domingo - 16/12/2018 - 10:56h

Triste fim, ou a constatação de um delírio


Por François Silvestre

Conheci e admirei Osmundo Faria, pai do governador Robinson Faria (PSD). Lembro-me dos dois em vários e variados episódios. Osmundo quase foi governador, nomeado pelo regime militar. Estava tudo certo.

Viajou a Brasília para encomendar o terno da posse. Seu avalista era o general Dale Coutinho, ministro do Exército. Não havia contestação.

Numa manhã daquela semana, após barbear-se, o general sofre um infarto fulminante e morre. Com ele morreu a posse de Osmundo Faria.

Robinson Faria tomou posse no Governo do RN no dia 1º de janeiro de 2015 (Foto: Arquivo/Assessoria)

O resto é outra história, e acho que o Estado saiu perdendo, pois o nomeado foi Tarcísio Maia, paridor de mais uma oligarquia a explorar o Rio Grande do Norte. E deu no que aí se mostra.

Também é outra história. Quadro décadas, se não erro, após Osmundo ter perdido a chance de assumir o governo, seu filho Robinson Faria torna-se governador num pleito historicamente atípico.

Derrotou o maior conjunto de apoio oligárquico e político a um candidato ao governo, Henrique Alves, em quem votei.

Votei e declarei meu voto. Sou surpreendido por um apelo do jornalista Alex Medeiros e do Publicitário Jenner Tinoco, amigos que não serão inimigos nem que queiram, para montar o discurso de posse de Robinson Faria.

Num restaurante onde nunca eu estivera, encontrei Robinson. Ele disse: “Sei que você não votou em mim, mas preciso da sua colaboração”. Respondi: “O que precisar para você a para o Estado, conte comigo”.

Foi tudo muito improvisado. Pedi papel ao garçom, ele trouxe uma caderneta de páginas minúsculas. Pedi folhas de ofício ou pautadas. O dono ou gerente, não sei, providenciou as folhas. Tudo muito apressado.

Robinson foi explicando sua plataforma, e eu anotando. Espécie de taquigrafia. Num certo momento, já quase no fim das suas informações, eu falei: “Se você fizer dez por cento do que eu vou expor no discurso, já é suficiente para eu me arrepender de não ter votado em você”.

Três dias depois, o discurso estava pronto. Vinte e tantas laudas. Esse foi o discurso que ele pronunciou, na sua posse. Com o acréscimo de uma lauda e meia que ele fez agradecendo o apoio de Mossoró e exaltando a aliança com PT, que não foi da minha lavra.

Nem Mossoró nem o PT foram contemplados no meu texto. Também é outra história.

Faltam quinze dias para o fim do governo cujo discurso de posse eu escrevi.

Sou ficcionista. Ruim, mas sou. Já escrevi contos, romances, novela policial, uma peça de teatro inédita, crônicas de invenção e outras mogangas.

Tudo na saudável invenção da literatura.

Porém, nunca menti tanto quanto no discurso de posse do governador Robinson Faria.

Té mais.

François Silvestre é escritor

* Veja AQUI a íntegra do discurso de Robinson Faria no dia 1º de janeiro de 2015.

Categoria(s): Artigo
segunda-feira - 10/12/2018 - 20:30h
Justiça

Dama de Espadas repete denúncias contra Robinson e Motta

Rita das Mercês confirma envolvimento de governador e deputado em esquema de desvio milionário

Por Aura Mazda (Tribuna do Norte Online) e Blog Carlos Santos

A ex-procuradora geral da Assembleia Legislativa Rita das Mercês Reinaldo depôs hoje na 6ª Vara Criminal do Natal. Ela é a peça-chave do escândalo que eclodiu em 2015 na Assembleia Legislativa, com a “Operação Dama de Espadas”. Em números atualizados, a quadrilha desviou mais de R$ 9,5 milhões desse poder.

Rita das Mercês Reinaldo foi fotografada ao lado da advogada ao chegar para depor (Foto: TN)

Em depoimento ao juiz Ivanaldo Bezerra, Ritinha confirmou o que já adiantara em delação premiada ao Ministério Público do RN (MPRN). Para ser bem claro: não acrescentou nada além do que já se tornou público há tempos. Nem precisaria. Tudo já era por demais explosivo.

Segundo ela, esse esquema começou em 2006 por iniciativa do hoje governador Robinson Faria (PSD), que à época presidia a Casa. Eram produzidas folhas de pessoal paralelas, viabilizando a contratação de dezenas de laranjas.

“O presidente queria que a gente implementasse pessoas na folha, se existia cargo ou não, não importava”, disse.

Repetiu, que só Robinson chegava a drenar R$100 mil por mês.

Primeira denúncia

Depois de eleito a vice-governador e depois a governador, Robinson foi substituído na cadeira de presidente pelo deputado Ricardo Motta (PSB), que deu sequência à roubalheira.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Natal, ofereceu no dia 18 de abril de 2017, a primeira  denúncia referente à Operação Dama de Espadas. Foi recebida pelo juízo da 8ª Vara Criminal da Comarca de Natal, processo nº 0104223-76.2017.8.20.0001.

Veja a íntegra clicando AQUI.

Colaboração Premiada

Divulgado no início de junho deste ano pela imprensa de Natal, em pequenos trechos, com citações de nomes aqui e acolá, o Termo de Colaboração Premiada da ex-procuradora geral da Assembleia Legislativa do RN, Rita das Mercês Reinaldo, em mais de mil páginas, foi apresentada na íntegra pelo Blog Carlos Santos no dia 11 de junho deste ano (veja AQUI).

Ritinha teve delação homologada no dia 4 de outubro do ano passado, pelo ministro Luiz Edson Fachin do Supremo Tribunal Federal (STF). Detalhou esquema de empreguismo e desvio milionário de recursos no âmbito da Assembleia Legislativa do RN, entre os anos de 2006 e 2015.

Veja a íntegra do Termo de Colaboração Premiada clicando AQUI (você pode baixar).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
sábado - 01/12/2018 - 17:25h
Apelo

Governador pede socorro financeiro a Michel Temer


Ofício busca apoio (Foto: reprodução)

Resumidamente, o governador Robinson Faria (PSD) formulou um pedido de “socorro” à Presidência da República, para pagar os salários dos servidores. Endereço ao presidente Michel Temer (MDB).

Em ofício encaminhado ao presidente Michel Temer (MDB), Faria solicita o desbloqueio de R$ 194,6 milhões ao governo federal “a título de ressarcimento pelas perdas ocasionadas pela Lei Kandir”.

Justifica, que há 12 meses pediu uma ajuda emergencial ao Planalto [sem sucesso] e que a situação das finanças públicas do estado é calamitosa, mas que “não é consequência de atos praticados pela atual gestão governamental”, mas pelo “desequilíbrio atuarial do regime próprio da previdência dos servidores estaduais”.

O jornal Tribuna do Norte dá a notícia em primeira mão neste sábado (1º).

Ontem, a secretária-chefe do Gabinete Civil de Robinson – Tatiana Mendes Cunha – já avisara que dificilmente seria possível pagar o 13º e mês de dezembro dentro do ano (veja AQUI).

O que é a Lei Kandir? - Neste sábado (1º) faz 22 anos e um mês que a Lei Kandir entrou em vigor, com o objetivo de desonerar do ICMS os produtos (primários e industrializados semi-elaborados) e serviços exportados, com intuito de fomentar exportação. Os estados federados tiveram grandes perdas e até hoje buscam compensação do governo federal, sem a plena cobertura desse buraco bilionário.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
sexta-feira - 23/11/2018 - 22:58h
Repercussão

Governadora eleita acerta no time da Segurança Pública


Coronel Araújo: segurança (Foto: web)

Há um eco muito positivo nas primeiras escolhas e anúncios oficiais de futuros auxiliares da governadora eleita Fátima Bezerra (PT).

Os nomes anunciados à Segurança Pública nesta sexta-feira (23) – veja AQUI – parecem atender a todos os gostos.

Os ungidos têm franca aquiescência popular e endosso em segmentos específicos relacionados à área em que vão atuar.

Fátima Bezerra agiu rápido e de forma eficiente, após perceber denso alarido e resmungos nas polícias civil e militar, desde que anunciou o nome de Ivênio Hermes para compor sua equipe de transição (veja AQUI).

Resistência

Houve resistência à simples hipótese de ele assumir o mais alto cargo na Segurança Pública como titular da secretaria desse setor – algo que ela nunca cogitou, pelo menos publicamente.

Na verdade, quem ficará com esse posto é o coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, que foi comandante geral da PM em dois governos estaduais (Iberê Ferreira-PSB e Rosalba Ciarlini-DEM, hoje no PP).

Paralelamente, a governadora eleita também alimenta na opinião pública a ideia de prioridade para um problema endêmico na administração Robinson Faria (PSD).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política / Segurança Pública/Polícia
  • Repet
sexta-feira - 23/11/2018 - 11:24h
Poder

História revela que nome ‘certo’ corre perigo em eleições na AL

Próxima disputa para mesa diretora do legislativo potiguar tem 'favorito' e possibilidade de surpresa

No início de fevereiro de 2019, a Assembleia Legislativa do RN, já com seus novos ocupantes à legislatura 2019-2022 vai escolher os membros de sua nova Mesa Diretora. Até lá, não faltarão favoritos e nome “certo” à presidência da Casa. Mas o adjetivo “certo’ nem sempre se encaixa nos fatos.

Ezequiel conseguiu eleição surpreendente em 2015, quando Ricardo Motta estava "certo" (Foto: João Gilberto)

É comum em eleições internas no parlamento, que aconteçam surpresas, reviravoltas e decisões alheias a prognósticos antecipados com muita antecedência. A história é quem conta.

O atual presidente da Casa e tido como provável eleito-reeleito em fevereiro, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB, à época no PMDB), é a prova viva de que está com eleição certa não é uma garantia. Ele correu por fora e foi eleito em 2 de fevereiro de 2015 à unanimidade dos votos.

Costuras silenciosas descartam Ricardo Motta

Até algumas horas antes, Ricardo Motta (PSB, à época no Pros) estava certo de sua eleição/reeleição. A contabilidade variava entre 16 e 18 votos assegurados. Nos bastidores, uma costura política silenciosa envolveu até o governador Robinson Faria (PSD), que antecipou retorno de viagem a Natal e fechou alguns apoios a Ezequiel.

Nessa narrativa, o prefeito mossoroense à época, Francisco José Júnior (PSD, hoje sem legenda), cumpriu missão pontual para reforçar a eleição de Ezequiel. E assim aconteceu. Motta ficou praticamente sozinho.

Depois, Ezequiel foi reeleito para o atual biênio, sem maiores dificuldades ou mínima oposição.

Em 1989, o deputado Vivaldo Costa surpreendeu Paulo de Tarso Fernandes, num tessitura nos intramuros desse poder, que teve como um dos principais arquitetos o deputado Carlos Augusto Rosado. Fernandes estaria eleito por aclamação, porém saiu derrotado.  Sua decepção com os acontecimentos que marcaram esse episódio foram tão grandes, que acabou até mesmo desistindo da política.

Carlos Augusto: gosto dos Maias (Foto: AL)

Nunca mais foi candidato à nada.

Eleição perdida num almoço e a força dos Maias

Em 1987, o deputado Nelson Freire foi eleito presidente da AL como “zebra”, numa chapa fechada em tempo recorde. O então deputado Valério Mesquita costuma contar, até em tom jocoso, que enquanto foi a Macaíba para almoçar, perdeu a presidência para Freire.

No pleito interno de 1981, as costuras políticas partiram do próprio Palácio Potengi (então sede do Governo Lavoisier Maia) e da Fazenda São João (endereço do ex-governador Tarcísio Maia). Os Maias tinham interesse na eleição do deputado Carlos Augusto Rosado. Queriam fortalecer seu grupo em Mossoró e região, provocando racha no rosadismo.

Marcílio Furtado e o ex-presidente Alcimar Torquato duelavam pelo cargo, mas Carlos acabou ungido. Adiante, distanciou-se da liderança dos tios Dix-huit Rosado (prefeito) e Vingt Rosado (deputado federal).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política / Reportagem Especial
quarta-feira - 21/11/2018 - 10:23h
Nordeste

Fátima e Robinson participam de reunião hoje em Brasília


Fátima e Robinson estarão em reunião (Foto: Assecom/RN)

Da Agência EBC e Blog Carlos Santos

Os governadores do Nordeste, incluindo os atuais e os eleitos, se reúnem nesta quarta-feira (21), em Brasília, para ajustar as propostas apresentadas ao presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), na semana passada. A ideia, segundo o governador reeleito do Piauí, Wellington Dias (PT), é debater detalhadamente a pauta e fechar uma agenda única que será levada ao encontro de governadores, no dia 12 de dezembro.

O governador Robinson Faria (PSD) e a governadora eleita do RN, Fátima Bezerra (PT), participam do encontro.

Nessa reunião, Bolsonaro será representado pelo ministro indicado da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Os temas prioritários são segurança pública e controle das fronteiras, combate ao desemprego, crescimento econômico, retomada de obras, como a ferrovia Transnordestina e a transposição do Rio São Francisco, política de créditos, política industrial focada no Nordeste, política de recursos hídricos e equilíbrio fiscal, incluindo a reforma da Previdência.

Leia também: Fundo financeiro pode viabilizar recebimento de dívida ativa.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

 

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Repet
segunda-feira - 19/11/2018 - 22:00h

Um RN cada dia mais urgente


Por Carlos Santos

No dia 16 de janeiro deste ano (veja AQUI), a Assembleia Legislativa do RN começou a apreciar um conjunto de 18 mensagens do Governo Robinson Faria (PSD) para ajuste fiscal do estado. Era o “RN Urgente”.

Desse total, quase nada foi levado a termo (veja AQUI).

Na pauta de “remédios amargos” estiveram, por exemplo, essa proposições: exoneração de servidores com acúmulo de cargos, extinção de órgãos da administração, cumprimento de decisão judicial do Supremo Tribunal Federal (STF) que obriga a demitir servidores não-concursados, venda de ativos imobiliários como Centro de Convenções, Centro de  Turismo, Ceasa, imóveis do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), ações da Potigás e outros, novo regime fiscal, aumento da alíquota de contribuição previdenciária de 11 para 14%, além da obrigação de poderes e instituições pagarem contribuição de aposentadorias (atualmente, Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça (TJRN), Tribunal de Contas do Estado (TCE), Ministério Público do RN (MPRN) e a Defensoria Pública não arcam com as contribuições de seus servidores aposentados).

Meses antes (veja AQUI), no dia 23 de outubro de 2017, o próprio governador acabou pedindo de volta os projetos de lei – mensagem 151 e mensagem 148 – que tratavam do subsídio único e do teto salarial do servidor. Botou pedra em cima.

Ainda houve uma diligência em julho deste ano, para que a Assembleia Legislativa aprovasse devolução de sobras orçamentárias dos poderes/órgãos de estado em favor do Executivo. Sem êxito (veja AQUI).

Esse encolhe-estica concorre para levar o RN ao patamar em que se encontra, podendo piorar mais ainda nos próximos meses e anos, se não ocorrer uma substancial mudança de rumo, mas principalmente de mentalidade dos nossos caríssimos agentes públicos.

As medidas amargas seguem sendo adiadas ou descartadas, à exceção do regime cruel imposto ao chamado “barnabé”, o servidor do Executivo que não consegue sequer receber seus salários em dia. Aposentados e pensionistas, também estão sob maus-tratos há anos -completamente indefesos.

Tentar, o governador Robinson Faria (PSD) até que tentou, mas não encontrou respaldo na AL e muito menos em outros poderes e órgãos de estado, para avançar.

Esgarçada, essa corda não vai muito mais longe sustentando esse estado obeso e ineficiente. Vai torar. Ah, vai!

PRIMEIRA PÁGINA

Aliados cantam e contam favoritismo de presidente – Nas contas de partidários do atual presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), ele tem no momento pelo menos 14 votos certos lhe garantindo manutenção da cadeira presidencial para o biênio 2019-2020.Não custa lembrar: o deputado Ricardo Motta (PSB) jactava-se de ter 18 votos fechados para sua nova eleição a presidente em 2015 e deu no que deu. Deu Ezequiel, a “surpresa”.

Fim de foro privilegiado e começo de muitos problemas – A partir de janeiro de 2019, pelo menos dois políticos bastantes embaralhados com problemas ligados à improbidade administrativa e outros pepinos, não terão mais foro privilegiado: deputado estadual Ricardo Motta (PSB) e governador Robinson Faria (PSD). Não é nada, não é nada, mas é sinal de consideráveis aborrecimentos com “Operação Dama de Espadas” e “Operação Candeeiro”, por exemplo.

Ricardo e Robinson: sem mandato (Foto: Web)

“Candidata” a prefeito enfrentará situação incomum em novo mandato – Nome já citado como “candidata” a prefeito de Mossoró em 2020, em face de seu bom desempenho eleitoral no município e eleição à Assembleia Legislativa, a vereadora Isolda Dantas (PT) vai enfrentar nesse novo patamar político um desafio incomum: ser governo. Deixará de ser estilingue para ser anteparo de vidraça. Em vez do ataque, a defesa argumentativa. O governo Fátima Bezerra (PT) e seu próprio desempenho dirão muito do que virá em 2020. Por enquanto, vale especular e preconizar postulação. Normal.

Temer precisa do Judiciário e não vai decepcioná-lo – Quem acredita que o ainda presidente Michel Temer (MDB) vai vetar projeto de aumento do Judiciário e da Procuradoria Geral da República (PGR), levante a mão. As chances de isso acontecer são escassas ou zero mesmo. O Supremo Tribunal Federal (STF) há muito deixou de ser um poder republicano e Temer precisa da sua capa protetora pós-saída do cargo. No próprio Senado, o que norteou a aprovação não foi qualquer argumento técnico ou espírito público, mas o compadrio e troca de favores. Nada mais.  O país é refém dessa gente.

Carlos Eduardo volta à rotina de um “sem poder” – Após as eleições fracassadas de outubro, o ex-candidato a governador Carlos Eduardo Alves (PDT) retomou sua rotina de caminhadas à beira-mar em Natal, além de sempre ter a companhia de bons livros. Antes de renunciar, ele cuidava das enormes obrigações como prefeito do Natal. O tempo agora é de ócio.

Nome de Mossoró é opção para Turismo do Estado – O nome do empresário Rútilo Coelho ganha corpo no segmento da indústria do turismo de Mossoró e região, como opção para ser indicado à governadora eleita Fátima Bezerra (PT) à pasta do setor. Seria, de fato, primeiro passo para a interiorização da política de turismo em seu governo, descentralizando olhar e investimentos, com foco no grande potencial de praias, serras, turismo religioso e de eventos além da Grande Natal. Ótimo nome.

Rútilo: olhar pro interior (Foto: Print da TCM)

Guia Dantas na Comunicação do Governo Fátima Bezerra – A jornalista Guia Dantas, assessora de longo curso da senadora Fátima Bezerra (PT), é nome mais do que certo para a Comunicação Social do seu governo a partir de janeiro de 2018. Terá como um dos desafios, conseguir levar a mensagem institucional aos mais diversos recantos e rincões do estado, algo costumeiramente concentrado na Grande Natal.

Jean-Paul Prates tem tudo para ser muito mais do que um Senador – Suplente que se transformou em senador, em face da eleição da senadora Fátima Bezerra (PT) ao governo estadual, o carioca e botafoguense (está em êxtase) Jean-Paulo Prates pode ser bem mais do que um congressista. E olhe que não é pouca a responsabilidade de representar um pequeno estado federado no Senado. Mas seu largo conhecimento no campo econômico e redes de contatos nacionais e internacionais podem acrescentar muitos caminhos à gestão Fátima.

EM PAUTA

Plutão e Alfredo – A banda natalense que ganhou projeção nacional, Plutão Já Foi Planeta, vai se apresentar no Teatro Lauro Monte Filho em Mossoró, no sábado (1º de dezembro). O espetáculo será antecedido por show do grupo local Alfredo e os Caras. Excelentes pedidas para estreia desse novo palco mossoroense no centro da cidade, a partir das 19h.

Campanha – O projeto social Federais Solidários, criado ano passado pelo Sindicato dos Servidores do Departamento de Polícia Federal do Rio Grande do Norte (SINPEF-RN) vai fechar 2018 com mais três cidades confirmadas para a apresentação de palestras: Lagoa de Pedras (22/11), Macau (13/12) e Parnamirim (20/12). Os perigos da internet, a importância da leitura, os malefícios das drogas e a cidadania no combate à corrupção estão entre os temas que são apresentados a alunos da rede pública de ensino.

Integrantes do Sinpef/rn participam de iniciativa (Foto: divulgação)

Cidade em Debate – O programa Cidade em Debate poderá sair da grade de programação da Rádio Difusora de Mossoró. Seu apresentador Carlos Cavalcante tem público fiel e numeroso; além de ser um sucesso comercial. Perderá – e muito – a emissora se ele migrar para outro prefixo.

Gastronomia em Natal - O Natal Fest Goumert está confirmado para acontecer entre os dias 22 e 24 deste mês na capital do estado, dias 22, 23 e 24 de novembro, no Terminal Marítimo de Passageiros do Porto no bairro da Ribeira. Evento será marcado por série de atividades, além dos atrativos da boa mesa.

Luíza Possi - A cantora Luíza Possi vai se apresentar em Mossoró no próximo dia 24 (sábado), no Teatro Municipal Dix-huit Rosado. O show “Voz e Piano” terá início às 21h. Uma voz belíssima, que se diga, como a mãe Zizi Possi. Veja ingressos clicando AQUI.

Propaganda – As produções vencedoras do mais importante e prestigiado festival de comunicação mundial, o Cannes Lions 2018, serão exibidas, analisadas e comentadas pelo diretor superintendente da Federação Nacional das Agências de Propaganda (FENAPRO), Alexis Pagliarini, em evento aberto ao público e promovido pelo Sindicato das Agências de Propaganda do Rio Grande do Norte (SINAPRO), pela primeira vez no estado. O Cannes Lions Road Show será realizado no auditório da Arena das Dunas, no dia 28 de novembro, às 18h30. Para se inscrever, clique AQUI.

SÓ PRA CONTRARIAR

Com tantos mitos na política nacional, passa da hora do fanatismo ceder lugar ao realismo fantástico.

GERAIS… GERAIS… GERAIS…

Estou sabendo. Vem aí mais uma cria do casal Michelson Frota-Patrícia. Saúde e paz ao que vai chegar.

Obrigado à leitura do Nosso Blog Luís Fernandes (Brasília),  Eritana Vieira (Luís Gomes) e  Genivan Vale (Mossoró).

Veja a edição anterior da Coluna do Herzog (05/11) clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Coluna do Herzog
sábado - 10/11/2018 - 07:04h
Mossoró

Rosalba repete Robinson


Rosalba Ciarlini (PP) na Prefeitura de Mossoró repete erro crasso de Robinson Faria (PSD) no Governo do RN.

Ele não tomou medidas duras e saneadoras no começo da gestão e por isso chega a um fim triste.

Os tempos mudaram; ela, não.

Resultado não será o mesmo de antes.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog / Política
  • Repet
quinta-feira - 08/11/2018 - 12:56h
Governo Fátima Bezerra

Três nomes estão cotados para Secretaria da Saúde do Estado


Três nomes aparecem cotados para o cargo de titular da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP) no futuro governo da senadora Fátima Bezerra (PT), eleita dia 28 passado.

Alexandre Motta, Cipriano Vasconcelos e Ricardo Lagreca são nomes cotados (Fotos: arquivo)

Os três são médicos:

Cipriano Maia de Vasconcelos (PT), ex-secretário da Saúde da Prefeitura Municipal do Natal por indicação de Fátima, na gestão Carlos Eduardo Alves (PDT). Ele compõe a equipe de transição da governadora eleita;

Alexandre Motta (PT0, ex-candidato ao Senado este ano na Coligação Do Lado Certo;

Ricardo Lagreca, ex-titular da Sesap no governo Robinson Faria (PSD), nome indicado por Fátima Bezerra.

Para qualquer ungido, uma garantia: a pasta será de “porteira fechada”, para não ter qualquer influência político-partidária na composição de equipe.

Aguardemos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política / Saúde
terça-feira - 06/11/2018 - 23:30h
Transição

Robinson garante à Fátima o que Rosalba lhe prometera


Fátima e Robinson: lembrança de 2014 (Foto: Assecom/RN)

“O novo governo terá todas as condições de iniciar dando continuidade às obras e ações em curso, diferente de quando assumi em 2015”. O comentário foi feito à tarde desta terça-feira (6) na Governadoria, pelo governador Robinson Faria (PSD).

Ele recebeu a governadora eleita Fátima Bezerra (PT) e sua equipe de transição (veja AQUI), com promessa de plena abertura do governo para a sucessora.

Há pouco mais de quatro anos (3 de novembro de 2014), quando começava a transição para começar a atual administração, Robinson ouviu algo parecido da então governadora Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP):

- Uma das certezas que nós temos é que passaremos o governo melhor do que encontramos – assegurou Rosalba.

O resto você já sabe.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Repet
terça-feira - 06/11/2018 - 22:40h
Poder

Aliados de última hora são ouvidos por governadora eleita


Raniere e Ezequiel: vozes ativas (Fotos: arquivo)

Antes de formar sua equipe de transição, a governadora eleita Fátima Bezerra (PT) ouviu e escutou muito bem dois aliados de última hora.

Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa, e Raniere Barbosa (Avante), presidente da Câmara Municipal do Natal, têm influência nítida na fase preliminar do novo governo.

Estão com impressões digitais nesse grupo de trabalho.

Tudo indica também que serão vozes ativas no governo.

Ambos anunciaram apoio à Fátima no segundo turno. No primeiro, eles estavam com a candidatura à reeleição do governador Robinson Faria (PSD).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 06/11/2018 - 21:56h
Jaime Calado

Ex-prefeito ocupa espaço mesmo fora de equipe de transição


Reunião teve assento importante para Jaime Calado (de óculos e blazer escuro) em reunião (Foto: Assecom/RN)

Apesar de não compor a equipe de transição da governadora eleita Fátima Bezerra (PT), o ex-prefeito de São Gonçalo do Amarante Jaime Calado ocupou lugar privilegiado na mesa de reunião (veja AQUI) dela e esse grupo de trabalho com o governador Robinson Faria (PSD).

Calado é o mentor político do projeto vitorioso de eleição da deputada federal e sua mulher Zenaide Maia (PHS), ao Senado, nas eleições de 7 de outubro deste ano, em aliança com PT e PCdoB.

Ele figura como cotado para integrar elenco de secretários de Fátima a partir do próximo ano.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
terça-feira - 06/11/2018 - 21:08h
Crispiniano Neto

Ex-diretor da José Augusto acompanha Fátima Bezerra


Crispiniano: FJA (Foto: Carlos Costa)

Ex-dirigente da Fundação José Augusto (FJA), o escritor e poeta Crispiniano Neto (PT) circulou hoje pelo Centro Administrativo em Natal.

Estava em meio a diversos militantes partidários que acompanharam a chegada à Governadoria da governadora eleita Fátima Bezerra (PT), para reunião sobre transição de governo (veja AQUI).

Ele foi diretor da FJA no governo Wilma de Faria (PSB) – 2007 a 2010 – e no início da administração Robinson Faria (PSD).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 06/11/2018 - 16:18h
Em Natal

Começa processo de transição com reunião na Governadoria


Tem início o processo de transição do Governo do RN.

“Apresento os nomes da nossa equipe e quero dizer q me sinto honrada em contar com a colaboração de profissionais qualificados e comprometidos. E quero agradecer ao governador pelo espírito público nesse momento em nome do RN”, avisa através das redes sociais a senadora e governadora eleita Fátima Bezerra (PT).

Robinson recebeu Fátima Bezerra e sua equipe para conversa preliminar sobre transição (Foto: cedida)

Ela e os membros de sua equipe de transição (veja composição clicando AQUI) estão reunidos agora com o governador Robinson Faria (PSD) e seus auxiliares na Governadoria, no Centro Administrativo em Natal.

Tratam dos primeiros passos burocráticos para atuação desse grupo de trabalho, de modo que antes de tomar posse no dia 1º de janeiro de 2019, a  governadora eleita tenha pleno conhecimento de todo quadro financeiro-administrativo do estado.

Assembleia Legislativa

Pela manhã, a governadora eleita esteve na Assembleia Legislativa. “Não abrirei mão do perfil técnico da equipe, porém não desprovido de sensibilidade social”, disse ela no encontro com deputados, imprensa e assessores.

Na companhia do vice-governador eleito Antenor Roberto (PCdoB) e outros aliados, ela destacou que estará aberta ao diálogo, por entender que será o único caminho para tirar o estado da crise.

Fátima e sua comitiva foram recebidos pelo presidente Ezequiel Ferreira e outros deputados (Foto: cedida)

Foi recebida pelo presidente da Casa, deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB), além de outros parlamentares.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Repet
segunda-feira - 05/11/2018 - 20:00h
COLUNA DO HERZOG

A condenação ao “ostracismo” da elite política do RN


Por Carlos Santos

Sob a ótica do jurista e pensador italiano Gaetano Mosca em sua “Teoria das elites”, o campo político funciona como um microcosmo e nele há uma relação impositiva de dominadores sobre dominados. Mesmo nas democracias, a minoria organizada sempre governará a maioria desorganizada.

Essa “nata” dirigente muitas vezes entra em conflito e a partir daí pode se fragilizar, abrindo margem para ocupação de espaços e surgimento de outros atores, como nos fala o sociólogo francês Pierre Bourdieu. Esse mundo, diz ele, acaba afetado pela maioria dirigida, a massa-gente que o antropólogo e escritor Darcy Ribeiro tanto citava.Esse preâmbulo me ajuda a tentar explicar o fracasso eleitoral retumbante da elite política do RN, conforme números e resultados finais das urnas em 2018, nos dois turnos. Recorro ainda a um estudo muito interessante da cientista política Cristina Buarque de Hollanda (Teoria das Elites, Editora Zahar, 2011), para resumir a própria compreensão da filosofia política sobre o poder.

Ela mergulha no pensamento de Mosca, Vilfredo Pareto, Robert Mitchels, Platão, Sócrates, dos brasileiros Oliveira Vianna (Instituições Políticas Brasileiras, grande livro) e Assis Brasil, entre outros.

A força demonstrada este ano pela clientela política excluída, é um claro sinal de rebeldia dos dominados e de anemia dos dominadores. Como tudo na vida, há começo, meio e fim. Há esgotamento de fórmulas, peças são substituídas ou descartadas.

Foram expurgados pelo voto nomes como José Agripino (DEM), Garibaldi Filho (MDB), Ricardo Motta (PSB), Carlos Eduardo Alves (PDT), Rogério Marinho (PSDB), Antônio Jácome (Podemos) e Geraldo Melo (PSDB). Deputados federais Fábio Faria (PSD), Rafael Motta (PSB) e Walter Alves (MDB) conseguiram se reeleger, mas com votações sofríveis.

Leia tambémA centelha do antipetismo e o fenômeno Bolsonaro.

Na contabilidade também entra o clã Rosado, derrotado humilhantemente de cabo a rabo.

Na Grécia antiga, o indivíduo que atentava contra os interesses da pólis (cidade) tinha como maior punição o “ostracismo”. Era banido por dez anos da comuna, através de eleição direta em que os nomes votados eram escritos num pedaço de cerâmica (o “óstraco” – daí a origem da palavra).

O futuro dirá se o desterro dos políticos potiguares retirados de cena, este ano, é perpétuo ou por poucos anos. E quem ascendeu ao topo do campo político deve ficar atento. A maioria dirigida anda indócil.

PRIMEIRA PÁGINA

Câmara dá publicidade a todas as suas matérias técnicas - Aplausos a importante iniciativa da Câmara Municipal de Mossoró. Sua presidente Izabel Montenegro (MDB) agiliza divulgação no portal da Casa (veja AQUI) de Regimento Interno, Lei Orgânica do Município (LOM) e outros documentos. Em breve, todo acervo de leis, decretos, projetos de lei, leis complementares etc. estará com igual publicização. Há tempos que essa elementar decisão era ignorada por esse poder, até ensejando circulação de textos apócrifos de Regimento Interno, por exemplo.

Fenômenos eleitorais não representam uma regra geral para novas campanhas – Há um encantamento com os fenômenos eleitorais deste ano, que se espalham do Rio Grande do Norte ao plano nacional. Muita gente já decretou o fim do  marketing eleitoral tradicional; outros falam que não é preciso mais do que uma câmera (no smartphone) e uma boa ideia na cabeça, para vencer uma eleição. Jair Bolsonaro (PSL), eleito a Presidência da República, é o exemplo mais expressivo. No plano estadual, o capitão Styvenson Valentim (REDE) é outro caso de sucesso fora dos padrões. Só um lembrete: a enorme maioria dos eleitos, em todo o país, usou os métodos de sempre. O fenômeno é exceção e não regra. Muitos fatores pesam até o êxito nas urnas, a partir da pré-campanha.

Fechamento de contas não é situação excepcional com Robinson Faria – A tentativa desesperada do governador Robinson Faria (PSD) de fechar seu período de governo (quatro anos) com pelo menos a folha em dia, não é situação nova ou excepcional no RN. Os sinais mais claros de que tudo ficaria ainda pior surgiram ainda no final de 2010, fim do ciclo Wilma de Faria (PSB)-Iberê Ferreira (PSB), que chegou a pedir R$ a merreca de R$ 7 milhões emprestados ao Tribunal de Justiça do RN (TJR), gestão do desembargador Rafael Godeiro. No fechamento da administração Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP) em dezembro de 2014, ela abriu a temporada de saques da reserva de aposentados e pensionistas, com a unificação dos fundos Previdenciário e Financeiro (veja AQUI). Utilizou R$ 234 milhões e deixou folhas em dia, livrando-se paralelamente de processo de inelegibilidade com base na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Rosalba contou com Robinson para saque salvador que a livrou da LRF e passou bomba para ele (Foto: arquivo)

Deputado Fernando Mineiro previu rombo prejudicial a servidor – Quando o Governo Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP) alterou o regime previdenciário do estado ao final de sua gestão em dezembro de 2014, sacando de imediato recursos do Fundo Financeiro da Previdência (FUNFIR), o deputado estadual Fernando Mineiro (PT) foi a única voz contra. E alertou: “Dentro de poucos anos essa manobra feita hoje terá como consequência o aumento do rombo do Fundo Previdenciário” (veja AQUI). Não mentiu nem exagerou. E o quadro deverá piorar muito.

Deputada eleita participará de evento internacional na Espanha – A vereadora e deputada eleita pelo PT, Isolda Dantas, irá à Espanha participar da Conferência Internacional “Mulheres e Liderança Política: Conectando Lutas e Territórios”, que começa dia 6 e tem programação até 16 de novembro de 2018. O evento reunirá mulheres de toda a América e será organizado pelas organizações Alianza por la Solidaridad e a ActionAID. Vai se desenvolver entre Madrid, Barcelona e Mérida.

Caicó tem crescente número de pré-candidatos à municipalidade – Pelo menos uns seis nomes andam se saracoteando como pré-candidatos a prefeito de Caicó em 2020. Por enquanto. O vácuo de poder é o principal combustível desse interesse, além do resultado eleitoral recente que fragilizou quase todas as antigas lideranças domésticas. Até aqui, quem está provisoriamente na prefeitura é o vice-prefeito Marcos José de Araújo (PP), “Marcos do Manhoso”, desde o afastamento do titular Robson Araújo (PSDB), o “Robson Batata”. No dia 10 de outubro último, Batata ganhou liberdade (veja AQUI), mas sem direito à retomada do cargo. Veja AQUI uma série de matérias sobre o assunto.

Lista de partidos deverá ser alterada na AL – Ao todo, a próxima legislatura da Assembleia Legislativa do RN para o quadriênio 2019-2022 terá 14 legendas: PSDB (5), Avante (2), MDB (2), SD (2), PT (2), PSD (2), PTC (2), além de PR, PPL, PSL, Pros, PHS, Psol e DEM com um parlamentar (veja relação dos eleitos AQUI). Mas alguns partidos poderão sumir, devido encolhimento provocado pela cláusula de desempenho, que leva a perda de Fundo Partidário, tempo de rádio e televisão além de outros problemas. Esse quadro revelado nas eleições do último dia 7 de outubro passará por modificações. Em 2014, as urnas definiram a AL assim: PMDB (5), Pros (4), PSD (3), DEM (2), PSB (2). Já PR, PDT, Solidariedade, PCdoB, PMN, PHS, PTdoB e PT elegeram um parlamentar.

Dificuldades exigem mudanças radicais em governismo - Os tempos são outros, mas Carlos Augusto Rosado e Rosalba Ciarlini (PP) são os mesmos. A necessidade de dar uma chacoalhada no governo mossoroense para o grupo chegar às eleições municipais em 2020, em condições de vitória, exige mudança radical dos dois comandantes do rosalbismo. Para situações excepcionais, medidas excepcionais.

EM PAUTA

Tibau Follia – Em breve serão anunciadas atrações e programação do Tibau Folia, que acontecerá na cidade-praia do Tibau (42km de Mossoró, entre os dias 11 e 13 de janeiro de 2019.

Digicom – A Digicom chega à sua terceira edição em 2018, durante todo o dia 9 de dezembro, na área VIP da Arena das Dunas, em Natal. Focado em games, e-Sports e tecnologia, o evento oferecerá jogos free plays e campeonatos de diversos jogos com uma estrutura diferenciada: conforto, segurança e mais de 50 computadores para campeonatos instantâneos.

Renato Russo – O musical Renato Russo – baseado na obra do letrista e vocalista da banda Legião Urbana – vai ser apresentado em Natal. O espetáculo terá espaço no palco do Teatro Riachuelo do Shopping Midway Mall, no dia 7 de dezembro, às 21h.

Musical será em dezembro (Foto: divulgação)

Diferente – O Oba Restaurante em Mossoró vai promover uma “Quarta-Feira Diferente” à noite do próximo dia 14, véspera de feriado nacional. A partir das 21h, música ao vivo até à madrugada seguinte com duas atrações: Alzinete Oliveira e Vivi na janela, e em seguida a banda Tremendão de Fortaleza-CE. Arranje um lugarzinho na área da turma do gargarejo para mim, meus caros Ribamar-Naeide e Vinícius.

Coleção - Na mais recente edição da Feira do Livro de Mossoró, acabei esticando o tempo no pequeno espaço reservado à Coleção Mossoroense. Fui recebido por Eriberto Monteiro, escritor e operário infatigável desse legado cultural. É a editora recordista de títulos publicados no Brasil, com mais de 4.700 obras ao longo de 69 anos, uma tarefa gigantesca tocada pelo falecido Vingt-un Rosado. Ave, Vingt-un!

Durval Paiva - A Casa Durval Paiva foi escolhida como a Melhor Ong do Brasil na segunda edição do Guia Melhores Ongs, realizada na quinta (1), no Museu de Arte Moderna – Parque do Ibirapuera em São Paulo/SP. A iniciativa da premiação é do Instituto Doar e da Rede Filantropia que receberam mais de 2.500 inscrições de todo o país. Em 2017, a Durval Paiva já havia sido contemplada como a melhor Ong do Nordeste, ficando também entre as 100 melhores do país. Há 23 anos a entidade natalense atende à criança e ao adolescente com câncer e doenças hematológicas crônicas. Conheça clicando AQUI.

SÓ PRA CONTRARIAR

Quando os militantes petistas e bolsonaristas vão ensarilhar as armas? A campanha já terminou, gente!

GERAIS… GERAIS… GERAIS…

Tenho em mãos a edição de número 177 (ano 15), do jornal impresso “Jabá – Humor levado a sério”, editado por Ítalo Praxedes. Obrigado e parabéns pelo heroísmo, meu caro.

Obrigado à leitura do Nosso Blog Jacó Morais (Brasília),  Cornélio Alves (Natal) e  Naerton Soares (Mossoró).

Veja a edição anterior da Coluna do Herzog (29/10) clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Coluna do Herzog
terça-feira - 30/10/2018 - 17:47h
Robinson Faria

Governador precisa quitar cinco folhas antes de sair


Do Blog Saulo Vale

Se quiser transmitir o cargo para a governadora eleita Fátima Bezerra (PT) com a folha salarial dos servidores em dia, o governador Robinson Faria (PSD) terá que se virar para quitar cinco folhas salariais mensais nos quase dois meses que lhes restam de gestão.

Ainda está em aberto o 13º salário de 2017 para quem recebe acima de R$ 5 mil. Somando-se a isso, o governo tem no colo, até o final da atual gestão, as folhas salariais dos meses de outubro, novembro, dezembro e o 13º salário de 2018.

Até o momento, não há previsão para o pagamento do restante do 13º de 2017, nem para os salários de outubro.

A folha mensal do funcionalismo estadual gira entorno de R$ 480 milhões.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
  • Repet
terça-feira - 30/10/2018 - 09:12h
RN

Governo publica decreto que formaliza processo de transição


Como o Blog Carlos Santos antecipou dia passado, o Governo Robinson Faria (PSD) publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (30), decreto que “dispõe sobre a atuação dos órgãos e entidades da Administração Pública Estadual durante o processo de transição governamental”.

Tatiana Mendes Cunha, do Gabinete Civil (Foto: arquivo)

O Decreto de número 28.443 de 29 de outubro.

Enseja legalmente o processo de apresentação de informações técnicas e confidenciais da gestão pública estadual para comissão designada pela governadora eleita Fátima Bezerra (PT).

O processo de transição governamental será dirigido pelo Governador do Estado, com auxílio da Secretário-Chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha.

Serão disponibilizados os seguintes documentos/informações preliminarmente, mas a comissão de transição poderá requisitar outros documentos e informações que julgar necessários:

I – Plano Plurianual (PPA);

II – Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício seguinte, contendo os Anexos de Metas Fiscais e de Riscos Fiscais;

III – Projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) ou, se for o caso, a Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício seguinte;

IV – O mais recente Balanço Geral do Estado;

V – Demonstrativo dos saldos disponíveis transferidos do exercício findo para o exercício seguinte;

VI – Demonstrativo dos restos a pagar, distinguindo-se os empenhos liquidados/processados e os não processados referentes aos exercícios anteriores daqueles relativos ao exercício findo, com cópias dos respectivos empenhos;

VII – Demonstrativos da Dívida Fundada Interna e Externa, bem como o cronograma de pagamento para o exercício seguinte;

VIII – Relações dos documentos financeiros, decorrentes de contratos de execução de obras, consórcios, parcelamentos, convênios e outros não concluídos até o término do mandato atual;

IX – Relação dos incentivos fiscais concedidos, contendo ainda as condições e requisitos exigidos para a sua concessão, os tributos a que se aplica e, sendo caso, o prazo de sua duração;

X – Termos de ajuste de conduta firmados;

XI – Termos de gestão firmados;

XII – Relação de contratos de aluguel de bens móveis, imóveis e de serviços;

XIII – Relação atualizada dos bens móveis e imóveis que compõem o patrimônio do Poder Executivo;

XIV – Relação de almoxarifados e seus respectivos estoques;

XV – Relação e situação dos servidores, em face do seu regime jurídico e quadro de pessoal regularmente aprovado por lei, para fins de averiguação das admissões efetuadas;

XVI – Cópia dos relatórios da Lei de Responsabilidade Fiscal referentes ao exercício findo, contendo os Anexos do Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO) do 5º bimestre e os Anexos do Relatório de Gestão Fiscal (RGF) do 2º quadrimestre/1º semestre, bem como cópia das atas das audiências públicas realizadas;

XVII – Relação dos precatórios;

XVIII – Relação dos programas (softwares) utilizados pela Administração Pública;

XIX – Demonstrativo das obras em andamento, com resumo dos saldos a pagar e percentual que indique o seu estágio de execução;

XX – Relatório circunstanciado da situação atuarial e patrimonial dos órgãos previdenciários.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
segunda-feira - 29/10/2018 - 16:15h
Pós-eleições

Robinson parabeniza Fátima e garante transição transparente


O governador Robinson Faria (PSD) parabenizou sua futura sucessora pelo êxito eleitoral nas urnas, nas eleições 2018.

Emitiu Nota pessoal que pulveriza na imprensa e redes sociais, saudando o resultado. Paralelamente, assegura que dará todas as condições necessárias à transição de governo.

Nota

Parabenizo a governadora eleita Fátima Bezerra e desejo sucesso na condução dos destinos do Rio Grande do Norte pelos próximos quatro anos.

Toda nossa equipe de governo está orientada a cooperar e fornecer as informações necessárias à transição, com total transparência e com foco nos projetos em andamento, para o estado não perder um dia sequer de trabalho nas centenas de obras e ações que acontecem por todo o RN.

E ao contrário do que fizeram à nossa gestão, quando nos faltou apoio de parte da classe política nos momentos mais difíceis, nosso pensamento é de colaborar e torcer para o êxito da nova gestão que se inicia em janeiro. Nosso partido continuará a ser, sempre, o estado do Rio Grande do Norte.

Robinson Faria

Leia também: Governo Robinson Faria prepara transição para gestão Fátima.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Repet
segunda-feira - 29/10/2018 - 14:00h
Segundo turno

Fátima passa de 1 milhão de votos e vence em 154 municípios


Candidata eleita ao governo estadual, a senadora Fátima Bezerra (PT) da Coligação Do Lado Certo, conquistou também outros feitos na disputa eleitoral 2018.

Ela é o primeiro nome eleito ao Governo do RN a passar do volume de um milhão de votos: foram 1.022.910. No primeiro turno, Fátima recebeu 748.150 votos.

Anteriormente, quem tinha conseguido chegar mais próximo dessa marca tinha sido o atual governador Robinson Faria (PSD), com 877.268 ao ser eleito em 2014.Ela também é a única mulher a conseguir eleição a governo estadual no pleito deste ano no país, entre os 26 estados e Distrito Federal.

No primeiro turno, Fátima Bezerra venceu com dianteira de 222.217 mil votos, ou seja, 13,72 pontos percentuais. Agora, a maioria em relação ao contendor somou 269.875, ou seja, 15,2%.

Em números gerais, venceu em 154 dos 167 municípios (foram 149 no primeiro turno). Seu adversário Carlos Eduardo Alves (PDT) da Coligação Do Lado Certo só teve maior votação em 13 municípios (igual número do primeiro turno). No primeiro turno, Robinson Faria (PSD) da Coligação Trabalho e Superação suplantou concorrentes em cinco municípios.

Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP), em 2010 ganhou o pleito em apenas um turno, sendo a mais votada em 120 municípios. Iberê Ferreira (PSB), que tentava a reeleição, foi superior em 46 e Carlos Eduardo Alves (PDT) teve mais votos apenas em Itajá.

Veja abaixo a relação dos municípios em que Fátima venceu e também os que deram vitória a Carlos Eduardo Alves neste segundo turno:

Fátima Bezerra (PT)

1. TENENTE LAURENTINO CRUZ

2. ACARI

3. SERRA DO MEL

4. ASSU

5. CAIÇARA DO NORTE

6. AFONSO BEZERRA

7. SÃO MIGUEL DO GOSTOSO

8. ÁGUA NOVA

9. ITAJÁ

10. ALEXANDRIA

11. BODÓ

12. ALMINO AFONSO

13. TRIUNFO POTIGUAR

14. ALTO DO RODRIGUES

15. FERNANDO PEDROZA

16. ANGICOS

17. ANTÔNIO MARTINS

18. VENHA-VER

19. APODI

20. SERRINHA DOS PINTOS

21. AREIA BRANCA

22. TIBAU

23. ARÊS

24. SANTA MARIA

25. CAMPO GRANDE

26. RIO DO FOGO

27. BAÍA FORMOSA

28. PORTO DO MANGUE

29. BARCELONA

30. BENTO FERNANDES

31. BOM JESUS

32. CAIÇARA DO RIO DO VENTO

33. CAICÓ

34. CAMPO REDONDO

35. CANGUARETAMA

36. CARAÚBAS

37. CARNAÚBA DOS DANTAS

38. CARNAUBAIS

39. CEARÁ-MIRIM

40. CERRO CORÁ

41. CORONEL EZEQUIEL

42. CORONEL JOÃO PESSOA

43. CURRAIS NOVOS

44. DOUTOR SEVERIANO

45. ENCANTO

46. EQUADOR

47. EXTREMOZ

48. FELIPE GUERRA

49. FLORÂNIA

50. FRANCISCO DANTAS

51. GALINHOS

52. GOIANINHA

53. GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO

54. GROSSOS

55. GUAMARÉ

56. IELMO MARINHO

57. IPANGUAÇU

58. IPUEIRA

59. ITAÚ

60. JAÇANÃ

61. JANDAÍRA

62. JANDUÍS

63. BOA SAÚDE

64. JAPI

65. JARDIM DE ANGICOS

66. JARDIM DE PIRANHAS

67. JARDIM DO SERIDÓ

68. JOÃO CÂMARA

69. JOÃO DIAS

70. JOSÉ DA PENHA

71. JUCURUTU

72. MESSIAS TARGINO

73. LAGOA D’ANTA

74. LAGOA DE PEDRAS

75. LAGOA DE VELHOS

76. LAGOA NOVA

77. LAGOA SALGADA

78. LAJES

79. LAJES PINTADAS

80. LUCRÉCIA

81. LUÍS GOMES

82. MACAÍBA

83. MACAU

84. MARCELINO VIEIRA

85. MARTINS

86. MAXARANGUAPE

87. FRUTUOSO GOMES

88. MONTANHAS

89. MOSSORÓ

90. NÍSIA FLORESTA

91. NOVA CRUZ

92. OLHO D’ÁGUA DO BORGES

93. OURO BRANCO

94. PARAÚ

95. PARELHAS

96. PASSA E FICA

97. PATU

98. PAU DOS FERROS

99. PEDRA GRANDE

100. PEDRA PRETA

101. PEDRO AVELINO

102. PEDRO VELHO

103. PENDÊNCIAS

104. PILÕES

105. POÇO BRANCO

106. PORTALEGRE

107. SERRA CAIADA

108. PUREZA

109. RAFAEL GODEIRO

110. RIACHO DE SANTANA

111. RIACHUELO

112. RODOLFO FERNANDES

113. SANTA CRUZ

114. SANTANA DO MATOS

115. SANTO ANTÔNIO

116. SÃO BENTO DO NORTE

117. SÃO BENTO DO TRAIRÍ

118. SÃO FERNANDO

119. SÃO GONÇALO DO AMARANTE

120. SÃO JOÃO DO SABUGI

121. SÃO JOSÉ DE MIPIBU

122. SÃO JOSÉ DO CAMPESTRE

123. SÃO JOSÉ DO SERIDÓ

124. SÃO MIGUEL

125. SÃO RAFAEL

126. SÃO VICENTE

127. SENADOR ELÓI DE SOUZA

128. SENADOR GEORGINO AVELINO

129. SERRA DE SÃO BENTO

130. SERRA NEGRA DO NORTE

131. SERRINHA

132. SEVERIANO MELO

133. SÍTIO NOVO

134. TAIPU

135. TANGARÁ

136. TOUROS

137. UMARIZAL

138. UPANEMA

139. RAFAEL GODEIRO

140. VERA CRUZ

141. VIÇOSA

142. VILA FLOR

143. BARAÚNA

144. CRUZETA

145. MONTE ALEGRE

146. RUY BARBOSA

147. JUNDIÁ

148. PARANÁ

149. PARAZINHO

150. SÃO PAULO DO POTENGI

151. TIMBAÚBA DOS BATISTAS

152. VÁRZEA

153. TIBAU DO SUL

154. SÃO PEDRO

Carlos Eduardo Alves (PDT)

1. MAJOR SALES

2. BREJINHO

3. NATAL

4. PARNAMIRIM

5. MONTE DAS GAMELEIRAS

6. PASSAGEM

7. RIACHO DA CRUZ

8. SÃO FRANCISCO DO OESTE

9. SANTANA DO SERIDÓ

10. SÃO TOMÉ

11. TABOLEIRO GRANDE

12. TENENTE ANANIAS

13.  ESPÍRITO SANTO

* Gráfico ilustrativo utilizado nesta matéria é do G1: Edição:Rodrigo Cunha (Infografia), Design:Alexandre Mauro, Desenvolvimento: Rogério Banquieri.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 29/10/2018 - 11:46h
Decreto

Governo Robinson Faria prepara transição para gestão Fátima

Em 2014, a então governadora Rosalba assegurou que passaria "o governo melhor do que encontramos"

A gestão Robinson Faria (PSD) começou a formatar decreto para abertura do processo de transição de governo, ensejando o adiantamento de informações técnicas para a governadora eleita Fátima Bezerra (PT).

Segundo assevera a Lei Complementar 588 de 21 de fevereiro de 2017 (veja AQUI), “a Comissão de Transição será instituída tão logo a Justiça Eleitoral proclame o resultado oficial das eleições e deve encerrar-se com a posse do governador eleito”.

Robinson, Rosalba, Fábio Dantas e secretários no dia 3 de novembro de 2014 começavam transição (Foto: Assecom/RN)

Acrescenta que “o Governo Estadual em exercício deverá garantir a infraestrutura necessária para a realização dos trabalhos da Comissão de Transição”.

Em 2014

Na mesma lei é ainda destacado que “o membro da equipe de transição não perceberá remuneração pelo desempenho de suas atividades, salvo no caso de ser servidor público, aos quais serão asseguradas as remunerações e vantagens que já percebiam”.

No dia 3 de novembro de 2014, a então governadora Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP) recebeu seu vice e governador eleito Robinson Faria na Governadoria, ao lado de outros auxiliares, quando encaminhou a transição.

- Uma das certezas que nós temos é que passaremos o governo melhor do que encontramos – assegurou Rosalba.

O deputado estadual e vice-governador eleito Fábio Dantas (PCdoB, hoje no PSB) presidiu a equipe, formada por 12 pessoas. O grupo utilizou a Escola de Governo como gabinete à sua tarefa.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Repet
quarta-feira - 24/10/2018 - 15:20h
Política local

“Mistura” separa mais ainda adversários políticos


Ivan e George: "união" (Foto: Blog do VT)

Apesar de polarizarem a política em Assu e no Vale do Açu, os adversários deputado estadual George Soares (PR) e ex-prefeito Ivan Júnior (PSD) têm pelo menos um ponto convergente: apoiam Fátima Bezerra (PT) ao governo no segundo turno.

Reeleito à Assembleia Legislativa, Soares chegou antes, ainda no primeiro turno. Júnior, não.

Desembarcou agora, após não se eleger à AL e apoiar Robinson Faria (PSD) à reeleição.

Essa “mistura”, contudo, não tem agradado a boa parcela dos eleitores e militantes políticos de ambos. Está longe de representar uma união.

No Assu, o assunto gera controvérsia e retroalimenta a polarização. Ou seja, mantém acesa a rivalidade.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
sábado - 20/10/2018 - 17:54h
Nota oficial

Partido de Robinson reafirma neutralidade no segundo turno


O Partido Social Democrático (PSD), liderado pelo governador Robinson Faria no RN, emitiu Nota Oficial sobre sua posição em relação ao segundo turno do pleito estadual.

Governador Robinson Faria participou sem sucesso do primeiro turno quando foi candidato à reeleição (Foto: arquivo)

Veja abaixo:

O PSD reafirma sua posição de neutralidade no segundo turno da eleição estadual, conforme já declarou o presidente estadual do partido, governador Robinson Faria, em entrevistas a diversos veículos de comunicação ao longo desta semana.

Nota do Blog Carlos Santos – Filiados eleitos ou não no primeiro turno, além de prefeitos diversos, têm tomado posições distintas e em que são observados prioritariamente interesses domésticos e estratégicos no campo da política estadual.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.