segunda-feira - 23/01/2017 - 23:27h
Nessa terça-feira, 24

Oposição vai protocolar candidatura a reitor e vice da Uern


Telma e William Coelho: oposição (Foto: montagem)

Amanhã (terça-feira, 24), às 15h, a oposição na política institucional da Universidade do Estado do RN (UERN) vai oficializar inscrição de sua chapa a reitor e vice da instituição. Será na própria Reitoria – Campus Central de Mossoró.

Serão apresentados a reitor e vice, respectivamente, os professores Telma Gurgel e William Coelho.

Já asseguraram presença nesse ato protocolar, os ex-candidatos a reitor no pleito de 2013, Ana Dantas e Gilton Sampaio.

As eleições vão acontecer no dia 22 de março próximo.

Acompanhe o Blog pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais
quarta-feira - 18/01/2017 - 16:36h
Manifestação

Reitor recebe apoios para projeto de reeleição na Uern


O reitor Pedro Fernandes Neto recebeu manifestação de apoio da maioria dos professores que integram o Departamento de Economia do Campus Central da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). O movimento propaga-se em redes sociais da Web.

Ainda no curso de Economia o Centro Acadêmico (CA) definiu apoio ao atual gestor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

Depois que resolveu ser candidato à reeleição, em pleito que se realizará no dia 22 de março, começou a se mover nesse sentido.

Sua vice será a professora Fátima Raquel, que inicialmente era sua aposta à própria Reitoria.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais
  • Repet
quarta-feira - 11/01/2017 - 20:20h
Pedro Fernandes Neto

Uma ausência na agenda governista que deve ser anotada


Uma ausência que talvez não tenha sido notada, mas deve ser anotada, na programação de hoje do governador Robinson Faria (PSD), em Mossoró, é do professor-doutor Pedro Fernandes Neto.

Reitor da Universidade do Estado do RN (UERN), Fernandes está na cidade. Não viajou.

Tudo indica, que ficou equidistante da agenda governamental por opção mesmo.

Deve ter seus motivos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
terça-feira - 10/01/2017 - 17:50h
Decidido

Reitor resolve ir à reeleição em pleito da Uern


Chapa fechada neste momento para reitor e vice da Universidade do Estado do RN (UERN).

O reitor Pedro Fernandes Neto volta atrás: vai ser candidato à reeleição.

Tinha anunciado que não concorreria, mas como o Blog antecipou, foi pressionado (veja AQUI) a refluir da ideia.

A professora-doutora Fátima Raquel Rosado Morais será sua vice, em lugar do atual Aldo Gondim.

Ele tinha lançado o nome dela à sua sucessão (veja AQUI).

Depois traremos detalhes.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 09/01/2017 - 08:24h
Uern

Reitor é pressionado a rever posição e ser candidato outra vez


Pedro: ser ou não ser? (Foto: arquivo)

Pedro: ser ou não ser? (Foto: arquivo)

Decidido a não concorrer à reeleição à Reitoria da Universidade do Estado do RN (UERN), o professor-doutor Pedro Fernandes Neto sofre pressão para refluir da ideia.

O cerco é forte.

Estamentos institucionais da Uern fazem lobby para que ele reveja posição e seja candidato, sim.

Semana começa decisiva para o reitor.

Hamletiana: ser ou não ser?

Traremos mais informações.

* Veja AQUI notícia em primeira mão de sua desistência de candidatura;

* Veja AQUI defesa dele à outra candidatura.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais
sexta-feira - 06/01/2017 - 14:26h
Reitor e vice

Disputa na Uern será muito difícil e complexa este ano


A eleição deste ano para reitor e vice da Universidade do Estado do RN (UERN) deverá ser a mais difícil e complexa para todos os envolvidos em candidaturas. Existem algumas peculiaridades em questão.

O pleito vai acontecer no dia 22 de março, quando os eleitos serão escolhidos em votações em separado (eleitores votam  para reitor e vice separadamente), mas agora com a paridade (voto de professor, servidor e estudante terá o mesmo peso).

A propósito, esse é um dos diferenciais em relação aos pleitos anteriores dessa instituição que se aproxima dos 50 anos de vida. O voto do estudante ganhou força e obrigará os candidatos a andarem muito mais, alcançando os núcleos avançados, na busca desse voto sempre muito arredio.

A Uern está presente está presente em 17 cidades.

Disputantes

Outro detalhe importante e inédito: o atual reitor, professor-doutor Pedro Fernandes Neto resolveu não ser candidato à reeleição. Indica a professora Fátima Raquel Rosado de Morais (veja AQUI) como sua postulante ao cargo, como o Blog assinalou em primeira mão.

Outro nome tido como certo à disputa – na oposição – é da professora-doutora Telma Gurgel, graduada em Serviço Social pela Uern, mestra em Ciências Sociais pela Universidade Federal do RN  (UFRN), doutora em Sociologia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e tem pós-doutorado pela Universidade Paris-Diderot (Paris 7).

Corre por fora o professor-doutor em Direito Administrativo David Leite (veja AQUI) e o também professor-doutor Emanoel Márcio (veja AQUI), economista e pesquisador.

De 23 a 26 de janeiro haverá o período para registro de candidaturas. De 17 de fevereiro a 21 de março acontecerá a campanha eleitoral. Os eleitos a reitor e vice terão quatro anos de mandato.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais
  • Repet
quinta-feira - 05/01/2017 - 10:16h
Vamos ao que interessa

Reitor diz por que não quer reeleição e justifica sua candidata


O professor-doutor Pedro Fernandes Neto, nome de um tradicional clã potiguar, reitor da Universidade do Estado do RN (UERN), resolveu: não será candidato à reeleição no pleito marcado para o dia 22 de março deste ano.

Quer concluir seu mandato este ano – iniciado em 2013, para passar o comando da instituição a uma mulher. Aposta na professora-doutora Fátima Raquel Rosado Morais (veja AQUI), como este Blog publicou em primeira mão na última terça-feira (2).

Fernandes diz que sua escolhida "vem a frente de trabalho para autonomia financeira da UERN" (Foto: AL)

Daí, a gente resolve inquiri-lo em nossa seção “Vamos ao que interessa“, jogo rápido, com duas perguntas elementares.

Então…

Vamos ao que interessa:

Por que abrir mão da prerrogativa da reeleição, algo que nunca outro reitor o fez?

- Nós fazemos parte de um projeto impessoal. A Uern  está sólida academicamente, graduação e pós-graduação em todas as áreas e reconhecidas pelo Conselho Estadual de Educação e pela CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), respectivamente. Temos atividades intensas de ensino, pesquisa e extensão indissociáveis. Temos os segmentos com oportunidades de formação. Hoje 80% do corpo docente com Dedicação Exclusiva e 84% de mestres e doutores, sendo os doutores a maioria, apoio aos discentes etc.. Poderia aqui ficar falando muita coisa, porém sei que o espaço é para perguntas e respostas curtas, então reitero uma visão de projeto, um amor institucional e a certeza que a continuidade independe de um protagonista e sim de uma equipe.

Por que apostar na professora-doutora Fátima Raquel para sucedê-lo?

- Ela vem a frente de trabalho para autonomia financeira da Uern. Conseguiu inserir esse tema em duas leis estaduais, do Plano Plurianual, 2016 a 2019, e Plano Estadual de Educação, 2015 a 2025. Também desencadeou a elaboração de um documento para atualizar um estudo sobre autonomia. Além disso, ela sabe como poucos as fontes de financiamento, emendas, projetos e convênios. Mais ainda: conhece a complexidade de gerir um convênio, cumprir prazos e prestar contas. É um nome que considero preparado para essa visão de projeto que citei.

Veja AQUI links para entrevistas anteriores da seção Vamos ao que interessa.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Vamos ao que interessa
terça-feira - 03/01/2017 - 20:21h
Decidido

Professora Fátima Raquel será candidata à Reitoria da Uern


Fátima Raquel: escolha feita (Foto: UERN)

Decidido. A professora Fátima Raquel Rosado Morais será a candidata a reitor da Universidade do Estado do RN (UERN), apoiada pelo atual reitor Pedro Fernandes Neto. O comunicado oficial da postulação ainda será feito.

Mas a decisão está tomada, selada.

Fátima Raquel foi chefe de Gabinete de Pedro Fernandes Neto no primeiro ano da gestão dele, eleito em 2013.

O professor-doutor Pedro Fernandes já tinha tomado  a algum tempo a decisão de não disputar a reeleição por ser contra mandatos consecutivos e por “desapego ao poder”, como costuma sublinhar em conversar reservadas.

Anote esse nome

Professora-doutora em Psicologia Social, Fátima Raquel é nome de muito conceito nos estamentos da Uern e fora da instituição, sendo oriunda da Faculdade de Enfermagem (FAEN). Atualmente é pró-reitora de Planejamento, Orçamento e Finanças.

O Blog já tinha postado matéria sobre as eleições na Uern que vão acontecer no próximo dia 22 de março, assinalando que Fátima Raquel era fortíssimo nome à disputa.

“Anote esse nome”, avisou esta página (veja AQUI).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
terça-feira - 03/01/2017 - 08:28h
Uern

Professor Emanoel Márcio trabalha candidatura a reitor


Emanoel Márcio: articulação silenciosa (Foto: Gazeta do Oeste)

O professor-doutor Emanoel Márcio Nunes, economista e pesquisador, trabalha silenciosamente seu nome à disputa à Reitoria da Universidade do Estado do RN (UERN). O pleito para reitor e vice vai acontecer dia 22 de março (veja AQUI).

Emanoel Márcio Nunes foi Subchefe do Departamento de Economia (DEC/UERN) de Julho de 2003 a Março de 2004; atuou como Assessor da Pro-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPEG/UERN) de setembro de2003 a Abril de 2005.

Também foi Diretor da Faculdade de Ciências Econômicas (FACEM/UERN) de Fevereiro de 2010 a julho de 2013 e Diretor-Presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Norte (FAPERN), de julho de 2013 a janeiro de 2015.

Outros nomes

Ele é professor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) desde março de 1998, sendo atualmente destacado pesquisador Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq, lotado no Departamento de Economia da Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (FACEM/UERN).

Outros nomes têm surgido na discussão de bastidores à corrida eleitoral da Uern.

Veja AQUI e veja AQUI quem são esses potenciais candidatos à sucessão do reitor Pedro Fernandes Neto, que apesar de ter a prerrogativa de concorrer à reeleição, manifesta desinteresse em ir à disputa.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais / Política
quinta-feira - 29/12/2016 - 11:38h
Reitoria da Uern

Pró-Reitora de Planejamento é um nome para ser anotado


Fátima Raquel: outro nome (Foto: UERN)

Anote esse nome: Fátima Raquel Rosado Morais. É um nome de robustez na vida acadêmica da Universidade do Estado do RN (UERN).

Ela pode ser o nome do atual reitor, professor-doutor Pedro Fernandes Neto, para sucedê-lo.

As eleições a reitor e vice (veja AQUI) serão dia 22 de março do próximo ano.

Professora-doutora em Psicologia Social, Fátima Raquel é nome de muito conceito nos estamentos da Uern e fora da instituição, sendo oriunda da Faculdade de Enfermagem (FAEN). Atualmente é pró-reitora de Planejamento, Orçamento e Finanças.

Conceitos

Há forte inclinação do atual reitor não concorrer à reeleição (veja AQUI), abrindo caminho à formação de chapa com alguém que incorpore seus conceitos de gestão universitária.

Paralelamente, a oposição fica efervescente, com possibilidade de vencer pleito em que Pedro Fernandes não seja candidato à reeleição.

Traremos mais novidades. Aguarde.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quarta-feira - 28/12/2016 - 08:10h
Uern

Reitor pode não concorrer à reeleição; surgem outros nomes


David: lembrado (Foto: Web)

Com calendário definido às eleições à sua Reitoria (veja AQUI), a Universidade do Estado do RN (UERN) pode não ter o atual reitor Pedro Fernandes Neto como candidato à reeleição. A hipótese tem sido comentada nos bastidores.

Se é estratégia política, não se sabe, mas entre conversas descompromissadas e outras nem tanto, ele deixa escapar que pode não tentar novo mandato.

Se não for à disputa, o professor-doutor Pedro Fernandes Neto abrirá espaço no situacionismo para nomes que gravitam e influenciam sua gestão, como a pró-reitora de Ensino de Graduação, professora Inessa Linhares.

Oposição

Doutor em Direito Administrativo e com experiência na gestão pública, o professor David Leite é nome recorrente em toda sucessão uerniana, como opção à chapa.

Inessa: opção (Foto: Uern)

Na oposição, Pedro e seu vice Aldo Gondim venceram chapas encabeçadas pelos professores Gilton Sampaio e Ana Dantas em 2013. São postulações que podem ser exumadas para novo pleito e até se somarem.

Entretanto já se fala numa outra opção, o nome da professora e ex-vereadora petista Telma Gurgel. Não se descarte o surgimento de alguém da própria Associação dos Docentes (ADUERN), caso do seu presidente e professor Lemuel Rodrigues.

As eleições vão acontecer no dia 22 de março do próximo ano, com eleito a reitor e vice tendo quatro anos de mandato.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais
segunda-feira - 26/12/2016 - 07:46h
Emendas

Rogério Marinho assegura mais de R$ 700 mil para Uern


A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) receberá mais de R$ 700 mil em emendas destinadas pelo deputado federal Rogério Marinho (PSDB). Os recursos poderão ser utilizados pela instituição para a aquisição de novos equipamentos e melhoria da infraestrutura da instituição.

Ao todo, são duas emendas apresentadas pelo parlamentar a favor da UERN. Uma delas no valor de R$ 250 mil, enquanto a outra de R$ 476,22 mil, somando exatamente R$ 726,22 mil.

Os recursos foram liberados pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e serão repassados ao Governo do Estado.

Para Rogério Marinho, a “UERN cumpre um importante papel para a sociedade potiguar”.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Economia / Política
  • Repet
sexta-feira - 23/12/2016 - 20:26h
Bruno Barreto

Agência de Comunicação da Uern tem nova direção


Barreto: Agecom (Foto: Twitter)

O jornalista Bruno Barreto assume a direção da Agência de Comunicação (AGECOM) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UUERN).

Substituirá a jornalista  Aglair Abreu, que formalizou aposentadoria.

Bruno também atual na 95 FM e TV Cabo Mossoró (TCM) como apresentador do Meio-dia Mossoró e comentarista político.

Nota do Blog - Sucesso, meu caro.

Parabéns pela ascensão.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Comunicação
sexta-feira - 23/12/2016 - 16:24h
Eleições

Sucessão na Uern começa a mexer com a instituição


A sucessão do reitor da Universidade do Estado do RN (UERN), professor-doutor Pedro Fernandes Neto, bem como do vice Aldo Gondim, já começou. Não parece, mas já começou.

Nos intramuros e fora da instituição, as conversas ganham forma e nomes começam a surgir.

Propaganda de Pedro e Aldo em 2013 (Foto: reprodução)

O calendário eleitoral instiga especulações, balões de ensaio e deduções sobre candidaturas e alianças.

As eleições vão acontecer no dia 22 de março do próximo ano, com eleito a reitor e vice tendo quatro anos de mandato.

De 23 a 26 de janeiro haverá o período para registro de candidaturas. De 17 de fevereiro a 21 de março acontecerá a campanha eleitoral.

Uma grande novidade nas urna este ano está no “peso” do voto. Professor, pessoal técnico e estudantes terão equivalência, ao contrário dos pleitos passados.

Nas eleições para reitor e vice anteriormente, o voto do professor valia 70%. Pessoal técnico e estudantes tinham 15% cada. A mudança foi tomada recentemente (veja AQUI).

Entretanto continua com votação em separado para reitor e vice. Mesmo numa mesma chapa, os candidatos aos dois cargos podem ser eleitos por alianças distintas.

No pleito de 2013, a chapa Pedro Fernandes-Aldo foi apoiada pelo então reitor-professor Milton Marques.

Depois traremos informações sobre bastidores dessa política institucional.

A chapa Pedro-Aldo vai se repetir? Trataremos disso.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais
quinta-feira - 22/12/2016 - 07:44h
Orçamento da União

Duas emendas de Walter Alves favorecem Uern


O deputado federal Walter Alves (PMDB) assegurou duas emendas que somam R$ 300 mil para a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

A primeira emenda, no valor de R$ 129.574,00, já foi empenhada.

A primeira emenda que já foi empenhada no valor de pouco mais de R$ 129,5 mil tem como destino a aquisição de equipamento e material permanente para unidade de atenção especializada em saúde e beneficia diretamente os estudantes dos cursos da área biomédica.

A segunda emenda de autoria do deputado Walter Alves – no valor de R$ 170.426,00 – já foi aprovada na área técnica do Ministério da Saúde e aguarda a liberação para empenho. O

s recursos também serão destinados à área de saúde da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Com informações da Assessoria de Walter Alves.

Categoria(s): Educação / Política / Saúde
sexta-feira - 16/12/2016 - 04:10h
Movimento

Frente Parlamentar e Popular em Defesa da Uern se reúne hoje


Francisco Carlos: apoio à Uern (Foto: CMM)

A Câmara Municipal de Mossoró (CMM) realiza, nesta sexta-feira (16), às 10 horas, no plenário da Casa, reunião com os membros da comissão da Frente Parlamentar e Popular em Defesa da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

Na oportunidade, os membros da frente parlamentar elaboração uma agenda de trabalho, que deve ser iniciada no primeiro semestre de 2017.

De iniciativa do vereador Francisco Carlos (PP) e lançada no último dia 1º, em solenidade na Câmara de Mossoró, a frente parlamentar possui 15 membros, indicados pelo Poder Legislativo e pelos segmentos da universidade.

“O objetivo da frente parlamentar é evitar qualquer ideia que descontrua a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte como instituição de ensino público e, também, garantir sua ampliação de ensino”, disse o vereador Francisco Carlos.

Veja AQUI quando a Frente foi lançada e criada.

Com informações da CMM.

Acompanhe o Blog também pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Educação / Política
quinta-feira - 15/12/2016 - 12:20h
UERN

Eleição para reitor e vice terá voto paritário


O CONSUNI – Conselho Universitário da Universidade do Estado do RN (UERN) acaba de aprovar o voto paritário para as eleições de Reitor e Vice.

Até a eleição dos atuais reitor e vice, professores Pedro Fernandes Neto e Aldo Gondim, em 2013, o voto do professor valia 70%; estudante e técnico com 15% cada.

A proposta foi do próprio reitor, devendo valer pro pleito de 2017.

O Consuni é órgão máximo da Uern.

É integrado por segmentos da Uern e representantes da comunidade.

Depois daremos mais detalhes.

Veja postagem sobre as eleições em 2013 clicando AQUI.

Acompanhe o Blog também pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Educação
terça-feira - 06/12/2016 - 21:06h
Zona Norte

Governo entregará Campus da Uern em Natal neste mês


Com quase 270 dias de obra, o Governo do Estado, através da Secretaria de Infraestrutura (SIN), entregará no final deste mês de dezembro a sede própria da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte – UERN, em Natal.

Está localizada na Avenida João Medeiros Filho, na zona norte da cidade.

Obras vão ser concluídas neste mês, promete Governo (Foto: Celly Maia)

A nova sede vai suprir uma demanda crescente em Natal e região metropolitana, oferecendo graduação nas áreas de Informática e Humanas.

Cerca de mil alunos serão beneficiados com os cursos de Ciência da Computação, Ciência da Religião, Ciência e Tecnologia, Direito e Turismo.

Com informações da Assecom do Governo do Estado.

Categoria(s): Administração Pública / Educação
  • Repet
quinta-feira - 01/12/2016 - 14:10h
Uern

Frente é montada para defender Universidade do Estado


A Câmara Municipal de Mossoró empossou, na manhã desta quinta-feira (1º), os membros que compõe a Frente Parlamentar e Popular em Defesa da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

De iniciativa do vereador Francisco Carlos (PP), após os últimos acontecimentos envolvendo a universidade (como proposta surgida sobre sua privatização), que atravessa grave crise financeira, a Frente Parlamentar tem como um dos objetivos evitar a desconstrução da Uern.

Discussão levou presentes à montagem de componentes da Frente (Foto: cedida)

“Vamos evitar qualquer idéia que descontrua a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte como instituição de ensino público e, também, garantir sua ampliação de ensino. Esse é o objetivo dessa Frente Parlamentar. É para isso que ela foi criada. Uma Frente apartidária e multi-setorial, que garante o ensino aberto à comunidade”, ressaltou Francisco Carlos.

Na oportunidade o reitor da Uern, Pedro Fernandes, destacou a importância da criação da Frente Parlamentar. “Agradeço e parabenizo a esta Casa pela iniciativa e irmandade. Defender a Uern contra a privatização, é defender o ensino público, é mostrar que a instituição é prioridade”, disse.

Presenças

A solenidade de posse contou com a presença dos vereadores: Alex Moacir (PMDB), Genivan Vale (PDT), Izabel Montenegro (PMDB), Lahyre Neto (PSB) e Francisco Carlos (PP).

Também compareceram a prefeita eleita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP); vice-reitor da UERN, Aldo Gondim; deputado estadual Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”; membro da Comissão de Educação da OAB-Mossoró, Edilson Braga; presidente da Associação dos Docentes da Uern (ADUERN), Lemuel Rodrigues e suplente de deputado estadual Larissa Rosado (PSB).

Outros presentes foram vereadores eleitos Sandra Rosado (PSB), Ozaniel Alves (PR), Petras Vinícius (DEM), Tony Cabelos (PSD), Raério Dantas (PRB), Zé Peixeiro (PMDB), João Gentil (PV), Emilio Ferreira (PSD), Rondineli Carlos (PMN) e Didi de Arnour (PRB).

Frente

Foram escolhidos como membros da Frente Parlamentar e Popular em Defesa da Uern, as seguintes pessoas: vereadores Francisco Carlos (presidente), Izabel Montenegro, Tassyo Mardonny (PSDB) e Genivan Vale pela Câmara Municipal; Lemuel Rodrigues e Alcivan Vieira, pela Aduern; Francisco Elineudo de Freitas e Fábio Bentes Tavares, pelo Sindicato dos Técnicos da Uern (SINTAUERN); Maria Ivonete Soares e Erison Natércio pela Reitoria; Maria Andreza da Silva, do Diretório Central de Estudantes (DCE); Igor Bernardino, da OAB; deputados Souza e Fernando Mineiro (PT) em nome da Assembleia Legislativa do RN.

Acompanhe o Blog também pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Educação / Política
quinta-feira - 24/11/2016 - 21:30h
Hoje

Robinson promete agenda para Mossoró e reitera apoio à Uern


Do Blog do Barreto

O governador Robinson Faria (PSD) mais uma vez esteve em Mossoró de passagem rumo a outro município. Desta vez o chefe do executivo estadual desembarcou no Aeroporto Dix-sept Rosado rumo a Aracati onde acompanhou agenda do ministro da agricultura Blairo Maggi.

Em conversa não programada com jornalista da TV Cabo Mossoró (TCM), 95 FM e Rádio Difusora, o governador reafirmou que vai cumprir em breve uma agenda de dois dias em Mossoró, informou que analisa a possibilidade de enviar um pacote de ajuste fiscal a Assembleia Legislativa para se adequar às exigências do Governo Federal para o envio de recursos, disse estar fazendo um esforço para recolocar a folha em dia e avisou que é totalmente contra qualquer proposta de privatização da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

O governador ainda admitiu que o servidor tem o direito de “espernear” reclamando dos atrasos de salários e revelou que tem viajado a Brasília sem a companhia de assessores para economizar dinheiro público.

Nota do Blog Carlos Santos – O governador desembarcou pela manhã (veja AQUI) outra vez sem aviso prévio e agenda para Mossoró. A imprensa “descobriu” seu desembarque, pois até mesmo informação sobre sua passagem na cidade foi dada ontem como prevista para os próximos dias.

O presidente da Câmara Municipal, Jório Nogueira (PSD), chegou a refutar informação que indicava presença de Robinson ontem ou mesmo hoje, em Mossoró, atestando que falara com assessor do governante sobre a notícia (veja AQUI).

Aí, hoje, eis que o governador desembarca em Mossoró. A entrevista à imprensa acabou sendo inevitável.

Ele retornou a Natal por volta de 15h34.

Acompanhe o Blog também pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quinta-feira - 24/11/2016 - 20:42h
Governo do Estado

Mossoró vai ganhar quarto Restaurante Popular até abril


A quarta unidade do Restaurante Popular em Mossoró será instalada até abril-2017 no bairro Santo Antônio. A secretária do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social, Julianne Faria, anunciou nesta quinta-feira (24) que em breve será publicado o edital de licitação.

Em Mossoró já existem três Restaurantes Populares: no Centro, no Alto de São Manuel e no campus central da Universidade do Estado do RN (UERN).

Este último inaugurado em março deste ano, serve cerca de 650 refeições diariamente e atendeu ao pedido de estudantes e servidores.

Restaurante Popular na Uern é uma das unidades localizadas em Mossoró (Foto: Assecom)

A quarta unidade será instalada no bairro Santo Antônio e vai fornecer cerca de 500 refeições diárias, de segunda-feira a sexta-feira.

“Como Santo Antônio é o maior bairro de Mossoró e tem uma parte da população em situação de vulnerabilidade social, o governador Robinson Faria resolveu atender ao antigo anseio da população. A abertura desse Restaurante é um pedido muito antigo dos moradores”, explicou a secretária.

O programa Restaurante Popular tem atualmente 25 unidades distribuídas em 20 municípios, que servem cerca de 20 mil refeições diárias ao preço de R$ 1.

Mais seis unidades, além de Mossoró, serão abertas no primeiro semestre do próximo ano.

Com informações da Assecom do Governo do Estado.

Categoria(s): Administração Pública
sexta-feira - 18/11/2016 - 10:47h
Mobilização

Moção de apoio à Uern vai ser entregue a Robinson Faria


O deputado estadual Manoel Cunha Neto (PHS), “Souza”, recolheu 15 assinaturas de apoio à Universidade do Estado do RN (UERN) e contra eventual proposta de sua privatização, entre integrantes da Assembleia Legislativa.

Pedro, Souza e Mineiro participaram de audiência (Foto: Eduardo Maia)

Mas o deputado estima que esse número possa ser bastante ampliado entre os integrantes da Casa, composta por 24 deputados.

Souza participou da Audiência Pública sobre o papel da Uern na AL no dia passado, entregando ao deputado Fernando Mineiro (PT), que propôs o evento (veja AQUI), esse endosso à cruzada em favor da universidade. Cientificou o próprio reitor da Uern, professor Pedro Fernandes Neto, de sua iniciativa.

Apoio

Além de Souza, assinaram a moção os deputados Fernando Mineiro, George Soares (PR), Carlos Augusto Maia (PSD), Álvaro Dias (PMDB), Disson Lisboa (PSD), Gustavo Fernandes (PMDB), Gustavo Carvalho (PSDB), Kelps Lima (SD), Albert Dickson (PROS), Márcia Maia (PSDB), Getúlio Rêgo (DEM), Raimundo Fernandes (PSDB), Cristiane Dantas (PCdoB) e Galeno Torquato (PSD).

José Dias (PSDB) afirmou ser “contra” a ideia de privatização, mas não assinaria qualquer documento.

“Os demais deputados ainda serão contactados até a sessão de terça-feira (22), quando a gente pretende formalizar uma moção de apoio à Uern, encaminhando-a ao governador Robinson Faria (PSD)”, adiantou Souza.

Acompanhe o Blog também pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.