segunda-feira - 15/05/2017 - 23:39h
Jornal Hoje

Obra no Piauí envolve Henrique e Geddel com propinas


Do Jornal Hoje (Rede Globo de Televisão)

O Piauí é o único estado do Nordeste sem porto e que, por isso, perde receitas tendo que exportar produtos por terminais de outros estados. Isso poderia ser diferente se as obras que começaram no município de Luís Correia, há quatro décadas, tivessem terminado. Em reportagem em sua edição desta segunda-feira (15), o “Jornal Hoje” da Rede Globo de Televisão mostrou mais um símbolo de desperdício e corrupção no país.

A reportagem aponta a participação do ex-ministro e ex-deputado federal Henrique Alves no escândalo, além do ex-ministro e também ex-deputado federal baiano Gedeel Vieira Lima (PMDB).

Só de molhe, paredão de pedras que avança pelo mar e que deveria servir de abrigo aos navios, foram construídos cerca de 5 km, mas até agora, só pequenos barcos e pescadores circulam aos fins de semana.

A promessa é bem antiga, tem mais de 40 anos. O início da obra foi em 1976, ainda período da Ditadura Militar. O governador da época era Dirceu Arcoverde, da Arena, partido extinto. O investimento estimado é mais de R$ 600 milhões, valores de hoje, segundo a Secretaria de Transportes do Piauí, só que em 1986, a construção foi paralisada e a partir daí, foram 23 anos de esquecimento.

Na segunda etapa, o governador do Piauí já era Wellington Dias, do PT, que novamente foi eleito em 2014. Para esse contrato, o Governo Federal repassou ao estado R$ 16 milhões. Duas empresas responsáveis pelo consórcio chegaram a receber R$ 12 milhões, só que desse dinheiro, só o que avançou foi a construção do cais.

“Rio Grande”

O caso foi parar no Ministério Público Federal (MPF), que entrou com duas ações na Justiça denunciando irregularidades na obra.

Na apuração do caso, surgiram os nomes dos ex-ministros Henrique Alves e Geddel Vieira Lima. O ex-parlamentar potiguar tinha o codinome de “Rio Grande” e teria empalmado cerca de R$ 800 mil.

Os dois negam envolvimento com os supostos desvios e dizem que não receberam qualquer vantagem.

Ex-executivos da Construtora Odebrecht garantiram que pagaram propina a ambos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Quando chegarmos a MIL denúncias contra este cidadão teremos notícia de uma foi julgada?

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      Caro Carlos Santos
      Durante dois dias meus comentários não eram aceitos pelo seu blog. Quando eu tentava fazer o reenvio, aparecia a mensagem de DETECTADO COMENTÁRIO REPETIDO.

  2. Elves Alves diz:

    Homem de olho grande, Henrique só se interessa por “grandes lavouras”.
    Definitivamente, varejo não é a vocação do filho de Aluízio Alves.
    Não foi sem razão que ele “vendeu” o controle acionario da Tribuna do Norte/Rádio Cabugi.
    Quem gosta de merreca é correligionário.

  3. João Claudio diz:

    Calma!

    Faz parte do DNA dele e a ciência não tem como filtrar o sangue para excluir essa bactéria, cujo fim só será anunciado quando o corpo for cremado.

    Portanto, nasceu corrupto e vai morrer corrupto.

    Tá explicado?

  4. Raniele Costa diz:

    Será que alcançaremos a prisão deste Criminoso ? Ou ele têm o corpo fechado, intransponível ?

  5. George Duarte diz:

    Ta mais fácil prender Zé galinha ou Chico velho do que esse verme, não esqueçam o padrinho forte dele e de Geddel Vieira Lima não é nada mais que o Golpista Temer.

  6. João Claudio diz:

    Por enquanto, quem tem o corpo fechado é ”O Amigo”.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.