domingo - 18/06/2017 - 09:44h
Mossoró Cidade Junina 2017

Quadrilhas de prefeitura terminam programação em delegacia


Quadra foi usada para ensaio do "Chuva de Bala" este ano e às pressas para o Festival de Quadrilhas (Foto: Luciano Lellys)

A edição 2017 do Mossoró Cidade Junina, promovida pela Prefeitura Municipal de Mossoró, segue dando vexame. Chega aos píncaros de desorganização e falta de planejamento.

Após interdições de estruturas físicas, acidentes com danos materiais e humanos, redução drástica na quantidade e dias do evento, também virou caso de polícia.

À madrugada de hoje a Polícia Ambiental precisou agir. Sua intervenção ocorreu na quadra da Escola Municipal Manoel Assis no bairro Doze Anos, sustando a sequência do Festival de Quadrilhas Juninas.

O caso terminou na Delegacia de Plantão.

Moradores circunvizinhos denunciaram a poluição sonora e a escolha emergencial do local para o evento, que provocou um pandemônio na área densamente habitada.

O fato deriva de mais um pecado da municipalidade, que não conseguiu instalar em tempo hábil a “Arena das Quadrilhas” Deodete Dias no Corredor Cultural da Avenida Rio Branco.

O equipamento segue interditado pelo Corpo de Bombeiros.

Nas redes sociais, integrantes de quadrilhas vindas de outros municípios revelavam decepção com o incidente. Lamentavam desorganização e falta de respeito com eles, muitos que tinham investido em transporte, indumentária, alimentação etc., mas não puderam se apresentar.

Nota do Blog – Reclamações também enormes quanto ao atraso na implantação da “Cidadela” nas cercanias da Capela de São Vicente, em face da iluminação precária, diminuição de tamanho e abrangência, precariedade dos bares etc.

Era uma das atrações alternativas mais interessantes e chamariz de público não afeito ao burburinho dos shows na Estação das Artes Eliseu Ventania.

Lamentável.

Um dia aparecerá um governante consciente de que o Mossoró Cidade Junina é um “bem imaterial” do povo mossoroense. Até aqui, todos tomam o evento como seu, com objetivo de autopromoção e deificação da própria imagem.

Mas 2017 o efeito será diametralmente oposto, como o fora ano passado etc. (conforme pesquisa feita pela gestão da época).

O Cidade Junina 2017 é, realmente, muito mais do que você imagina.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Segurança Pública/Polícia

Comentários

  1. FRANCISCO diz:

    sempre prestigiei o MCJ , mas esse está sendo o PIOR DE TODOS, infelizmente

  2. João Claudio diz:

    Eu também prestigio todos os anos.

    Não saio de casa.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.