• Vale Norte - Nativa Comunicação - 2º Banner - 14-11-17
domingo - 10/09/2017 - 06:30h
Joesley Batista e Ricardo Saud

Delatores da J&F tem prisão autorizada por ministro do STF


Do G1

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin autorizou a prisão temporária dos delatores da J&F Joesley Batista e Ricardo Saud. A decisão foi tomada a partir do pedido de prisão apresentado, na última sexta (8), pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

O chefe do Ministério Público havia pedido, ainda, a prisão do ex-procurador da República Marcello Miller. Neste caso, o ministro do STF não autorizou a prisão.

A ordem de Fachin não significa que as prisões ocorrerão na manhã deste domingo (10), como, normalmente, acontece com as execuções realizadas pela Polícia Federal (PF).

As prisões podem ocorrer ao longo do dia, ou até mesmo nesta segunda-feira (11).

Em relação aos delatores, a prisão foi autorizada porque eles são suspeitos de omitir informações dos investigadores, o que quebra cláusulas do acordo.

No caso de Marcello Miller, a suspeita é de que ele teve uma conduta criminosa ao atuar para a J&F enquanto ainda integrava o Ministério Público.

Saiba mais detalhes clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política

Comentários

  1. João Claudio diz:

    EU SABIA! EU SABIA! EU SABIA!

    Estou isento de pagar a promessa de passar 3 dias e 3 noites plantando bananeira sobre o relógio da Praça do Codó (vide comentário no Pensando Bem…abaixo).

    O promotor articulista e agente duplo do governo NÃO SERÁ PRESO.

    Segundo o ”pavão fachinho”, ele é INOCENTE. Santo! Santo! Santo! Pronto.

    Esse é brasil que eu conheço ☛ DESDE A DÉCADA DE 40.

    Amorim e Inácio. Vocês estão dispensados.

    Mais: o STF cismou em não mandar prender políticos e membros do judiciário.

    É por isso, Senhores, que esta bosta não dá certo. O erro começa na parte de cima e se estende até a parte de baixo.

    Enfim, o pau nasceu torto e a cada dia entortam mais.

    P…………………Q…………………….P…………………

  2. João Claudio diz:

    A minha dúvida é:

    Joesley Batista não tem curso superior. O fato de ser rico o impede em ir para uma cela comum?

    Outra dúvida:

    Quantos dias ele passará na cadeia? Afinal, empresário que emprega 240 mil funcionários, seja bandido ou não, sua imagem deve ser preservada, e o mesmo não deve se ausentar da sua empresa sob pena de causar milhares de desempregos.

    Foi o que disse o governo atual à respeito desse bandido durante a Operação Carne Fraca.

    Aliás, se tivessem prendido o bandido durante a Operação Carne Fraca e tivessem feito com ele abrisse a boca, o ”livro” já teria sido aberto e muitas coisas teriam sido evitadas.

    Não foi bem assim. O trataram como uma majestade e ”santo”. O ministro da agricultura fez questão de entrar em um de seus frigoríficos e falar diante das câmeras ”Aqui não tem erro”.

    Quanto o ministro ”levou” para atuar como ator de novela? Quanto os fiscais e órgãos do governo receberam do bandido (por fora) ao longo de 13 anos?

    O Mordomo não satisfeito, convocou a imprensa para filma-lo comendo picanha em um restaurante.

    Coisas de países de 5ª, onde o mundo todo enxerga os erros, exceto o governo, porque é ”comprado”. É fato.

    Ah, em países de 5ª, empresário rico é autoridade. Joesley Batista, mesmo tendo enricado através de falcatruas, maracutaias e sonegação de impostos, é rico.

    Merece tratamento ”diferen$iado”.

    P.S – Mossoró também tem seu Joesley Batista. Cagado e cuspido.

    Decifra-me ou te devoro.

  3. João Claudio diz:

    Prisão(???) do açougueiro bandido.

    O ”pavão fachinho” pediu para que a PF não use algemas e cumpra os mandados com a máxima discrição.

    POR QUÊ????? POR QUÊ???? O QUE ESSE BANDIDO TEM DE DIFERENTE DOS OUTROS KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    O açougueiro é um bandido ou uma ”artoridade” nacional com foro privilegiado???????????? KKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Pergunta:

    O ”pavão fachinho” faria o mesmo pedido à PF se o bandido fosse um PPP??????????? Hein????????? Me respondam, por favor.

    Que país é esse, mermão??????????????????????????????????????????????

    Aqui, existe uma grande diferença entre bandido rico e bandido pobre. É fato.

    Repito: só se vê isso em países de 5ª.

    Em se tratando de justiça, os países sérios mudaram radicalmente. Jogaram fora os dois pesos e a duas medidas e adotaram a seriedade acima de tudo.

    O brasil nunca saiu do atoleiro, faz uso diariamente dos dois pesos e das duas medidas e, pasmem, insiste em continuar assim: avacalhado.

    Até as crianças sabem disso.

    Figa djabo.

    P.S – Oxalá os EUA peguem o açougueiro. A justiça do brasil não tem forças e nem moral para mante-lo na cadeia.

    Simples: O BANDIDO COMPROU A METADE DO brasil. Está com 90% das ”artoridades” em mãos e todos se ajoelham diante dele. É fato.

    Ele NÃO falou 10% do que sabe. É fato.

    ANOTEM.

  4. João Claudio diz:

    Para o stf autorizar a prisão de procurador ”gilette”, só se aparecer um ”fato novo”, tipo…For flagrado em um ritual e magia negra degolando a cabeça de recém nascido.

    E olha que ainda vão pedir vistas.

    Não é fácil, Senhores, a justiça brasileiro prender um colega de trabalho.

    O Marcelo ”Gilette”, por exemplo, já pode se considerar livre, leve e solto. Talvez em outra encarnação ele venha a ser chamado aos carreteis.

    Nessa encarnação, NÃO!

  5. João Claudio diz:

    E olha que os planos do açougueiro bandido era ”moer” o executivo e o judiciário.

    Não ”moeu” o legislativo porque a Odebrecth chegou na frente.

    Ao pedir que NÃO O ALGEMEM e mantenham a ”MÁXIMA DESCRIÇÃO” durante a sua prisão, percebe-se que, NO JUDICIÁRIO, o bandido ainda continua cheio de moral.

    Arrocha brasil sil sil sil…………………………………………..

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.