quinta-feira - 23/02/2017 - 09:26h
Federal e Estadual

Governismo esquadrinha caminhada eleitoral de seus candidatos


O grupo governista municipal mossoroense esquadrinha formatação para as eleições que virão em 2018. Nada acordado ainda, mas intimamente pensado e já costurado, sujeito a improvável – mas possível – alteração.

Beto e Larissa, mesmo grupo e duas frentes de votos (Foto: arquivo)

No esboço inicial, o deputado federal Beto Rosado (PP) deverá ser candidato à reeleição em dobradinha com a prima Lorena Ciarlini (PP), atual secretária do Desenvolvimento Social da prefeita Rosalba Ciarlini (PP), sua mãe.

Já a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) está fechada com o grupo Alves (veja AQUI).

Últimas eleições

Sua parceria no âmbito de Mossoró e outros municípios caminha para ser com o ex-presidente da Câmara Federal Henrique Alves (PMDB).

Em 2014, últimas eleições, Beto esteve em comunhão com Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”, ex-prefeito de Areia Branca. Ambos foram eleitos pela primeira vez.

Lorena: de Rosalba (Foto: Carlos C.)

Já Larissa era parceira da mãe e hoje vereadora Sandra Rosado (PSB), que tentava reeleição. As duas não obtiveram êxito.

Prioridades de Rosalba

Vale ser lembrado, que em 2014 Rosalba era governadora e não teve condições de ser candidata à reeleição e Sandra e Larissa estavam como adversárias dela. Hoje, não. Estão no mesmo grupo.

Apesar dessa “união”, precisam sobreviver e dar novo salto eleitoral com meios próprios de caminhada.

No governismo, as prioridades de Rosalba para 2018 serão Beto e Lorena. Sandra e Larissa sabem disso.

Ponto final.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 22/02/2017 - 22:18h
Hoje

Souza pede liberação de recursos para Hospital Almeida Castro


“Nós temos o maior interesse em garantir a manutenção do Almeida Castro. Vamos resolver esse impasse”. A declaração foi dada há poucos minutos ao deputado estadual Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”, pela secretária-chefe do Gabinete Civil do Governo do Estado, Tatiana Mendes Cunha.

Souza ponderou à necessidade de apoio ao HMAC e Tatiana enxerga sua importância (Foto: Assecom do Estado)

O parlamentar pediu a liberação de recursos para garantia de pagamento a algumas categorias médicas que migraram do Hospital da Mulher Parteira Maria Correia, fechado em setembro do ano passado em Mossoró, para o Hospital Maternidade Almeida Castro (HMAC).

Intervenção

“O Almeida Castro é um modelo que tem dado certo e vamos vencer os entraves burocráticos relativos à abertura orçamentária para atender a esses compromissos”, acrescentou Tatiana Mendes.

Segundo Souza, “meu apelo à secretária é o eco de mães, bebês e familiares carentes de cerca de 68 municípios do estado, que precisam do Almeida Castro e temem que haja colapso definitivo dos serviços”.

O HMAC está sob intervenção da Justiça Federal desde setembro de 2014.

Com informações da AL/Assessoria de Souza.

Categoria(s): Política / Saúde
sábado - 18/02/2017 - 07:50h
Vereadora

Aline Couto passa a presidir PHS no município de Mossoró


Vereadora em início do primeiro mandato na Câmara Municipal de Mossoró, Aline Couto estreará também como dirigente partidária. Ela assumirá presidência do Partido Humanista da Solidariedade (PHS) no município.

Aline e Souza participaram do projeto eleitoral de 2016 e preparam nova fase do PHS (Foto: PHS RN)

Aline foi eleita com 916 no pleito de 2 de outubro do ano passado, em chapa própria do PHS – que participou da campanha sem qualquer coligação proporcional.

A definição quanto ao nome de Aline foi extraída de reunião do partido em Mossoró nessa sexta-feira (17), com o deputado estadual Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”. A vereadora substituirá Raimundo César na presidência.

Norte político

“O partido mantém o que foi posto e, cumprido, em sua reorganização em 2015: autonomia democrática, independência para tomada de posições no núcleo local, mas seguindo princípios e diretrizes estatutárias e políticas de instâncias superiores”, ponderou Souza. “A escolha de Aline e os rumos do PHS em Mossoró seguem esse norte”, aponta Souza.

Para Aline, o partido que tem mais de 20 anos de vida e deu-lhe oportunidade de se viabilizar eleitoralmente, também aumenta sua responsabilidade em nova experiência:

- “Vamos fazer o que já tem sido feito, ao lado de outros integrantes do partido e militância, sem querer inventar ou impor nada. Minha vitória eleitoral não foi só minha e é a prova de que o PHS é um partido de oportunidades, como ouvíamos o deputado Souza falar bem antes da campanha”.

Com informações do PHS do RN.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 14/02/2017 - 13:30h
Hoje

Frente em Defesa da Uern apresenta estudo à Assembleia


Uma comissão de deputados estaduais se reuniu com integrantes da Frente Parlamentar e Popular em Defesa da Universidade do Estado do RN (UERN), na manhã desta terça-feira (14), em Natal. Foram abordadas as principais reivindicações da instituição.

Integrante da Frente, ao lado do também deputado Fernando Mineiro (PT), o deputado Manoel Cunha Neto, “Souza” (PHS), antecipou principais pontos da pauta. A reunião foi conduzida pelo presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

Souza entrega documento, representando a Frente, ao presidente Ezequiel Ferreira (Foto: cedida)

O presidente recebeu documento com o estudo do impacto financeiro da Uern, das mãos do deputado Souza. Material aponta ainda comparativo com outras instituições similares no país.

“A defesa da Uern é pauta recorrente nesta Casa, porque há um entendimento da sua importância como instituição de ensino para todo o Rio Grande do Norte. A Assembleia tem se colocado sempre à disposição para debater e acolher as reivindicações dessa luta, que é legítima”, afirmou o presidente Ezequiel Ferreira de Souza.

Souza mostra importância

O deputado Souza promoveu em dezembro uma audiência pública na Casa sobre a Uern. Paralelamente, integrou-se ao movimento denominado de Frente Parlamentar e Popular, na Câmara Municipal de Mossoró. “Uma das motivações principais é a autonomia financeira. Teremos reunião com o governador e viemos pedir o apoio total da Casa para uma instituição que é importante para todo o Rio Grande do Norte”, disse o parlamentar.

De acordo com o presidente da Associação dos Docentes da UERN (ADUERN), professor Lemuel Rodrigues da Silva, as principais reivindicações da Frente, formada em dezembro passado, em Mossoró, vão além da questão da não privatização, e incluem necessidades mais urgentes como a autonomia (financeira, pedagógica e de gestão), a efetivação do plano de cargos e salários, estrutura e custeio.

Fuga de talentos

Lemuel informou que plano de cargos já foi enviado para o Executivo e há uma preocupação na instituição com a “fuga de talentos”, que é a mudança dos professores para outras universidades com salários mais atrativos, diante de falhas no plano de cargos.

O presidente da Frente Parlamentar, vereador Francisco Carlos (PP), agradeceu o apoio e a acolhida da Assembleia. “Pretendemos levar essa discussão para outras cidades em defesa do ensino de qualidade. A universidade precisa de melhores condições para que seus docentes desempenhem o seu trabalho”, afirmou.

Ainda participaram da reunião os deputados estaduais Raimundo Fernandes (PSDB) e Getúlio Rêgo (DEM), professores, dirigentes e integrantes da Frente, além da vereadora Sandra Rosado (PSB) e a deputada estadual recém-empossada Larissa Rosado.

Com informações da AL.

Categoria(s): Administração Pública / Política
sábado - 11/02/2017 - 19:18h
Hoje

Walter Alves e Agripino recebem deputado Souza e prefeitos


O deputado federal Walter Alves (PMDB) recebeu em Natal nessa sexta-feira (10), comitiva de prefeitos liderados pelo deputado estadual Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”. Com ele, os prefeito Antônio Bolota (PHS) de Governador Dix-sept Rosado e Sael Melo (PHS) de Porto do Mangue.

Walter garantiu encaminhamento de pleitos de Sael, Souza e Bolota (Foto: cedida)

Na pauta, reivindicações para os municípios. O deputado Walter comprometeu-se a encaminhar em Brasília, pleitos voltados para a Saúde, Turismo e Agricultura.

A reunião – ocorrida às 15h no escritório de trabalho de Alves, também ensejou oportunidade para que os deputados afinassem conversas políticas, analisando a conjuntura atual na política estadual e também nacional.

Agripino

Esse sábado (11) também ambientou encontro de Souza, Antônio Bolota e Sael Melo com o senador José Agripino (DEM). Foram tratados pleitos relacionados à melhoria no sistema educacional do Município. O senador de comprometeu a encaminhar junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), demandas relacionadas à construção de creche e escolas, mobiliário escolar e construção de escolas.

FNDE e Porto-Ilha foram temas tratados com José Agripino (Foto: divulgação)

O deputado Souza também falou em relação ao empenho da classe política na luta pela não devolução dos recursos repassados pelo FNDE aos municípios e ao estado do RN. “Essa questão inviabiliza dezenas de municípios potiguares, que usaram de boa-fé e corretamente os recursos, não tendo meios à devolução”, arguiu Souza.

O senador garantiu total empenho.

Porto-Ilha

Outra reivindicação foi relacionada a melhorias no Porto-Ilha em Areia Branca. O senador informou que conseguiu recursos da ordem de 10 milhões de reais para investimento na estrutura do terminal.

Com informações das Assessorias de Walter Alves e Souza.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 07/02/2017 - 14:28h
Hoje

Uern e Segurança são prioridades em mandato, diz Larissa


Larissa foi aparteada e cumprimentada (Foto: João Gilberto)

De volta à Assembleia Legislativa, com a renúncia do atual vice-prefeito de Natal, Álvaro Dias (PMDB), a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) fez seu primeiro pronunciamento na sessão desta terça-feira (07). A parlamentar focou na defesa da Universidade do Estado do RN (UERN), uma de suas bandeiras como parlamentar e na Segurança Pública.

Ela integrará na Casa a comissão para debater sobre os problemas do sistema penitenciário do Rio Grande do Norte e a que trata da defesa da Universidade.

“Mesmo sem mandato, sempre lutei pelos problemas do nosso Estado. Foi quando estava fora da Assembleia, surgiu a esquisita e esdrúxula ideia de privatizar a UERN. Também sem mandato cobrei ações do Governo do Estado para diminuir a criminalidade na minha cidade Mossoró e em todo o Rio Grande do Norte”, declarou, anunciando que defende a autonomia financeira da Universidade, e que solicitou à Mesa Diretora da Casa uma audiência pública para debater o tema.

Sem autonomia

“Se formos pedir autonomia financeira para a UERN temos que pedir também para o Detran, para a Fundação José Augusto, o DER, a Fundac”, retrucou o deputado Nélter Queiroz (PMDB).

Outros deputados a apartearam, endossando suas palavras e a parabenizando pelo retorno à Casa: Gustavo Carvalho (PSDB), José Adécio (DEM), Hermano Morais (PMDB), Souza (PHS), Raimundo Fernandes (PSDB), Kelps Lima (Solidariedade), Márcia Maia (PSDB) e Dison Lisboa (PSD),

Com informações da Assembleia Legislativa e Blog Carlos Santos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 06/02/2017 - 23:32h
Hoje

Frente apresenta a reitor iniciativas em defesa da Uern


Representantes da Frente Parlamentar e Popular em Defesa da UERN (Universidade do Estado do RN) estiveram reunidos nesta segunda-feira (6) com o reitor da instituição, professor Pedro Fernandes Ribeiro Neto, professores, técnicos administrativos e representantes de estudantes da Universidade. Foi apresentada oficialmente à instituição. Também, se adiantou como transcorre o seu trabalho.

Reitor (à cabeça da mesa) recebeu comissão que reforça luta da instituição (Foto: cedida)

A Frente é composta por representantes de todos os segmentos da Universidade, além de membros da Câmara Municipal de Mossoró, Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ordem dos Advogados do Brasil  (OAB), associações culturais, entre outras entidades Foi instalada ainda no final do ano passado. A Frente é presidida pelo vereador e professor uerniano Francisco Carlos (PP).

Emenda Parlamentar

Participando da reunião, como um de seus membros, o deputado estadual Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”, aproveitou a reunião para ratificar Emenda Parlamentar com recursos de R$150 mil reais para melhoria das instalações da Faculdade de Direito em Mossoró. Em 2016, o deputado Souza destinou para a Uern o valor de R$ 400 mil em emendas.

“Entendemos a importância desse movimento e nossa ideia é fortalecer a frente e ampliar esse fórum de debates em favor da Uern”, disse Souza. Só não sabe a importância da Uern quem a desconhece. Vamos mostrar que a Universidade é de todos”, afirmou o deputado.

Impacto

A Frente Parlamentar e Popular em Defesa da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte apresentará, até o início de março, estudo para apontar os impactos econômico e social da instituição de ensino para o Estado. O documento será elaborado por professores de Economia da Uern e apresentado na Câmara de Mossoró, como parte das atividades do movimento.

Também houve compromisso do deputado Souza, de pedir realização de audiência pública na Assembleia Legislativa para tratar da autonomia financeira da Uern. “Precisamos avançar nessa discussão”, salientou.

Com informações da Uern, além da Assessoria do vereador Francisco Carlos e Blog Carlos Santos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais
quinta-feira - 26/01/2017 - 19:08h
Souza

Deputado reforça luta por Uern e destaca emendas


Na manhã desta quinta-feira (26), o deputado Manoel Cunha Neto (PHS), “Souza”, esteve reunido em Mossoró com o reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Pedro Fernandes Neto. Tratou sobre emendas do parlamentar que foram destinadas à instituição.

Souza esteve hoje na Uern (Foto: Assessoria)

Paralelamente, comprometeu-se em continuar defesa da proposta de “autonomia financeira da Uern”.

Os recursos no valor de R$ 400 mil, conforme as emendas de Nº 310 (R$ 200.000,00) e Nº 254 (R$ 2000.000,00), destinados pelo parlamentar em 2016, foram aplicados em obras de acessibilidade no bloco de salas de aula da Faculdade de Direito (FAD) no Campus de Mossoró.

Direito

O curso de Direito tem alunos deficientes visuais e cadeirantes que são beneficiados com as obras de acessibilidade viabilizadas com os recursos das emendas parlamentar do deputado Souza.

Para o deputado, que é aluno da Uern, a instituição tem um papel social importante na formação profissional e prestação de serviço à comunidade. Além desses recursos alocados no Orçamento Geral do Estado (OGE/2016), Souza adiantou ao reitor durante o encontro, que já destinou em 2017 a emenda parlamentar de Nº 260 no valor de R$ 150 mil para a Uern.

Com informações da Assessoria do Deputado Souza.

Categoria(s): Educação / Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
sexta-feira - 13/01/2017 - 06:34h
Mossoró

Segundo dia de Robinson tem boas notícias para a Saúde


No segundo dia de agenda administrativa em Mossoró, o governador Robinson Faria (PSD), assinou um protocolo de intenções para a alta complexidade, no auditório do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM). O evento aconteceu na manhã de quinta-feira (12).

Teve teve a participação do secretário estadual de Saúde, George Antunes, do Ministro da Saúde, Ricardo Barros, do secretário municipal de Saúde, Benjamim Bento e da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (DEM), senador Garibaldi Filho (PMDB), deputados estaduais Larissa Rosado (PSB), Manoel Cunha Neto PHS), o “Souza”, e Galeno Torquato (PSD), bem como deputado federal Beto Rosado (PP).

Ministro e Robinson (ao centro), se cumprimentam sob o 'testemunho' do tomógrafo (Foto: Ivanízio Ramos)

O objetivo do protocolo é descentralizar os serviços de alta complexidade para o município de Mossoró, com a co-gestão e apoio dos municípios da 2ª e 6ª região de Saúde, com sedes em Mossoró e Pau dos Ferros, formalizando um Termo de Cooperação entre Entes Públicos (TCEP), dentro do processo de regionalização.

Durante a visita o governador também formalizou a entrega de um novo tomógrafo que dará mais qualidade e agilidade aos exames no Hospital Tarcísio Maia. O equipamento, que realiza exames em menor tempo, foi adquirido pelo Governo do Estado pelo valor de R$ 1.440.000.

Almeida Castro

O governador visitou o Hospital Maternidade Almeida Castro (HMAC) nessa quinta-feira. Na atual administração do Governo do Estado, o Hospital Maternidade Almeida Castro, no Centro de Mossoró, teve ampliado de sete para 17 leitos a Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), de cinco para oito leitos a UTI para adultos e de 160 para 190 leitos a sua capacidade total de atendimento.

Tudo isso foi possível graças ao aporte mensal de recursos feito pelo Governo do Estado no valor de R$ 438 mil/mês, por meio de convênios celebrados com o hospital. Os repasses vêm sendo feitos desde setembro de 2016.

Robinson esteve no HMAC no segundo dia de sua agenda em Mossoró (Foto: Assecom)

Outra medida tomada pelo Governo do Estado para melhorar os serviços públicos prestados pelo Hospital Maternidade Almeida Castro foi o reforço na equipe médica com o acréscimo de três obstetras, dois pediatras, um intensivista e um anestesista.

Jucern e Restaurante

O governador ainda inaugurou nova unidade do Restaurante Popular no bairro Santo Antônio e as novas instalações da Junta Comercial do RN (JUCERN), no centro da cidade.

Assegurou, inclusive, a instalação na cidade do “Escritório do Empreendedor”, para dar agilidade à resolução de interesses burocráticos do setor produtivo, como inaugurado em Natal no ano passado.

Veja também: Governo entrega cadeiras de rodas e apresenta novo formato do Programa do Leite (AQUI);

Veja também: Robinson visita Potigás e mostra expansão de serviços em Mossoró (AQUI);

Com informações da Assecom do Governo do Estado e Blog Carlos Santos.

Categoria(s): Administração Pública
quinta-feira - 12/01/2017 - 07:28h
Hoje

Robinson Faria cumpre segundo dia de agenda em Mossoró


O governador Robinson Faria (PSD) cumpre seu segundo dia consecutivo de agenda administrativa em Mossoró, hoje (quinta-feira, 12), novamente com predominância de visita a unidades públicas de Saúde.

Também na pauta, inauguração das novas instalações da Junta Comercial (JUCERN) e inauguração do Restaurante Popular no bairro Santo Antônio.

Governador abriu sua agenda ontem (Foto: Assecom)

Um dos destaque é a visita (veja AQUI) do ministro da Saúde, Ricardo Barros, ao Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em que ele comparecerá ao lado da prefeita Rosalba Ciarlini (PP), deputado federal Beto Rosado (PP), deputados estaduais Larissa Rosado (PSB) e Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”, vereadores etc.

Veja abaixo a programação:

9h – Visita ao Hospital Regional Tarcísio Maia para entrega de tomógrafo e assinatura do Protocolo de Intenções da Alta Complexidade com o município de Mossoró.

10h – Visita ao Hospital Rafael Fernandes.

11h30 – Visita à Regional de Saúde para início do recadastramento pela SETHAS dos postos de distribuição do Programa do Leite e entrega de equipamentos aos usuários cadastrados pelo CRI.

13h30 – Almoço com prefeitos. Local: Município de Areia Branca.

16h00 – Visita à sede da POTIGÁS.

17h30 – Inauguração das novas instalações da JUCERN.

19h – Inauguração do Restaurante Popular (Local: Rua Zeca Cirilino, 2604 – Santo Antônio).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Repet
terça-feira - 27/12/2016 - 10:53h
O futuro já começou...

Rosalba terá filha em equipe focando a Assembleia Legislativa


Um nome anunciado hoje através do Blog do Barreto (veja AQUI) como integrante da futura equipe de secretários da prefeita eleita e diplomada, Rosalba Ciarlini (PP), precisa ser observado com atenção: Lorena Ciarlini.

Será a titular da pasta da Ação Social.

Filha da própria prefeita, não por acaso estará em cargo estratégico, com relação direta com a massa-gente e diversos programas assistenciais.

Lorena, Rosalba e Kadu em momento da diplomação no último dia 19, mas com olhar em 2018 (Foto: Web)

Indicador mais do que forte de ser o nome do rosalbismo à Assembleia Legislativa em 2018, onde a família Rosado-Ciarlini deixou de ter representante com a não-reeleição de Ruth Ciarlini (irmã de Rosalba) em 2006.

Até bem pouco tempo, o nome mais comentado nos intramuros do rosalbismo para ser essa escolha, era do marqueteiro da própria Rosalba na campanha deste ano, seu filho Kadu Ciarlini.

Ungida à Ação Social, Lorena aparece como verdadeiro nome à disputa. Para ser “nomeada” nas urnas, previsivelmente.

Nas eleições à Assembleia Legislativa em 2014, o rosalbismo fez aliança pontual com o ex-prefeito (duas vezes) de Areia Branca Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”, numa dobradinha com o agrônomo Beto Rosado (PP), sobrinho-afim de Rosalba. Os dois conseguiram se eleger.

Puro-sangue

Para 2018, com a Prefeitura em mãos, o rosalbismo sinaliza que quer repetir fórmula “puro-sangue” que aconteceu antes, à época em que Rosalba foi prefeita, ensejando a eleição de Ruth duas vezes.

Quando saiu da Prefeitura para ser candidata ao Senado (eleita em 2006) e ao Governo do Estado (eleita em 2010), o espaço foi ocupado pelo médico Leonardo Nogueira (DEM). Não por coincidência, na municipalidade estava sua mulher, a enfermeira Fafá Rosado (DEM, hoje PMDB).

Na tentativa de se reeleger para terceiro mandato em 2014, Nogueira não teve êxito. Na Prefeitura, não por coincidência, Fafá já não estava mais. O prefeito era Francisco José Júnior (PSD), eleito em pleito suplementar meses antes (4 de maio).

Francisco optou por apoiar àquele ano o ex-prefeito de São Miguel Galeno Torquato (PSD), região do Alto Oeste, um estranho ao eleitor e à cidade, mas que saiu vitorioso e com votação expressiva em Mossoró (12.306 votos).

Leonardo Nogueira sonhava com o apoio de Francisco, que não houve. Sua votação no município não passou de 9.111 votos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 12/12/2016 - 20:36h
Infraestrutura na Educação

Prefeitos precisam elaborar melhores projetos, diz arquiteto


O seminário “Novos Projetos e Diagnóstico de Pendências Técnicas na Área de Infraestrutura Educacional”, ocorrido hoje em Natal, na Assembleia Legislativa, apontou que a boa elaboração de projetos pode definir o futuro de empreendimentos para a educação, nos municípios.

Tiago Lippold Radünz alertou sobre projetos (Foto: AL)

O arquiteto Tiago Lippold Radünz, ex- coordenador do setor de obras do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que é o órgão responsável pela execução de políticas educacionais do Ministério da Educação (MEC), deu esse diagnóstico em sua palestra.

Na oportunidade, o arquiteto apresentou um relato detalhando os investimentos do MEC em infraestrutura educacional no País e no RN nos últimos 12 anos.

Projetos arquivados

O ex-coordenador explicou que os principais entraves aos projetos municipais de infraestrutura educacional encaminhados ao FNDE são referentes a  prazos ou questões técnicas. Segundo ele, o total de obras financiadas pelo MEC no Estado, no período de 2007 a 2016, poderia ter sido maior caso os projetos apresentados pelas prefeituras fossem melhor elaborados.

“Muitos projetos encaminhados pelo RN foram arquivados, seja por descumprimento de prazos ou deficiência técnica. Esse número seria mais elevado se os projetos fossem mais eficientes”, relatou Radünz.

Cerca de 30 prefeitos eleitos e reeleitos no Rio Grande do Norte participaram do seminário, proposto pelo deputado estadual Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”.

Veja mais detalhes AQUI.

Acompanhe o Blog também pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Educação
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 12/12/2016 - 07:33h
Assembleia Legislativa

Seminário discute questões relacionadas à Educação


Por iniciativa do deputado Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”, a Assembleia Legislativa promove hoje, segunda-feira (12), o seminário “Novos Projetos e Diagnóstico de Pendências Técnicas na Área de Infraestrutura Educacional”.

O evento acontece às 9 horas, no auditório deputado Cortez Pereira, na sede do Legislativo Estadual.

O seminário irá reunir parlamentares, gestores municipais e estaduais de Educação, além da sociedade civil.

Durante o seminário serão debatidos temas como: Panorama geral das ações educacionais nos municípios do RN; Planejamento educacional – o plano de ações articuladas; Execução de obras na área da educação: transferência de recursos, obras paralisadas, uso de saldo; e Restrições e inconformidades técnicas.

O ex-coordenador do setor de obras do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), arquiteto Tiago Lippold Radunz, ministrará palestra no evento.

Com informações da Assembleia Legislativa.

Categoria(s): Educação
quinta-feira - 08/12/2016 - 15:22h
Assembleia Legislativa

Pendências da infraestrutura educacional serão tema de audiência


Por proposição do deputado Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte promove na próxima segunda-feira (12), seminário para discutir sobre “Novos projetos e diagnóstico de pendências técnicas na área de infraestrutura educacional no RN”.

O debate acontece a partir das 9h da manhã no auditório da Casa Legislativa com a palestra do arquiteto Tiago Lippold Radunz, que coordenou o setor de obras do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) por 12 anos.

Durante o seminário serão debatidos temas como: Panorama geral das ações educacionais nos municípios do RN; Planejamento educacional – o plano de ações articuladas; Execução de obras na área da educação: transferência de recursos, obras paralisadas, uso de saldo; Restrições e inconformidade técnicas.

“Iremos expor a atual situação das obras de infraestrutura na educação básica nos municípios do Estado e propor soluções futuras”, justifica Souza.

Vários prefeitos e secretários municipais de Educação já confirmaram presença no seminário.

Com informações da Assembleia Legislativa.

Categoria(s): Educação / Política
  • Repet
quinta-feira - 01/12/2016 - 14:10h
Uern

Frente é montada para defender Universidade do Estado


A Câmara Municipal de Mossoró empossou, na manhã desta quinta-feira (1º), os membros que compõe a Frente Parlamentar e Popular em Defesa da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

De iniciativa do vereador Francisco Carlos (PP), após os últimos acontecimentos envolvendo a universidade (como proposta surgida sobre sua privatização), que atravessa grave crise financeira, a Frente Parlamentar tem como um dos objetivos evitar a desconstrução da Uern.

Discussão levou presentes à montagem de componentes da Frente (Foto: cedida)

“Vamos evitar qualquer idéia que descontrua a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte como instituição de ensino público e, também, garantir sua ampliação de ensino. Esse é o objetivo dessa Frente Parlamentar. É para isso que ela foi criada. Uma Frente apartidária e multi-setorial, que garante o ensino aberto à comunidade”, ressaltou Francisco Carlos.

Na oportunidade o reitor da Uern, Pedro Fernandes, destacou a importância da criação da Frente Parlamentar. “Agradeço e parabenizo a esta Casa pela iniciativa e irmandade. Defender a Uern contra a privatização, é defender o ensino público, é mostrar que a instituição é prioridade”, disse.

Presenças

A solenidade de posse contou com a presença dos vereadores: Alex Moacir (PMDB), Genivan Vale (PDT), Izabel Montenegro (PMDB), Lahyre Neto (PSB) e Francisco Carlos (PP).

Também compareceram a prefeita eleita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP); vice-reitor da UERN, Aldo Gondim; deputado estadual Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”; membro da Comissão de Educação da OAB-Mossoró, Edilson Braga; presidente da Associação dos Docentes da Uern (ADUERN), Lemuel Rodrigues e suplente de deputado estadual Larissa Rosado (PSB).

Outros presentes foram vereadores eleitos Sandra Rosado (PSB), Ozaniel Alves (PR), Petras Vinícius (DEM), Tony Cabelos (PSD), Raério Dantas (PRB), Zé Peixeiro (PMDB), João Gentil (PV), Emilio Ferreira (PSD), Rondineli Carlos (PMN) e Didi de Arnour (PRB).

Frente

Foram escolhidos como membros da Frente Parlamentar e Popular em Defesa da Uern, as seguintes pessoas: vereadores Francisco Carlos (presidente), Izabel Montenegro, Tassyo Mardonny (PSDB) e Genivan Vale pela Câmara Municipal; Lemuel Rodrigues e Alcivan Vieira, pela Aduern; Francisco Elineudo de Freitas e Fábio Bentes Tavares, pelo Sindicato dos Técnicos da Uern (SINTAUERN); Maria Ivonete Soares e Erison Natércio pela Reitoria; Maria Andreza da Silva, do Diretório Central de Estudantes (DCE); Igor Bernardino, da OAB; deputados Souza e Fernando Mineiro (PT) em nome da Assembleia Legislativa do RN.

Acompanhe o Blog também pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Educação / Política
quarta-feira - 30/11/2016 - 07:26h
Potiguares

Clauder Arcanjo e Maírton França recebem cidadania hoje


Duas pessoas intimamente ligadas a Mossoró recebem homenagem  hoje às 8h, da Assembleia Legislativa.

O atual secretário de Recursos Hídricos e Meio Ambiente do Estado, professor Maírton França, além do engenheiro e escritor Clauder Arcanjo.

Os dois serão agraciados com título de cidadania.

As proposições foram apresentadas pelo deputado Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”.

Após o evento, Clauder Arcanjo lançará seu novo livro, sob o título “Cambono” (Editora Sarau das Letras), na própria Assembleia Legislativa.

Acompanhe notas e comentários mais ágeis em nosso Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Cultura / Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
sexta-feira - 18/11/2016 - 10:47h
Mobilização

Moção de apoio à Uern vai ser entregue a Robinson Faria


O deputado estadual Manoel Cunha Neto (PHS), “Souza”, recolheu 15 assinaturas de apoio à Universidade do Estado do RN (UERN) e contra eventual proposta de sua privatização, entre integrantes da Assembleia Legislativa.

Pedro, Souza e Mineiro participaram de audiência (Foto: Eduardo Maia)

Mas o deputado estima que esse número possa ser bastante ampliado entre os integrantes da Casa, composta por 24 deputados.

Souza participou da Audiência Pública sobre o papel da Uern na AL no dia passado, entregando ao deputado Fernando Mineiro (PT), que propôs o evento (veja AQUI), esse endosso à cruzada em favor da universidade. Cientificou o próprio reitor da Uern, professor Pedro Fernandes Neto, de sua iniciativa.

Apoio

Além de Souza, assinaram a moção os deputados Fernando Mineiro, George Soares (PR), Carlos Augusto Maia (PSD), Álvaro Dias (PMDB), Disson Lisboa (PSD), Gustavo Fernandes (PMDB), Gustavo Carvalho (PSDB), Kelps Lima (SD), Albert Dickson (PROS), Márcia Maia (PSDB), Getúlio Rêgo (DEM), Raimundo Fernandes (PSDB), Cristiane Dantas (PCdoB) e Galeno Torquato (PSD).

José Dias (PSDB) afirmou ser “contra” a ideia de privatização, mas não assinaria qualquer documento.

“Os demais deputados ainda serão contactados até a sessão de terça-feira (22), quando a gente pretende formalizar uma moção de apoio à Uern, encaminhando-a ao governador Robinson Faria (PSD)”, adiantou Souza.

Acompanhe o Blog também pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 17/11/2016 - 23:30h
Audiência pública

Uern mexe com assembleia e ganha apoio de 15 deputados


O papel da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte para o Estado, no contexto social, econômico e cultural, foi discutido em audiência pública na Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (17). A proposição do debate foi do deputado Fernando Mineiro (PT).

Audiência pública teve protesto contra o Governo Robinson Faria e atraso salarial (Foto: Eduardo Maia)

“É importante que tragamos esse assunto a público para mensurar a importância dessa instituição no momento em que há sugestão para privatizá-la para minimizar os impactos financeiros para o Estado”, iniciou o propositor da matéria, antes de facultar a palavra aos convidados.

Souza

Também presente ao encontro, o deputado Manoel Cunha Neto (PHS), “Souza”, enalteceu a iniciativa de Fernando Mineiro em propor o debate. Disse que, às vezes, pensa que alguns setores conspiram contra a Uern e “querem desviar o foco para os reais problemas do Estado”.

Para Souza, é preciso lutar para o fortalecimento da instituição. Para isso, o deputado colheu as assinaturas de deputados estaduais e entregou ao deputado Fernando Mineiro o manifesto contra a privatização da Uern. “Confesso que não tive a oportunidade de estar com todos os deputados, mas aqui colhi 15 assinaturas e espero que toda a Assembleia se manifeste de forma uníssona contra a privatização.

Ao todo, Alern é composta por 24 deputados.

Reitor

Reitor da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, o professor Pedro Fernandes Neto considerou que a instituição é a única do tipo superior pública atrelada ao Estado. “A Uern não é cara, caro é seu desenvolvimento. Não é um peso. Pesado é o atraso”, afirmou.

“É mais que patrimônio. É simbolo de um estado que se preocupa e ocupa com a formação de seus cidadãos. Que enxerga aonde quer ir. Mas que consumir, quer produzir”, elencou o reitor.

Aduern

Representante dos professores, Lemuel Rodrigues, da Associação de Docentes da Uern (ADUERN), assinalou o pensamento contraditório que a privatização da universidade expõe.

Participação de professores, estudantes e outros setores reforçou audiência pública (Foto: Eduardo Maia)

“Desde quando universidade pública representa atraso para o Estado, prejuízo ou gera crise financeira? Quem pensa assim, respeito, são aqueles e aquelas que defendem a redução do papel do Estado. E são essas pessoas que defendem também que os órgãos que funcionam nesse país sejam ligados ao setor privado, como se os públicos não tivessem competência”, criticou o presidente da Aduern.

Larissa Rosado

Prestes a assumir seu quarto mandato na Casa Legislativa, Larissa Rosado (PSB) ocupou a Tribuna e defendeu uma Universidade pública e gratuita para todo o povo potiguar.

“O próprio nome da Uern já diz: Universidade de Estado do Rio Grande do Norte. Então, não é uma questão de Mossoró, é a defesa de uma Instituição que realiza sonhos de milhares de potiguares”, assinalou.

Segmentos da Uern fizeram protestos durante a audiência pública. Com palavras de ordem, discursos, faixas e outras formas de manifestação, cobraram pagamento de salário em dia para servidores, criticando o Governo Robinson Faria (PSD).

Além dos deputados Fernando Mineiro e Souza, também participaram da audiência pública os parlamentares Carlos Augusto Maia (PSD) e George Soares (PR).

Com informações da AL e Blog.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Educação / Política
quinta-feira - 17/11/2016 - 07:36h
Hoje

Audiência pública envolve Uern em outro momento delicado


Fernandes: austeridade (Foto: arquivo)

Apenas quatro deputados estaduais participaram da audiência pública realizada pela Assembleia Legislativa no dia 16 de junho do ano passado, quando a Casa discutiu a greve (que chegou a 147 dias) na Universidade do Estado do RN (UERN).

George Soares (PR), propositor do evento; Fernando Mineiro (PT), Carlos Augusto Maia (PTdoB) e Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”, produziram o debate em nome da Casa, com maciça presença de representantes dos segmentos da Uern, além de Ministério Público, Governo do Estado e outros setores.

A Assembleia Legislativa tem 24 componentes.

E na audiência pública marcada para hoje (veja AQUI), às 15h, também tratando da sobrevivência da Uern, quantos aparecerão?

Reitor e a corda no pescoço

No ano passado, a Uern estava em greve. Dessa feita, não. É a ameaça de privatização que paira sobre ela.

Ao fim da audiência em 2015, o Blog ouviu o reitor da instituição (veja AQUI), professor Pedro Fernandes Neto, sobre o papel da Uern e sua gestão. Ele desabafou:

- Fizemos tudo que foi possível, realizamos consideráveis cortes, imprimimos austeridade e redução de custeio. Botei a corda no pescoço e agora estão puxando.

Segundo ele, há uma campanha de desinformação que procura satanizar a Uern. A instituição prova sua importância com presença em quase todo o estado.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
sexta-feira - 11/11/2016 - 16:54h
Sábado, 12

PHS e PEN realizarão eventos políticos em Natal


Dois partidos que tiveram bom desempenho nas urnas nas eleições deste ano no Rio Grande do Norte vão promover eventos internos nesse sábado (12), em Natal, com amplitude estadual. O Partido Humanista da Solidariedade (PHS) e o Partido Ecológico Nacional (PEN) são essas siglas.

O PHS fará sua Plenária Estadual reunindo seus eleitos nas Eleições 2016, no auditório do Hotel Maine, com inicio às 9h. Na ocasião, serão traçados os novos rumos que o partido irá tomar, visando o planejamento das ações dos trabalhos que serão realizados pelos mandatários.

O encontro contará com a presença do presidente nacional do partido Eduardo Machado, do deputado estadual Manoel Cunha Neto, o “Souza”, presidente estadual Leandro Prudencio, presidentes municipais, prefeitos, vices e vereadores eleitos.

No Rio Grande do Norte, o PHS elegeu 02 prefeitos, 04, vice-prefeitos e 40 vereadores e diante deste quadro de crescimento, o diretório estadual já iniciou os trabalhos para reorganização partidária, com vista às eleições de 2018.

PEN também faz evento

O PEN promove neste sábado (12) um grande encontro para planejar as metas do partido para o próximo ano com a executiva estadual e os vereadores eleitos.

A plenária será realizada no restaurante Sal e Brasa a partir das 11h30. O presidente estadual do PEN, Luiz Gomes, explicou que o momento é de definir os planos para os mandatos e a estratégia de atuação política e administrativa do partido com base na ideologia do partido, além de iniciar a estruturação da legenda para os próximos pleitos.

Nas eleições 2016, o PEN cresceu em termos de voto e de vereadores eleitos. Esse ano, foram 17 vereadores eleitos pelo interior do Estado, além de dois na capital potiguar. Foram quase 50 mil votos conquistados nas urnas para o partido.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quinta-feira - 10/11/2016 - 16:44h
Municípios

Prefeitos eleitos cumprem agenda político-administrativa no DF


Souza, Sael, Walter Alves e Bolota estiveram reunidos em Brasília (Foto: cedida)

A convite da Confederação Nacional de Municípios (CNM), os prefeitos eleitos do Partido Humanista da Solidariedade (PHS), Sael Melo (Porto do Mangue) e Antônio Bolota (Governador Dix-Sept Rosado), estão em Brasília (DF). Eles participam do Seminário Novos Gestores, que começou na quarta-feira (9) e vai até sexta-feira (11).

Eles também aproveitam para adiantar contatos político-administrativos em ministérios e com parlamentares potiguares em Brasília, com vistas à gestão municipal.

Os prefeitos foram acompanhados do deputado estadual Manoel Cunha Neto, “Souza” (PHS), e paralelo ao seminário participaram de audiências com alguns senadores e deputados federais do RN, para tratar de assuntos em prol dos seus municípios.

Parlamentares

No Congresso Nacional, Souza e os prefeitos eleitos do PHS estiveram reunidos com os deputados federais Beto Rosado (PP) e Walter Alves (PMDB) e dos senadores José Agripino (DEM) e Fátima Bezerra (PT), para tratar das demandas do município e da região.

No encontro, foram discutidos e apresentados pleitos dos municípios de Porto do Mangue e Governador Dix-Sept Rosado. O deputado também conversou com os parlamentares federais sobre demandas de outros municípios da região Oeste e Costa Branca, como Mossoró e Areia Branca.

Com informações da Assessoria do Deputado Souza.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 27/10/2016 - 10:32h
Mossoró

Deputados terão audiência pública sobre caos materno-infantil


Souza aponta preocupação crescente em Mossoró e região (Foto: Eduardo Maia)

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte promove na próxima segunda-feira (31), às 14h, uma audiência pública para discutir a política materno-infantil na região Oeste. Proposta pelo deputado Manoel Cunha Neto, o “Souza” (PHS), o debate vai destacar a importância da manutenção do funcionamento do Hospital da Mulher Parteira Maria Correia para a região de Mossoró.

“A audiência tem como objetivo sensibilizar a população e o poder público sobre a importância do Hospital da Mulher não só para o atendimento de parturientes e bebês, mas para toda a região oeste do Estado”, disse Souza.

Referência

O parlamentar ressaltou que a unidade é referência no atendimento a gestantes e recém-nascidos em Mossoró e Região, e o seu fechamento causará superlotação na Casa de Saúde Dix-Sept Rosado, para onde o atendimento será remanejado, podendo causar inúmeros transtornos e até mortes de mães e bebês.

“Os veículos de informação divulgam inúmeros depoimentos de vidas salvas pelo trabalho da equipe e pela qualidade do serviço do Hospital da Mulher”.

Para Souza, o Hospital da Mulher é um direito das mulheres e de toda a população de Mossoró e região, e é um dever do Estado.

Com informações da AL.

Categoria(s): Política / Saúde
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.