segunda-feira - 20/02/2017 - 10:17h
Professores

Prefeita envia mensagem de reajuste após pressão sindical


Rosalba e Marleide em audiência no final do mês passado: compromisso (Foto: arquivo)

Do Blog César Santos (Jornal de Fato)

A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) encaminha à Câmara Municipal de Mossoró, nesta segunda-feira (20), a mensagem de reajuste do piso salarial dos professores.

A presidente da Câmara, Izabel Montenegro (PMDB), já adiantou que fará de imediato a convocação extraordinária dos vereadores, para que a mensagem seja aprovada até quarta-feira (22).

O reajuste acompanhará o índice nacional do piso do magistério, conhecido pelo governo Temer (PMDB), de 7,64%.

Com isso, a Prefeitura de Mossoró estabelece o piso nacional dos professores que é de R$ 2.298,80, retroativo a 1o de janeiro.

O outro lado

Nota do Blog Carlos Santos – No final da semana passada, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM), através de sua presidente Marleide Cunha, pressionou e cobrou publicamente o envio do projeto.

Marleide lembrou através de seu endereço no Facebook (rede social virtual) que Rosalba estava se esquivando de compromisso. Veja:

A PREFEITA Rosalba Ciarlini NÃO encaminhou para Câmara Municipal o projeto de Lei do reajuste do Piso Salarial dos professores. Como pode ser votado pelos vereadores, se o executivo não enviou o projeto? Agora o executivo corra contra o tempo porque EXIGIMOS que se cumpra o que foi acordado em mesa de negociação. Não aceitamos a desculpa de que a Câmara não voltou aos trabalhos. Uma sessão extraordinária, pode ser convocada tanto pela prefeita quanto pela maioria dos vereadores.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Educação
sábado - 18/02/2017 - 16:22h
Mossoró

TCE cita vereadores e ex-vereadores sobre Verba de Gabinete


O Tribunal de Contas do Estado (TCE) procede citação de vereadores e ex-vereadores de Mossoró. Documento está no Diário Oficial do Estado (DOE).

Citação foi publicada no Diário Oficial de hoje e trata de assunto muito polêmico (Foto: reprodução)

A citação é para que a presidente da Câmara Municipal, vereadora Izabel Montenegro (PMDB), pronuncie-se quanto ao uso de Verba de Gabinete pela Casa na legislatura passada. Alcança vereadores reeleitos e ex-vereadores (legislatura 2013-2016).

O caso foi objeto de pronunciamento do TCE no ano passado, levando o então presidente Jório Nogueira (PSD) a suspender a Verba de Gabinete, recursos utilizados pelos 21 vereadores para operacionalização do mandato, como combustível, material de expediente etc.

A Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado deferiu medida cautelar suspendendo a concessão de verba de gabinete aos vereadores da Câmara Municipal de Mossoró na sessão de 10 de maio de 2016, buscando com a medida “evitar prejuízos à administração pública” – assinalou o conselheiro Renato Dias.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
terça-feira - 14/02/2017 - 22:22h
Mossoró

Câmara adia sessões para início de nova legislatura


A Câmara Municipal de Mossoró adiou sessão para leitura da mensagem anual da prefeita Rosalba Ciarlini (PP) e a primeira sessão ordinária da atual legislatura. Obras do prédio-sede da Casa causam a mudança.

A princípio, a leitura da mensagem aconteceria amanhã (15) e o início das sessões ordinárias na terça-feira (21). Mas foram transferidos respectivamente para 3 (uma sexta-feira) e 7 de março (uma terça-feira).

Há cerca de 22 anos que a sede da Câmara Municipal não passava por uma séria reforma. “Diante da grave situação encontrada solicitamos ao proprietário do imóvel que fossem feitas as reformas necessárias (teto, além de sistemas hidráulica e elétrica), e em regime de urgência, tendo em vista o período chuvoso que já se iniciava”, justifica a presidente Izabel Montenegro (PMDB), em nota oficial.

Acompanhe notas exclusivas e mais ágeis do Blog Carlos Santos por nosso Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
sexta-feira - 10/02/2017 - 10:14h
Mossoró

Bastidores da Câmara fervem por causa da Verba de Gabinete


Está grande o “moído” nos intramuros da Câmara Municipal de Mossoró.

A presidente Izabel Montenegro (PMDB) é sitiada com cobrança para reimplantar a Verba de Gabinete, retirada no primeiro semestre do ano passado por recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Essa rubrica garantia recursos de R$ 8.900,00 por mês para cada vereador, ou seja, totalizando R$ 186.900 cumulativamente (21 vereadores) mensalmente, para despesas com combustível, material de expediente, divulgação etc.

Alguns vereadores chegaram a votar em Izabel, à presidência da Casa (no último dia 1º de janeiro), com a crença de que haveria o resgate da Verba de Gabinete. Até aqui, ela não sinaliza com essa decisão. Nem o TCE.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 08/02/2017 - 07:40h
Câmara Municipal de Mossoró

Vereador quer tornar obrigatória a exposição de contas


Flávio: projeto de resolução (Foto: CMM)

O vereador Flávio Tácito (PPL) propõe-se a apresentar no curso da atual legislatura na Câmara Municipal de Mossoró, proposição para tornar mais transparente as contas da Casa.

Projeto de resolução deverá ser protocolado pelo vereador. Em seu enunciado, a ideia é assegurar que o balancete da Câmara Municipal seja apresentado publicamente todo dia 20 de cada mês, como prometido pela presidente.

Assim, entende, que após a gestão dela, os próximos presidentes serão obrigados à mesma prática.

Ele aplaudiu a iniciativa da presidente Izabel Montenegro (PMDB) de fazer essa exposição financeira (veja AQUI) na última segunda-feira (6), à imprensa e vereadores.

Desculpa

Ao mesmo tempo, admitiu um pecado: na legislatura passada, sua primeira na Câmara, não fora mais rigoroso na fiscalização.

“Peço desculpa”, declarou.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 06/02/2017 - 23:50h
Mossoró

Câmara revela débito de mais de R$ 500 mil de gestão passada


Conforme levantamento financeiro apresentados por técnicos da Câmara Municipal de Mossoró, à tarde de hoje, há um montante da ordem de R$ 508 mil em débitos herdados da gestão anterior. Os números e uma exposição mais ampla sobre esse cenário foram expostos por iniciativa da presidente da Casa, Izabel Montenegro (PMDB), no próprio plenário do Legislativo.

Izabel (à direita) acompanha exposição de técnicos da Câmara

Segundo ela, mensalmente (sempre no dia 20), sua gestão vai apresentar balancete financeiro da Câmara, além de assegurar que vereadores não precisarão cobrar essas informações, como ocorria anteriormente.

Sobre o passivo financeiro deixado pela gestão Jório Nogueira (PSD), Izabel informou que já existe um estudo para cobertura dos compromissos e novas demandas financeiras. Entretanto lamentou que muitos débitos careçam de comprovação e apontou inexistência de licitação noutras situçaões

Até aqui, não está viabilizada a Verba de Gabinete que vereadores querem resgatar (veja AQUI). Também não há recursos para viabilização do oitavo cargo comissionado por gabinete (salário de R$ 3.480,00, ou seja, R$ 73.080,00 por mês e quase R$ 850 mil ao ano).

Folha

A prioridade, avisou Izabel, será assegurar o pagamento dos compromissos da Casa com servidores, vereadores, fornecedores e prestadores de serviço, além de obrigações sociais. Em conversa com o Blog, também citou que existem vários pessoas exoneradas de cargos comissionados, que esperam receber seus direitos. “Estamos levantando tudo”, disse.

O duodécimo repassado à Câmara Municipal de Mossoró nos meses de dezembro de 2016 e janeiro de 2017 teve valor mensal de R$ 1.500.518,58.  Na ponta do lápis, não há como pagar Verba de Gabinete e um novo cargo comissionado por gabinete.

Cortes serão feitos. O vereador Raério Dantas (PRB), por exemplo, propôs drástica redução em recursos usados para Propaganda e Fundação (TV Câmara) que chegam respectivamente a R$ 1,2 milhão e R$ 600 mil), pois em sua ótica, ‘não são necessários’.

O orçamento da Câmara para 2017 é de R$ 18.434,644,00. O custo da folha de pagamento (Vereadores, efetivos, assessores, comissionados e Previdência está orçado em R$ 14.956.920,00.

* Depois abordaremos o assunto sob outros ângulos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Repet
segunda-feira - 06/02/2017 - 21:30h
Mossoró

Pressão cobra resgate de Verba de Gabinete em Câmara


Reunião hoje na Câmara mostrou quadro financeiro delicado da Casa (Foto: Blog Carlos Santos)

A presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (PMDB), sofre pressão asfixiante para fazer corte radicais no custeio da Casa, que viabilizem o pagamento da Verba de Gabinete para cada parlamentar.

Até o momento, ela e os técnicos financeiros e jurídicos da Casa não veem meios para atendimento a esse lobby. Eles mostraram esse quadro hoje em reunião aberta à imprensa e vereadores no plenário da Casa (depois daremos mais detalhes).

Ano passado, na gestão Jório Nogueira (PSD), recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) o levou a frear essa rubrica, que serve para cobertura de gastos de cada mandato com material de expediente, transporte e outras necessidades.

Ministério Público de Contas

Seu custo por gabinete era de R$ 8.900,00 por mês, ou seja, totalizando R$ 186.900 cumulativamente (21 vereadores).

Em abril do ano passado, o Ministério Público de Contas (MPTC) alertou que mesmo com amparo na Lei Municipal nº 2.620/2010, que formalizava a Verba de Gabinete, “há uma inadmissível anomalia da gestão orçamentária, em especial, à luz do princípio da unidade de tesouraria ou de caixa”.

Veja AQUI postagem de fevereiro do ano passado, quando o Blog já antecipava o que se confirmou adiante.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
segunda-feira - 06/02/2017 - 15:28h
Mossoró

Câmara anuncia que terá clareza de informações financeiras


Todo dia 20 de cada mês, a Câmara Municipal de Mossoró apresentará publicamente seu balancete (é uma relação das contas extraídas do livro Razão, com seus saldos devedores ou credores).

Todas as informações estarão abertas aos vereadores, imprensa e sociedade.

Essas duas decisões acima foram anunciadas há pouco no plenário da Câmara, pela presidente Izabel Montenegro (PMDB).

Ela faz apresentação sobre situação financeira da Casa.

Traremos detalhes.

Categoria(s): Administração Pública
  • Repet
segunda-feira - 06/02/2017 - 09:04h
Izabel Montenegro

Presidente fará apresentação de relatório financeiro da Câmara


A presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereadora Izabel Montenegro (PMDB), apresentará um relatório do quadro financeiro do Legislativo.

Será nesta segunda-feira (6), às 15 horas, na própria Câmara.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
sexta-feira - 03/02/2017 - 22:15h
Câmara Municipal

Verba de Gabinete mobiliza nova legislatura em Mossoró


Do Blog Carol Ribeiro

O movimento pela volta da verba de gabinete na Câmara Municipal de Mossoró (CMM) não é uma reivindicação somente dos vereadores da oposição, agregação que é conhecida como Grupo dos 10 (veja aqui).

Todos os 21 vereadores têm demonstrado interesse em receber a verba que serve para custeio das atividades parlamentares, mas que foi suspensa por imposição do Tribunal de Contas do Estado (TCE) em maio do ano passado.

Para receber a verba, primeiro a presidente da Câmara, Izabel Montenegro (PMDB) precisa reverter a decisão, tratando com o TCE. Um outro problema são as contas da casa legislativa.

Em entrevistas anteriores, Izabel Montenegro, ao assumir o comando da CMM, já falou sobre dívidas de pelo menos R$ 500 mil a sanar. O reajuste dos salários dos vereadores deve ter um impacto de cerca de R$ 1,2 milhão no orçamento de 2017.

A partir de janeiro os vereadores passaram a ganhar R$ 3.100 a mais: o salário passou de R$ 9.500 para R$ 12.600,00. O reajuste, com valores diferenciados, também chega aos servidores efetivos.

Além disso, a nova Câmara Municipal ainda precisa decidir se mantém ou não o 8º assessor.

Izabel Montenegro afirmou, no começo da gestão, que pretende revogar a decisão.

Resta saber se os colegas concordam.

O assessor a mais, com salário de R$ 3.480,00, deve impactar em R$ 73.080,00 por mês e quase R$ 850 mil ao ano, sem contar benefícios do 13º, terço de férias e outros encargos, nas contas da Câmara.

O duodécimo repassado à Câmara Municipal de Mossoró nos meses de dezembro de 2016 e janeiro de 2017 teve valor de R$ 1.500.518,58.

A principal questão é: o duodécimo repassado mensalmente à Câmara suporta essas novas despesas, além dos outros custos correntes, junto com a volta da verba de gabinete?

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
quinta-feira - 02/02/2017 - 16:48h
TV Câmara

Emissora de TV é retirada completamente do ar


Do Blog do Magnos Alves

A programação ao vivo da TV Câmara de Mossoró está completamente fora do ar. O “Jornal da Câmara”, única exibição ao vivo que estava indo o ar, também caiu.

A presidente da Câmara de Mossoró, vereadora Izabel Montenegro (PMDB), justificou que a decisão foi em decorrência de que a contratação da empresa que executava o serviço foi feita sem licitação. Disse que não sabia dessa situação legal.

Izabel não deu previsão para retomada da programação. Disse que mandou preparar o edital.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Comunicação / Política
quarta-feira - 18/01/2017 - 23:10h
Mossoró

Câmara negocia direitos com ex-comissionados exonerados


A presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (PMDB), comprometeu-se hoje com comitiva de ex-cargos comissionados da

Izabel: entendimento (Foto: Walmir Alves)

Casa, que viabilizará pagamento de seus direitos trabalhistas, sem que haja necessidade de demandarem judicialmente.

Reunião da presidente e ex-comissionados foi antecipada pelo Blog (veja AQUI) no dia passado.

“Nós chegamos a um entendimento, porque os próprios ex-comissionados se organizam para que logo que tenhamos disponibilidade financeira, a gente priorize quem está desempregado, ligados àqueles vereadores que não se reelegeram”, comenta Izabel em conversa com esta página.

Exoneração em massa

Ela confirmou, que “algumas pessoas mais próximas ao então presidente Jório Nogueira (PSD) receberam esses direitos, até com enorme agilidade.” Izabel é clara: “Nós não queremos favorecer ninguém em especial, mas sermos justas e atendermos ao que é legal”.

A exoneração em massa de assessores de vereadores e até do próprio Gabinete da Presidência, atingiu mais de 140 pessoas (veja AQUI) no final do mandato de Jório.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
quarta-feira - 18/01/2017 - 18:13h
Mossoró

Prefeitura e Caixa negociam retomada de vários projetos


A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) recebeu hoje, em audiência no Salão dos Grandes Atos da Prefeitura de Mossoró, representantes da Caixa Econômica Federal (CEF) para tratar de projetos e convênios que estão em andamento nas áreas de saneamento, pavimentação, habitação e infraestrutura em Mossoró.

Existem vários projetos travados e expectativa é que sejam retomados, conforme reunião discutiu hoje (Foto: PMM)

Foram tratados diversos projetos e convênios, dentre eles o financiamento de R$ 37 milhões, que poderia ser cancelado em virtude da ausência de medições enviadas pela Prefeitura de Mossoró. A verba se destina à pavimentação de ruas, com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Do total de verba assegurada em 2010, o percentual de apenas 5%  foi usado pelo Município.

Os serviços foram suspensos em virtude da ausência de comprovação da obra.

Na área do saneamento, se discutiu ações nas Bacias 1, 2, 7 e 8. Com a retomada, a prefeita Rosalba Ciarlini obteve a garantia da secretária de Infraestrutura Kátia Pinto e do secretário executivo, Yuri Tasso, de que Mossoró ficará saneada em 92% em dois anos. Como existem ações ligadas também à habitação, a Prefeitura de Mossoró terá que acelerar serviços e concluir algumas etapas do saneamento até julho deste ano. Com isso, a expectativa é que 2017 será fechado com Mossoró atingindo 85% em saneamento.

Na habitação, discutiu-se agilidade em ações para a entrega do Conjunto Habitacional Maria Odete, que tem 844 casas e que depende da Prefeitura para serem entregues, com participação relacionada à contrapartida. Discutiu-se a possibilidade da ação da Prefeitura ser centrada em equipamentos públicos, além do acesso e iluminação pública. A discussão se volta ao conjunto Jardim das Palmeiras.

Os representantes da Caixa apresentaram, ainda, a construção dos residenciais Mossoró I, II e III, no prolongamento de um dos acessos ao shopping. Todos precisam de interligação com relação ao saneamento.

Participaram da reunião, além da prefeita, a secretária municipal de Infraestrutura, Kátia Pinto, o secretário executivo de Infraestrutura, Projetos e Serviços Públicos, Yuri Pinto, a secretária municipal de Agricultura, Katherine Bezerra, e o chefe de Gabinete, Carlos Eduardo Ciarlini.

Representando a Caixa, o superintendente regional da CEF do RN, Carlos Antônio de Araújo, o gerente geral da Caixa no RN, Arthemis Luís e Ricardo Mariz, gerente regional de governo da Caixa. Também esteve presente a presidente da Câmara Municipal de Mossoró e ex-gerente da Caixa em Mossoró Izabel Montenegro (PMDB).

Com informações da Prefeitura Municipal de Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
terça-feira - 17/01/2017 - 20:50h
Câmara Municipal de Mossoró

Exonerados se mexem para cobrança de direitos na Justiça


Dezenas de pessoas exoneradas de cargos comissionados no final do ano passado, na Câmara Municipal de Mossoró, articulam-se à cobrança de direitos trabalhistas. Ônus desembarcará na mesa da atual presidente, Izabel Montenegro (PMDB).

Algumas pessoas mais próximas ao então presidente Jório Nogueira (PSD) receberam esses direitos, até com enorme agilidade, mas a maioria ficou sem igual benefício. Daí a mobilização para busca da Justiça.

Izabel Montenegro já foi alertada dessa movimentação e deve se reunir com comissão de exonerados à manhã dessa quarta-feira (18).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
quinta-feira - 12/01/2017 - 04:06h
Política

Conversa de Alpendre estreia à noite de hoje na TCM


Bruno, Carol e Izabel: estreia (Foto: divulgação)

Seguindo o clima do verão na TV Cabo Mossoró (TCM), o programa político Conversa de Alpendre está de volta num passeio pelas praias de Tibau e bate-papo descontraído com os principais personagens políticos de Mossoró. A estreia acontece nesta quinta-feira, 12.

Será às 20h30, no TCM 10 HD.

O primeiro programa de uma série de quatro conversas com representantes do legislativo mossoroense tem como convidada a presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (PMDB), e a participação do vereador governista Francisco Carlos (PP), além do oposicionista Alex do Frango (PMB).

A condução do programa este ano é dos jornalistas Carol Ribeiro e Bruno Barreto.

O Conversa pode ser visto, além do Canal TCM 10 HD, pelo http://tcm10hd.com.br/ao-vivo/ ou aplicativo TCM Play.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Comunicação / Política
sábado - 07/01/2017 - 21:30h
Mossoró

Câmara Municipal não sinaliza com cortes de comissionados


Ainda não há qualquer sinalizador, na Câmara Municipal de Mossoró, de redução no número de cargos comissionados e outros cortes para adequação às exigências orçamentárias imediatas.

Na Prefeitura, o governo Rosalba Ciarlini (PP) baixou decreto determinando a redução “em até 50% dos cargos em comissão e de funções gratificadas”.

Quanto à gestão da vereadora e presidente da Câmara Municipal, Izabel Montenegro (PMDB), a pressão de 20 vereadores é em sentido inverso.

Vamos ver se ela cederá ao cerco ou seguirá a cartilha de otimização de gastos e melhoria na produtividade da Casa.

No final da gestão do ex-presidente Jório Nogueira (PSD), ele deu uma “canetada” que expurgou 126 assessores diretos dos vereadores e mais 17 de livre nomeação da presidência, totalizando 143 cargos (veja AQUI).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
sábado - 07/01/2017 - 14:08h
O outro lado

Izabel mostra que Jório Nogueira deixou dívida em Câmara


A vereadora Izabel Montenegro (PMDB) em entrevista ao Meio-Dia Mossoró da 95 FM, nessa sexta-feira (6), revelou que ao contrário do anunciado o antecessor dela na presidência da Câmara Municipal, Jório Nogueira (PSD), deixou dívidas para a gestão dela.

Débitos apresentados por Izabel Montenegro conflita com números de Jório (Foto: reprodução)

Mesmo devolvendo mais de R$ 500 mil (ver AQUI) ao executivo, o presidente da Câmara teria deixado R$ 551 mil em contas abertas.

“A maior parte (ver na imagem acima) é com previdência. Se forem recursos descontados do servidor é apropriação indébita”, disparou.

Nota do Blog – Generosidade com o chapéu alheio, digamos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
quarta-feira - 04/01/2017 - 22:46h
Em Natal

Fecam faz eleição consensual, após má-fé de ex-prefeito


O presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Raniere Barbosa (PDT), foi eleito presidente da Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (FECAM/RN) nesta quarta-feira, 4 de janeiro,  no auditório da entidade, em Natal. Suas ascensão foi precedida de muita polêmica (veja AQUI), mas sanada nos bastidores.

Foi feita uma chapa única, depois de existência preliminar de duas que iriam se rivalizar nas urnas.

Francisco José Júnior

Hostilizado por vereadores dos mais variados municípios do estado, por ter influído na alteração (sem alardes) dos estatutos da entidade, ainda no mês de outubro do ano passado, o ex-prefeito de Mossoró acabou retirando sua casuística candidatura a presidente. Assim, abriu caminho para que os verdadeiros vereadores pudessem pacificar a entidade.

Sua estratégia foi considerada uma intromissão de má-fé na vida institucional da Fecam, haja vista que não é vereador, mas já fora até seu presidente. Sua manobra visava fazer uma eleição com chapa única, que seria encabeçada por ele mesmo. O estatuto foi mexido com essa intenção.

A vereadora mossoroense Izabel Montenegro (PMDB), presidente do Legislativo local, foi a primeira voz a se levantar contra o ex-prefeito. Provocou efeito em cadeia. Mas os dois ainda seguiram batendo boca em redes sociais.

Raniere (centro) foi empossado presidente ao lado de Izabel Montenegro de Mossoró (Foto: Elpídio Júnior)

Após a aprovação dos novos nomes consensuais, tomou posse a nova diretoria para o biênio 2017-2018.

A Fecam conta com uma nova diretoria formada por representantes de todas as regiões do Rio Grande do Norte.

Diretoria

Veja como ficou a diretoria para o biênio 2017/2018: Raniere Barbosa (Natal) – presidente; Odair Alves Diniz (Caicó) – vice-presidente; Iron Lucas de Oliveira Júnior (Jardim do Seridó) – 2º vice-presidente; Maria Isabel Araújo Montenegro (Câmara de Mossoró) – 3ª vice-presidente; Josinaldo Amaro de Lima (São Tomé) – 4º vice-presidente.

Jeferson Monik Gonçalo Lima de Melo (Santa Cruz) – 1º secretário; Lucélia Ribeiro Santas (Patu) – 2º secretári0; Allisson Lindauro Marques Guedes (São Paulo de Potengi) – 1º tesoureiro; Raimundo Inácio Filho (ex-presidente da Fecam) – 2º tesoureiro.

Conselho Fiscal: Albert Dickson de Lima (ex-presidente da FECAMRN) – 1º membro Izabel Cristina de Melo Ferreira (Câmara Municipal de Touros) 2º membro Pollyana Cavalcanti Dias (Câmara Municipal de Nisia Floresta) 3º membro Diogo Henrique Marques Costa (Câmara Municipal de Barcelona) 4º membro Pedro Alves Cabral Neto (Câmara Municipal de Felipe Guerra) 5º membro.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 03/01/2017 - 16:39h
Hoje

Larissa Rosado é novamente empossada como deputada estadual


A suplente de deputado estadual Larissa Rosado (PSB) foi empossada como efetiva à manhã de hoje na sala da presidência da Assembleia Legislativa. Sua ascensão deveu-se à renúncia do deputado Álvaro Dias (PMDB) ao final do ano passado, que foi eleito vice-prefeito do Natal.

O ato protocolar foi presidido pelo presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB). Larissa ascende ao seu 4º mandato de deputada estadual.

Larissa (Centro) posou com deputados e o vice Fábio Dantas após ato de posse hoje (Foto: Eduardo Maia)

Acompanharam o evento os deputados Gustavo Carvalho (PSDB), que fez a leitura do termo de posse, Tomba Farias (PSB), Gustavo Fernandes PMDB), Cristiane Dantas (PC do B) e Albert Dickson (PROS).

Larissa Rosado, com a presença de marido e filhos, bastante emocionada, fez um agradecimento especial aos deputados Gustavo Carvalho, Ezequiel Ferreira e Tomba Farias.

Agradecimento

“Agradeço demais os gestos de carinho e atenção destes amigos, mesmo quando estava sem mandato. E fiz questão da presença do ex-deputado e vice-governador Fábio Dantas (PCdoB), que também não me faltou quando o procurei”, disse.

A solenidade foi acompanhada pelos ex-deputados Carlos Augusto Rosado (ex-presidente da Assembleia), Elias Fernandes, Cláudio Porpino, vereadora Sandra Rosado (PSB) e Laíre Rosado (PSB), mãe e pai da deputada; senador Garibaldi Alves (PMDB), os deputados federais Beto Rosado (PP) e Rafael Motta (PSB), secretário do Desenvolvimento Econômico de Mossoró e irmão da parlamentar, Lahyrinho Rosado (PSB).

Também prestigiaram-na os vereadores Izabel Montenegro (PMDB), presidente da Câmara Municipal de Mossoró, e João Gentil (PV) primeiro secretário da mesma casa parlamentar.

O desembargador Expedito Ferreira, futuro presidente do Tribunal de Justiça do RN (TJRN), também se fez presente à solenidade, assim como o reitor da Universidade do Estado do RN (UERN) Pedro Fernandes Neto.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 02/01/2017 - 23:20h
Flávio Tácito

Um governista a mais; quem sabe, hein?


Reeleito e integrante do “Grupo dos 13″ da oposição, que foi reduzido ao total de dez parlamentares logo na posse (ontem, dia 1º), o vereador Flávio Tácito (PPL) resistiu à mudança.

Foi sondado para votar em Izabel Montenegro (PMDB) a presidente da Câmara Municipal, mas preferiu manter posição pró-Alex do Frango (PMB).

Mais do que afinidade com a oposição e, Alex, dissonância com Izabel.

Porém ser governista não está descartado.

Pode ser apenas uma questão de tempo.

Até porque, ele adora um “rosa-choque”.

Ô!

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 02/01/2017 - 21:36h
Mossoró

Câmara Municipal tem exoneração em massa


Exoneração em massa na Câmara Municipal de Mossoró.

O primeiro dia útil da presidente recém-eleita, Izabel Montenegro (PMDB), foi para exonerar todos os detentores de cargos comissionados.

O procedimento é normal em início de legislatura.

Até terça-feira (3) ou sexta-feira (6) o Jornal Oficial do Município (JOM) deverá publicar essas portarias.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 02/01/2017 - 11:33h
Mossoró

Com Gentil e Sandra tentados à traição, Izabel vence por um triz


Como o Blog antecipou, a eleição de Izabel Montenegro (PMDB) à presidência da Câmara Municipal de Mossoró não estava ‘consolidada’, apesar da maioria que antecipadamente tinha garantido (veja AQUI). Estresse até último voto.

Nos bastidores da eleição, nesse domingo (1º), a oposição se vendo perdida tentou duas cartadas para “melar” a ascensão da vereadora reeleita.

Izabel posa com sua bancada, sem Sandra, mas com João Gentil atrás à sua esquerda; sufoco (Foto: Edilberto Barros)

Como viu que seu chamado “Grupo dos 13″ tinha encolhido para “Grupo dos 10″, sendo minoria, ofertou a presidência ao ex-oposicionista João Gentil (PV) – que horas antes fora anunciado como novo governista e dando apoio à Izabel.

Quem também foi sondada para ser candidata pela oposição foi a nova vereadora e ex-deputada federal neorosalbista Sandra Rosado (PSB). Ela tinha anunciado que ficaria neutra (veja AQUI) no pleito, indignada por não ter sido escolhida em lugar de Izabel.

O Blog chegou a apontar essa hipótese de Sandra ser tentada pela oposição (veja AQUI).

Empate pró-Izabel

João Gentil, neoconvertido ao rosalbismo, não tinha motivos para outro pula-pula em tão curtíssimo espaço de tempo, espécie de salto triplo twist carpado da esperteza política. Estava no Grupo dos 13, saiu; estava no grupo do ex-prefeito Francisco José Júnior (PSD), pinotou fora (veja AQUI). Só faltava mesmo deixar o governismo para ser candidato da oposição. Ufa!

O que ele cobrara em termos de “espaços”, para o futuro governo, foi-lhe assegurado em conversa com a cúpula do governismo algumas horas antes.

Quanto à Sandra, a principal exigência após o dissabor de não ser candidata de Rosalba, era ter o filho Lahyrinho Rosado (PSB) anunciado como secretário. Conseguiu, após cobrar publicamente isso (veja AQUI).

Há um detalhe ainda a ser assinalado nessa disputa e de seus bastidores: mesmo que Sandra se abstivesse de votar, ficando “neutra”, Izabel seria eleita por ter maior idade do que Alex do Frango (PMB), concorrente oposicionista.

Henrique comemora

O empate em 10 x 10 a favorecia. Sandra só poderia agir, em contrário, para prejudicá-la e ao grupo da prefeita Rosalba Ciarlini (PP), que apostou em Izabel e fez maioria na Casa antes mesmo de começar a legislatura.

Nas redes sociais, o presidente do PMDB no RN e ex-deputado federal Henrique Alves saudou a vitória de sua liderada e enalteceu o “voto decisivo” de Sandra, de olho no futuro:

“Parabenizar vereadora Izabel do nosso PMDB que se elegeu Presidente da Câmara de Mossoró! Mereceu pela luta que fez. E com voto decisivo 11 a 10 da Ver SANDRA!”

O grupo de Sandra deverá retornar ao PMDB em breve, como o Blog postou (veja AQUI),

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.