domingo - 15/01/2017 - 13:22h

A tímida passagem do governo por Mossoró


A agenda do governador Robinson Faria (PSD), em Mossoró, foi muito tímida, sob do ponto de vista de ações administrativas – para quem praticamente abandonou a cidade, durante os dois primeiros anos de mandato.

Isso é até compreensível para um governo que, na pratica, não tem o que mostrar.

Alguns engodos, anunciados com pompas, chegam a insultar a inteligência e a paciência dos cidadãos mossoroenses. Um deles é a reforma do aeroporto de Mossoró e o anúncio de que teremos voos diários a partir de abril.

Rosalba e Robinson: faz-de-conta (Foto: Arquivo)

Mas, isso não é tão simples assim. Depende ainda de condições técnicas severas que precisam ser adequadas, junto aos órgãos controladores e reguladores de aeroportos no Brasil (Anac, cindacta III etc.). Não existe um estudo sério sobre a sua viabilidade econômica.

Até mesmo, os horários de voos anunciados são inadequados para quem pretende ir a Recife a negócio. Mas, estranhamente, a paternidade do “feito” já está sendo disputada entre o ex-prefeito Francisco José Júnior (PSD), a atual prefeita Rosalba Ciarlini (PP) e o próprio governador Robinson Faria (PSD).

Os três juntos nunca foram capazes de fazer funcionar com dignidade e, minimamente, sequer a Rodoviária de Mossoró. Pasmem!

Outro engodo é a implantação do programa “Ronda Cidadã”.

O governo do RN não tem efetivo suficiente para garantir a segurança mínima do Estado – que bate recordes de violência, fugas, assaltos, roubos, e assassinatos. Não tem verbas e nem orçamento que possam suprir as diárias operacionais necessárias, com pagamentos em dia, aos policiais.

Não conseguiu fazer ainda funcionar regularmente o Ronda Cidadão em Natal, imaginem aqui em Mossoró, cuja segurança está entregue à própria sorte.

Tudo isso, é puro espetáculo de mídia e geração de falsas expectativas.

NA VERDADE, o governador veio a Mossoró para marcar espaço político na disputa com a prefeita Rosalba Ciarlini – na tentativa de minimizar o possível avanço do Rosalbismo ou até, quem sabe, tê-la ao seu lado no futuro (algo pouco provável – veja AQUI) na região.

Em ambos os lados, ficou evidente o foco dessa disputa: o governador Robinson Faria quer dar projeção pontual e privilegiada à primeira-dama e secretária de Estado da Sethas, Julianne Faria; e a prefeita Rosalba Ciarlini tem como prioridade política de sua gestão a promoção de sua filha e secretária do Desenvolvimento Social e Juventude, Lorena Ciarlini (veja AQUI).

Os dois estão de olho nas eleições de 2018, para elegerem suas protegidas. A largada já foi dada.

Enquanto isso, a gestão pública vai sendo tocada de forma precária, sem planejamento efetivo, eivada de enganações, mentiras e descaso com o cidadão. Infelizmente.

Mossoró tem o que merece!

SECOS & MOLHADOS

Vaias – É bem verdade que o deputado Galeno Torquato (PSD) deve muitas explicações aos seus eleitores mossoroenses. Por outro lado, não é ético que parlamentares, que se acham prejudicados com a vitória expressiva de Galeno, em Mossoró, organizem claques para o vaiarem, por ocasião da visita do ministro da Saúde ao HRTM, na última semana (veja AQUI).

Atraso – Os servidores públicos municipais, filiados ao Sindiserpum, vão realizar assembleia geral na terça-feira (17) – veja AQUI, para decidirem o que fazer diante do atraso de salário de novembro, dezembro e parte do 13º salário. Nos bastidores do sindicato, há uma indignação generalizada com a falta de informação do governo Rosalba Ciarlini (PP), a respeito do assunto, e os filiados consideram que o descaso da prefeita precisa de uma resposta rápida e eficaz.

Polo – O governador Robinson Faria anuncia a construção de mais um presídio em Mossoró. Com isso, Mossoró vai se transformando noprincipal polo prisional do Estado. A estratégia é que as prisões têm que ficar bem longe do polo turístico de Natal e também do polo industrial da Grande Natal.

Presídio Federal foi usado como bandeira de campanha de Rosalba Ciarlini; hoje, melhor o silêncio (Foto: arquivo)

Os políticos e governantes locais não reagem minimamente a isso. Talvez, porque achem que o polo prisional seja mais lucrativo do que os polos turístico e industrial. Gente que reclamou do Presídio Federal no passado, hoje se cala. Caso da hoje prefeita Rosalba Ciarlini, que na disputa do Governo Estadual em 2010, era contrária.

Chacina – A rebelião de Alcaçuz, que resultou na chacina de vários presos, é um caos anunciado. Isso é apenas a espoleta da bomba-relógio que está prestes a explodir, se não for tomada nenhuma atitude severa, eficaz e urgente por parte das autoridades competentes.

Calamidade – O que está acontecendo em Alcaçuz é a falência total do sistema penitenciário do Rio Grande do Norte. Déficit de vagas, falta de estruturas, fugas, violências, calamidade total, corrupção: esse é o cenário da realidade das prisões do RN, detectadas desde março de 2015. Quase dois anos depois, a coisa só piora. Enquanto as facções planejavam a rebelião de Alcaçuz, engodos como o “Ronda Cidadã”, em Mossoró, jogavam pelo ralo o dinheiro do contribuinte, numa jogada midiática para favorecimentos políticos futuros.

Déficit – De acordo com a Secretaria de Justiça (SEJUC), o RN possui 33 unidades prisionais, que oferecem 3.500 vagas. Tais unidades abrigam, hoje, mais de 8 mil presos. Um déficit de cerca de 4.500 vagas. Alcaçuz, que abriga mais de 1 mil presos (tem capacidade de abrigar, apenas, 620 presos), só no ano passado, registrou a fuga de 100 presos (10%).

Juros – A redução da Taxa Selic em 0,75%, pelo Banco Central, na última semana, foi motivada pelo recuo da inflação. Esta, por sua vez, foi o resultado da recessão econômica em que vive o País, sendo pressionada pelo endividamento e desemprego. Baixou a febre, mas, a taxa de juros reais do Brasil ainda é a maior do planeta.

* Veja coluna anterior clicando AQUI.

Carlos Duarte é economista, consultor Ambiental e de Negócios, além de ex-editor e diretor do jornal Página Certa

Categoria(s): Artigo
sexta-feira - 13/01/2017 - 04:50h
Políticos do barulho

Silêncio! Hospital


O deputado estadual Galeno Torquato (PSD) e a ex-deputada federal e recém-empossada vereadora Sandra Rosado (PSB) andaram se estranhando ao final da manhã dessa quinta-feira (12), em Mossoró.

Bateram boca em pleno Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), durante visita do ministro da Saúde, Ricardo Barros, e do governador Robinson Faria (PSD).

Galeno e Sandra (de perfil) chamaram a atenção com o tititi em ambiente hospitalar

Segundo versão, Torquato irritou-se com vaias dirigidas a ele e emparedou a vereadora, a quem atribuiu organização dos apupos para constrangê-lo.

Ela não se calou.

O tititi chamou a atenção de outros circunstantes. A foto do jornalista Cézar Alves (nesta postagem), do Mossoró Hoje, fala por si.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 09/01/2017 - 07:26h
Folha de São Paulo

Gestão Rosalba começa com foco negativo na mídia nacional


Por João Pedro Pitombo e João Marques (Folha de São Paulo)

Não começa bem a imagem no país da quarta administração à frente da Prefeitura de Mossoró, da ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP). Hoje (segunda-feira, 9), o jornal Folha de São Paulo tem reportagem especial sob o título “Empossados, novos prefeitos nomeiam parentes para secretarias”.

Boxe com organograma de gestão familiar de Rosalba é um dos destaques da reportagem do Folha (Arte Folha)

Na matéria, há um trecho destacando a decisão de Rosalba de nomear quatro parentes para quatro das 14 secretarias da municipalidade, além de ser editar um boxe (veja acima) com esse organograma familiar.

Veja o que diz a Folha sobre o início da gestão:

Ex-governadora do Rio Grande do Norte entre 2011 e 2014, Rosalba Ciarlini Rosado (PP) assumiu a prefeitura de Mossoró nomeando parentes em 4 das 14 secretarias. Carlos Eduardo Ciarlini Rosado virou secretário-chefe do Gabinete Civil e Lorena Ciarlini Rosado assumiu a pasta de Desenvolvimento Social. Ambos são filhos da prefeita.

Também foram contemplados parentes de outros políticos da família. Lahyre Rosado Neto, filho da ex-deputada Sandra Rosado, prima da prefeita, assumiu a pasta de Desenvolvimento Econômico. Para a Agricultura, foi nomeada Katherine Rosado, mulher do deputado federal Beto Rosado, sobrinho de Rosalba.

São citados casos semelhantes e até mais aberrantes, do emprego de parente em cargos comissionados, em vários outros municípios espalhados pelo país, como em Montadas-PB. Na gestão de Jonas de Souza (PSD), que acaba de tomar posse na prefeitura, sete dos nove secretários têm o mesmo sobrenome do prefeito. Todos parentes: a mulher, três irmãos, um tio e dois primos.

“As nomeações para a chefia de pastas aconteceram em cidades de médio porte, como Mossoró (RN) e Itabuna (BA), e em municípios menores. E contemplaram sobrenomes tradicionais da política, como os Rosado (RN) e os Donadon (RO)”, aponta o Folha de São Paulo.

Por ser considerada uma nomeação política, a prática é permitida, de acordo com súmula do STF (Supremo Tribunal Federal). Caso típico do que é endossado como “legal”, para dar verniz de moralidade ao gestor.

Auxiliar para filho

Os prefeitos de Mossoró, Vilhena, Caxias (MA) e Santana (AP) foram procurados pelo jornal para se pronunciarem, mas não responderam à reportagem. Outros o fizeram.

Na Bahia, o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes Oliveira (DEM), seguiu a cartilha: nomeou a mulher Sandra Neilma para a secretaria de Ação Social, o sobrinho Dinailson Gomes para a Administração e o filho Sérgio Oliveira para o Trânsito.

Esse, sem nenhuma experiência ou formação na área, terá para lhe auxiliar “um engenheiro de tráfego para o cargo de subsecretário”, garantiu o prefeito e pai.

Veja matéria completa clicando AQUI.

Nota do Blog – Já assinalamos e repetimos: Rosalba tinha tudo para começar seu quarto governo ousando, até para atender às exigências dramáticas da gestão.

Mas repete o que o antecessor fazia (Francisco José Júnior-PSD) e sucumbe às pressões políticas de grupos e subgrupos, além do varejo de compadrio.

A tentação da carne, também, não é de bom alvitre. Não deixa de ser imoral, por ter selo de legalidade dado pelo sinuoso STF. Não é a mídia local – ou “intriga da oposição” – que enfoca essa distorção. É a mídia nacional.

Ela e sua equipe não podem errar. A Mossoró do ‘andar de baixo’ não aguenta mais tanto sofrimento.

Veja AQUI a equipe formada pela nova prefeita.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
terça-feira - 03/01/2017 - 18:18h
Bye!

Inferno astral político de Fafá e seu esquema parece sem fim


Parece sem fim o inferno astral político da ex-prefeita Fafá Rosado (PMDB) e seu esquema.

Fafá e Sandra: primas que se repelem (Foto: Cézar Alves em 28-09-2009)

Alijada da sucessão municipal do ano passado, quando sonhava em ser aboletada na chapa à Prefeitura, encabeçada pela então candidata a prefeito Rosalba Ciarlini (PP), Fafá deixou presidência do PMDB (veja AQUI) e saiu atirando.

Mesmo assim, ponderou que continuaria na sigla.

Optou por apoio ao candidato a prefeito Tião Couto (PSDB) – veja AQUI, não levando quase ninguém do seu antigo sistema para o palanque dele. O PMDB apoiou Rosalba e maioria da escassa ‘militância’ de Fafá, também.

A prima

Mas com o iminente desembarque (retorno) do grupo da vereadora Sandra Rosado (PSB) no partido – veja AQUI – ela, seu marido e ex-deputado estadual Leonardo Nogueira devem procurar outro destino.

O PMDB  é pequeno demais para ela e Sandra.

Fafá e Sandra não se bicam há muitos anos, apesar de primas. Fafá, a propósito, iniciou-se na política por suas mãos – candidata a prefeito em 2000, derrotada por Rosalba.

Ô luta medonha!

Nota do Blog – Passamos anos repetindo que “a patota” não é do ramo” e o tempo tem-nos dado razão. Há tempo terminou o ciclo de Fafá e seus ramo familiar, que é uma invenção da própria Sandra, depois arrematada pelo grupo de Rosalba, que viabilizou dois mandatos de prefeito para ela e dois de deputado pro seu marido, com a força da máquina da Prefeitura.

Bye!

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 03/01/2017 - 16:39h
Hoje

Larissa Rosado é novamente empossada como deputada estadual


A suplente de deputado estadual Larissa Rosado (PSB) foi empossada como efetiva à manhã de hoje na sala da presidência da Assembleia Legislativa. Sua ascensão deveu-se à renúncia do deputado Álvaro Dias (PMDB) ao final do ano passado, que foi eleito vice-prefeito do Natal.

O ato protocolar foi presidido pelo presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB). Larissa ascende ao seu 4º mandato de deputada estadual.

Larissa (Centro) posou com deputados e o vice Fábio Dantas após ato de posse hoje (Foto: Eduardo Maia)

Acompanharam o evento os deputados Gustavo Carvalho (PSDB), que fez a leitura do termo de posse, Tomba Farias (PSB), Gustavo Fernandes PMDB), Cristiane Dantas (PC do B) e Albert Dickson (PROS).

Larissa Rosado, com a presença de marido e filhos, bastante emocionada, fez um agradecimento especial aos deputados Gustavo Carvalho, Ezequiel Ferreira e Tomba Farias.

Agradecimento

“Agradeço demais os gestos de carinho e atenção destes amigos, mesmo quando estava sem mandato. E fiz questão da presença do ex-deputado e vice-governador Fábio Dantas (PCdoB), que também não me faltou quando o procurei”, disse.

A solenidade foi acompanhada pelos ex-deputados Carlos Augusto Rosado (ex-presidente da Assembleia), Elias Fernandes, Cláudio Porpino, vereadora Sandra Rosado (PSB) e Laíre Rosado (PSB), mãe e pai da deputada; senador Garibaldi Alves (PMDB), os deputados federais Beto Rosado (PP) e Rafael Motta (PSB), secretário do Desenvolvimento Econômico de Mossoró e irmão da parlamentar, Lahyrinho Rosado (PSB).

Também prestigiaram-na os vereadores Izabel Montenegro (PMDB), presidente da Câmara Municipal de Mossoró, e João Gentil (PV) primeiro secretário da mesma casa parlamentar.

O desembargador Expedito Ferreira, futuro presidente do Tribunal de Justiça do RN (TJRN), também se fez presente à solenidade, assim como o reitor da Universidade do Estado do RN (UERN) Pedro Fernandes Neto.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 03/01/2017 - 14:12h
Secretariado

Esqueceram de Pedro


Ex-secretário de Educação e Agricultura do RN nas gestões Garibaldi Filho (PMDB) e Wilma de Faria (PTdoB), o professor Pedro Almeida Duarte foi o único integrante da equipe de transição da agora prefeita empossada Rosalba Ciarlini (PP), a não compor seu secretariado.

Pedro: nome de peso (Foto: Redes Sociais)

Dos cinco componentes da transição (veja AQUI), ele foi quem sobrou. Esqueceram Pedro.

Almeida tem longa trajetória de ligação política ao grupo da ex-deputada federal Sandra Rosado (PP), vereadora empossada no último dia 1º, que desembarcou no rosalbismo na campanha eleitoral deste ano, após quase 30 anos de beligerância político-pessoal.

Primeiro a cria

Sandra pleiteou espaço para Pedro Almeida e o então vereador e filho Lahyrinho Rosado (PSB) na equipe da “Rosa”. Eram suas prioridades (veja AQUI). Mas publicamente “cavou” (veja AQUI) a nomeação da cria que terminaria mandato dia 31 de dezembro.

Pedro era cotadíssimo para pasta de Planejamento ou Administração e Recursos Humanos.

Lembrado pelo Blog, talvez lhe acomodem no segundo escalão.

E olhe lá.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 02/01/2017 - 11:33h
Mossoró

Com Gentil e Sandra tentados à traição, Izabel vence por um triz


Como o Blog antecipou, a eleição de Izabel Montenegro (PMDB) à presidência da Câmara Municipal de Mossoró não estava ‘consolidada’, apesar da maioria que antecipadamente tinha garantido (veja AQUI). Estresse até último voto.

Nos bastidores da eleição, nesse domingo (1º), a oposição se vendo perdida tentou duas cartadas para “melar” a ascensão da vereadora reeleita.

Izabel posa com sua bancada, sem Sandra, mas com João Gentil atrás à sua esquerda; sufoco (Foto: Edilberto Barros)

Como viu que seu chamado “Grupo dos 13″ tinha encolhido para “Grupo dos 10″, sendo minoria, ofertou a presidência ao ex-oposicionista João Gentil (PV) – que horas antes fora anunciado como novo governista e dando apoio à Izabel.

Quem também foi sondada para ser candidata pela oposição foi a nova vereadora e ex-deputada federal neorosalbista Sandra Rosado (PSB). Ela tinha anunciado que ficaria neutra (veja AQUI) no pleito, indignada por não ter sido escolhida em lugar de Izabel.

O Blog chegou a apontar essa hipótese de Sandra ser tentada pela oposição (veja AQUI).

Empate pró-Izabel

João Gentil, neoconvertido ao rosalbismo, não tinha motivos para outro pula-pula em tão curtíssimo espaço de tempo, espécie de salto triplo twist carpado da esperteza política. Estava no Grupo dos 13, saiu; estava no grupo do ex-prefeito Francisco José Júnior (PSD), pinotou fora (veja AQUI). Só faltava mesmo deixar o governismo para ser candidato da oposição. Ufa!

O que ele cobrara em termos de “espaços”, para o futuro governo, foi-lhe assegurado em conversa com a cúpula do governismo algumas horas antes.

Quanto à Sandra, a principal exigência após o dissabor de não ser candidata de Rosalba, era ter o filho Lahyrinho Rosado (PSB) anunciado como secretário. Conseguiu, após cobrar publicamente isso (veja AQUI).

Há um detalhe ainda a ser assinalado nessa disputa e de seus bastidores: mesmo que Sandra se abstivesse de votar, ficando “neutra”, Izabel seria eleita por ter maior idade do que Alex do Frango (PMB), concorrente oposicionista.

Henrique comemora

O empate em 10 x 10 a favorecia. Sandra só poderia agir, em contrário, para prejudicá-la e ao grupo da prefeita Rosalba Ciarlini (PP), que apostou em Izabel e fez maioria na Casa antes mesmo de começar a legislatura.

Nas redes sociais, o presidente do PMDB no RN e ex-deputado federal Henrique Alves saudou a vitória de sua liderada e enalteceu o “voto decisivo” de Sandra, de olho no futuro:

“Parabenizar vereadora Izabel do nosso PMDB que se elegeu Presidente da Câmara de Mossoró! Mereceu pela luta que fez. E com voto decisivo 11 a 10 da Ver SANDRA!”

O grupo de Sandra deverá retornar ao PMDB em breve, como o Blog postou (veja AQUI),

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
domingo - 01/01/2017 - 12:38h
Câmara Municipal de Mossoró

Rosalbismo quer garantir sobra para eleição de Izabel


Para não depender do voto de Sandra Rosado (PSB) à eleição da vereadora Izabel Montenegro (PMDB) a presidente da Câmara Municipal de Mossoró, o alto comando do rosalbismo caiu em campo. Está à caça de mais um voto de “sobra”.

O pleito de hoje estaria teoricamente “definido” com placar de 11 x 10 para Izabel contra o oposicionista Alex do Frango (PMB).

Mas Sandra Rosado, neorosalbista, é uma esfinge (veja AQUI).

Com a conquista de mais um integrante do outrora “Grupo dos 13″ vereadores, o rosalbismo fará Izabel Montenegro presidente com ou sem voto de Sandra Rosado.

Aguardemos os acontecimentos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
domingo - 01/01/2017 - 12:08h
Câmara Municipal de Mossoró

Nome de Sandra Rosado pode ser surpresa em eleição de hoje


A eleição de Izabel Montenegro (PMDB) à Presidência da Câmara Municipal de Mossoró não está decidida. Está caminhada.

Mas podemos ter surpresa, mesmo com números que agora já são favoráveis (veja AQUI).

O “Fator Sandra Rosado (PSB)” pode alterar a lógica dos números.

Rosalba e Sandra: 'união' que pode ter fratura logo no início (Foto: web)

Por quê?

A vereadora eleita-diplomada irritou-se com a própria Izabel no desfecho da escolha do nome dela para ser a candidata do governismo. Esperava contar com seu voto e ser a ungida.

A princípio, pode não votar em Izabel e decidir a favor da oposição, no primeiro teste dela como “neorosalbista”, após quase 30 anos como adversária feérica desse grupo.

Nos bastidores, em momento algum Sandra esteve ausente, distante ou neutra na disputa (veja AQUI).

E ela ainda pode ser a surpresa, com possibilidade de ser candidata a presidente “na hora”, com votos da oposição para ser eleita (11 x 10).

Decisão drástica

Vendo o atual pré-candidato Alex do Frango (PMB) como eleitoralmente inviável, o “Grupo dos 10″ pode tomar essa decisão drástica.

Se ela não votar em Izabel e tiver apoio da oposição, numericamente terá a vantagem para se eleger.

Isso é improvável e impossível?

Nem uma coisa nem outra.

Na própria história da Câmara Municipal de Mossoró temos exemplo dessa natureza. Na primeira gestão de Rosalba Ciarlini (PP) – 1989-1992 – o vereador Antônio Duarte fez essa sinuosa manobra, elegendo-se presidente da Casa. Depois, governista, graças a Deus.

As eleições na Câmara Municipal de Mossoró historicamente são carregadas de surpresas.

Politicamente, essa hipótese de Sandra contrariar seus novos líderes políticos na Câmara – mas continuar governista – não seria muito provável. Até porque ela conseguiu algumas conquistas importantes desde que desembarcou no rosalbismo. Mas, impossível, não.

Apesar da decepção de não ser a escolhida para concorrer à presidência, obteve escolha do seu filho e ainda vereador Lahyrinho Rosado (PSB), para ser titular da Secretaria do Desenvolvimento Econômico do município.

Pleiteia mais espaço.

Por enquanto, o voto de Sandra tem muito peso (o Blog já tinha antecipado AQUI). Mas pode se voltar contra ela, adiante, uma escolha inconsequente.

Aguardemos os acontecimentos.

* As chapas terão que ser registradas até as 13h30, uma hora antes do início da sessão, conforme determina o Regimento Interno.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sábado - 31/12/2016 - 11:28h
Câmara Municipal de Mossoró

Sandra está na disputa


A vereadora eleita-diplomada e ex-deputada federal Sandra Rosado (PSB) não está neutra, equidistante ou alheia ao processo de eleição do presidente da Câmara Municipal de Mossoró.

A princípio, não é candidata, visto que Izabel Montenegro (PMDB) foi a escolhida do rosalbismo  (seu novo grupo) para a disputa.

Contudo, o seu telefone não para nos intramuros desse delicado processo eleitoral.

Além disso, tem um voto: o seu.

“Alô! Aqui é Sandra…”

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sábado - 31/12/2016 - 10:28h
Câmara Municipal de Mossoró

Alex do Frango leva vantagem sobre Izabel em apoios


Novidades da madrugada e início da manhã na disputa à Presidência da Câmara Municipal de Mossoró (eleição ocorrerá amanhã à tarde).

A petista Isolda Dantas (PT), no início do seu primeiro mandato, vai votar no oposicionistam Alex do Frango (PMB) – segundo informa o jornalista Bruno Barreto.

Em contrapartida, Izabel Montenegro – nome do governismo/rosalbismo – garante o voto de João Gentil (PV).

A princípio, o placar – agora estaria assim:

Alex do Frango 12 x Izabel 8.

Teoricamente, a governista Sandra Rosado (PSB) seria “neutra”.

Teoricamente.

Traremos bastidores.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 30/12/2016 - 15:52h
Costura política

Larissa retornará à AL e também ao PMDB com o seu grupo


Prestes a retornar à Assembleia Legislativa, após não se reeleger em 2014, a suplente de deputado estadual Larissa Rosado (PSB) deverá mudar também de camisa. O PSB ficará para trás.

Larissa caminha para o PMDB, como parte de costura de apoio à Rosalba em 2016 (Foto: Arquivo)

Larissa e seu grupo político deverão retornar ao PMDB, comandado no Rio Grande do Norte pelo ex-deputado federal Henrique Alves. Estiveram no partido, com o clã Alves, desde 1985, rompendo em 2005.

Ela será empossada como deputada efetiva na próxima terça-feira (3), com a renúncia do deputado titular Álvaro Dias (PMDB), eleito vice-prefeito do Natal.

A volta de Larissa à AL passou por árdua engenharia política e teste nas urnas. Tudo longe do conhecimento da massa eleitora dos dois maiores colégios eleitorais do estado, Natal e Mossoró.

O PMDB negociou a vice na chapa do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), aboletando Álvaro, para poder vislumbrar a recondução de Larissa à Assembleia Legislativa.

Engenharia sinuosa

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (FECOMÉRCIO/RN), Marcelo Queiroz, migrou do PDT para o PMDB para ser o vice de Carlos. Estava “certo”. Acabou descartado.

Paralelamente, em Mossoró, a costura política permitiu montagem de chapão a vereador entre PSB e PMDB, além do PDT e PP, viabilizando eleição da ex-deputada federal Sandra Rosado à Câmara Municipal e a reeleição dos vereadores Izabel Montenegro (PMDB) e Alex Moacir (PMDB).

Ainda nessa engenharia sinuosa, foi possível composição do grupo de Larissa e sua mãe Sandra Rosado com o da candidata a prefeito Rosalba Ciarlini (PP), que se elegeu à prefeitura. O passo seguinte, agora, é a campanha de 2018.

Desenha-se uma ampla aliança para retorno dos Alves ao Governo do Estado (candidatura de Carlos Eduardo Alves) e manutenção de uma vaga do grupo no Senado. A outra seria de apoio à reeleição do senador José Agripino (DEM), que participou do entendimento em Natal.

Rosalba Ciarlini e Sandra Rosado, unidas, são o principal suporte para esse projeto no âmbito de Mossoró e região.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 30/12/2016 - 12:08h
Sei não...

Evite falar sobre ‘secretaria de Lahyrinho’ com Carlos Augusto


A declaração da vereadora eleita-diplomada Sandra Rosado (PSB) à imprensa de Natal (veja AQUI), ‘cavando’ nome do seu filho Lahyrinho Rosado (PSB) como possível secretário do governo Rosalba Ciarlini (PP), não ecoou bem no Sítio Cantópolis – sede política do rosalbismo.

O ex-deputado Carlos Augusto até reage, sisudo e mal-criado, quando mexem no assunto da “secretaria de Lahyrinho”.

Melhor nem publicar (#%!§@&*!). Nomeação – ou anúncio – de fora para dentro é tudo que ele não suporta.

Evite o assunto com ele.

Lahyrinho terminará seu segundo mandato de vereador amanhã (sábado, 31).

Nos intramuros, fala-se na criação de uma Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer para acomodá-lo.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 29/12/2016 - 21:02h
Governo Rosalba Ciarlini

Rosadismo quer duas secretarias; uma é para Lahyrinho


O rosadismo quer duas secretarias no Governo Rosalba Ciarlini (PP), em Mossoró.

Até aqui, ninguém que represente o grupo foi anunciado oficialmente.

Mas através da imprensa em Natal, a vereadora eleita e ex-deputada federal Sandra Rosado (PSB) já mandou recado hoje. E chegou rápido, que se diga.

Ela deixou claro que uma secretaria é para seu filho Lahyrinho Rosado (PSB), que concluirá mandato de vereador no dia 31 próximo.

O “anúncio” foi hoje através do blog de Heitor Gregório:

- Ele ajudou muito na campanha de Rosalba – justificou ela.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 29/12/2016 - 20:10h
Xeque-mate

Carlos Augusto duela contra Tião, Cláudia Regina e prefeito


Há um silencioso jogo de xadrez nos bastidores da luta pela presidência da Câmara Municipal de Mossoró. Algumas peças da engrenagem não aparecem, mas determinam as movimentações.

Apesar de termos duas postulações visíveis, Alex do Frango (PMB) e Izabel Montenegro (PMDB), dois vereadores que conseguiram reeleição, temos outra disputa por trás da ‘cortina’. É um duelo paralelo e correlato.

O ex-candidato a prefeito Tião Couto (PSDB) e a ex-prefeita Cláudia Regina (DEM) são os articuladores e condutores do outrora “Grupo dos 13″ vereadores que inicialmente estavam “fechado” com Alex.

“Por fora”, para não ser visto ou notado, o atual prefeito Francisco José Júnior (PSD) também intervém. Ordem é derrotar a nova prefeita eleita-diplomada Rosalba Ciarlini (PP).

No governismo, Izabel Montenegro fez-se candidata em duelo interno com a vereadora eleita e ex-deputada federal Sandra Rosado (PSB). A partir daí, a aposta também é do líder do rosalbismo, o ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado. E de Rosalba, óbvio.

Quem vencer, não apenas terá o mérito pela vitória, mas experimentará o gostinho especial de derrotar o outro.

Enfim, há muito de pessoal numa contenda que em tese seria apenas política.

Xeque-mate.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 29/12/2016 - 10:24h
Câmara Municipal

A comprometedora escolha de Sandra Rosado


A posição de equidistância que a vereadora eleita-diplomada Sandra Rosado (PSB) resolveu adotar em relação à eleição a presidente da Câmara Municipal de Mossoró (veja AQUI), é bastante delicada. Pode lhe desgastar antes mesmo da posse.

Já produz questionamentos no rosalbismo, onde ela desembarcou este ano após quase 30 anos como adversária.

Se a candidata do rosalbismo ao cargo, vereadora reeleita Izabel Montenegro (PMDB), for eleita sem o voto dela, a tornará menos importante.

Se perder por falta do seu voto, os efeitos também serão depreciativos à sua imagem política.

A neutralidade, então, chega a ser uma escolha comprometedora.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog / Política
  • Repet
quarta-feira - 28/12/2016 - 21:58h
Câmara Municipal

Sandra mantém apoio à Rosalba, mas racha bancada


Do Blog Carol Ribeiro

“Já que houve todo esse trabalho de uma forma que eu não considero honesta, nem respeitosa com relação ao meu mandato, eu não participo dessa discussão a respeito do nome da vereadora Izabel”.

Mais: “Tenho respeito por ela, mas ela fez por merecer os votos que conseguiu e me mostrou com as atitudes que não queria e não precisava do meu voto”.

Essas palavras acima são da vereadora eleita Sandra Rosado (PSB), sobre a escolha de Izabel Montenegro (PMDB) como candidata do governismo à disputa pela presidência da Câmara Municipal, em detrimento do seu nome, em sua primeira baixa como vereadora eleita.

Apoio

Apesar de evitar participação na eleição, Sandra reafirma seu apoio à gestão Rosalba Ciarlini (PP) à frente da Prefeitura de Mossoró.

“Eleição de Câmara é uma coisa, apoio à administração é outra. Serei fiel aos meus princípios éticos e políticos. Lutamos pela vitória de Rosalba e vamos contribuir com a grande administração que fará”, afirma.

“Rosalba vai ter uma tranquilidade muito grande pra contar com meu apoio em favor da cidade de Mossoró”, finaliza.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 28/12/2016 - 04:48h
A política como ela é...

Rosalbismo adota prioridades que excluem grupo de Sandra


A adesão (capitulação, entendimento, união, acordão – você escolhe o vocábulo mais adequado) do grupo da ex-deputada Sandra Rosado (PSB) ao da ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP) teve um dia revelador nessa terça-feira (27). Mais claro, impossível.

Sandra e Rosalba ocupam patamares hierárquicos distintos num grupo que retornará à prefeitura em 2017 (Foto: Carlos Costa, julho de 2016)

Em dois momentos, ainda pela manhã, ficou claro que esse consórcio político amarrado para a campanha municipal deste ano, tende a funcionar sob outro formato daqui para frente. Alguma dúvida?

Nada fora do que esse Blog canta em prosa e verso desde sempre, sem precisar ser genial, mas apenas utilizando a lógica política. O rosalbismo não deve ceder espaços vantajosos ao esquema da ex-parlamentar federal, convertido ao grupo apenas em agosto passado.

Câmara e Assembleia

Cedo da manhã, a prefeita eleita-diplomada Rosalba Ciarlini anunciou rol de futuros secretários (veja AQUI) e, entre eles, o nome da filha Lorena Ciarlini à pasta da Ação Social.

Sinalizador de que será preparada (veja AQUI) para ser candidata a deputado estadual, mesma faixa eleitoral de Larissa Rosado (PSB), filha da vereadora eleita Sandra Rosado. Larissa é suplente de deputada, mas assumirá titularidade no início de 2017, devido eleição do deputado Álvaro Dias (PMDB) como vice-prefeito do Natal.

Poucas horas depois, já no final da manhã, era selada definição do nome da vereadora reeleita Izabel Montenegro (PMDB) para ser a candidata do rosalbismo à Presidência da Câmara Municipal (biênio 2017-2018) – veja AQUI.

“À vontade”

A versão espalhada é de que o líder rosalbista, ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado, deixou os vereadores “à vontade” para definirem o candidato (a). Faz-nos rir.

Quem conhece a natureza centralizadora e diligente de Carlos, sabe que a expressão “à vontade” embute uma voz de comando. É manifestação de escolha implicitamente já conduzida por ele. Ou alguém acredita numa rebelião de vereadores governistas eleitos/reeleitos?

Sandra Rosado esperava ser ungida como candidata do rosalbismo à presidência, no pleito interno do Legislativo no próximo dia 1º de janeiro. Apostava que teria vantagem pessoal, justamente naquilo que conhece bem: a liderança do primo Carlos Augusto.

Ela errou o cálculo, mas não falhou na avaliação sobre o poder do seu líder.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
terça-feira - 27/12/2016 - 13:02h
Izabel Montenegro

Escolhida espera contar com apoio de Sandra Rosado


Izabel e Sandra: juntas noutras lutas (Foto: arquivo)

Escolhida como candidata do rosalbismo à Presidência da Câmara Municipal de Mossoró para o biênio 2017-2018, a vereadora reeleita Izabel Montenegro (PMDB) tem difícil missão. Ou duas.

Uma, é a eleição em si.

A outra, é manter a bancada unida em torno de si, haja vista que a vereadora e ex-deputada federal Sandra Rosado (PSB) não participou de reunião que decidiu por seu nome (veja AQUI ou abaixo).

“Apesar de não ter participado da reunião, estamos contando com o apoio dela. Sei que  é uma pessoa de grupo, já participamos de muitos embates políticos, no mesmo palanque”, afirmou.

“Tenho certeza que irá nos ajudar a vencer e a administrar a Câmara Municipal”, evocou Izabel.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

 

Categoria(s): Política
segunda-feira - 26/12/2016 - 18:02h
Câmara Municipal de Mossoró

Carlos Augusto não estimula nem apoia nome de “A poderosa”


O líder do rosalbismo, ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado, não quer a vereadora eleita Sandra Rosado (PSB) como presidente da Câmara Municipal de Mossoró.

Nunca quis nem estimulou sua candidatura.

Carlos e Sandra: próximos, mas nem tanto (Foto: arquivo)

O desembarque dela no rosalbismo não foi por afinidade. Interesses convergentes levaram os dois grupos à montagem de uma aliança tática, pontual, que pode perdurar ou não por outros pleitos.

Aos olhos de Carlos, sua prima é aliada e não co-líder.

Inexiste uma “diarquia” (comando de dois reis) no grupo.

Um é líder, Carlos, lógico; os demais, liderados.

Ponto final.

Entre os mais próximos, Carlos Augusto trata-a por “A poderosa” ou mesmo “Minha prima”. Estão próximos, mas nem tanto.

Meticuloso, o articulador do rosalbismo não quer um poder paralelo na Câmara Municipal, para emparedar sua mulher e prefeita eleita-diplomada Rosalba Ciarlini (PP).

Esse é o temor de uma suposta ascensão de Sandra, a prima poderosa.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 26/12/2016 - 17:11h
Câmara Municipal de Mossoró

Rosalbismo tenta definir nome a presidente, mas há impasse


Às 10 horas de hoje no Sítio Cantópolis (propriedade dos herdeiros do falecido governador Dix-sept Rosado, em Mossoró), lideranças rosalbistas reuniram vereadores eleitos para definição de um nome à disputa à Presidência da Câmara Municipal (biênio 2017-2018).

O líder rosalbista, ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado, estimulou votação entre os sete vereadores presentes. O placar foi de 5 x 0 pró-Izabel Montenegro (PMDB), na disputa com a ex-deputada federal Sandra Rosado (PSB). As duas não votaram.

Izabel diz que não cria dificuldades ao entendimento (Foto: Walmir Alves)

Mas a questão não ficou fechada. Amanhã, no mesmo horário e local, outra reunião vai acontecer. Os mesmos participantes vão decidir sobre um nome no governismo à disputa no próximo dia 1º.

O Blog conversou há poucos minutos com a vereadora reeleita Izabel Montenegro sobre o assunto.

Vamos ao que interessa:

A maioria de seus colegas fez uma escolha por seu nome à Presidência. É uma situação consolidada e irreversível?

- Houve a votação e fiquei lisonjeada com a preferência. Mas não serei obstáculo ao entendimento. Amanhã resolveremos e respeitarei a decisão da maioria.

A senhora veta algum nome?

- Não tenho dificuldade com qualquer um dos outros vereadores.

Participaram da reunião Carlos Augusto Rosado, Rosalba Ciarlini, além dos vereadores Izabel Montenegro, Sandra Rosado, Alex Moacir (PMDB), Francisco Carlos (PP), Maria das Malhas (PSD), Didi de Arnor (PRB) e Ricardo de Dodoca (PROS).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política / Vamos ao que interessa
sexta-feira - 23/12/2016 - 18:40h
Dia 1º de Janeiro

Posses e eleição na Câmara Municipal estão definidas


A Câmara Municipal de Mossoró realizará a solenidade de posse dos vereadores eleitos e reeleitos este ano, dia 1º de janeiro de 2017, às 14h, na sala João Niceras de Morais – plenário da Casa Legislativa. Os vitoriosos no pleito de 2016 vão compor a 18ª legislatura do Poder Legislativo Municipal.

Câmara terá eleição após posse (Foto: arquivo)

A sessão de posse será presidida pela vereadora diplomada Sandra Rosado (PSB), que possui mais idade entre os que vão tomar posse, conforme prevê o Regimento Interno da Câmara. Caberá ao vereador diplomado Emílio Ferreira (PSD), como o mais jovem, fazer o juramento de posse, em nome dos demais.

A cerimônia de posse será transmitida ao vivo, através da TV Câmara Mossoró, canal 16 – TV Cabo Mossoró (TCM).

Eleição da Mesa Diretora

Logo após a posse, a presidente da sessão convocará a eleição para escolha Mesa Diretora para o biênio 2017/2018 (presidente, vice-presidentes, secretários e suplentes). Tão logo o resultado seja proclamado, a sessão será encerrada, e a Mesa eleita e empossada dará posse à prefeita diplomada Rosalba Ciarlini (PP).

A posse da nova chefe do Executivo será realizada às 18h do dia 1º de janeiro, às 18h, no Teatro Municipal Dix-huit Rosado. As datas e os horários das posses dos vereadores e da prefeita foram definidos, nesta quarta-feira, em conjunto entre a Câmara Municipal e assessoria de Rosalba Ciarlini.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.