sábado - 17/12/2016 - 09:32h
Mossoró

Tarcísio Maia faz mais uma captação de órgãos com sucesso


O Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em Mossoró, realizou, com sucesso, mais uma captação de órgãos que serão destinados a trasplantes realizados em Natal e Fortaleza.

O procedimento aconteceu nesta sexta-feira (16).

Equipe desembarcou em Mossoró pela segunda vez nesta semana para fazer coleta (Foto: cedida)

Desta vez foram retirados o fígado, dois rins, duas córneas e o coração de uma pessoa de 30 anos,  que faleceu e a família doou os órgãos.

Foi uma captação múltipla de órgãos, beneficiando assim vários pacientes que aguardavam na fila de espera.

A pessoa que teve os órgãos coletados morreu no hospital em face de um AVC Isquêmico.

Nota do Blog – Essa é a segunda captação com sucesso em Mossoró, só esta semana.

A aeronave do Governo do Estado dá agilidade ao procedimento, para o pleno aproveitamento dos órgãos.

Acompanhe o Blog também pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Saúde

Comentários

  1. Alderi Pereira diz:

    Deus abençoe grandemente a família dessa pessoa que faleceu. Um grande gesto de amor pelo próximo. Num momento tão difícil para eles, a esperança nasce nessa atitude de reconhecimento por parte deles em saber que seu ente querido deixa a semente de vida e esperança para aqueles que precisam desses órgãos. Já passei por isso também. Minha irmã faleceu em 2015 de um aneurisma cerebral em Natal. Quando fomos informados que ela tinha os órgãos saudáveis e que poderiam ser doados, decidimos fazer, sabendo que a sua ausência aqui seria suprida na esperança daqueles que precisam viver. Que Jesus ilumine sempre todos que fizerem esta atitude de amor e solidariedade.

  2. Francisco Antônio da Silva Neto diz:

    Como é importante um aeroporto em funcionamento…

  3. naide maria rosado de souza diz:

    Seja qual for a nossa crença sobre o depois da morte, se nosso destino for o paraíso, ao lado de Nosso Senhor, se houver o reencontro, se voltaremos purificados ou mesmo se for o final, o nada, ciclo natural da vida, seja qual for o destino reservado, poderíamos partir deixando parte de nós, capaz de restabelecer a vida de outrem. Jamais pediria que enterrassem o meu coração “à beira do rio”, mas sim que ele fosse colocado no peito de outra pessoa.

  4. Bruno Vinícius diz:

    Bom dia,

    Sou servidor do HRTM há aproximadamente 05 (cinco) anos e nos últimos dias tenho visto um desenrolar de aposentadorias dos servidores que adentraram na Secretária de Saúde no Estado nos idos da década de 80, aposentadorias mais do que merecidas, de profissionais que trabalharam arduamente e agora necessitam de descanso. A questão é a seguinte: invariavelmente, ocorrerão aposentadorias, no entanto, nem mesmo os servidores que foram remanejados do extinto Hospital da Mulher serão capazes de suprir o deficit de funcionários da unidade, assim, a conta não fecha, entra gente por uma porta e saí gente pela outra.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.