segunda-feira - 23/01/2017 - 12:42h
Mossoró

Nova realidade no erário para Rosalba Ciarlini em prefeitura


Royalties para baixo (Foto: arquivo)

Quando deixou a Prefeitura Municipal de Mossoró em 31 de dezembro de 2004, em seu terceiro mandato como prefeita, a pediatra Rosalba Ciarlini (PP) trabalhava com cerca de 18% da receita municipal derivada de royalties do petróleo.

Agora, no retorno ao mesmo cargo, quase 13 anos depois, a realidade é outra bem diferente.

Estará convivendo com cerca de 3% da receita oriunda dessa mesma fonte.

O desmanche da Petrobras provoca outros estragos, também na receita direta do Erário, via Imposto Sobre Serviços (ISS).

São outros tempos, que exigem novas fórmulas de gestão e não a repetição do ramerrame de sempre.

Anote, por favor.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
quinta-feira - 19/01/2017 - 10:16h
Mossoró

Falta de insulina Lantus coloca em risco muitas vidas


Há praticamente dois meses (veja AQUI) que a insulina Lantus não é distribuída pela Prefeitura Municipal de Mossoró.

Esse drama tem-se arrastado há anos, causando muitos problemas para pacientes diabéticos e seus familiares. Várias mortes, também.

Muitas famílias são afetadas, em sua grande maioria de origem humilde.

Em redes sociais, uma legião de pessoas troca informações, mobiliza apoios financeiros e tenta socorrer àqueles pacientes mais prejudicados.

Por favor, prefeita Rosalba Ciarlini e secretário (Saúde) Benjamim Bento, atentem para esse problema tão delicado.

São vidas e vidas em jogo, de crianças a idosos.

Aguardamos!

Acompanhe o Blog também pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Saúde
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quarta-feira - 18/01/2017 - 18:13h
Mossoró

Prefeitura e Caixa negociam retomada de vários projetos


A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) recebeu hoje, em audiência no Salão dos Grandes Atos da Prefeitura de Mossoró, representantes da Caixa Econômica Federal (CEF) para tratar de projetos e convênios que estão em andamento nas áreas de saneamento, pavimentação, habitação e infraestrutura em Mossoró.

Existem vários projetos travados e expectativa é que sejam retomados, conforme reunião discutiu hoje (Foto: PMM)

Foram tratados diversos projetos e convênios, dentre eles o financiamento de R$ 37 milhões, que poderia ser cancelado em virtude da ausência de medições enviadas pela Prefeitura de Mossoró. A verba se destina à pavimentação de ruas, com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Do total de verba assegurada em 2010, o percentual de apenas 5%  foi usado pelo Município.

Os serviços foram suspensos em virtude da ausência de comprovação da obra.

Na área do saneamento, se discutiu ações nas Bacias 1, 2, 7 e 8. Com a retomada, a prefeita Rosalba Ciarlini obteve a garantia da secretária de Infraestrutura Kátia Pinto e do secretário executivo, Yuri Tasso, de que Mossoró ficará saneada em 92% em dois anos. Como existem ações ligadas também à habitação, a Prefeitura de Mossoró terá que acelerar serviços e concluir algumas etapas do saneamento até julho deste ano. Com isso, a expectativa é que 2017 será fechado com Mossoró atingindo 85% em saneamento.

Na habitação, discutiu-se agilidade em ações para a entrega do Conjunto Habitacional Maria Odete, que tem 844 casas e que depende da Prefeitura para serem entregues, com participação relacionada à contrapartida. Discutiu-se a possibilidade da ação da Prefeitura ser centrada em equipamentos públicos, além do acesso e iluminação pública. A discussão se volta ao conjunto Jardim das Palmeiras.

Os representantes da Caixa apresentaram, ainda, a construção dos residenciais Mossoró I, II e III, no prolongamento de um dos acessos ao shopping. Todos precisam de interligação com relação ao saneamento.

Participaram da reunião, além da prefeita, a secretária municipal de Infraestrutura, Kátia Pinto, o secretário executivo de Infraestrutura, Projetos e Serviços Públicos, Yuri Pinto, a secretária municipal de Agricultura, Katherine Bezerra, e o chefe de Gabinete, Carlos Eduardo Ciarlini.

Representando a Caixa, o superintendente regional da CEF do RN, Carlos Antônio de Araújo, o gerente geral da Caixa no RN, Arthemis Luís e Ricardo Mariz, gerente regional de governo da Caixa. Também esteve presente a presidente da Câmara Municipal de Mossoró e ex-gerente da Caixa em Mossoró Izabel Montenegro (PMDB).

Com informações da Prefeitura Municipal de Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
terça-feira - 17/01/2017 - 15:47h
Mossoró

Servidor com salário em atraso define indicativo de greve


Assembleia geral do funcionalismo municipal de Mossoró à manhã de hoje, decidiu realizar um indicativo de greve. Ideia é paralisação dia 27 próximo, conforme posição avalizada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM).

Auditório lotou e foi unânime em decisão (Foto: Sindiserpum)

Com alguns servidores tendo salários de novembro em atraso, além de muitos com 13º de novembro e dezembro em igual situação, além dos salários de dezembro de todos os funcionários de carreira, a decisão foi vista como inevitável, na assembleia desta terça-feira (17), no auditório do Hotel VillaOeste.

Houve repasse de informações sobre a audiência ocorrida ontem com o Executivo municipal (veja AQUI) e discussão sobre o atraso salarial.

À espera de Rosalba

Servidores aprovaram por unanimidade o indicativo, além de uma proposta a ser apresentada à Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) em audiência marcada para o dia 26.

Na proposta a ser apresentada, os servidores reivindicam o pagamento do restante da folha de novembro junto com a folha de janeiro e a de dezembro, junto com a folha de fevereiro.

Na audiência realizada ontem com os dirigentes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum), o Executivo se comprometeu a pagar a folha de janeiro dentro do mês. Mas não apresentou nenhuma proposta com relação aos meses atrasados.

Administração marcou para o dia 26 uma nova audiência com o Sindiserpum, quando a Prefeita Rosalba Ciarlini (PP) terá um levantamento da situação.

Com informações do Sindiserpum.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
  • Repet
terça-feira - 17/01/2017 - 11:12h
Mossoró

“Pagar em dia” é tática de marketing com efeito psicológico


Janeiro de 2017, primeiro mês da quarta gestão municipal de Rosalba Ciarlini (PP), é um espaço temporal decisivo à tentativa de resgate da imagem dela como gestora capaz, que faz acontecer, abalada com sua passagem pelo Governo do Estado (2011-2014).

Imagem de Francisco pode ficar mais turva, mas Rosalba precisa ser eficiente de verdade (Foto: arquivo)

Daí que todos os esforços são para vender imagem de eficiência principalmente para o servidor municipal e opinião pública, com pagamento “em dia” da folha de pessoal (veja AQUI).

Até aí, tudo bem.

Mas é puro marketing, a estratégia de veicular que pagará janeiro dentro do mês, quando parte de novembro, dezembro e 13º (novembro e dezembro) estão em atraso.

Só para esclarecer: o 13º é pago no mês de aniversário do servidor e os que aniversariaram em novembro e dezembro, não receberam.

Tem efeito ilusório e psicológico, mas efetivamente não tampona o passivo salarial que de fato permanece. O débito é da Prefeitura e não de quem passou ou está no poder.

O governo é impessoal, segundo atesta um dos princípios da administração pública, amparado na Constituição em vigor. Não é de Rosalba nem de Francisco José Júnior (PSD), seu antecessor.

As dívidas não são de quem passou, mas da municipalidade.

É um entendimento muito simples, que qualquer leigo entende.

Com certeza, se Rosalba (ou qualquer outro gestor) fosse dar sequência ao próprio mandato (caso de reeleição), não estaria promovendo esse tipo de pirueta. Até porque, a conta continua sem ser fechada.

A manobra além de tentar produzir essa fantasia de equilíbrio, paralelamente é uma forma de amplificar o pecado do atraso de quem a antecedeu.

O retrovisor está ajustado, calibrado, para não ter ponto cego. Mas Rosalba precisa ter cuidado para ele não embaciar logo tão cedo.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
terça-feira - 17/01/2017 - 08:30h
Opinião

Nogueirão vive impasse e saída não está na política


Há uma celeuma em Mossoró por conta de novo impedimento de uso do Estádio Manoel Leonardo Nogueira, o “Nogueirão”, pelos clubes profissionais da cidade, que disputam mais uma temporada de competições e amistosos. Potiguar e Baraúnas até ameaçam sair do Campeonato Estadual 2017, se o quadro não for revertido.

A sisma advém de pareceres do Corpo de Bombeiros, que estaria agarrado a filigranas técnicas para frear o aproveitamento do Nogueirão. Birra, dizem os mais exaltados.

Sou torcedor do Potiguar, tenho simpatia pelo Baraúnas, sou integrante da Associação dos Cronistas Esportivos do RN (ACERN) há quase 30 anos, assisto jogos no Nogueirão desde minha adolescência, costumo participar de campanhas para apoio aos dois clubes e, principalmente, sou mossoroense. Que tudo isso fique claro.

Desde 2004 que o Estádio Nogueirão passa por seguidas celeumas nesse sentido, além de mil promessas políticas. Quase todos os candidatos a prefeito nesse ínterim prometeram sua municipalização, mas foi o ex-prefeito Francisco José Júnior (PSD) que o converteu em patrimônio da municipalidade, não obstante continuar vivo precariamente.

A então governadora Rosalba Ciarlini (PP) garantiu inicialmente uma reforma que custaria pouco mais de R$ 8 milhões. Depois, em plena campanha municipal de 2012, apareceu com maquete e densa propaganda, anunciando até ampliação do estádio, com custo perto de R$ 40 milhões. Tudo uma grande farsa eleitoral, pois sabia que não teria meios para tal investimento.

Má-fé e picuinha

Paralelamente, dirigentes e abnegados de Potiguar e Baraúnas e da própria Liga Desportiva Mossoroense (LDM) têm feito esforço sobre-humano para que o futebol não morra em Mossoró, conhecida terra do “já-teve”.

Seria leviano afirmar que o comando do Corpo de Bombeiros age de má-fé, por algum tipo de picuinha particular ou puro sadismo. Talvez, preciosismo, diria. Se houver má-fé e picuinha, que se prove, promovendo sanções contra quem estaria agindo assim.

Maquete foi apresentada em outubro de 2012 com apoio de setores da imprensa que hoje não fazem mea culpa (Foto: arquivo)

Entendo que dirigentes da LDM, Potiguar e Baraúnas devem recorrer à Justiça, se veem dolo que fira seus interesses e de torcedores, buscando acolhimento legal. Fora disso, lamentavelmente continuaremos testemunhando, todo ano, essa agonia.

Lamento profundamente que parte da imprensa de Mossoró tenha sabotado a permuta do Nogueirão por outro estádio novo quando havia avanço na ideia e negociações – acompanhadas pelo Ministério Público no final de 2010 -, justamente para atender a interesse político-partidário.

Foram as mesmas pessoas e órgãos de imprensa que propagaram os dois estelionatos de reforma e ampliação, como a panaceia do futebol mossoroense. Deveriam fazer mea culpa, pelo menos.

Por favor, não permitamos mais que a politica e a politicalha façam tanto mal ao nosso futebol. Fiquemos longe dessa gente e de seus capatazes da mídia.

Bola para frente.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Comunicação / Esporte
  • Repet
segunda-feira - 16/01/2017 - 14:53h
Prefeitura de Mossoró

Secretaria levanta perdas de mais de R$ 50 milhões em projetos


A Secretaria Municipal de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos já identificou que a Prefeitura de Mossoró perdeu mais de R$ 50 milhões em projetos. A informação é passada pela Secretaria de Comunicação Social da Prefeitura.

Segundo a secretária Kátia Pinto, da Infraestrutura, o que o município perdeu é grande em termos de dinheiro e de importância social, além de atingir a mobilidade urbana. Somente em projetos relacionados à urbanização da Avenida Rio Branco foram perdidos R$ 32 milhões. “São verbas de convênios que, infelizmente, a Prefeitura de Mossoró perdeu”, disse Kátia Pinto.

Informações completas

Kátia frisou que até a quinta-feira (20) terá todas as informações sobre o problema envolvendo todos os projetos relacionados à Prefeitura de Mossoró e que, depois disso, terá reunião com a Caixa Econômica Federal e posteriormente com a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) para detalhar o que pode ser feito a partir de agora.

“O que posso dizer é que são convênios perdidos”, reiterou.

Nota do Blog - Esse relacionado à urbanização da Rio Brancos nós conhecíamos e ele se arrasta desde a gestão Fafá Rosado (PMDB).

Portanto, não é uma situação pontual da gestão Francisco José Júnior (PSD), o que torna o caso ainda mais grave.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
segunda-feira - 16/01/2017 - 13:20h
Audiência

Rosalba garante pagar janeiro em dia e piso do magistério


A prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP) recebeu – ao lado de alguns auxiliares – dirigentes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM). A audiência ocorreu ao final da manhã de hoje.

Rosalba (de costas) recebeu diretoria do Sindiserpum à manhã de hoje (Foto: PMM)

A prefeita garantiu o pagamento de janeiro dentro do mês, com um 1/3 de férias dos professores.

E assegurou o novo piso salarial do magistério.

Foi marcada uma nova reunião para dia 26 quando será definido o pagamento dos meses em atraso.

O Sindiserpum tem assembleia geral para tomar posição sobre atraso salarial e outras questões. Acontecerá amanhã (terça-feira, 17), às 8h30, no auditório do Hotel VillaOeste (veja AQUI).

Com informações adicionais da Assecom da Prefeitura de Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
domingo - 15/01/2017 - 13:22h

A tímida passagem do governo por Mossoró


A agenda do governador Robinson Faria (PSD), em Mossoró, foi muito tímida, sob do ponto de vista de ações administrativas – para quem praticamente abandonou a cidade, durante os dois primeiros anos de mandato.

Isso é até compreensível para um governo que, na pratica, não tem o que mostrar.

Alguns engodos, anunciados com pompas, chegam a insultar a inteligência e a paciência dos cidadãos mossoroenses. Um deles é a reforma do aeroporto de Mossoró e o anúncio de que teremos voos diários a partir de abril.

Rosalba e Robinson: faz-de-conta (Foto: Arquivo)

Mas, isso não é tão simples assim. Depende ainda de condições técnicas severas que precisam ser adequadas, junto aos órgãos controladores e reguladores de aeroportos no Brasil (Anac, cindacta III etc.). Não existe um estudo sério sobre a sua viabilidade econômica.

Até mesmo, os horários de voos anunciados são inadequados para quem pretende ir a Recife a negócio. Mas, estranhamente, a paternidade do “feito” já está sendo disputada entre o ex-prefeito Francisco José Júnior (PSD), a atual prefeita Rosalba Ciarlini (PP) e o próprio governador Robinson Faria (PSD).

Os três juntos nunca foram capazes de fazer funcionar com dignidade e, minimamente, sequer a Rodoviária de Mossoró. Pasmem!

Outro engodo é a implantação do programa “Ronda Cidadã”.

O governo do RN não tem efetivo suficiente para garantir a segurança mínima do Estado – que bate recordes de violência, fugas, assaltos, roubos, e assassinatos. Não tem verbas e nem orçamento que possam suprir as diárias operacionais necessárias, com pagamentos em dia, aos policiais.

Não conseguiu fazer ainda funcionar regularmente o Ronda Cidadão em Natal, imaginem aqui em Mossoró, cuja segurança está entregue à própria sorte.

Tudo isso, é puro espetáculo de mídia e geração de falsas expectativas.

NA VERDADE, o governador veio a Mossoró para marcar espaço político na disputa com a prefeita Rosalba Ciarlini – na tentativa de minimizar o possível avanço do Rosalbismo ou até, quem sabe, tê-la ao seu lado no futuro (algo pouco provável – veja AQUI) na região.

Em ambos os lados, ficou evidente o foco dessa disputa: o governador Robinson Faria quer dar projeção pontual e privilegiada à primeira-dama e secretária de Estado da Sethas, Julianne Faria; e a prefeita Rosalba Ciarlini tem como prioridade política de sua gestão a promoção de sua filha e secretária do Desenvolvimento Social e Juventude, Lorena Ciarlini (veja AQUI).

Os dois estão de olho nas eleições de 2018, para elegerem suas protegidas. A largada já foi dada.

Enquanto isso, a gestão pública vai sendo tocada de forma precária, sem planejamento efetivo, eivada de enganações, mentiras e descaso com o cidadão. Infelizmente.

Mossoró tem o que merece!

SECOS & MOLHADOS

Vaias – É bem verdade que o deputado Galeno Torquato (PSD) deve muitas explicações aos seus eleitores mossoroenses. Por outro lado, não é ético que parlamentares, que se acham prejudicados com a vitória expressiva de Galeno, em Mossoró, organizem claques para o vaiarem, por ocasião da visita do ministro da Saúde ao HRTM, na última semana (veja AQUI).

Atraso – Os servidores públicos municipais, filiados ao Sindiserpum, vão realizar assembleia geral na terça-feira (17) – veja AQUI, para decidirem o que fazer diante do atraso de salário de novembro, dezembro e parte do 13º salário. Nos bastidores do sindicato, há uma indignação generalizada com a falta de informação do governo Rosalba Ciarlini (PP), a respeito do assunto, e os filiados consideram que o descaso da prefeita precisa de uma resposta rápida e eficaz.

Polo – O governador Robinson Faria anuncia a construção de mais um presídio em Mossoró. Com isso, Mossoró vai se transformando noprincipal polo prisional do Estado. A estratégia é que as prisões têm que ficar bem longe do polo turístico de Natal e também do polo industrial da Grande Natal.

Presídio Federal foi usado como bandeira de campanha de Rosalba Ciarlini; hoje, melhor o silêncio (Foto: arquivo)

Os políticos e governantes locais não reagem minimamente a isso. Talvez, porque achem que o polo prisional seja mais lucrativo do que os polos turístico e industrial. Gente que reclamou do Presídio Federal no passado, hoje se cala. Caso da hoje prefeita Rosalba Ciarlini, que na disputa do Governo Estadual em 2010, era contrária.

Chacina – A rebelião de Alcaçuz, que resultou na chacina de vários presos, é um caos anunciado. Isso é apenas a espoleta da bomba-relógio que está prestes a explodir, se não for tomada nenhuma atitude severa, eficaz e urgente por parte das autoridades competentes.

Calamidade – O que está acontecendo em Alcaçuz é a falência total do sistema penitenciário do Rio Grande do Norte. Déficit de vagas, falta de estruturas, fugas, violências, calamidade total, corrupção: esse é o cenário da realidade das prisões do RN, detectadas desde março de 2015. Quase dois anos depois, a coisa só piora. Enquanto as facções planejavam a rebelião de Alcaçuz, engodos como o “Ronda Cidadã”, em Mossoró, jogavam pelo ralo o dinheiro do contribuinte, numa jogada midiática para favorecimentos políticos futuros.

Déficit – De acordo com a Secretaria de Justiça (SEJUC), o RN possui 33 unidades prisionais, que oferecem 3.500 vagas. Tais unidades abrigam, hoje, mais de 8 mil presos. Um déficit de cerca de 4.500 vagas. Alcaçuz, que abriga mais de 1 mil presos (tem capacidade de abrigar, apenas, 620 presos), só no ano passado, registrou a fuga de 100 presos (10%).

Juros – A redução da Taxa Selic em 0,75%, pelo Banco Central, na última semana, foi motivada pelo recuo da inflação. Esta, por sua vez, foi o resultado da recessão econômica em que vive o País, sendo pressionada pelo endividamento e desemprego. Baixou a febre, mas, a taxa de juros reais do Brasil ainda é a maior do planeta.

* Veja coluna anterior clicando AQUI.

Carlos Duarte é economista, consultor Ambiental e de Negócios, além de ex-editor e diretor do jornal Página Certa

Categoria(s): Artigo
sexta-feira - 13/01/2017 - 19:58h
Deputada

Lorena, filha de Rosalba, começa a ser projetada para 2018


A secretária do Desenvolvimento Social da Prefeitura de Mossoró, Lorena Ciarlini, filha da prefeita Rosalba Ciarlini (PP), estreou hoje pela manhã com o microfone, representando sua mãe. Participou do evento denominado de “Vila Cidadã”, do Governo do Estado, no bairro Santo Antônio.

Lorena discursa, ladeando Julianne e Robinson Faria no Santo Antônio hoje (Foto: PMM)

Em suas redes sociais, a Prefeitura Municipal de Mossoró destacou, com fotos: “Representando a prefeita Rosalba, a secretária do Desenvolvimento Social, Lorena Ciarlini, fala aos presentes no lançamento do Vila Cidadã.

Também foi destacado com foto, em que ela conversa com populares: “Secretária do Desenvolvimento Social e Juventude, Lorena Ciarlini, participa da Vila Cidadã. Ação de cidadania e oferta de serviços, no Sto. Antônio.”

Projeto 2018

As postagens não citam que a programação é do Governo do Estado.

A aparição de Lorena Ciarlini não é por acaso ou em face do cargo que ocupa, especialmente. É parte da pavimentação de caminho para se projetar politicamente, com vistas às eleições à Assembleia Legislativa do Estado em 2018 (veja AQUI).

O Vila Cidadã foi aberto pela primeira-dama e titular da pasta Social do Estado, Julianne Faria, ao lado do governador Robinson Faria (PSD).

Rosalba e Lorena: destaque (Foto: PMM)

Mais Lorena

Já no final da tarde desta sexta-feira (13), a própria prefeita e a filha estiveram no Ginásio Poliesportivo Pedro Ciarlini Neto em outro evento do Governo do Estado (entrega de cheques do Programa de Microcrédito do Empreendedor).

De novo, destaque para a secretária nas páginas da Prefeitura em redes sociais: “Recebida pelo Grupo Folclórico Araruna, a prefeita Rosalba e a Secretária do Desenvolvimento Social, Lorena Ciarlini, chegam ao Ginásio Pedro Ciarlini”.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
sexta-feira - 13/01/2017 - 17:35h
Hoje

Rosalba vota e faz campanha em eleição da Femurn


A eleição hoje para nova diretoria da Federação dos Municípios do RN (FEMURN) transferiu a prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP) para votar e fazer campanha, em Natal.

Rosalba, votando, esteve com os Alves no apoio a Rivelino (Foto: redes sociais)

Ela foi uma das eleitoras do candidato a presidente, Rivelino Câmara (PMDB), prefeito de Patu. Mas evitou compor sua chapa ou qualquer outra.

Rivelino ficou em segundo lugar (veja AQUI), contando ainda com apoio do grupo do ex-deputado federal Henrique Alves (PMDB).

Faixa própria

A chapa vencedora de Benes Leocádio (PMDB), ex-prefeito de Lajes, também atropelou a candidatura de Dagoberto Bessa (PSD), prefeito de Severiano Melo, aposta do grupo do governador Robinson Faria (PSD).

Enfim, Benes teve uma vitória acima e por cima dos mais tradicionais grupos políticos do estado. Marchou em faixa própria, com grande capacidade de articulação.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 13/01/2017 - 15:36h
Hoje

Benes vence duas chapas adversárias à presidência da Femurn


O ex-prefeito de Lajes e ex-presidente da Federação dos Municípios do RN (FEMURN), Benes Leocádio (PMDB), voltará a presidir a entidade. Venceu hoje eleições internas.

Com 159 municípios filiados dos 167 que compõem o estado, a Femurn teve eleição em sua sede localizada em Natal, com presença de 146 eleitores.

Benes (centro) teve vitória expressiva contra forças com boa retaguarda (Foto: Femurn)

A apuração apontou Leocádio com 66 votos; Rivelino Câmara (PMDB), prefeito de Patu, empalmou 46; Dagoberto Bessa (PSD), prefeito de Severiano Melo, somou 34.

Benes Leocádio vai substituir o ex-prefeito de Assu, Ivan Júnior (PSD). O mandato é de dois anos.

Estatutos da Femurn permitem que ex-prefeito possa se candidatar ao cargo. Ele vai para o terceiro mandato como presidente.

Chapa

A chapa completa de Benes, que passará a ser a nova diretoria da Femurn, ficou constituída assim:

Presidente, Benes Leocádio; José Cassimiro (São Paulo do Potengi) – 1º Vice-presidente; Luis Eduardo (Maxaranguape) – 2º Vice-presidente; Maria Bernardete (Riacho da Cruz) – 3ª Vice-presidente; Thales André (Major Sales) – 4º Vice-presidente; Robson de Araújo (Caicó) – 5º Vice-presidente; Alessandru Emmanuel (Campo Redondo) – Secretário-geral; Suely Fonseca (Jardim de Angicos) – 2ª Secretária; Laerte Ney (Rio do Fogo) – Tesoureiro; Mara Cavalcanti (Riachuelo) – 2ª Tesoureira;  Anteomar Ferreira (São Tomé), Francisco das Chagas (Afonso Bezerra), Patrícia Targino (Pedro Velho), Luiz Antônio (Pedra Preta), Antônia Ferreira (Lajes Pintadas), Marina Dias (Jandaíra) – Conselho Fiscal.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
sexta-feira - 13/01/2017 - 14:38h
UERN

Governador vê reajuste à Aduern, mas quer base técnico-legal


O governador Robinson Faria (PSD) recebeu comitiva de representantes dos professores da Universidade do Estado do RN (ADUERN), hoje pela manhã, em Mossoró. O encontro não fazia parte oficialmente de sua agenda administrativa na cidade.

Foi provocado ontem em reunião que o governador abriu com integrantes da Aduern, no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), onde ocorreu protesto de servidores da Saúde e da Uern (veja AQUI), pressionando o governador.

Robinson ouve dirigente da Aduern e deixa clara sua boa vontade e apoio à Uern (Foto: Rayane Mainara)

Na reunião de hoje, com a presença do reitor da Uern, professor-doutor Pedro Fernandes Neto, a pauta foi composta basicamente por dois pontos: o auxílio saúde dos docentes e servidores da UERN e o Plano de Cargos e Salários (PCS) da categoria.

Durante a reunião, a diretoria da Aduern apresentou as reivindicações referentes à reposição salarial da categoria, com dados atualizados mostrando a defasagem nos salários dos/as docentes da instituição em 2017.

O Governador reconheceu a legitimidade do pleito, mais especificamente a concessão de um reajuste referente à inflação acumulada desde o ano de 2016 que é de 7,64%. Entretanto, segundo o governador, esta decisão precisa ser amparada em um estudo técnico a ser feito pela Reitoria da UERN que aponte o impacto financeiro no orçamento da instituição.

Acordo de 2012

Sem uma base legal e financeira, nem pensar.

A Aduern reivindicou que, assim como foi aplicado aos professores da rede estadual, a reposição da inflação seja feita imediatamente, haja vista a pesada defasagem salarial vivida pela categoria em decorrência do descumprimento de acordo firmado pelo Governo ainda em 2012.

Na época, Rosalba Ciarlini (PP) – hoje prefeita de Mossoró – era a governadora. Acertou entendimento após duas greves do professorado que duraram 172 dias no total.

Ficou acordado que nos próximos dias a administração da universidade deverá preparar este documento e enviar ao Governador. Em seguida, haverá mais uma reunião entre o sindicato e o governo para se discutir a sua implementação. Se possível, claro.

A comissão docente também afirmou que a negociação entre o governo e a Aduern pela efetiva implementação do PCS vai continuar pois a correção salarial não está vinculada apenas a este reajuste hoje reivindicado.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
sexta-feira - 13/01/2017 - 06:34h
Mossoró

Segundo dia de Robinson tem boas notícias para a Saúde


No segundo dia de agenda administrativa em Mossoró, o governador Robinson Faria (PSD), assinou um protocolo de intenções para a alta complexidade, no auditório do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM). O evento aconteceu na manhã de quinta-feira (12).

Teve teve a participação do secretário estadual de Saúde, George Antunes, do Ministro da Saúde, Ricardo Barros, do secretário municipal de Saúde, Benjamim Bento e da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (DEM), senador Garibaldi Filho (PMDB), deputados estaduais Larissa Rosado (PSB), Manoel Cunha Neto PHS), o “Souza”, e Galeno Torquato (PSD), bem como deputado federal Beto Rosado (PP).

Ministro e Robinson (ao centro), se cumprimentam sob o 'testemunho' do tomógrafo (Foto: Ivanízio Ramos)

O objetivo do protocolo é descentralizar os serviços de alta complexidade para o município de Mossoró, com a co-gestão e apoio dos municípios da 2ª e 6ª região de Saúde, com sedes em Mossoró e Pau dos Ferros, formalizando um Termo de Cooperação entre Entes Públicos (TCEP), dentro do processo de regionalização.

Durante a visita o governador também formalizou a entrega de um novo tomógrafo que dará mais qualidade e agilidade aos exames no Hospital Tarcísio Maia. O equipamento, que realiza exames em menor tempo, foi adquirido pelo Governo do Estado pelo valor de R$ 1.440.000.

Almeida Castro

O governador visitou o Hospital Maternidade Almeida Castro (HMAC) nessa quinta-feira. Na atual administração do Governo do Estado, o Hospital Maternidade Almeida Castro, no Centro de Mossoró, teve ampliado de sete para 17 leitos a Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), de cinco para oito leitos a UTI para adultos e de 160 para 190 leitos a sua capacidade total de atendimento.

Tudo isso foi possível graças ao aporte mensal de recursos feito pelo Governo do Estado no valor de R$ 438 mil/mês, por meio de convênios celebrados com o hospital. Os repasses vêm sendo feitos desde setembro de 2016.

Robinson esteve no HMAC no segundo dia de sua agenda em Mossoró (Foto: Assecom)

Outra medida tomada pelo Governo do Estado para melhorar os serviços públicos prestados pelo Hospital Maternidade Almeida Castro foi o reforço na equipe médica com o acréscimo de três obstetras, dois pediatras, um intensivista e um anestesista.

Jucern e Restaurante

O governador ainda inaugurou nova unidade do Restaurante Popular no bairro Santo Antônio e as novas instalações da Junta Comercial do RN (JUCERN), no centro da cidade.

Assegurou, inclusive, a instalação na cidade do “Escritório do Empreendedor”, para dar agilidade à resolução de interesses burocráticos do setor produtivo, como inaugurado em Natal no ano passado.

Veja também: Governo entrega cadeiras de rodas e apresenta novo formato do Programa do Leite (AQUI);

Veja também: Robinson visita Potigás e mostra expansão de serviços em Mossoró (AQUI);

Com informações da Assecom do Governo do Estado e Blog Carlos Santos.

Categoria(s): Administração Pública
sexta-feira - 13/01/2017 - 05:34h
Mossoró

Reitor segue distante de programação do chanceler da Uern


Ao fim do segundo dia de programação administrativa do governador Robinson Faria (PSD), em Mossoró, o reitor da Universidade do Estado do RN (UERN), professor-doutor Pedro Fernandes Neto, seguiu sem participar de sua agenda.

Rosalba e Pedro Fernandes estiveram juntos à espera do ministro Ricardo Barros nessa quinta-feira (Foto: cedida)

Robinson é o chanceler da instituição de ensino ligada ao Governo do Estado.

Nessa quinta-feira (12), o reitor preferiu recepcionar o ministro da Saúde, Ricardo Barros, ao lado da prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Em seus endereços nas redes sociais, ele priorizou destacar emendas relacionadas à Uern, viabilizada por parlamentares federais do RN. Já não comparecera à nada da agenda governista na quarta-feria (11) – veja AQUI.

Nessa quinta, houve protesto contra o governador à frente do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) com a presença de manifestantes ligados à Uern – veja AQUI.

Nota do Blog – Depois de um breve encolhe-estica, Fernandes definiu que será candidato à reeleição na Uern, no pleito do dia 22 de março próximo (veja AQUI).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
quinta-feira - 12/01/2017 - 10:28h
Mossoró

Robinson tem que começar de novo sem contar com Rosalba


Robinson Faria (PSD) não deve contar com Rosalba Ciarlini (PP) e seu grupo para adiante. Melhor não tentar se enganar. Para as eleições 2018, sejamos diretos na assertiva.

Ela mesma disse às claras e sem rodeios no dia passado, no início da agenda do governador em Mossoró, que é sua parceira “administrativa” (veja AQUI). Nem mentiu nem exagerou.

Hoje, disso não passa. Amanhã… Política é jogo de conveniências. Não é conveniente para ela a comunhão política, como já o fora antes.

Rosalba e Robinson, em Mossoró, têm laços que dificilmente passarão do plano administrativo (Foto: PMM)

Os acordos políticos da “Rosa” estão em andamento e bem encaminhados, com o grupo Alves, de quem já foi adversária, aliada, adversária, aliada, adv….

Reinvenção

Eles começaram ter sua tessitura até bem antes das eleições municipais do ano passado, intercalando interesses entre Natal e Mossoró (veja AQUI), maiores colégios eleitorais do RN.

Resta a Robinson se reinventar, fazer inventário das perdas e erros nesses primeiros dois anos de governo e de política relacionada a Mossoró, para poder respirar para os próximos embates.

Extraoficialmente, o Blog soube que ele pensa em montar escritório político na cidade, para a região. Já deveria ter feito. Na verdade, é promessa de quase todos os últimos governadores, criar uma política diferenciada para Mossoró. Só lero-lero até aqui.

Robinson teve vitórias acachapantes nos dois turnos eleitorais de 2014, ao lado do então prefeito Francisco José Júnior (PSD), mas também com votação maciça do rosalbismo.

Política híbrida

Francisco, depois, caiu em desgraça e foi descartado pelo governador no ano passado, não obstante a importância crucial à sua vitória.

O grupo de Rosalba e o PP, do qual ela faz parte, compõem o Governo Robinson com vários indicados. Porém evitam propagandear essa aliança ou serem associados a ele.

Rosalba e PP fazem uma política híbrida: juntos com Robinson Faria em Natal, separados em Mossoró.

Para esses meses que se seguem, até as eleições de 2018, Robinson conta com o que sobreviveu às eleições municipais: quase nada. Um elenco de rejeitados pelas urnas, com baixa densidade de votos. Nada muito expressivo.

Para quem não tinha nada mesmo, anos atrás, não é de se desesperar, mas há motivos de sobra para se preocupar.

Mossoró – que segundo ele próprio afirmou – foi responsável por sua eleição em 2014, pode de novo ser determinante em sua vida política. Contudo, com efeito inverso.

Realmente, a política é muito dinâmica.

Leia também: ‘Consórcio’ Alves-Maia-Rosado planifica poder para 2018 (AQUI).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quinta-feira - 12/01/2017 - 09:02h
Mossoró

Ministro visita UPA e promete empenho para apoio financeiro


O ministro da Saúde, Ricardo Barros, iniciou sua programação de visita a Mossoró nesta quinta-feira (12) – veja agenda AQUI.

Na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Belo Horizonte, conhecendo suas instalações e dialogando com funcionários, a promessa de diligenciar para que esse núcleo de saúde possa receber insumo financeiro do  Governo Federal.

Ricardo Barros (centro, o mais alto, por trás dos servidores) visitou UPA agora pela manhã (Foto: PMM)

“Um de nosso principais pleitos é o credenciamento da UPA do BH. E a qualificação das outras UPA’s existentes na cidade”, assinalou a prefeita Rosalba Ciarlini (PP), ladeada pelo deputado federal Beto Rosado (PP), que fomentou o desembarque de Barros na cidade.

Farsa da “inauguração”

A UPA do Belo Horizonte foi inaugurada com festa ruidosa no dia 28 de dezembro de 2012, quando faltavam três dias para o final do mandato da então prefeita Fafá Rosado (PMDB). Ela sabia que tudo era uma farsa, pois só existia o prédio (assim mesmo por ser concluído).

Coube ao prefeito Francisco José Júnior (PSD), ainda na interinidade, fazê-la funcionar com recursos próprios do município no início de 2014, tentando paralelamente em toda sua administração, apoio da União para credenciar a UPA. Ousou, que se diga.

Antes dele, a prefeita que substituiu Fafá, Cláudia Regina (DEM), trabalhou com igual objetivo mas não se arriscou a botar a UPA para funcionar com recursos da Prefeitura.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Saúde
quinta-feira - 12/01/2017 - 07:28h
Hoje

Robinson Faria cumpre segundo dia de agenda em Mossoró


O governador Robinson Faria (PSD) cumpre seu segundo dia consecutivo de agenda administrativa em Mossoró, hoje (quinta-feira, 12), novamente com predominância de visita a unidades públicas de Saúde.

Também na pauta, inauguração das novas instalações da Junta Comercial (JUCERN) e inauguração do Restaurante Popular no bairro Santo Antônio.

Governador abriu sua agenda ontem (Foto: Assecom)

Um dos destaque é a visita (veja AQUI) do ministro da Saúde, Ricardo Barros, ao Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em que ele comparecerá ao lado da prefeita Rosalba Ciarlini (PP), deputado federal Beto Rosado (PP), deputados estaduais Larissa Rosado (PSB) e Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”, vereadores etc.

Veja abaixo a programação:

9h – Visita ao Hospital Regional Tarcísio Maia para entrega de tomógrafo e assinatura do Protocolo de Intenções da Alta Complexidade com o município de Mossoró.

10h – Visita ao Hospital Rafael Fernandes.

11h30 – Visita à Regional de Saúde para início do recadastramento pela SETHAS dos postos de distribuição do Programa do Leite e entrega de equipamentos aos usuários cadastrados pelo CRI.

13h30 – Almoço com prefeitos. Local: Município de Areia Branca.

16h00 – Visita à sede da POTIGÁS.

17h30 – Inauguração das novas instalações da JUCERN.

19h – Inauguração do Restaurante Popular (Local: Rua Zeca Cirilino, 2604 – Santo Antônio).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
quarta-feira - 11/01/2017 - 23:23h
RN Sustentável

Rosalba ‘elogia’ Robinson para lustrar a própria imagem


Compondo a agenda ‘administrativa’ do governador Robinson Faria (PSD) em Mossoró, hoje, a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) não perdeu oportunidade de alfinetá-lo subliminarmente.

Rosalba participou de agenda e aproveitou oportunidade para falar sobre 'seu' RN Sustentável (Foto: PMM)

O Programa RN Sustentável, combustível da maioria das parcas realizações do atual governo, nasceu em sua administração (2011-2014) como projeto.

De fato. Isso é inegável.

“Valeu a pena a luta para conseguirmos o empréstimo de 540 milhões de dólares e mais, ainda, sua sensibilidade governador, por não alterar o projeto”, destacou a governadora, ressaltando que sente-se tranquila em ver que o RN Sustentável está caminhando conforme foi lapidado por .

Seu comentário mais do que realçar a iniciativa de Robinson, cavilosamente atraiu para ela os méritos por tudo.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
quarta-feira - 11/01/2017 - 11:30h
Agora

Rosalba avisa que parceria com Robinson é só ‘administrativa’


“O governador sabe da importância de Mossoró para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte. Essa é uma parceria administrativa”.

Rosalba recepcionou governador hoje (Foto: J. Belmont)

O recado acima foi dado há pouco pela prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP), veiculado pelas redes sociais que possui.

- O povo quer união, trabalho, para que Mossoró volte ao rumo certo, o rumo do desenvolvimento – suplementou.

Ela recepcionou o governador Robinson Faria (PSD) no Aeroporto Dix-sept Rosado (veja AQUI).

Mais claro, impossível.

Ou será preciso desenhar?

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quarta-feira - 11/01/2017 - 08:12h
Pobre Mossoró!

Políticos brigam pela paternidade-maternidade do que não existe


Desde meados da tarde de ontem (terça-feira, 10), que ocorre uma guerra midiática em torno de suposto pouso-decolagem “certo” da Azul Linhas Aéreas em Mossoró, a partir de 12 de abril.

Rosalba, Robinson e Francisco: voo imaginário e midiático (Foto: arquivo)

Governador Robinson Faria (PSD), ex-prefeito Francisco José Júnior (PSD) e atual prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP) foram à luta com suas armas de informação, atestando paternidade-maternidade do feito.

Exagero, gente.

Não há nada, absolutamente nada, que garanta hoje essa linha da Azul entre Recife-Mossoró-Recife.

Dependência técnica

É um insulto à inteligência alheia e a certeza no analfabetismo político-funcional de muitos, se propagar informação irreal como essa.

Simplificadamente, pode ser dito e repetido o que este Blog já postou com base em fontes técnicas e oficiais: A Azul teria entrado com “pedido” (veja AQUI) para operar o trajeto.

“Caso aprovado pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o voo inicia em 12 de abril” – é o que está posto, sem rodeios.

Hoje, seria absolutamente impossível que essa linha fosse trabalhada, em face de exigências técnicas que o Aeroporto Dix-sept Rosado não cumpre no momento, apesar de melhorias já promovidas pelo Governo Robinson Faria – que merece aplauso.

Desde 2015, diga-se, ele está nessa peleja titânica para retomada do ritmo comercial no Dix-sept Rosado.

Voltaremos ao tema, focalizando mais detalhes sobre o assunto.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 11/01/2017 - 07:58h
Agenda

Ministro da Saúde tem compromisso amanhã em Mossoró


O ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), cumprirá agenda em Mossoró, no Rio Grande do Norte, na próxima quinta-feira (12), a convite do deputado federal Beto Rosado (PP). Também acompanharão a visita o governador Robinson Faria (PSD) e a prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Às 8h20, o ministro visitará a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Raimundo Benjamim Franco, no bairro Belo Horizonte. Em seguida, concederá entrevista coletiva à imprensa, ainda no local. A partir das 9 horas, Barros conhecerá as instalações do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM).

Prefeitos

O terceiro compromisso da comitiva ministerial será uma reunião com prefeitos e secretários de Saúde do Rio Grande do Norte, no Teatro Dix-Huit Rosado, que terá como tema “Reflexão sobre as ações em Saúde”.

Ricardo Barros finalizará a agenda no município com uma visita à Clínica de Reabilitação Integrada, localizada no bairro Nova Betânia.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política / Saúde
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.