quarta-feira - 04/01/2017 - 06:46h
Francisco José Júnior

Ex-prefeito tenta presidir entidade de câmaras municipais


O ex-prefeito mossoroense Francisco José Júnior (PSD) deu “expediente” em tempo integral ontem (terça-feira, 3) na sede da Federação das Câmaras Municipais do RN (FECAM), em Natal. Sua missão parece e é surreal: ser eleito presidente da entidade, sem ser vereador ou sequer suplente.

Francisco José Júnior e Paulo Ziulkoski da CNM: inspiração para esperteza (Foto: montagem do Blog)

Os estatutos da entidade que ele já presidiu à época em que era presidente da Câmara Municipal de Mossoró  foram alterados duas vezes no final do ano passado, ensejando a esdrúxula eleição de um “ex-presidente”. No caso, ele mesmo.

O registro de chapas estava definido como data-limite de terça-feira, 3, dois dias após a posse dos novos presidentes das casas legislativas. A publicação do edital que trata da eleição foi feita somente no jornal interno da entidade, limitando a publicização do pleito, que deve acontecer hoje.

Precedente

Há precedente no Brasil, em que “Francisco” se ampara para dar essa cambalhota e permanecer em evidência político-institucional. O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, há anos dirige a entidade sem ser prefeito de qualquer município.

Ele é ex-prefeito de Mariana Pimentel (RS), onde teve dois mandatos, o último concluído em 2004. Desde então, não exerceu outro cargo similar.

Nota do  Blog - O ex-prefeito ‘Francisco’ tem enorme talento para o antimarketing. Quem o orienta, Senhor? Não sabe o que faz. Cava a própria cova dia a dia.

Quando o Blog atestou hipótese do então prefeito Francisco assumir cargo (veja AQUI) na Agência Mossoroense de Regulação dos Serviços Públicos (AMR), que queria criar e não aprovou na Câmara Municipal, fomos motivos de chacota. Estaríamos exagerando.

Pelo visto, outra vez, não mentimos nem superdimensionamos o caso. Hoje, ele estaria nomeado para cargo na AMR, em pleno governo Rosalba Ciarlini (PP).

Ex-prefeito de Mossoró continua zombando de tudo e de todos, cinicamente tratando povo e poderes, instituições fiscalizadoras etc. na piada.

Certo ele, que zomba daquilo que não teme nem parece lhe importunar.

“A esperteza, quando é demais, cresce muito e engole o dono.” (Tancredo Neves).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.