professor, geógrafo e ex-candidato a prefeito de Mossoró em 2016 – Gutemberg Dias. Desde que saiu do pleito paroquial com a maior votação da esquerda local em todos os tempos, é nítido que ele só tem expandido sua marca pessoal. Está muito além do gueto partidário e do espectro ideológico. Anote, por favor.

Quase metade dos federais do RN não deverá concorrer à reeleição – Dos oito deputados federais do RN, no exercício do mandato atualmente, pelo menos três estão fora do páreo: Felipe Maia (DEM), que cederá lugar para o pai e senador José Agripino (DEM); Antônio Jácome (PODEMOS), que disputará cadeira ao Senado no lugar de José Agripino; Zenaide Maia (PHS), nome que vai tentar também uma das vagas ao Senado. Os cinco restantes são estes: Rogério Marinho (PSDB), Walter Alves (MDB), Fábio Faria (PSD), Rafael Motta (PSB) e Beto Rosado (PP). A princípio, todos tentarão renovação do mandato. A princípio. Mas podemos ter novidades até as convenções no início de agosto. Ouvido ao chão, como bom índio Sioux, Apache, Cheyenne, Comanche, Navajo ou Cherokee.

Betinho Rosado entra nas conversas políticas decisivas – Com aquele seu jeito manso, sempre cofiando a barba grisalha e em intervenções que costumam ser cartesianas, o ex-deputado federal Betinho Rosado (PP) entrou de cabeça nas conversas políticas decisivas para o rosalbismo. Pai do deputado federal Beto Rosado (PP) e presidente estadual do PP, ele participa de negociações que esta semana poderão estar fechadas. Então, tá!

EM PAUTA

Presença – A professora e repórter social Marilene Paiva prepara-se para reposicionar sua marca “Presença” na mídia mossoroense e regional. Vai estrear programa em breve na TV Terra do Sal (Canal aberto 14 e 173 no sistema cabo Brisanet). Sucesso, minha cara.

"Presença" de Marilene Paiva (Foto: Web)

Campeão - O Renegados é o primeiro campeão da Liga Mossoró de Futebol Amador. O time do Sumaré goleou o Teimosos por 5 a 1, na tarde deste sábado (30), no Campo O Luizão, no conjunto Nova Vida, e ficou com o título. Saiba mais detalhes sobre a competição clicando AQUI.

Martins – O 12º Festival Gastronômico e Cultural de Martins, marcado para acontecer entre os dias 20, 21 e 22 deste mês, promete ser o mais concorrido de todos os tempos. A procura por pousadas e hotéis (além de aluguel de casas) é um bom termômetro disso.

Década de 60 – O Teatro Riachuelo no Midway Mall vai apresentar nos próximos dias 6 e 7 (sexta e sábado) o espetáculo “60 – Década de Arromba – Documento Musical”. A cantora Wanderléa é a principal estrela da produção que já foi vista por mais de 150 mil pessoas no Rio de Janeiro e São Paulo.

IF em Jucurutu – Nesse sábado (30), o município seridoense de Jucurutu viveu dia histórico. O ministro da Educação, Rossieli Soares, participou de solenidade de assinatura do termo de sessão da Escola Municipal Wagner Lopes de Medeiros e a liberação de recursos na ordem de R$ 800 mil para a instalação provisória do Instituto Federal do RN (IFRN) no município. É uma iniciativa diferenciada para a região em si. Evento teve participação de autoridades políticas municipais, deputado estadual Nelter Queiroz (MDB), senador José Agripino (DEM) e reitor do IFRN, Wyllys Tabosa.

Carnapau – Pau dos Ferros deverá ficar empanzinada de gente dos mais variados municípios e até de outros estados, nesse próximo final de semana. Entre os dias 6 e 8 vai acontecer a micareta “Carnapau”, com atrações nacionais como Léo Santana, Babado Novo e Durval Lelys. Saiba mais clicando AQUI.

SÓ PRA CONTRARIAR

Anote e aguarde por desistências de candidaturas na majoritária e na proporcional no RN.

GERAIS… GERAIS… GERAIS…

Meu caro “Pituleira”, prepare-se que esbarro por nosso Caicó (se Deus quiser!) na festa de Sant’Ana. Vamos botar as prosas e as gargalhadas em dia. Tenho um monte de coisas para não fazer por aí.

Obrigado à leitura do Nosso BlogJuscelino França (Assu), Rose Cantídio (Mossoró) e Juscelino Rêgo (Pau dos Ferros).

Veja a edição anterior da Coluna do Herzog (25/06) clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Coluna do Herzog
domingo - 01/07/2018 - 10:18h
Consult/Blog do BG/FM98

Fátima lidera corrida eleitoral com 10% de maioria


Do Blog do BG

O Instituto Consult mediu o cenário sucessório estadual na pré-campanha das eleições 2018, em pesquisas Estimulada e Espontânea. A sondagem foi realizada entre 26 e 29 de junho e ouviu 1.700 eleitores em todo o Rio Grande do Norte.

A pesquisa divulgada neste domingo (1º) é a primeira de quatro sondagens que o blog contratou ao instituto Consult.

A senadora Fátima Bezerra (PT) lidera com 26,06% na Estimulada, segundo o levantamento encomendado pelo BlogdoBG e 98 FM.

Em segundo lugar, o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT) tem 16,06%. Vantagem pró-Fátima de 10%.

O governador Robinson Faria (PSD) marcou 9,47%. Seu vice, Fábio Dantas (PSB), alcançou 1,71%, empatando com Brenno Queiroga (Solidariedade) em 1%.

Um terço dos eleitores (31,71%) afirmou que não vota em nenhum dos nomes e 13,12% não souberam responder.

Espontânea

Em sondagem Espontânea, o instituto perguntou em que o eleitor pretende votar para governador e 64,76% não souberam responder enquanto 22,12% já adiantam que não votarão em ninguém.

Apenas três nomes tiveram citações acima de um por cento. São eles: Fátima Bezerra (6,18%), Carlos Eduardo (3,12%) e Robinson Faria (2,29%).

Outras citações foram: Kelps Lima, Capitão Styvenson, Geraldo Melo, Fábio Dantas, Carlos Alberto, Freitas Júnior, Dagô, Ciro Robson, Clorisa Linhares, Garibaldi Alves e Flávio Rocha.

A margem de erro é de 2,3% e o índice de confiabilidade é de 95%. O levantamento foi registrado no TSE sob os protocolos RN-03673/2018 e BR-08279/2018.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
sábado - 30/06/2018 - 10:28h
Sobreviência

“Tucanos” do RN não se entendem para campanha


É muito pouco provável que a numerosa bancada de um terço (oito) da Assembleia Legislativa, que hoje está abrigada no PSDB, dê apoio integral ao projeto de reeleição do governador Robinson Faria (PSD). O presidente da sigla e da AL, deputado estadual Ezequiel Ferreira, sabe disso.

Apesar do partido ter anunciado essa posição no dia passado (veja AQUI), há um racha que permanece e aprofunda-se há tempos.

O deputado Tomba Farias, um dos últimos a se filiar ao PSDB, oriundo do PSB, é simpático à pré-candidatura do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) ao Governo.

O deputado Raimundo Fernandes tem adversário (ou inimigo, como queira) figadal no governismo, o deputado estadual Galeno Torquato (PSD), que recebe apoio diferenciado de Robinson à reeleição.

Gustavo Fernandes, peemeedebista-aluizista histórico, foi atraído pro PSDB com a esperança de ter “os meios” para se reeleger, mas numa sigla que vai bater de frente com um representantes da fina-flor Alves: Carlos Eduardo Alves. Seu eleitorado míngua a olhos vistos.

Justificativa

Ainda entra na contabilidade dos deputados estaduais do PSDB, o caso de Márcia Maia. Ela passou boa parte do seu mandato sendo crítica mordaz do Governo Robinson Faria (PSD).

No dia passado, em evento que o PSDB anunciou que apoiará Robinson Faria, Gustavo Fernandes e Raimundo Fernandes tomaram distância. A justificativa capciosa foi a mesma: tinham programação política no interior do estado.

Tomba Farias compareceu, mas parecia desenturmado.

Márcia Maia, também.

Mais do que um lado para estar, cada deputado enxerga o próprio umbigo para sobreviver, o que é absolutamente compreensível. As chapas majoritárias é que precisarão ser convincentes e atraentes, mantendo-os por perto e como forças eleitorais ativas.

Ser tucano não é fácil.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sábado - 30/06/2018 - 09:28h
Chapas proporcionais

Evangélicos do Pros e Podemos procuram acertar detalhes


Apesar de oficialmente ter desembarcado no apoio ao pré-candidato ao governo Carlos Eduardo Alves (PDT), o Pros do deputado estadual evangélico Albert Dickson aguarda definir detalhes quanto à política de alianças na proporcional.

O Pros prioriza, de verdade, a sua reeleição e a eleição da sua mulher e vereadora natalense Carla Albert (Pros) à Câmara Federal.

Carla, Albert e Antônio Jácome: quase tudo fechado para em palanque em prol de Carlos Eduardo (Foto: divulgação)

Com a pré-candidatura do atual deputado federal Antônio Jácome (PODEMOS) ao Senado, no lugar do atual senador José Agripino (DEM), Carla Dickson passa a ser nome preferencial da comunidade eleitora evangélica no estado à Câmara dos Deputados.

Jácome, com claras dificuldades de reeleição, via a mulher de Albert Dickson ameaçar perigosamente seu lugar. A saída para o Senado foi uma forma de acomodar interesses e fortalecer palanque de Carlos Eduardo Alves.

“Herança” de votos

O gesto de Agripino, ao ceder passagem para Jácome, não foi por altruísmo. Pesquisas e mais pesquisas têm mostrado sua falta de nutrientes para a reeleição.

Na disputa à Assembleia Legislativa, o filho de Jácome, deputado estadual Jacó Jácome (PSD), que está vinculada ao palanque do governador e pré-candidato à reeleição Robinson Faria (PSD), pode ficar sem legenda.

Albert Dickson tem interesse em “herdar” os voto de Jacó Jácome, caso ele não se veja possibilitado de tentar a reeleição.

Mas no círculo familiar, Antônio Jácome tem a opção de lançar sua nora e mulher de Jacó, Marianna Procópio (PODEMOS), que é neta do ex-senador e ex-deputado federal João Faustino.

Fechar esses detalhes é a prioridade agora entre essas lideranças políticas e com líderes evangélicos no estado.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
sexta-feira - 29/06/2018 - 23:56h
Eleições 2018

“Agora vamos resolver a questão do vice”


“Uma coisa de cada vez. Agora vamos resolver a questão do vice”.

Essa frase do parágrafo acima, o Blog Carlos Santos captou nessa sexta-feira (29), em meio ao anúncio de apoios e de nomes à chapa majoritária a ser encabeçada pelo ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT) – veja AQUI, nas eleições 2018.

A bola da vez é o grupo da prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP), para fechar na chapa ao governo os maiores colégios eleitorais do estado.

O vice pode ser do filho da prefeita, outro Carlos Eduardo, o “Kadu Ciarlini”, ex-chefe de Gabinete da municipalidade.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 29/06/2018 - 23:48h
Eleições 2018

Carlos Eduardo reforça palanque com chapa quase completa


O ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT) e seu partido apresentaram nesta sexta-feira (29) a chapa majoritária praticamente fechada à disputa eleitoral deste ano. A reunião política com a presença de políticos, militantes e liderenças de várias partes do estado, aconteceu no Hotel Holliday Inn em Lagoa Nova, Natal.

Carlos Eduardo e Agripino (com Jácome às suas costas) começam a definir o que levarão à campanha (Foto: cedida)

Foi feito o anúncio da pré-candidatura de Carlos Eduardo ao governo, além do senador Garibaldi Filho (MDB) e do deputado federal Antônio Jácome (Podemos) como postulantes ao Senado.

O senador José Agripino (DEM) não concorrerá à reeleição. Disputará uma vaga à Câmara Federal pela primeira vez, no lugar do seu filho e parlamentar federal Felipe Maia (DEM), que não buscará reeleição.

As articulações que o próprio Agripino participou diretamente, é que permitem a amplificação do leque de apoios em prol de Carlos Eduardo Alves, atraindo o Podemos de Antônio Jácome e PROS do deputado estadual Albert Dickson.

Quanto ao Pros, Albert Dickson, sua mulher, vereadora natalense e pré-candidata à Câmara Federal Carla Dickson (PROS), juntaram-se a essa costura política como mais uma legenda atraída para o palanque de Carlos Eduardo Alves.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quarta-feira - 27/06/2018 - 09:36h
Eleições 2018

Prioridade no PSB é reeleição de Rafael e Ricardo Motta


Rafael e Ricardo: prioridade (Foto: Arquivo)

A prioridade no PSB não é a postulação ao governo do vice-governador dissidente Fábio Dantas (PSB), que fique claro.

Seus principais dirigentes, pai e filho, deputados federal e estadual Rafael Motta e Ricardo Motta, precisam de meios à reeleição.

Essa é a prioridade do PSB do RN.

Os dois foram campeões de voto em 2014. Agora, eles podem sobrar se não amarrarem bem o projeto político do partido em 2018.

As conversas e estudos passam pela composição com o PSD da candidatura à reeleição do governador Robinson Faria ou do PDT do ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves.

A manutenção do nome de Fábio Dantas ao governo está praticamente descartada. A menos que sirva para agrupar coligação viável à reeleição dos dois deputados.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 25/06/2018 - 08:30h
Eleições 2018

PSDB decide hoje se apoia Robinson Faria ou Carlos Eduardo


Por Saulo Vale

O PSDB potiguar se reunirá hoje, às 9h, para definir quem vai apoiar na disputa pelo Governo do Estado. O encontro será na sede do partido, às 9h.

A reunião promete ser longa e estressante. Isso porque membros do alto escalão da legenda estão divididos entre apoiar o governador Robinson Faria (PSD), que será candidato à reeleição, ou apoiar o ex-prefeito de Natal,  Carlos Eduardo Alves (PDT).

Fábio Dantas (PSB), que ora chegou a ser colocado na lista de possíveis apoios, já está descartado. Mas ao que tudo indica, os tucanos devem selar hoje o apoio ao projeto de reeleição do governador Robinson Faria.

Além das conversas avançadas, uma coligação na proporcional com o PSD, na visão da sigla, favorece o apoio dos tucanos, e é a disputa proporcional que é a prioridade do partido.

Afinal, a legenda tem a difícil missão de encontrar mecanismos que favoreçam à reeleição de oito deputados estaduais, o que não é nada fácil.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
sábado - 23/06/2018 - 13:10h
Primeiro turno

Grupo de Rosalba Ciarlini poderá ficar “no muro”


Rosalba pode evitar "se comprometer" (Foto: web)

Do Blog Política em Foco

O grupo da prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini (PP) poderá optar pela neutralidade no apoio da chapa majoritária no primeiro turno do pleito de 2018.

Rosalba terá como prioridade a eleição do sobrinho Beto Rosado (PP) para federal e do filho Kadu Ciarlini (PP) para deputado estadual.

Para chapa majoritária o governador Robinson Faria (PSD) e o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo (PDT), ambos postulantes ao Executivo, ofereceram o espaço de vice para o grupo de Rosalba, mas não tiveram resposta.

Nota do Blog Carlos Santos – Há mais de uma semana que existem esses rumores, ainda de modo muito discreto.  Depois traremos material analítico-opinativo e mais informações de bastidores.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
domingo - 17/06/2018 - 23:52h
Eleições 2018

“Chapa fechada” de Carlos Eduardo depende de senadores


“A única pré-candidatura inamovível seria a minha”. A declaração foi dada ao Blog Carlos Santos pelo pré-candidato ao Governo do Estado, ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT). Segundo ele, quem pode falar sobre as postulações ao Senado “são eles”.

O “eles” a que Carlos Eduardo referiu-se em entrevista a esta página, gravada na sexta-feira (15), são os atuais senadores e pré-candidatos à reeleição José Agripino (DEM) e Garibaldi Filho (MDB). No último dia 24 de maio, Garibaldi falou à FM 98 do Natal, que “a chapa está fechada” com ele, Agripino e o próprio Carlos (veja AQUI).

Carlos esteve em Mossoró em busca de reforço a palanque (Foto: Edilberto Barros)

Mais recentemente, a usina de especulações políticas tem sustentado hipótese de José Agripino abrir espaço na chapa para atração de apoio do PSDB, que indicaria o ex-senador Geraldo Melo (PSDB), deslocando o atual senador do DEM para chapa à Câmara Federal. Ou seja, a chapa não está fechada.

- O que há de verdade nisso? A chapa está fechada ou não?

- Aí você pergunte a eles (sorrir) – afirmou Carlos Eduardo.

Sexta-feira em Mossoró, Carlos Eduardo teve a primeira reunião com a cúpula do rosalbismo, participou de parte da programação do Mossoró Cidade Junina (MCJ) 2018 àquela noite ao lado da prefeita Rosalba Ciarlini (PP) e outros membros desse grupo, além de entabular outros contatos políticos.

Definições: praticamente nenhuma em termos de apoio local à sua postulação. Mas as conversas estão em andamento, abertas, em várias outras direções, garantiu ele. “Estamos dialogando com outras forças como PSDB, PR, PSB e agora com o PP” – disse (veja AQUI).

Dificuldades comuns

O caso não é de pressa, mas de perfeita costura política. “Nós temos tempo. Até o início de agosto teremos nossas convenções, para decidirmos”, avisou. Um nome a vice, montagem de chapas proporcionais (Câmara Federal e Assembleia Legislativa) e o fechamento de candidaturas ao Senado, fazem parte dessa tarefas até lá.

São dificuldades que também afligem outros potenciais concorrentes ao governo, como senadora Fátima Bezerra (PT), governador Robinson Faria (PSD) e vice-governador dissidente Fábio Dantas (PSB). Ele não está só nas apreensões quanto às chapas. E existem outras.

Recentes eleições suplementares estaduais ao governo do Amazonas (agosto de 2017) e do Tocantins (este mês) deram altos percentuais de votos nulo/branco/abstenções. De 49,61% no Amazonas e 43,54% no Tocantins.

Carlos Eduardo em Mossoró

Leia também: O jogo de paciência de Carlos Eduardo em Mossoró;

Leia também: Rosalba ‘deleta’ Carlos Eduardo de sua companhia.

Esse fenômeno pode acontecer também nas eleições deste ano no país e particularmente no RN. Carlos Eduardo admite que esse hipótese pode se consumar, mas afirma que é a pior forma de protesto do eleitor: “Trata-se de uma postura equivocada. Não tem sistema político melhor, mesmo com todos os seus defeitos, como dizia Winston Churchill (ex-primeiro ministro da Inglaterra).”

Em sua avaliação, “vivemos um momento de transição política, com um modelo cheio de distorções e imperfeições e a melhoria da República e da representação pública deve acontecer pelo voto”. O não-voto não ajuda a mudar nada, opina.

Leia também a primeira parte dessa entrevista: Carlos Eduardo diz que RN só sai do caos com “ajuste fiscal”.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.